quinta-feira, 30 de maio de 2013

NOVIDADE

Segway: novidade sobre rodas chega à orla de Copacabana

  • Frota agora está disponível para passeios em ciclovia e pista de lazer. A partir de terça, Lagoa, Ipanema e Aterro também entram no circuito

LAURA ANTUNES (


Os carros elétricos em teste na orla de Copacabana no último fim de semana: estreia é nesta quinta-feira
Foto: Divulgação
Os carros elétricos em teste na orla de Copacabana no último fim de semana: estreia é nesta quinta-feira Divulgação
RIO — Uma novidade chega nesta quinta-feira, correndo por fora, à orla de Copacabana. Bem, correndo é exagero, já que a velocidade máxima não ultrapassa a marca de oito quilômetros/hora. Mas patins, bicicletas, skates e afins passam a dividir espaço com os Segways — aqueles veículos elétricos de duas rodas que transportam o condutor de pé. O equipamento, já usado pela Guarda Municipal, serve agora também ao lazer. O brinquedinho, ecologicamente correto, pode ser alugado para percorrer a ciclovia ou a pista de recreação (aos domingos e feriados). Na semana que vem, a Praia de Ipanema, a Lagoa Rodrigo de Freitas e o Aterro do Flamengo serão incluídos no circuito de passeios.
A aposta de que os carrinhos, criados em 2001 nos Estado Unidos, cairão nas graças dos cariocas é de uma empresa especializada em lazer e turismo, que importou 21 unidades para cobrir os quatro percursos. A meta é fisgar moradores da cidade e turistas. Até o verão, Paineiras e praias mais afastadas da cidade (ainda não escolhidas) devem entrar na lista dos roteiros, somando uma frota total de 52 veículos.
O aluguel do equipamento não é o que se pode chamar exatamente de acessível. Os pacotes de preços ainda não estão fechados, mas passear na orla da Lagoa não sairá por menos de R$ 120 (por pessoa), com direito a uma hora e 40 minutos com o Segway. Percorrer a ciclovia de Copacabana custará R$ 80 (por 40 minutos de aluguel). Para fisgar a freguesia, hoje, na estreia, haverá preço promocional: R$ 33, por 20 minutos de passeio.
— Nossa meta é que os passeios sejam atrativos para todos os bolsos. Por isso, a ideia é oferecer preços promocionais aos domingos, como no lançamento em Copa. Queremos que o público se empolgue pelo equipamento, que já faz sucesso há tempos nos Estados Unidos e na Europa — diz Flávia Sartori, sócia da Easyway, empresa que lança o serviço, explicando que o valor mais alto em relação à Lagoa e ao Aterro se deve ao fato de incluir uma van para transportar os clientes e o equipamento até esses locais.
Por segurança, os passeios serão feitos somente com a presença de um monitor, que guiará grupos entre duas e seis pessoas, no máximo. A idade mínima exigida é de 12 anos. Os veículos, com autonomia para dez horas (ou 40 quilômetros), não têm comandos de aceleração ou frenagem. Eles funcionam a partir do impulso do corpo, através da leitura feita por uma série de sensores instalados no equipamento, que custa em média R$ 35 mil e suporta um peso de até 118 quilos. O veículo chega a atingir até 20 km/hora, mas a frota disponível na orla foi ajustada para, no máximo, oito quilômetros.
Os passeios serão agendados de terça-feira a domingo, das 9h às 18h. No último fim de semana, a empresa realizou testes com o público na Praia da Copacabana.
Apostando que a novidade vai emplacar, a empresa planeja levar os veículos, num futuro próximo, para Búzios, Cabo Frio e Rio das Ostras. A Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop) informou na quarta-feira que a empresa tem autorização para levar o equipamento à orla, mas a contratação do serviço não pode ocorrer em via pública. A Easyway disse ao GLOBO que o aluguel será agendado somente no site da empresa (easywaybrasil.com.br) ou em sua loja física, instalada em Copacabana.



Nenhum comentário: