JARDIM DE ALAH


Trecho do Jardim de Alah será interditado sábado para obras do metrô

  • Bloqueio é necessário para a construção de acesso à ponte metálica que está sendo montada no local



Obras do metrô em Ipanema e Leblon provocam interdição de pista do Jardim de Alah neste sábado
Foto: Divulgação / Divulgação
Obras do metrô em Ipanema e Leblon provocam interdição de pista do Jardim de Alah neste sábado Divulgação / Divulgação
RIO - Para finalizar a construção da ponte provisória sobre o Jardim de Alah, como parte das obras da Linha 4 do Metrô (Ipanema – Barra da Tijuca), a pista interna do canal, na Avenida Borges de Medeiros, entre a Rua Professor Antônio Maria Teixeira e a Lagoa, será fechada ao tráfego neste sábado. O bloqueio é necessário para a construção de uma rampa de acesso à ponte metálica que está sendo montada no local.
Os veículos que saem da Rua Humberto de Campos, do estacionamento do Shopping Leblon e dos prédios da Rua Professor Antônio Maria Teixeira deverão seguir pela pista lateral do Jardim de Alah, em direção à praia. Já para chegar à Lagoa, os motoristas deverão seguir até a Avenida Ataulfo de Paiva e contornar o Jardim de Alah pelo lado de Ipanema (Avenida Epitácio Pessoa).
A interdição será mantida até terça-feira. Segundo a concessionária responsável pelas obras da Linha 4, os desvios do tráfego foram definidos em conjunto com a CET-Rio. Agentes de trânsito serão deslocados para o local para orientar os motoristas.
A ponte provisória sobre o canal do Jardim de Alah está sendo construída para viabilizar a escavação da Estação Jardim de Alah. Isso porque, nas próximas semanas, será necessário fechar temporariamente um trecho da Avenida Borges de Medeiros em frente à Avenida Ataulfo de Paiva. Com isso, a nova ponte fará a ligação entre Leblon e Ipanema, em substituição à travessia existente na Ataulfo.
As intervenções no trânsito do Leblon para as obras da Linha 4 do Metrô foram iniciadas em novembro de 2012, com o fechamento de dois trechos da Ataulfo de Paiva, entre a Rua General Venâncio Flores e a Avenida Bartolomeu Mitre e entre as avenidas Afrânio de Melo Franco e Borges de Medeiros. A previsão é que todos os trechos interditados sejam liberados em meados de 2014.

Nenhum comentário: