DESPOLUIÇÃO DA PRAIA DE IPANEMA


Iniciadas obras para despoluição da praia de Ipanema

O objetivo é evitar que esgoto clandestino e águas residuais de qualquer natureza sejam despejados na praia de Ipanema


Amanda Previdelli/Arquivo
Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro
Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro: a parceria do governo do estado com a prefeitura vai despoluir as seis principais praias do Rio, até 2014.
Rio de Janeiro - As obras de construção de duas estações elevatórias de esgotos subterrâneos, na praia de Ipanema, no Rio, foram iniciadas hoje (31) e deverão estar concluídas em agosto deste ano. Segundo o secretário do Ambiente, Carlos Minc, que apresentou o projeto, o objetivo é evitar que esgoto clandestino e águas residuais de qualquer natureza sejam despejados na praia de Ipanema.

As elevatórias são parte do Projeto Sena Limpa, cujos custos chegam a R$ 150 milhões. A parceria do governo do estado com a prefeitura vai despoluir as seis principais praias do Rio, até 2014. Desde de 2012, estão em andamento as obras de recuperação ambiental das praias de São Conrado, Leblon, Ipanema, Leme e Urca, na Zona Sul e da Bica, na Ilha do Governador, dentro da Baía de Guanabara.

Um comentário:

Anônimo disse...

Isso tudo é muito bom, contudo é necessária, também, a despoluição das ruas de Ipanema. Nunca vi tantos mendigos, bêbados, loucos e trombadinhas no bairro quanto nos últimos meses. Impossível sair em paz, a cada metro percorrido um pedinte. Essa semana uma menina teve o pescoço machucado por um assaltante que arrancou-lhe o cordão e correu por entre os carros na General Osório. Assim fica difícil viver no bairro, tudo é muito caro e o que levamos em troca? Pauladas!