METRÔ


RAÇA N.S. DA PAZ

Linha 4 do Metrô responde

Sobre a nota que relata a insatisfação de moradores de Ipanema com a construção de uma estação dentro da Praça Nossa Senhora da Paz, a assessoria de imprensa da Linha 4 do Metrô diz:
"O projeto é 100% sustentável, já que haverá replantio com mudas das árvores que precisarem ser removidas. O metrô é o meio de transporte de massa mais ambientalmente correto porque retira veículos da rua, retirando a emissão de gás carbônico do ar.

Os acessos às estações da Linha 4 foram definidos a partir de estudos que levaram em conta critérios de engenharia, segurança, comodidade e demanda.

As obras da Linha 4 na Zona Sul vão utilizar o TBM (Tatuzão), equipamento que vai perfurar os túneis subterrâneos do metrô de Ipanema à Gávea -- sem explosões e sem a necessidade de abrir valas na superfície --, método construtivo seguro e usado em todo o mundo."


Nome: Zeca Araujo Dias 
- 30/8/2012 - 7:48
Moro em Ipanema, utilizo o metrô diariamente e sou a favor da estação N.Sra. da Paz. O PSI se autoproclamou como representante dos moradores do bairro, o que não é verdade. É um pequeno grupo que, por estar organizado, tem acesso à mídia e fica tentando encobrir seus preconceitos com uma suposta defesa do meio ambiente.

É preciso ficar claro que o PSI não representa a população de Ipanema. Além do mais o metrô é DE TODA A POPULAÇÃO CARIOCA!!! 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Observador Atento 
- 30/8/2012 - 6:44
Que absurdo o rumo que a "linha 4" (Ah tá, linha 1 esticada da Saens Pena para Barra vai deixar de se chamar linha 1 embora seja a mesma linha....) do Metrô Rj tomou! Gente, a hora de evitar esse absurdo que estão fazendo com a cidade, os cidadãos, vão acabar com o meio de transporte público (caro) que é o metrô e de quebra arrasar umas praças pelo caminho!? Chocante ver nossa cidade sendo detonada dessa forma e o povo querendo reeleger eles!!! Que povo tolo! 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Maria Luiza de P Lopes 
- 30/8/2012 - 1:23
Não se dão ao trabalho nem de elaborar outra resposta que não essa, dada sempre, constantemente, mesmo sabendo que é uma inverdade já que mesmo que replantassem mudas de 300 árvores, as mesmas levariam outros 80 anos para atingirem a "cobertura verde" que hoje existe, isso sem falar em 40.000 pessoas/dia atravessando a praça, pois quem se dará ao trabalho de contorná-la havendo saídas em frente aos 2 portões centrais? Que governo é esse que não se importa com a opinião pública? Não é considerada esse tipo de atitude, de cima para baixo, uma atitude totalitária? Por que essa insistência? Afinal o que o governo tem a ganhar posicionando-se contra tudo e contra todos? Não apresentam projeto, não abrem discussões com a população, não querem nos ouvir, nem ver. Por que é tão importante manter esse projeto destruidor de um bairro inteiro? Quem ganha com isso? E o que? Malu Lopes 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Mario Henrique Mazza 
- 29/8/2012 - 23:28
Um governo que sequer debate com os moradores uma obra de tamanha proporção, e que trará profundas mudanças na rotina de cada um, merece nosso desprezo nas urnas. Vamos aproveitar a eleição que se avizinha e dar o recado! Essa obra é desnecessária e a maneira como o poder público pretende executá-la é absurda. 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Geezer 
- 29/8/2012 - 22:59

O protesto legítimo dos moradores de Ipanema faz todo o sentido. Se a estação for mesmo na praça, aquilo vai virar uma sucursal da Praça Saenz Peña, com mendigos e desocupados espalhados ao redor, camelôs e barraqueiros em todo lugar, mais flanelinhas bandidos extorquindo motoristas...enfim, mais um ponto caótico no Rio, criado por políticos que só atuam em causa própria ou em nome de parentes e amigos. E tudo feito na marra, sem consultar quem mora ali. 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Ricardo Maceira 
- 29/8/2012 - 19:50
Governador-viajado e prefeito-de-patinete conhecem muito o metrô da Cidade-Luz, Paris. O governador passa mais tempo lá do que cá. Lá, certamente, anda de metrô para fazer suas comprinhas.
E aqui? Só em dia de inauguração, com claque e seguranças barrando os verdadeiros usuários pagantes.
"Quem" ganhou muita $$$ para aprovar, e justificar, essa linha 1.1??? 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Ricardo Maceira 
- 29/8/2012 - 19:45
Isso não é "linha 4".É, quando muito, linha "1.1", prolongamento b-u-r-r-o, sem projeto, da Linha 1.
Em nenhum lugar do mundo se constrói um metrô "linear".
O governador-viajante-itinerante (anda sumido e calado desde os casos Cavendish-Cachoeira) e seu cumpanheiro prefeitinho são os únicos "interessados" (ou interesseiros?) nessa linha 1.1.
Quem entrar na Barra, só vai conseguir sair na Saens Pena, de tão lotado que vai estar! 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Ana Paula Cavalcanti Romeiro 
- 29/8/2012 - 19:39
O governo sempre com a mesma resposta pronta!!! Incrível!!! 

Bom, o Metrô Rio tem um padrão. Basta olhar pra trás... todas as praça por onde passou, acabaram enquanto praca. Viraram passeios públicos com um monumento à feiura e ao mau gosto no meio : praça saens pena, afonso pena, cardeal Arcoverde, eugenio jardim, largo do machado e general Osório. Todas!!!

So não queremos que a praça nossa senhora da paz, patrimônio ambiental tombado, tenha o mesmo destino. Até porque, para atender a população, basta um buraco no chão.

Sera que é tão complicado para este governo ouvir e dialogar com a populacao? Isso só deixa claro a arbitrariedade com que eles trabalham...


Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Helvio Ribeiro Malagris 
- 29/8/2012 - 19:09
se em ipanema vai ser usado este tatuzão, por que não podemos usa-lo em toda a cidade?
poderiamos mante-lo aqui sempre criando dezenas de quilometros de linhas de metro por toda a cidade, assim como em todas as 
cidades civilizadas do mundo, onde o metro é peça fundamental no
transporte publico. Precisamos de varias linhas de metro pela cidade, não podemos mais ficar na dependencia de olimpiadas ou copas do mundo para termos um transporte decente em toda a cidade. temos metro a mais de trinta anos e apenas poucos quilometros em duas linhas, é muito pouco. coloca este tatuzão agora cortando toda a cidade. o carioca vai agradecer muito isto.
obrigado 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Andréa Albuquerque Garcia Redondo 
- 29/8/2012 - 18:36
O ponto crucial não é a Praça ou suas árvores. A questão primordial é o abandono da Linha 4 verdadeira, fazendo a ligação do Centro para a Barra via Humaitá e Jardim Botânico, trajeto trocado por um puxadinho na Linha 1. Porém, para lutar por isso deveria haver mobilização dos demais bairros interessados, o que, infelizmente não ocorre. Para a cidade, Ipanema e Leblon não são prioritários. O Blog Urbe CaRioca e o Blog Metrô do Rio analisaram as questões à exaustão. 
                  comentários.


Nome: Luciano Ozorio Rosa 
- 30/8/2012 - 18:15
"O projeto é 100% sustentável": frase oca. Trocar árvores plantadas há 50-80 anos por mudas que levarão igual tempo para crescer: crime ambiental. Construir acessos ofensivos à estética e ao bom senso, como tem sido feito: mau-gosto e caipirice. Transformar um verdadeiro oásis em ponto de passagem, de camelotagem e de punguistas: crime urbanístico. Chamar de Linha 4 uma custosa e supérflua extensão da Linha 1: empulhação. Algum candidato a Prefeito se dispõe a salvar a Praça? 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Elizabeth de Lima Feuermann Missagia 
- 30/8/2012 - 17:40
Desde quando arvores adultas podem ser replantadas? Vao plantar mudas isto sim. É um absurdo. Se os interessados maiores nao querem porque nao atende-los? A presidente da Ama Ipanema deve estar muito iludida para aceitar isto.


Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Sérgio Barros 
- 30/8/2012 - 13:53
Emmanuel, nada como arquitetos "modernosos" para destruir prédios de qualidade e erguer monstrengos. 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Emmanuel da Silva Galhardo 
- 30/8/2012 - 11:56
Lembrem do Palácio Monroe. Um ícone de nossa arquitetura e parte relevante de nossa história transformado em pó pela sanha progressista: o metrô era a prioridade. No final o traçado dos trilhos foi alterado de forma a salvaguardar o monumento; que fora inicialmente projetado para ser o "Pavilhão do Brasil" na Exposição Universal de Saint Louis nos EUA em 1904. Foi condecorado com a medalha de ouro no "Grande Prêmio Mundial de Arquitetura". Ao final do evento, vejam só, foi desmontado e trazido de volta ao Brasil onde foi remontado em 1906 na Cinelândia vindo a se tornar sede da Câmara e em seguida do Senado. Foi demolido graças a sanha destruidora deste jornal, que, em campanha por ele mobilizada e com a participação de arquitetos "modernosos" como Lúcio Costa aproveitando o gancho das obras do metrô pediram sua demolição. 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Jane Fondha 
- 30/8/2012 - 10:26
E PRECISO QUE SEJA ASSINADO UM DOCUMENTO OBRIGANDO QUE SEJA REPLANTADA AS ÁRVORES. ESSE GOVERNO PROMETE QUE VAI REPLANTAR, MAS QUANDO NINGUEM SABE.. IMPRESSIONANTE AS OBRAS QUE SÃO FEITAS NA CIDADE, TUDO COM O ACABAMENTO PESSIMO, DEVE SER P JUSTAMENTE QUEBRAR LOGO P SER REFEITO... NOSSO DINHEIRO PELO ESGOTO. 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Pedro Rj 
- 30/8/2012 - 10:23
Sou obrigado a concordar com o Metro. Os acessos ficarão fora da praça. Não vejo motivo para tanto escarcéu e alegações que vai "destruir a praça". Pelo jeito que a associação se manifesta, dá a impressão que vão plantar uma saída no meio da praça.

Acho que as associações devem ser sempre ouvidas, mas com parcimônia pois muitas reivindicações são estúpidas . 
Lembro-me da polêmica quando a associação de Copacabana não queria que o nome da Est. Cantagalo tivesse nome da favela, que é o referencial de localização. Outra foi em relação à construção do Shopping Leblon. A associação dizia que o shopping daria um nó no trânsito, que o Leblon não teria condições, blá-blá-blá e nada disso aconteceu. 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Danilo Esper Urbano St 
- 30/8/2012 - 10:11


Eleições Rio de Janeiro: 

Lulista Eduardo Paes surfa com 53%; 

"Comunista" Freixo, candidato do Chico Buarque, sobe para 13% das intenções de voto

Nesta eleição, 
os demos reaças cariocas só vão servir pra sufragar um singelo voto na urna, 
pra referendar oficialmente o Presidente Lula por mais 4 anos 
ou para ascender o socialismo solar.

De resto, os demos reaças cariocas não prestam pra nada.


Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Sérgio Barros 
- 30/8/2012 - 9:25
Linha 4?? É a mesma linha 1 de sempre! Estão pensando que enganam quem? Aqui não é eleitor do Lulla não! 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Vitor Flamel 
- 30/8/2012 - 8:16
Metrô responde na base do texto padrão, só no CTRL+C CTRL+V! 

Este comentário é ofensivo ou inapropriado? 
Denuncie aqui


Nome: Guanabarino 
- 30/8/2012 - 7:51
O ponto primordial é o abusurdo do traçado dessa "linha 4" uma verdadeira tripa, feita no trajeto mais complicado geologicamente e logicamente mais caro e o pior com a construção de uma caríssima estação anexa a Gal. Osório, uma piada, um show de incompetência com o nosso dinheiro 


GENERAL OSÓRIO

ABANDONARAM NOSSA PRAÇA,AGORA PERTO DAS ELEIÇÕES ,APARECEM !!!!!!


A praça em Ipanema é deles, na maior parte do tempo

Por Clara Passi (clara.passi.personale@oglobo.com.br)
Agência O Globo – 5 horas atrás....Email

Em visita recente à Praça General Osório, O GLOBO-Zona Sul flagrou exemplos de queixas frequentes dos moradores de Ipanema. Por volta do meio-dia, um grupo fazia da praça uma sala de estar. Moradores de rua deitavam-se sobre pedaços de papelão e urinavam em cantos da praça. Meninos fumando cigarros brincavam sobre as bicicletas laranjas disponíveis para aluguel. A Guarda Municipal, que policia a área com duplas de agentes, abordou o grupo depois de cerca de uma hora, dispersando-o. De acordo com a assessoria da corporação, os agentes não podem infringir o direito de ir e vir dos moradores de rua, mas devem orientá-los a não deitar nos bancos da praça, depredar o patrimônio público ou causar desordem.

Pedras portuguesas soltas, um buraco fundo no calçamento, uma cabine abandonada com pichações e muito lixo, embora houvesse garis trabalhando, também compunham o cenário na semana passada.

- É preciso haver mais guardas na praça. Tem muito morador de rua a qualquer hora do dia. Tenho medo de passar por aqui à noite - diz Jorge da Silva, morador da área. - E os jardins são pisoteados durante a Feira Hippie (aos domingos).

Procurada, a Secretaria municipal de Conservação e Serviços Públicos afirma que já consertou o piso de pedras portuguesas. A cabine, que, segundo o órgão, havia sido colocada a pedido da Guarda Municipal, foi retirada. A Comlurb informa que limpa o local diariamente, durante o dia e a noite, e que está recuperando os canteiros.

A Secretaria municipal de Assistência Social, por sua vez, diz que trabalha diariamente na política de proteção às pessoas em situação de vulnerabilidade social. O monitoramento, inclusive em Ipanema, acrescenta, acontece também à noite.

Polo gastronômico à noite; depósito de dia

Os restaurantes Fazendola, Banana Jack e Brasileirinho, na Rua Jangadeiros, montam, com permissão da prefeitura, suas mesas à noite na Praça General Osório, formando um polo gastronômico movimentado. Mas, de dia, fazem o espaço público de depósito, outra queixa dos frequentadores da praça. A Secretaria de Ordem Pública (Seop) informa que a permanência do mobiliário dos restaurantes na praça está sendo tolerada até que uma solução definitiva seja encontrada pelos estabelecimentos, no menor prazo possível. Procurados, os donos dos restaurantes não deram data para a retirada.

- A desordem de todo tipo é o que mais nos incomoda na praça - diz o aposentado Joaquim Gonçalves, frequentador da praça. - Enquanto a situação não se resolve, tentamos conviver com os moradores de rua; não adianta olhá-los de cara amarrada. E tiro meu relógio quando passo por aqui à noite.

Hoje, Carlos Osório, secretário municipal de Conservação e Serviços Públicos, fará uma vistoria na Praça General Osório, com o objetivo de identificar os principais problemas. Carlos Monjardim, da Associação de Moradores de Ipanema (Ama-Ipanema), o acompanhará.



..

METRÔ NA PRAÇA


Enviado por Jorge Antonio Barros - 
29.8.2012
 | 
13h40m
METRÔ DA POLÊMICA

Ipanema só quer salvar a praça

O Projeto de Segurança de Ipanema (PSI), uma organização não governamental, convida para a inauguração da maquete da estação de metrô na Praça Nossa Senhora da Paz, do jeito e localizada onde os moradores querem. O evento será na próxima sexta-feira, dia 31, entre 11h e 13h, na esquina de Maria Quitéria com Visconde de Pirajá. A maquete a ser colocada na rua será em tamanho real.
O PSI esclarece suas propostas básicas:
a) Que a obra subterrânea que não atinja a superfície da praça acabando com a polêmica retirada e derrubada de árvores centenárias. Este tipo de obra é perfeitamente factível e está sendo amplamente utilizado em várias obras públicas pelo mundo afora.
b) Que os acessos sejam localizados fora do entorno imediato da praça, nunca rente às grades, para evitar que a praça se transforme em local de passagem e garantir a segurança das crianças que usufruem do local.

ATA 27/08/12





Reunião do PSI – Segunda-feira, dia 27/08/12, 18h Colégio Notre Dame – Ipanema  - RJ.


Em primeiro lugar,  foi mencionado o projeto MEU RIO que tem o objetivo de solucionar os problemas da cidade do Rio de Janeiro. Existe uma página na Internet, chamada “PANELA DE PRESSÃO” , destinada à reclamações. Foi sugerido então que o PSI monte uma página dentro do site, para pressionar as autoridades sobre a situação da Praça Nossa Senhora da Paz.
Uma senhora presente, aproveitou a menção sobre reclamações e sugeriu uma “batalha” aos camelôs de Ipanema, que estão de volta. Foi explicado que o PSI, por enquanto, está apenas com enfoque na situação da obra do Metrô para construção da estação N. S. da Paz. Indicou-se então, uma comunicação com a Associação de moradores para se tratar deste assunto. 

. INAUGURAÇÃO DA MAQUETE no dia 31/08 :
Será realizado um trabalho voluntário de distribuição de adesivos e esclarecimentos sobre uma possível saída discreta da estação do Metrô  fora dos limites da Praça Nossa Senhora da Paz. Também continuará sendo coletadas assinaturas em prol à preservação da Praça.
Foi sugerido, durante a reunião, uma outra data para a “inauguração”, por ser em um dia  de semana. Foi explicado que o evento acontecerá em outras datas, atendendo aos diferentes públicos do bairro.
 AÇÃO CAUTELAR:
Está sendo encaminhada através de advogado, a minuta  da ação que deverá pressionar o governo estadual a se pronunciar num prazo de 90 dias à respeito do projeto do PSI , em que se construa a estação desejada, unicamente subterrânea, sem causar nenhum dano à superfície e consequentemente sem destruição de árvores.

. AÇÃO POPULAR:
Após à ação cautelar, deverá também ser encaminhada. Por enquanto está parada, dependendo dos acontecimentos e da greve do judiciário.

. IPHAN:
Por sugestão de um componente do órgão, a praça poderia ser tombada junto com a Igreja de Nossa Senhora da Paz. Porém, pelo próprio IPHAN, esta possibilidade foi descartada, por serem locais construídos em diferentes épocas e não formarem um conjunto coeso.   

SEXTA FEIRA 31 DE AGÔSTO

PEGA LADRÃO !


Guardas municipais prendem ladrão que roubou turista em Ipanema

Rio - Guardas municipais da Unidade de Ordem Pública do Leblon (UOP-Leblon) prenderam, na tarde desta terça-feira, Alexandre da Silva Ribeiro, 22 anos, acusado de ter roubado uma câmera fotográfica, a carteira e um relógio do turista escocês George Edward Mitchill, 62 anos, em Ipanema. O acusado, que fazia parte de uma dupla de assaltantes, já tinha passagem por furto.

Os guardas estavam em patrulhamento na Rua Joana Angélica, esquina com rua Prudente de Moraes, quando foram alertados sobre um roubo na Avenida Vieira Solto. Os agentes perseguiram e alcançaram o ladrão metros à frente. No momento da prisão, a vítima chegou ao local acompanhada de dois policiais militares.

Todos foram levados para a Delegacia de Apoio ao Turista (DEAT), no Leblon, onde o caso foi registrado como roubo. Segundo a vítima, dois homens (um deles armado com um revólver) havia roubado seus pertences. Os guardas recuperaram o relógio com Alexandre.

A câmera e a carteira não foram localizadas, pois teriam sido levadas pelo comparsa do ladrão, que não foi localizado nas proximidades.



PROTESTO EM IPANEMA

Protesto em Ipanema pede a volta do bonde de Santa Teresa, que está há um ano sem circular


Veículos pararam depois do acidente que deixou seis mortos e muitos feridos

.Do R7


...Celso Barbosa/Futura Press/Agência Estado.


Protesto pela volta do bonde de Santa Teresa, na praia de Ipanema, no Rio de Janeiro, RJ, na manhã deste domingo (26), quando a tragédia que matou seis pessoas e deixou quase 50 feridos, completa um ano. Após o acidente, a circulação dos veículos foi suspensa. Os bondes devem voltar somente em 2014 ao tradicional bairro turístico do Rio



.

ACIDENTE


Homem é atropelado em Ipanema

RIO- Um homem identificado como Rogério Martins, foi atropelado na tarde deste domingo, por volta das 15h, na Rua Prudente de Morais, na altura da Rua Joana Angelica, em Ipanema, Zona Sul do Rio. A vítima foi socorrida por uma ambulância do Samu e levada para o Hospital Miguel Couto, no Leblon. Segundo as primeiras informações dos bombeiros, Rogério teve ferimentos de gravidade média. O trânsito ficou engarrafado no local.

O GLOBO


POSTO 9

Cerimônia religiosa relembra vítimas de acidente com Bondinho de Santa Teresa


Moradores do bairro cobram respostas um ano após episódio

Jornal do Brasi´


Um ato ecumênico, na Igreja Anglicana do bairro, reuniu moradores e frequentadores para lembrar o dia 27 de agosto de 2011, quando um acidente com o bondinho de Santa Teresa deixou seis mortos e 53 feridos.
Amanhã, diversos atos estão programados em continuação das homenagens. Pela manhã será celebrada uma missa na Igreja da Matriz. Em seguida, haverá uma manifestação no Posto 9, em Ipanema. No final da tarde, mais um ato público, no Largo dos Guimarães, cobrará uma solução para o caso. Na segunda-feira, dia em que a tragédia completa oficialmente um ano, haverá a inauguração de uma placa em homenagem às vítimas e a entrega de um dossiê ao Ministério Público do Estado pedindo o indiciamento do secretário de Transporte, Julio Lopes.
A composição descarrilou e tombou quando descia a Rua Joaquim Murtinho, na altura do número 273, perto do Largo do Curvelo. Quatro pessoas morreram na hora. A quinta vítima fatal chegou a ser socorrida, mas morreu ainda no hospital. A sexta vítima morreu no dia 5 de setembro, após passar nove dias internada, com traumatismo craniano. O condutor do bonde, Nelson Corrêa, que fazia aniversário no dia do acidente, também morreu no local.

Na ocasião, a perícia constatou diversas falhas técnicas na composição, inclusive problemas nos freios. Desde então, a circulação dos bondes antigos foram suspensas no bairro, que ainda aguarda uma solução para o caso. A Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central), responsável pelo sistema, calcula que 14 novos veículos comecem a circular no bairro no primeiro semestre de 2014. Contudo, batalhas judiciais atrasam licitações. Os novos veículos - que custarão R$ 49 milhões - terão capacidade para transportar 24 passageiros. Percorrerão um trajeto de 14 quilômetros, com início na Rua Francisco Muratori (na Lapa) e término no Silvestre. Por questão de segurança, os bondes não terão estribo.




BLOG DO CESAR MAIA

Nada tenho a ver com política ... o texto abaixo foi copiado  do ex-blog do Cesar Maia.....
 
x
 
A EX-MELHOR PRAÇA PÚBLICA DO RIO: N.S. DA PAZ EM IPANEMA!

(CAAA) Moro em Ipanema há 62 anos. Nunca vi isso. Passo quase diariamente  pela Praça Nossa Senhora da Paz - um modelo por anos e anos. Agora, com o gradil enferrujado e abatido em vários pontos, ela está sendo ocupada por drogados e mendigos durante a noite. Eles pescaram todos os peixes do lago, que hoje está cheio de mosquitos! Os bancos estão destruídos.  Os jardins, completamente danificados. De pé apenas equipamentos de ginástica para a terceira idade e dois banheiros portáv eis, pouco usados. 
 

ACIDENTE NA VINÍCIUS


Duas pessoas são atropeladas em Ipanema

Renata Leite


Carro invade calçada em Ipanema e atropela duas pessoas, na esquina da Rua Vinícius de Moraes com Avenida Visconde de Pirajá

Marcelo Piu / O Globo

RIO - Duas pessoas foram atropeladas na noite desta terça-feira após um motorista perder a direção e subir com o carro na calçada da Rua Vinícius de Moraes, na esquina com a Avenida Visconde de Pirajá, em Ipanema. As vítimas foram levadas para o Hospital Miguel Couto conscientes. Ainda não há informações sobre o estado de saúde delas.

Segundo a Polícia Militar, David da Silva, de 22 anos, dirigia o veículo no momento do acidente. O Golf preto, com placa de Angra dos Reis, seria de Crisanto César Carneiro, de 40 anos. Os dois estão sendo ouvidos na 14ª DP (Leblon) na fim da noite desta terça-feira.

Ao subir na calçada, o veículo parou imprensado entre uma árvore e o sinal da rua. Reginaldo da Silva São José, conhecido como Pepê, estava sentado numa cadeira no local e foi atingido. Ele é bastante conhecido na região, uma vez que realiza pequenos reparos para os comerciantes. A outra vítima seria Paulo Alberto da Silva, segurança da rua.

Com o proprietário do carro, foram encontrados dois papelotes de cocaína. Segundo testemunhas, ele estaria bebendo num bar ao lao do local do acidente. Transeuntes também disseram que David, que dirigia o carro, aparentava estar acoolizado.

Pessoas que estavam num bar tomaram um susto com o barulho e foram ver o que tinha acontecido.

 O barulho foi muito alto, parecia dois carros batendo - disse José Claudio Wolf, morador de Copacabana.

SÓ SERVEM PARA ISSO !



Moradores se revoltam com reboque de carros de madrugada em Ipanema

Eles contam que placas não foram colocadas com antecedência.


Do G1 RJ

Moradores da Rua Barão da Torre, em Ipanema, Zona Sul do Rio de Janeiro, tiveram seus carros rebocados por guardas municipais na noite desta segunda-feira (20). Segundo a assessoria da Secretaria Municipal de Obras (SEO), seria proibido estacionar na rua das 22h as 5h por conta de uma obra da Operação Asfalto Liso. Houve discussão entre residentes e policias.

A discussão entre moradores e policiais durou até 2h da manhã desta terça-feira (21). Um residente registrou a ação com uma câmera amadora. Veja o vídeo acima. Por volta das 2h30, a Operação Asfalto Liso já estava em andamento.

Os reboques começaram por volta das 23h. Os porteiros dos prédios avisaram aos moradores, que desceram para tentar impedir que os carros fossem levados. A reclamação dos residentes é que placas de “sujeito a reboque” só foram colocadas por volta das 19h, horário em que muitos deles já haviam chegado do trabalho e não teriam visto o aviso. A maiorias dos prédios da Rua Barão da Torre não tem garagem e, portanto, os moradores estacionam na rua.

“Estava dormindo e acordei com a gritaria. Os moradores estavam em cima de seus próprios carros para que não fossem rebocados. Teve uma menina que estava em cima do Peugeot dela. Os guardas municipais a ameaçaram com o cassetete para ela descer”, afirmou a dentista Bianca Barino, moradora da região.

Segundo a assessoria da SEO, os moradores receberam uma circular avisando das obras da Operação Asfalto Liso. Cerca de 48h antes das obras, as placas de estacionamento teriam sido cobertas e substituídas por outras de “proibido estacionar”.

Os residentes tentaram, sem sucesso, convencer os guardas a não rebocar os carros. Alguns mais exaltados chegaram a xingar e aplaudir ironicamente os policiais. Segundo a assessoria da Guarda Municipal, havendo sinalização que proíba estacionar no local, é obrigação dos guardas confiscar os veículos infratores.



CONVITE


FALTA TUDO !


NÃO FOI ACIDENTE MESMO!
 
Corrigindo a notícia (quinta-feira 16 de agosto) da morte por atropelamento da idosa Sergelina Duarte Arantes postada aqui no blog do PSI por Simone Candida e Pablo Rebelo: nesta esquina realmente não existe faixa de pedestre nem sinaleira, porém É UMA PASSAGEM DE PEDESTRE SIM !!! Tanto que existe um local para estacionamento de motos no canteiro central e um rebaixo na mureta que divide a ciclovia da pista.
 
Ou devemos pensar que qualquer destas pessoas que estão atravessando ali (foto de hoje), se morrerem atropeladas, será usada também a justificativa de que "atravessavam fora da faixa de pedestre" !!??   Some-se a isso a facilmente confundível "faixa reversível" e temos um cenário de matança de pedestres.
 
VÁRIAS PESSOAS JÁ MORRERAM ATROPELADAS NO MESMO LOCAL. Carros já subiram inclusive no canteiro central e os pinos de ferro/frades arrancados.  A existência de uma leve curva de quem vem do Leblon torna o local ainda mais perigoso.
 
ATENÇÃO AUTORIDADES !!!  EVITEM MAIS MORTES INSTALANDO O SINAL E FAIXA DE PEDESTRES ONDE JÁ EXISTE UMA PASSAGEM DE PEDESTRES. Estou solicitando agora pelo 1746, tomara que seja feita a instalação antes de novos "acidentes" no local.
 
Obrigado!
Sergio H. G de Souza

CONFUSÃO


Alunos do St Patrick’s do Leblon terão aulas em universidade em Ipanema

Direção do estabelecimento enviou carta aos pais na noite desta sexta-feira; mais cedo, a Secretaria estadual de Educação havia notificado a instituição




Fachada da filial do Leblon do Colégio St Patrick’s, fechada e com lixo acumulado
Foto: Fabio Rossi / O Globo
Fachada da filial do Leblon do Colégio St Patrick’s, fechada e com lixo acumuladoFABIO ROSSI / O GLOBO
RIO - Os alunos do Colégio St Patrick's do Leblon, despejado há duas semanas, voltarão às aulas na segunda-feira, mas, desta vez, em Ipanema. As salas de aula foram transferidas para a Universidade Cândido Mendes. Os pais dos estudantes receberam uma carta na noite desta sexta-feira com as novidades. Mais cedo, a Secretaria estadual de Educação havia notificado o estabelecimento a indicar em até 30 dias um novo local para seu funcionamento com condições adequadas, contando a partir da próxima segunda-feira. Se não o fizesse, a escola poderia até ser proibida de funcionar.
Na mensagem aos pais, a direção do colégio informou que, desde a reunião feita entre o estabelecimento e os responsáveis pelos alunos, na última terça-feira, estava à procura de um novo espaço físico, a fim de dar continuidade às atividades escolares do ano letivo. Os estudantes continuarão em seus devidos turnos e receberão o novo calendário escolar. Os 92 estudantes - segundo dados da Secretaria de Educação - estão sem aula há dez dias.
Nesta sexta-feira, alunos fizeram provas de recuperação numa galeria comercial de Ipanema, com a presença de funcionários do colégio. Segundo o Conselho Estadual de Educação, o procedimento foi irregular, já que uma avaliação não poderia ser feita fora do endereço oficial da escola. A secretaria informou que entrará em contato com o colégio para apurar o caso. Procurada pelo GLOBO, a direção do St Patrick's se recusou a comentar o caso.
O Conselho Estadual de Educação, que regula os cursos de educação básica e à distância do Rio, havia informado também nesta sexta que a escola ainda não havia apresentado nenhuma proposta de substituir o ensino presencial por cursos online. E, caso queisesse levar a cabo a intenção, seria preciso autorização do órgão, o que poderia não acontecer ainda este ano. As aulas e provas à distância foram propostas pela direção do St Patrick’s, segundo pais de alunos, em uma das reuniões realizadas para discutir a situação da instituição de ensino, despejada do imóvel que usava no Leblon há duas semanas.
O Conselho Estadual de Educação disse que uma licença padrão para ensino à distância tem um rito de aprovação demorado, levando alguns meses, dependendo de cada caso. Tradicionalmente, uma solicitação costuma ser aprovada somente para o ano seguinte do pedido. O órgão informou ainda que casos de escolas tradicionais transformadas em cursos online à distância são incomuns, ainda mais no meio do ano letivo.
O despejo da escola pegou a comunidade escolar de surpresa, com os pais sendo informados que seus filhos não teriam mais aulas na véspera do fechamento do colégio. Quatro dias depois, ainda segundo pais de alunos, a direção propôs que os alunos recebessem aulas e fizessem provas pela internet, enquanto não encontrava um novo local para o colégio.




ÊTA CIDADE MARAVILHOSA !!!!!!!


"Cocôrte Cantacagalo
Meu Deus: Uma ENORME língua negra e em plena estiagem, provavelmente vinda da comunidade Pavão-Pavãozinho, corre pelas encostas até o Corte Cantagalo.  ??? O que é isso ?? Coitado do bueiro e dos cidadãos que ali convivem com isso.
Nota-se que alguns condomínios dos Edifícios na Henrique Dodsworth tentam conter a "água" com jardineiras, mas é muito volume. QUE VERGONHA !  Esse é o saneamento básico da CEDAE em plena área super-valorizada da nossa olímpica cidade.
O cheiro é forte. Só não é mais forte do que a cara-de-pau dos beneficiados com tantos impostos que pagamos.
Sergio H. G. de Souza"
 

ANCELMO . COM


Enviado por Ana Cláudia Guimarães - 
15.8.2012
 | 
16h56m
ISABELA CAPETO

Baixo Garcia

Isabela Capeto inaugura amanhã  sua nova loja na Garcia D´Ávila 173 com a promessa de transformar o trecho menos movimentado da rua no novo ponto de encontro de Ipanema.
Foi assim, há sete anos, quando abriu sua primeira loja, na Dias Ferreira, no Leblon, e a vizinhança também não era lá essas coisas ainda. Isabela, que já apelidou a área de Baixo Garcia, terá seu ponto de venda entre o Restaurante Paz e Amor e o Bar Boa Sorte. Tudo o que ela precisa um ano depois de retomar sua marca e de se afastar do grupo InBrands, com o qual fez um acordo que exigiu a entrega da loja do Leblon. Que Deus a ajude e a nós não desampare!



MAIS UM CRIME EM IPANEMA !



 " Crime ambiental em Ipanema: Prefeitura mata árvore sem justificativa.

Uma árvore saudável, com décadas de existência (na Rua Visconde de Pirajá 484) foi morta (e picotada) pela Prefeitura nesta quinta-feira 16 de agosto de 2012.
 Acontece que há uns 10 dias, um buraco foi aberto do lado da mesma, parece que com a finalidade de consertar um encanamento. Havia uma água correndo.
 Será que esta era a melhor solução ???  E a sombra e que ela fazia e sua agradável presença aos cidadãos ??? Que vergonha !!!  (Ela era do tempo em que ali funcionava a sorveteria Moraes...)
 
Com a palavra os assassinos...
 
Sergio H. G. de Souza - morador indignado"


SOLAR MENINOS DE LUZ


ACIDENTE


Idosa morre atropelada em Ipanema

Duas faixas da Avenida Vieira Souto estão interditadas

Simone Candida

Pablo Rebelo



Agente da CET-Rio auxilia o trânsito na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, onde uma mulher morreu atropelada nesta quinta-feira

Hudson Pontes / O Globo

RIO - Uma mulher 81 anos morreu, na manhã desta quinta-feira, após ser atropelada por uma moto em Ipanema, Zona Sul da cidade. Segundo testemunhas, Sergelina Duarte Arantes atravessava fora da faixa de pedestre quando foi atingida pela moto dirigida por Rodrigo Santos Valadão, de 33 anos que vinha na faixa reversível. A vítima, que voltava pra casa depois de caminhar no calçadão, teria olhado para o lado errado. O motociclista sofreu ferimentos leves e foi levado para o hospital Miguel Couto, no Leblon.

O acidente aconteceu por volta das 10h da manhã, na Avenida Vieira Souto, na pista sentido Leblon, na altura da Avenida Henrique Dumont, e duas faixas das via estão interditadas para que seja realizada a perícia. O trânsito está intenso na via, e o congestionamento chega até a Avenida Epitácio Pessoa, na altura do Clube Caiçaras, sentido Gávea. A vítima estava sem documentos, mas foi reconhecida pela filha. Segundo conhecidos, ela costuma deixar os documentos em casa quando saía para caminhar por ter medo de assaltos.


SEGUNDA SEM LEI !

já que gostam tanto de festas deviam no mínimo ter mais higiene.Pela manhã a calçada em frente é puro lixo com centenas de guimbas de cigarro e aquele caldinho "cheiroso" do resto da festa !UM FAXINEIRO NÃO SÁI TÃO CARO ASSIM !


Honda acelera a ‘segunda sem lei’ em Ipanema14


Foi no Barzin, novo point da geração dourada de Ipanema, que a Honda fez a sua Honda Experience Night, festa para promover o lançamento da NC700X, uma moto premium espetacular, de alta categoria, que nada fica atrás de uma Ducati ou uma BMW. O preço é "baratinho", começa com 27 mil, mas pode subir com os acessórios. Um luxo que os motoqueiros de plantão estão amando...

Além de sua moto, a Honda apresentou seu novo conceito Honda Dreams, um pacote de promoções de que seu usuário passa a desfrutar assim que ingressa no mundo das motos poderosas, constando de encontros, passeios, dicas, tipo um clube fechado da Honda dos dreams riders. Para dar o pontapé inicial nessa festa, o organizador do evento, o paulista Fábio Ekizian, escalou como DJs a cantora Marina Lima e a atriz Mayana Moura, além de convidar o multimidia Candé Salles para elaborar a viplist. Para fazer a assessoria de imprensa, a dupla Tereza Duarte e Toni Oliveira, cariocas que sabem quem é quem no Rio...

Resultado: não faltou gente bonita na "segunda sem lei" Honda Experience Night. A saber: a bela e misteriosa Renata Saboya, Alinne Moraes, Maria Paula e Lívia de Bueno, que, depois do sucesso do filme Paraísos artificiais, do diretor Marcos Prado, engata outro: “Desta vez será um filme família, o primeiro de tecnologia 3D no Brasil, uma comédia, Se puder, dirija, do diretor Paulo de Moraes, em que vou contracenar com Luiz Fernando Guimarães e Reynaldo Giannechini”, contou Lívia...

Maria Paula está assim, vamos dizer, ficando com o ator Marcos Palmeira, mas ele não foi lá. Na segunda sem lei, a lei era do trabalho. Milton Nascimento prestigiou Candé. Marina Lima tocou muito dance. Mayana foi mais radical e destilou rock por todas as caixas de som. Uma segunda que não acabou tarde, mas afinal a semana tá só começando...