quinta-feira, 18 de abril de 2013

ATA DA REUNIÃO




      O  Governo Estadual do Rio de Janeiro, não conseguiu até agora, extinguir a Ação Cautelar, conforme seu objetivo.

      Um dos argumentos alegados no agravo apresentado, foi de que o Governo está impedindo a ação da perícia, com a continuidade da obra e consequentemente a derrubada de árvores centenárias impedindo o equilíbrio ecológico. O “replante” anunciado pelos representantes, se resume apenas sobre as palmeiras que estão sendo levadas para um horto, para depois serem recolocadas, segundo divulgação pelos meios de comunicação.
      Está sendo solicitado pela nossa Advogada, o encaminhamento da Ação para Brasília, onde será alegado todo o desrespeito à justiça, aos cidadãos pagantes de impostos, a prepotência nas informações, a devastação inescrupulosa de área verde do bairro, por parte do Governo Estadual.  Será solicitada a participação  da população na reconstituição da futura praça, com sugestões para o plantio de mudas significantes e adequadas ao local. Assim como nos  acabamentos, desde os locais das saídas, tipo de piso, que deverá ser como o original, sem colocações de cimento e pedras portuguesas, ou material semelhante, como todas as praças que se transformaram em saídas do Metrô.

      O total de recursos arrecadados pelo PSI nos quase quatro meses de trabalho, foi até agora R$ 13.823,71, já descontadas as custas iniciais do processo judicial da Ação. Este valor está depositado numa conta/poupança (HSBC – Ag. 0310 C/P 018177-0) para ser utilizado nas próximas despesas, decorrente do encaminhamento de todo o processo para Brasília.

     
      No dia 22/03/13 foi realizada audiência pública sobre a ocupação das praias da Zona Sul. Houve presença maciça  dos donos das barracas que vendem bebidas, com a finalidade de se chegar a algum acordo com a Prefeitura para explorar toda a orla.
      Foi apresentado pelo movimento “Salve São Conrado”, em forma de DVD, uma pesquisa sobre as condições da praia de São Conrado, muito importante e ilustrativa, mostrando a verdadeira situação do local.
      Não houve a presença da mídia na audiência, mas será apresentado um documento constando todos os assuntos abordados.
      Existe um morador de Ipanema que está tentando uma reunião com o Prefeito Eduardo Paes para uma conversa sobre o assunto: Praias do Rio. 

Nenhum comentário: