POLÍCIA NA PRAIA

Polícia do Rio reforça efetivo nas praias da zona sul

Rio de Janeiro – Para coibir os arrastões que ocorreram em dois finais de semana nas praias da zona sul, a Polícia Militar reforçará o patrulhamento na orla com 600 homens, a partir deste sábado (23). O policiamento contará com reforço do Batalhão de Choque que atuará desde a descida dos banhistas nos pontos de ônibus do Leme, de Copacabana, de Ipanema e do Leblon.
A ação também contará com efetivo da Coordenaria de Recursos Especiais da Polícia Civil (Core), que reforçará o policiamento de Praia de Copacabanana. Para acelerar o registro de ocorrências, será usada uma delegacia móvel para autuar e levantar a ficha criminal dos detidos, pela identificação de dados do Instituto Félix Pacheco (IFP).

De acordo com o coordenador de Comunicação Social da PM, tenente-coronel Cláudio Costa, policiais do Batalhão de Choque atuarão nas areias das praias de Copacabana, de Ipanema, do Leblon e do Arpoador. Estão previstas, também, operações nos ônibus, principalmente os que saem dos bairros do Méier e Jacarezinho com destino final nos terminais da zona sul, para coibir os arrastões dos últimos dias. De acordo com levantamento do serviço de inteligência da Secretaria de Segurança Pública, os responsáveis pelos roubos chegaram em ônibus que fazem o trajeto entre esses dois bairros até a zona sul.
O porta-voz da PM, disse que a corporação utilizará o Batalhão de Choque no patrulhamento com viaturas e motos. “Teremos também homens com roupa de educação física circulando pelas areias. Faremos ainda operações fora da zona sul, nas linhas de ônibus que seguem para a praia. Como percebemos uma apreensão grande de menores, teremos o Conselho Tutelar atuando conosco", explicou.
Já o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, disse que as tropas de elite da PM e da Polícia Civil atuarão diretamente na repressão para coibir os arrastões. "Vamos usar as forças especiais de forma ostensiva para tentar repelir essas ações. O policiamento designado para estas áreas vinha dando resultado, mas se temos problemas acontecendo vamos tomar uma atitude efetiva a partir deste sábado".
Edição: Marcos Chagas

Nenhum comentário: