PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ

..Praça em Ipanema causa disputa entre poderes

Por Cibelle Brito (cibelle.brito@oglobo.com.br) Agência O Globo – 22 horas atrás....



A Praça Nossa Senhora da Paz, considerada por muitos moradores de Ipanema o melhor espaço de lazer do bairro, é motivo de uma disputa entre os poderes Legislativo e Executivo do Rio. A Câmara Municipal aprovou, no último dia 20, um projeto de lei para tombamento do local. A justificativa foi a necessidade de preservação de seus valores histórico, cultural e social. No entanto, o texto foi vetado pelo prefeito Eduardo Paes na semana passada, sob a alegação de ser inconstitucional.

De acordo com o projeto de lei, de autoria do vereador Carlo Caiado (DEM), o tombamento teria como objetivo impedir construções na praça e a retirada de árvores, exceto por motivo de segurança. Segundo o parlamentar, o texto foi elaborado em 2009, quando o subsolo da Nossa Senhora da Paz quase foi transformado em garagem subterrânea. O projeto voltou a ser debatido na Câmara após o governo estadual ter anunciado a retirada de árvores centenárias do local, uma intervenção prevista nas obras de construção de uma estação do metrô.

- O tombamento por meio de uma lei municipal proibiria qualquer intervenção na Nossa Senhora da Paz, que é um dos pulmões da Zona Sul - diz Caiado, acrescentando que está fazendo uma mobilização para uma nova votação do texto na Câmara, desta vez para tentar derrubar o veto do prefeito.

Ignez Barreto, presidente do Projeto de Segurança de Ipanema (PSI), organiza um abaixo-assinado pelo tombamento da praça que será encaminhado ao Ministério Público estadual. Ela afirma ter conseguido duas mil assinaturas em três dias.

- Todos entendem que o metrô é necessário, mas não podemos permitir que a única praça calma do bairro seja sacrificada. Em qualquer cidade esse seria um espaço sagrado - afirma Ignez, que também alega questões de segurança para defender o tombamento. - A abertura de uma estação do metrô acabaria com a tranquilidade das famílias que deixam crianças brincarem com liberdade na área de lazer.

Frequentadores da praça, que tem mobiliário infantil e aparelhos da Academia da Terceira Idade, acompanham com grande interesse o embate entre os poderes Legislativo e Executivo. A estudante Marcela Araújo Oliveira, que mora em Ipanema há menos de um mês, considera a Nossa Senhora da Paz o melhor espaço do bairro para sua filha Manuela brincar.

- Gosto da tranquilidade daqui. Caso o metrô chegue, precisa ser muito bem planejado - afirma.

A escritora Maria Paes Leme concorda:

- Não sou contra o metrô, mas deve existir uma alternativa menos agressiva para esse ambiente.

Ao justificar sua decisão, Paes alegou que a Constituição impõe ao Executivo, e não ao Legislativo, a proteção ao patrimônio. O prefeito também descreveu a tentativa de tombamento como uma "medida de conveniência e oportunidade".

Nenhum comentário: