PROTESTO

Protesto que começou em Ipanema fecha trecho da Avenida Delfim Moreira, no Leblon

  • Manifestação reuniu centenas de pessoas e transcorreu pacificamente
  • Trecho da Avenida Delfim Moreira permaneceu interditado

Manifestantes ficam sentados na asfalto, na esquina da Rua Aristides Espínola, no Leblon: protesto contra o governador Sérgio Cabral Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo
Manifestantes ficam sentados na asfalto, na esquina da Rua Aristides Espínola, no Leblon: protesto contra o governador Sérgio Cabral Domingos Peixoto / Agência O Globo
RIO — Centenas de pessoas que realizavam uma manifestação na orla de Ipanema e do Leblon, na noite desta sexta-feira, estiveram na esquina da Rua Aristides Espínola, no Leblon, onde mora o governador Sérgio Cabral. Uma barreira formada por policias impedia que o protesto chegasse à portaria do imóvel onde ele vive com a família. O grupo, formado por aproximadamente 500 pessoas, segundo a Globonews TV, gritava palavras de ordem e exibia cartazes e faixas. Não há registro de confusão na área. Por volta das 22h, o grupo ficou reduzido a cerca de 20 pessoas, que ainda ocupavam a Avenida Delfim Moreira, no sentido São Conrado.
Enquanto isso, um outro ato com vandalismo ocorria na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Dez pessoas foram detidas, e 12 menores, apreendidos. Todos foram encaminhados à 32ª DP. Vândalos aproveitaram para saquear uma concessionária. Mais de 20 pessoas invadiram a loja e destruíram vários automóveis. Eles quebraram as portas de vidro e roubaram objetos do interior da loja.
Na Zona Sul, os manifestantes caminharam cerca de seis quilômetros, a partir da estação de metrô da General Osório, pela Avenida Vieira Souto. Apesar do temor dos comerciantes, que fecharam as lojas mais cedo, o grupo seguiu pacificamente pela orla. Entre as reivindicações estavam melhorias na saúde e na educação pública.
Como a Avenida Delfim Moreira permanece interditada no sentido São Conrado, os motoristas devem evitar a orla da Zona Sul e a Avenida Niemeyer e optar pela Estrada Lagoa-Barra, em direção à Barra.

Nenhum comentário: