domingo, 3 de fevereiro de 2013

SIMPATIA


RJ: bloco Simpatia É Quase Amor arrasta 80 mil pessoas em Ipanema

02 de Fevereiro de 2013 20h09 atualizado às 21h38

Foliões se divertiram no bloco de rua Foto: Daniel Ramalho / Terra Foliões se divertiram no bloco de rua
Foto: Daniel Ramalho / Terra
André Naddeo
Direto do Rio de Janeiro
Sob um sol escaldante, o bloco de rua Simpatia É Quase Amor arrastou uma multidão pelas ruas de Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, na tarde deste sábado (2), levando os foliões à loucura no pré-Carnaval carioca. A previsão da RioTur é que cerca de 80 mil pessoas tenham acompanhado a agremiação, que desfilou pela avenida Vieira Souto, na praia, que ficou interditada nos dois sentidos, causando bastante retenção no trânsito da região.
Fundado em 1985, na época das Diretas Já, o bloco lilás e amarelo homenageou Iemanjá, deusa do mar, em seu samba, cantado em algo em bom som nos dois trios elétricos, que foram acompanhados pela bateria devidamente caracterizada com as cores da agremiação.
"Olha que coisa mais linda, saindo da praça, é o Simpatia que vem e que passa, doce balanço, a caminho de Iemanjá", cantou o samba enredo de Guilherme Vargues, Manuela Trindade, Nina Rosa e Bil-Rait Buchecha, parafraseando os primeiros versos de Garota de Ipanema, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes.
Nem por isso, no entanto, o Simpatia deixou de mandar suas mensagens políticas ao público que pulou o Carnaval debaixo de um calor saariano. "Zé Dirceu é 10 (anos e 10 meses) dizia uma faixa em um dos trio elétricos, em alusão ao ex-ministro do governo Lula condenado pelo Supremo Tribunal Federal no caso do mensalão. "E o Sarney nada?", perguntava ainda o cartaz sobre o ex-presidente do Senado.
Nem o prefeito Eduardo Paes escapou das alfinetadas: "prefeito, quando chove, aí sim, somos um Rio", dizia outra faixa, sobre o slogan de reeleição de Paes nas eleições municipais do ano passado. Sobrou até para o técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari: "Felipão de novo...tem coisas wue até Deus duvida".
"Para mim é o melhor bloco que tem. E frente a minha casa, maior festa, não dá para perder", disse a publicitária Renata Ramos, moradora de um dos prédios da orla, sem ligar para a desordem e a multidão que passava pela avenida Vieira Souto. Como já ocorrera em outros blocos, a reportagem flagrou diversos foliõs urinando nas ruas no entorno e na própria areia da praia de Ipanema.

A operação de combate à desordem realizada por agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) levou 15 pessoas para a Delegacia Especial de Apoio ao Turismo (DEAT) por urinarem em via pública durante o desfile do Simpatia é quase amor.
 
Além disso, a Seop apreendeu 957 bebidas diversas, oito botijões de gás, sete carroças de alimentos, nove caixas de isopor, dois carrinhos, um triciclo e quatro grades de ferro com ambulantes não autorizados.
 

Nenhum comentário: