POSTO 9


Postos reformados em Copacabana e Ipanema são sucesso entre banhistas

Cabines de banho foram remodeladas; ideia é levar modelo para toda a orla

RUBEN BERTA

Uma banhista toma uma ducha no Posto 9, em Ipanema, que foi reformado: o modelo foi adotado também no Posto 5, em Copacabana

MARCELO CARNAVAL / O GLOBO
RIO
- O sol forte na sexta-feira na cidade deixou movimentadas as duas novas atrações da orla da Zona Sul: reabertos no último sábado, após cinco meses de reforma, os postos 5, em Copacabana, e 9, em Ipanema, atraíram o público com as remodeladas cabines para banho. Por R$ 4, é possível tomar uma ducha de seis minutos, com toalha e sabonete inclusos. A intenção da concessionária Orla Rio é levar o mesmo modelo, que inclui uma proteção de vidro temperado no lugar das antigas grades, para os outros 22 postos existentes nas praias cariocas.


O primeiro balanço divulgado pela Orla Rio mostrou que, de sábado passado até a Quarta-Feira de Cinzas, 16.220 banhistas utilizaram os dois novos modelos. Segundo a concessionária, ainda há alguns detalhes a serem concluídos, como a instalação de guarda-volumes, que ficarão prontos até o dia 3.
As próximas reformas deverão durar três meses em cada posto. A remodelação dos dois primeiros custou cerca de R$ 1 milhão. Cada unidade ganhou uma cabine feminina e outra masculina para os banhos, com chuveiros frios. Os novos postos ganharam ainda escadas retráteis para que os salva-vidas possam descer dos pontos de observação direto na areia, em caso de necessidade.
Ao contrário dos modelos antigos, com dois sanitários apenas, os novos têm três banheiros femininos (um deles para cadeirantes) e dois masculinos. O uso do banheiro continua custando R$ 1,50.
Outra novidade são os fraldários com pia, que poderão ser usados gratuitamente. Já as duchas unissex, onde se pode tomar uma chuveirada de um minuto a um real, foram mantidas. Os deques de madeira, usados para observação, foram trocados por similares em madeira ecológica (uma espécie de plástico que imita madeira, o mesmo usado no deque construído pela prefeitura em Ipanema).
Criados nos anos 70, os postos da orla já tinham passado por um programa de manutenção em outubro de 2010, com pintura e troca de equipamentos que estavam quebrados ou obsoletos.


Nenhum comentário: