quarta-feira, 5 de junho de 2013

BAGUNÇA

Obra interdita ciclofaixa e leva riscos aos ciclistas no Arpoador

  • Bicicletas circulam agora na pista, junto aos veículos

RAFAEL GALDO (EMAIL·


Ciclista pedala pela pista de rolamento da Rua Francisco Otaviano: tapumes de obra isolam a ciclofaixa
Foto: Marcelo Carnaval / O Globo
Ciclista pedala pela pista de rolamento da Rua Francisco Otaviano: tapumes de obra isolam a ciclofaixa Marcelo Carnaval / O Globo
RIO — Em meio a uma série de acidentes graves envolvendo ciclistas nos últimos meses, uma obra relacionada à construção da Linha 4 do metrô tem levado risco a quem circula de bicicleta pela Rua Francisco Otaviano, no Arpoador. Como mostrou a coluna Gente Boa na segunda-feira, foram instalados tapumes em pontos da ciclofaixa da via, próximo ao Parque Garota de Ipanema. Os obstáculos têm levado muita gente a pedalar ziguezagueando, por vezes no meio da pista de rolamento. Provisoriamente, a orientação é que os ciclistas sigam por uma ciclovia improvisada do lado esquerdo da rua.
Presidente da Sociedade Amigos de Copacabana, Horácio Magalhães ressalta que, sem sinalização adequada avisando sobre o desvio, quem circula pelas ciclovias das avenidas Atlântica, em Copacabana, ou Vieira Souto, em Ipanema, e segue pela Francisco Otaviano acaba surpreendido pelos tapumes no caminho. Resta ao ciclista ir para o canto da pista dos carros ou atravessar para o lado esquerdo, desafiando o trânsito.
Segundo a CET-Rio, a sinalização do novo traçado provisório da ciclovia da Rua Francisco Otaviano já foi devidamente implantada. O órgão informou ainda que controladores atuam para orientar e fornecer todas as instruções aos ciclistas e pedestres, “garantindo a segurança e fluidez no local”. A CET-Rio disse também que está avaliando diariamente a intervenção e, caso necessário, ajustes serão feitos imediatamente.
Chegar a essa ciclovia temporária tem sido complicado não só perto das obras. A previsão era que quem viesse de bicicleta pela ciclovia da Vieira Souto (junto à praia) atravessasse em frente à Rua Joaquim Nabuco para a pista próxima aos prédios e seguisse num trecho da ciclovia temporária, sobre a calçada, até o acesso ao lado esquerdo da Francisco Otaviano. Mas, segundo Horácio, esse trecho ainda não estava pronto até o fim de semana:
— No sábado, operários ainda estavam começando a pintar as faixas. Mesmo assim, os tapumes já estavam instalados, expondo ciclistas, motoristas e pedestres ao perigo.


Nenhum comentário: