JUSTIÇA


Justiça condena homem que estuprou estudantes em hotel no Rio

Caso ocorreu em novembro de 2012 em um hotel de Ipanema.
Estudantes vieram de Brasília assistir ao show da Lady Gaga na cidade.

Do G1 Rio


Yuri foi preso em novembro de 2012 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Yuri foi preso em novembro de 2012
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)
A Justiça condenou João Iuri Ramos Campos, de 20 anos, a pena de 23 anos de reclusão, em regime inicial fechado, por ter roubado duas estudantes e estuprado uma delas em um hotel, em Ipanema, Zona Sul do Rio, em novembro de 2012. A decisão é do juiz da 34ª Vara Criminal da Capital, Rudi Baldi Loewenkron, nesta segunda-feira (8).

O juiz também negou ao réu o direito de recorrer em liberdade. “Os gravíssimos delitos cometidos, além dos fortes indícios do cometimento de inúmeros outros delitos patrimoniais e sexuais de características semelhantes, evidenciam que o réu é um perigoso criminoso serial, fazendo-se extremamente necessária para a preservação da ordem pública  a manutenção de sua custódia”, afirmou.
João Iuri foi preso no dia 10 de novembro de 2012 na Via Dutra após fugir da cidade com um carro roubado em Ipanema, na Zona Sul.  O criminoso confessou o estupro na delegacia. Ao ser apresentado na 13ª DP (Ipanema), o jovem, que foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), disse que era garoto de programa, chorou e se disse arrependido.
Relembre o caso
Em novembro do ano passado, duas estudantes de Brasília estavam hospedadas em um hotel, em Ipanema, para acompanhar o show da cantora Lady Gaga na cidade. As jovens voltavam de uma boate, às 4h da manhã, quando foram abordadas pelo réu, na porta do quarto do hotel. O homem, armado, espancou as estudantes, estuprou uma delas e fugiu com as malas e os pertences das vítimas.

Nenhum comentário: