terça-feira, 31 de janeiro de 2012

REI DA PRAIA


Alison começa ano olímpico defendendo título de Rei da Praia
31 de janeiro de 2012 • 16h44

Alison e Emanuel já começaram os treinos, pensando também, na vaga olímpica

Foto: Maurício Kaye/Divulgação


O atual campeão do Rei da Praia, Alison começa 2012, que tem como principal competição os Jogos Olímpicos de Londres, tentando defender sua coroa nas areias de Ipanema. Nesta segunda-feira, ele e seu parceiro Emanuel foram confirmados pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) como uma das três duplas masculinas pré-selecionadas para as duas vagas em Londres.
Depois de buscar novamente o título de rei, o grande objetivo de Alison será a corrida por uma vaga para a Olimpíada. "A expectativa de participar dos Jogos é muito grande. Eu e Emanuel estamos nos preparando para isso. Treinamos para representar o Brasil da melhor maneira possível, caso consigamos a classificação¿, afirmou Alison.

O jogador capixaba, que conquistou uma série de títulos importantes ao lado de Emanuel, viu no Rei da Praia o início de uma temporada perfeita. "Sem dúvida, 2011 foi o melhor ano da minha carreira, um ano de muitas conquistas. E tudo começou com o título de Rei da Praia", disse Alison, que comemorou ainda as vitórias da Copa do Mundo, do Circuito Mundial, do Circuito Brasileiro e a medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos.

Para repetir a dose e começar 2012 com um título, Alison treina em ritmo forte na Praia do Leme, na companhia de Emanuel e sob o comando da técnica Letícia Pessoa. Em sua terceira participação no Rei da Praia Embratel, Alison já desenvolveu um carinho especial pelo torneio: "Nessa competição, só jogam os melhores. Espero poder disputar a coroa todos os anos até o fim da minha carreira".

Sua bem-sucedida parceria com Emanuel já dura três anos. A dupla tem alcançado ótimos resultados e este ano aposta na parte científica do vôlei em busca de saldos ainda mais positivos. Uma das iniciativas foi a contratação de um fisiologista, que fará um acompanhamento criterioso dos treinos, que já começaram com força total no Leme.

Nesta edição do Rei da Praia, participam também: Emanuel, Pedro Cunha, Ricardo, Harley, Bruno Schmidt, Marcio e Pedro Solberg. Com exceção da dupla Harley/Bruno Schmidt, todos foram pré-selecionados pela CBV para os Jogos de Londres.

ASSALTOS !!!

Ipanema ferve no verão – com os assaltos


Uma nova onda de assaltos em Ipanema está deixando os moradores em pânico – todos que foram roubados vivem em prédios antigos e, quase sempre, sem porteiro. Dois homens bem-vestidos, aparentando no máximo, 35 anos, assaltaram quatro apartamentos naquela área, nas últimas duas semanas: dois na Rua Farme de Amoedo, um na Alberto de Campos e outro na Barão da Torre(três desses endereços, são coberturas).

O chaveiro que fica na esquina de Barão da Torre com Vinicius de Moraes sabe exatamente quais são as vítimas. Foi ele quem trocou as fechaduras – algumas têm medo que seu nome seja publicado. Todos registraram queixas na 14ª DP; os Boletins de Ocorrência estão sob os cuidados de Joana Santos Goulart.

MAIS BADERNA DOS HOTÉIS !



fotos de Fernando A.

a segunda é do Country Club

BADERNA DOS HOTÉIS EM IPANEMA!



EMAIL RECEBIDO

OLÁ,
Pois bem. A nossa rua está uma baderna e desrespeito total aos moradores.

Os restaurantes com música altíssima não permitem que tenhamos uma noite tranquila. Ninguém respeita ninguém e a Guarda Municipal é puro enfeite.

Bicicletas transitando sobre as calçadas, mesas e cadeiras ultrapassando o limite permitido e a garotada, de copo de bebidas na mão, de pé em pleno asfalto causando um engarrafamento sem limite. Isso todas as tardes por volta das 18 horas em diante. Um inferno!!!

Semana passada o reboque esteve lá retirando as kombis e furgões dos vendedores de bebidas na praia, que passam o dia e as vezes a noite toda estacionados à frente de nossos prédios, causando um transtorno danado e uma sujeira sem fim. Além da barulhada na chegada por volta das 5 horas da manhã e saída às nove horas da noite, é um fedor de urina danado.
Foi uma felicidade só para os moradores que vinham desde a posse do Eduardo Paz, como prefeito, pedindo socorro. Pois bem, hoje está todo mundo lá de volta.
Os carros da Guarda Municipal passam e seguem sem a menor atitude.
Não sei o que essa administração incompetente veio fazer no Rio de Janeiro.

O guardador da Vaga Certa, passa toda manhã lavando os carros estacionados, molhando toda calçada e ainda pedindo água aos porteiros dos prédios. Proibido por lei e os guardas passam por ele e ainda mechem com o dito cujo, que aliás é bem atrevidinho.

Como vê,não tem jeito não.
Desculpe o meu desabafo, mas tudo isso é muito estressante para quem paga um IPTU considerável e não tem paz.

FARME DE AMOEDO

POSTO 9


Posto 9 deve reabrir a apenas um mês do fim do verão

Obras a cargo da Orla Rio começaram em outubro e estariam concluídas em dezembro

O GLOBO, COM O LEITOR MARCELO BERGER



Posto 9, em Ipanema, está fechado desde outubro

FOTO DO LEITOR MARCELO BERGER / EU-REPÓRTER

RIO - Fechado desde outubro para obras, o Posto 9, em Ipanema, Zona Sul da cidade, tem sido neste verão apenas um ponto de referência na orla. Sua reabertura estava prevista para o dia 20 de dezembro, dois dias antes do começo da estação. Agora, o vice-presidente da Orla Rio, João Marcello Barreto, promete que o posto estará pronto antes do carnaval - pouco mais de um mês para o fim do verão. Enquanto isso, quem vai à praia no local se vira como pode:

“Desde outubro o Posto 9 encontra-se em obras (...), para desespero dos banhistas, turistas e frequentadores do Quiosque Quase Nove, localizado ao lado do posto, que, como eu, precisam atravessar a Vieira Souto para procurar o banheiro de algum bar”, escreveu o leitor Marcelo Berger no relato enviado ao Eu-Repórter.

- O Posto 9 é o primeiro que estamos fazendo. Quando você vai executar um projeto, tem que fazer ajustes até chegar ao formato perfeito. Além disso, no fim do ano, muitos fornecedores interrompem as atividades - explicou, por telefone.

De acordo com o vice-presidente da Orla Rio, o Posto 9 está em fase de acabamento. No momento, segundo ele, está sendo construída uma segunda cisterna, cuja função será armazenar a água de chuveiros e pias para que seja utilizada nas descargas dos vasos sanitários.
A Orla Rio tem a concessão da prefeitura para revitalizar todos os 27 postos de salvamento das praias cariocas e deve investir R$ 6 milhões nas obras. Além de banheiros, haverá fraldários, cabines fechadas para banho - com toalha e sabonete disponíveis nos postos e guarda-volumes - diz Barreto:

- Cada serviço terá um preço, que ainda precisamos definir com a prefeitura - contou o vice-presidente da concessionária, que deve se reunir com representantes do município ainda esta semana para resolver a questão.



CARNAVAL CHEGANDO !



BAIRRO COMEÇA A SE PROTEGER DOS FOLIÕES !

SERA????


Edifício que desabou no Centro sofreu inclinação em 1976

RioTrilhos, porém, nega que construção do metrô tenha sido a razão do problema
ROGÉRIO DAFLON


As escavações do metrô nos anos 70, rente aos edifícios Colombo e Liberdade, nos fundos do Municipal
PAULO MOREIRA / 21-2-1975 / O GLOBO
RIO - Hoje perito da Procuradoria Geral do Estado, o engenheiro civil José Schipper afirma que, durante as obras do metrô, em 1976, o Edifício Liberdade sofreu uma leve inclinação. Seu testemunho foi fortalecido pelo síndico do prédio, Paulo Renha.

— Na construção do metrô, foram instaladas, na Avenida Treze de Maio, duas paredes paralelas: uma do lado par e outra do lado ímpar dos prédios e moradias da via, para que se cavasse uma grande depressão na rua, onde passariam os trens. A parte da parede em frente à calçada do Liberdade apresentou fissuras. Os operários logo taparam o buraco ali, para a construção de nova parede. Na sequência, as pessoas ali repararam que o prédio sofreu uma pequena inclinação. Não posso precisar de quantos centímetros, mas era visível — disse Schipper, que, na época, tinha um escritório na Treze de Maio.


O engenheiro enfatizou que isso não é motivo para um prédio vir abaixo, mas considera que essa informação deve ser levada em conta. Schipper não sabe se o metrô e o governo do estado tomaram, na época, as providências cabíveis. Porém, por intermédio de seu advogado, Geraldo Beire, o síndico Paulo Renha confirmou que viu a leve inclinação, informando que o estado fez intervenções que asseguraram a segurança do prédio.

Informado pelo GLOBO sobre a possível inclinação durante as obras do metrô, a assessoria de imprensa da RioTrilhos enviou nota na qual nega a inclinação e dissocia a queda do Edifício Liberdade não só das obras do metrô como da própria circulação dos trens. O engenheiro Pedro Gondim diz que a oscilação causada pela passagem dos trens, unida à oscilação do próprio prédio, pode ser uma das causas da queda.

— Em Londres, vários prédios receberam amortecedores para que tais oscilações não comprometesse suas estruturas — disse Gondim.

A nota da secretaria diz que "é absolutamente vedada a possibilidade de a obra ter causado ou influenciado qualquer dano aos (três) prédios em questão". O texto enfatiza que a planta do trecho da obra mostra "que as paredes externas do escoramento da vala para a construção da galeria do metrô estão em média a seis metros de distância dos prédios de números 44, 40 e 38 da Avenida Treze de Maio. Esses prédios, também segundo a nota, foram minuciosamente monitorados, não havendo nenhum registro de deslocamento ou danos aos imóveis vizinhos. Ao longo dos 36 anos de construção do trecho, não foi apontado nenhum problema do gênero", acrescenta.


A VERDADE COMEÇA A APARECER !

PSI

O GRUPO DE VOLUNTÁRIOS DO PSI,TRABALHA EM CONJUNTO COM A XERIFE DE IPANEMA !

AJUDAMOS A DAR UM BASTA EM TANTA DESORDEM PÚBLICA !

QUIOSQUES !

Cada um é cada um ,com suas novidades !

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

METRÔ

Rio: problema faz composição parar na estação Praça Onze



Comentar 0Por volta das 8h20 desta segunda-feira, uma avaria técnica parou uma composição que seguia para o bairro Ipanema, no Rio de Janeiro. Com o problema, os passageiros tiveram que desembarcar na Praça Onze e seguir viagem em um trem seguinte.

De acordo com a MetrôRio, em decorrência do incidente, o máximo de atraso registrado foi de 12 minutos em uma das composições da concessionária. A composição com problema foi deslocada para o centro de manutenção, onde serão apuradas as possíveis causas do problema.

METRÔ

Rio: problema faz composição parar na estação Praça Onze



Comentar 0Por volta das 8h20 desta segunda-feira, uma avaria técnica parou uma composição que seguia para o bairro Ipanema, no Rio de Janeiro. Com o problema, os passageiros tiveram que desembarcar na Praça Onze e seguir viagem em um trem seguinte.

De acordo com a MetrôRio, em decorrência do incidente, o máximo de atraso registrado foi de 12 minutos em uma das composições da concessionária. A composição com problema foi deslocada para o centro de manutenção, onde serão apuradas as possíveis causas do problema.

SEOP

Operação da Seop apreende mercadorias em feira de Ipanema

Jornal do Brasil


Uma operação de combate à desordem realizada por agentes da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop), na manhã desta segunda, apreendeu com ambulantes não autorizados 20 quilos de frutas na feira da Rua Henrique Dumont, em Ipanema, na Zona Sul.

Durante a ação, os fiscais também emitiram cinco autos de infração para feirantes por irregularidades como excesso de metragem e barracas fora do padrão. Participaram da ação agentes da Coordenação de Controle Urbano (CCU), do Grupamento de Ações Especiais (GAE) da Seop e guardas municipais.

ATA 23/ 01/ 2012

PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

MOVIMENTO APOLÍTICO, FORMADO POR VOLUNTARIOS MORADORES DO BAIRRO,

COM O PROPÓSITO DE CONTRIBUIR PARA O AUMENTO DA SATISFAÇÃO SOCIAL.

ATA DA REUNIÃO REALIZADA EM 23 JAN 2012

LOCAL: COLEGIO NOTRE DAME- RUA BARÃO DA TORRE—1800 HORAS

PRESENTES: DEZ VOLUNTARIOS, MAIS O INSPETOR REGIONAL DA GM ALEX ACOMPANHADO DO SUB-INSPETOR JULIO.

COORDENADOR: IGNEZ BARRETO

ASSUNTOS TRATADOS:

· Aproveitando a presença da Guarda Municipal foram abordados diversos temas de interesse tais como:

- a existência de uma familia que dorme diariamente na areia em frente a rua Vinicius de Moraes;

- o mercadinho KIKARNES na Visconde de Pirajá, que coloca caixas e outros objetos na calçada atrapalhando os pedestres;

-problema das motos que estão estacionando de maneira irregular na Farme;

-moradora de rua dormindo na Vinicius de Moraes 71, em frente a Loja da Casa Alberto que está fechada. Foi contatado o proprietário para que fechasse a área mas não houve resposta.

-foi denunciado que existe um verdadeiro restaurante funcionando no calçadão próximo ao Cesar Park, entre Maria Quitéria e Garcia, chama-se Ponto da Saúde.Tem cardápio, faz todo tipo de refeição, camarão, peixe, etc.Tem garçons em uniforme, cerca de 60 mesas. Solicitamos uma imediata vistoria quanto à questão da segurança( bujões, etc), higiene e permissão para operar.

-Quanto ao problema dos mendigos que não querem ir para os abrigos, solicitamos que não seja permitido que fiquem deitados nas vias públicas com seus pertences, isto não é permitido pela lei, têm que circular.

-Os ambulantes voltaram para a praia, inclusive invadindo a área de preservação da restinga deixando detritos, próximo à barraca do Jacaré.

- Solicitamos com empenho à Comlurb que coloque mais latões de lixo na areia.

O Inspetor Alex comprometeu-se em cooperar em todos os itens apontados.


Ação M.P. –praça Nsra da Paz- é muito importante que continuemos as ações contra a estação na Praça NSRA da Paz e contra a construçaõ do trajeto linear Barra, Leblon,Gávea, Ipanema, Centro.

Ação no M.P. sôbre o carnaval: .


ACESSE NOSSO BLOG: WWW.PSIPANEMA.BLOGSPOT.COM

NOSSO E MAIL: projetodeipanema@gmail.com

FACE BOOK: PSI IPANEMA

DEDIC- 14ª DP 23222886 / 23322880

DISQUE DENÚNCIA; 22531177

PRÓXIMA REUNIÃO: DIA 6 de fevereiro de 2012ÀS 1800 HORAS

COLEGIO NOTRE DAME-PARTICIPE...

ATA REDIGIDA POR: ROGERIO ESTEVES

ATENDIMENTO JURÍDICO

domingo, 29 de janeiro de 2012

OI FUTURO

Sebastião Barbosa, fotógrafo

A Galeria do Oi Futuro em Ipanema recebe a exposição Sebastião Barbosa, fotógrafo. Um panorama com as experimentações fotográficas feitas pelo artista nos últimos dez anos será apresentada através de câmeras e fotos produzidas com os equipamentos no Rio de Janeiro e em Paris.

Ainda faz parte da exposição uma instalação composta por mais de mil latas de diversos formatos e origens, adquiridas de moradores das ruas do Rio de Janeiro e de Paris, e transformadas em câmeras. Um vídeo também apresenta um making of do processo de produção das imagens da exposição alternado com animações das fotografias em pinhole.


Sebastião Barbosa, fotógrafo
Oi Futuro Ipanema - Galeria do 2º Piso - Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema.
29 de janeiro a 25 de março de 2012 - Terça a domingo, 13h às 21h.
Telefone: (21) 3201-3010.
Grátis. Livre.

OI FUTURO

Sebastião Barbosa, fotógrafo

A Galeria do Oi Futuro em Ipanema recebe a exposição Sebastião Barbosa, fotógrafo. Um panorama com as experimentações fotográficas feitas pelo artista nos últimos dez anos será apresentada através de câmeras e fotos produzidas com os equipamentos no Rio de Janeiro e em Paris.

Ainda faz parte da exposição uma instalação composta por mais de mil latas de diversos formatos e origens, adquiridas de moradores das ruas do Rio de Janeiro e de Paris, e transformadas em câmeras. Um vídeo também apresenta um making of do processo de produção das imagens da exposição alternado com animações das fotografias em pinhole.


Sebastião Barbosa, fotógrafo
Oi Futuro Ipanema - Galeria do 2º Piso - Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema.
29 de janeiro a 25 de março de 2012 - Terça a domingo, 13h às 21h.
Telefone: (21) 3201-3010.
Grátis. Livre.

sábado, 28 de janeiro de 2012

RUA VINÍCIUS DE MORAES


Não bastasse o lixo espalhado pelo chão ao pé da árvore,agora temos mais um bar com várias mesas e cadeiras na rua !

Pobre do Vinícius ,ele nunca ia imaginar que a rua batizada com o nome dele fosse virar o LIXO DE IPANEMA.

As lojas colocam seus papelões e caixas do lado de fora,esperando que algum burro sem rabo (que é proibido) passe para pegá-los.Aí fica desse modo espalhado igual chiqueiro!

Ainda querem que a gente denuncie as coisas erradas.Do que adianta??? ninguém faz absolutamente NADA!

Quanto ao bar,deve estar pagando à Prefeitura a locação da nossa calçada!
De noite ,quando não chove,fica tão cheio que é difícil de passar
ILEGAL E DAÍ ?????

CARNAVAL 2012


Banda de Ipanema ensaia neste sábado

Foliões poderão cair no samba nas zonas sul, norte e centro da cidade

do R7 |

Jéssica Ventura/R7/Arquivo 2011

Foliões acompanham blocos de rua pelo Rio

Publicidade

A folia está solta nas ruas do Rio de Janeiro com os blocos pré-carnavalescos. Neste final de semana, os cariocas poderão acompanhar a tradicional Banda de Ipanema, em Ipanema, na zona sul, que tem ensaio marcado para as 15h deste sábado (28).

Os blocos se concentrarão em bairros das zonas sul, norte e centro da cidade. É hora de acompanhar a programação do R7 e cair no samba.

Sábado, dia 28/1

Nem muda nem sai de cima
Bairro: Tijuca
Duração: 19h às 22h

Banda de Ipanema
Bairro: Ipanema
Duração: 15h às 20h

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

POLO MAIS IPANEMA

Polo Mais Ipanema - Gastronomia, Turismo, Cultura e Lazer"


Antigo Polo Turístico Gastronômico da Rua Jangadeiros recebe novo nome

O Polo Turístico Gastronômico da Rua Jangadeiros, e, Ipanema, passa a se chamar "Polo Mais Ipanema - Gastronomia, Turismo, Cultura e Lazer", de acordo com decreto do prefeito Eduardo Paes, publicado dia 26 de janeiro (quinta-feira), no Diário Oficial do Município, que também altera o limite geográfico do antigo polo.

Integrante do Programa Polos do Rio, o "Mais Ipanema..." tem início na Rua Barão da Torre, esquina com a Rua Vinícius de Moraes, até a Rua Jangadeiros, seguindo até a Rua Visconde de Pirajá, ruas Gomes Carneiro e Bilhões de Carvalho até a Rua Francisco Otaviano, e Rua Francisco Bhering até a Avenida Vieira Souto até a Rua Vinicius de Moraes, retornando à Rua Barão da Torre.

CARNAVAL 2012

Blocos de rua continuam ensaios neste fim de semana

Jornal do Brasil



Os blocos de rua continuam seus ensaios e desfiles pelas ruas da cidade. Neste sábado, dia 28, a Zona Sul vai receber o ensaio da Banda de Ipanema. O bloco faz o lançamento da camiseta do carnaval 2012 e ensaia na Praça General Osório, a partir das 15 horas.


Este será o primeiro ensaio da Banda de Ipanema, que teve o evento programado para a última semana cancelado.


Na Zona Norte, o Bloco Vaca de Braz de Pina faz seu segundo ensaio aberto ao público, na Praça Arapogi. A concentração começa as 15 horas.


Já na Tijuca, o Nem Muda nem Sai de Cima continua sua preparação para o carnaval 2012 com mais um ensaio aberto na Avenida Maracanã, às 17 horas, enquanto o Raizes da Tijuca desfila pela Rua General Roca um pouco mais cedo, às 15 horas. O Bloco segue até a Praça Saens Pena.
No mesmo horário, o Vou Treinar e Volto Já faz ensaio parado na Rua Martins Pena.

E para fechar o final de semana de folia ainda tem o Bloco Só Caminha, em Botafogo, no domingo, dia 29. A folia começa e termina no Largo dos Leões, passando pelas ruas do bairro. A concentração é a partir das 12 horas.

METRÔ

Apareceu a primeira pessoa lúcida falando sobre as possíveis causas do desabamento na Cinelândia !

VERÃO EM IPANEMA
















Olha que coisa mais linda mais cheia de graça..................... Isso é Ipanema no verão !!!!!

foto - Amigos do face

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

VERÃO


PUBLICIDADE

Rio de Janeiro bate recorde de calor nesta quarta-feira

Mas frente fria chega à cidade neste fim de semana, e tempo fica instável
O GLOBO


A quarta-feira ensolarada faz cariocas lotarem a Praia de Ipanema

PABLO JACOB / O GLOBO

RIO - Foi registrada nesta quarta-feira no Rio a temperatura mais alta desde o início do verão, no dia 21 de dezembro do ano passado: 39 graus, na Saúde. De acordo com o Climatempo, o recorde anterior era de 37,7 graus, registrado no dia 23 de dezembro. Este ano, o dia mais quente havia sido 15 de janeiro, com 37,5 graus.

A manhã desta quarta-feira já foi de muito calor no Rio. Às 10h, os termômetros já passavam dos 30 graus em vários bairros. Em Jacarepaguá, por exemplo, a temperatura chegava aos 33 graus. Ao meio-dia, segundo o Centro de Operações da prefeitura, fazia 37 graus no Centro. Apesar do forte calor, não há previsão de chuva para esta quarta-feira na cidade do Rio.

Mas o sol e o calor dos últimos dias não vão se repetir no fim de semana. Segundo o Climatempo, a partir de sexta-feira, uma frente fria deixará o tempo instável no Rio e em outras áreas do estado. Poderão ocorrer chuvas volumosas, raios e fortes rajadas de ventos. O calor que tem feito no Rio também vai diminuir. No sábado, a mínima será de 20 graus, e a máxima de 28. No domingo, as temperaturas serão ainda menores, com mínima de 19, e máxima de 27 graus.
A frente fria que está vindo do Sul do país começará a se aproximar do estado na quinta-feira. Segundo a meteorologista Josélia Pegorim, do Climatempo, na quinta ainda haverá sol, mas o calor e a chegada dessa massa de ar vão facilitar a formação de nuvens carregadas e as pancadas de chuva poderão ocorrer no meio da tarde.

Maioria das praias da Zona Sul está imprópria para banho

As praias do Flamengo, Botafogo, Urca, Leme, Copacabana, Ipanema. Leblon e São Conrado estão impróprias para banho, segundo relatório de balneabilidade do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Também não é recomendado entrar no mar na Barra de Guaratiba, Joatinga, Pepino, do Quebra-mar até o Pepê, nas praias de Ramos, Ilha de Governador e Paquetá.
Somente Grumari, Prainha, Recreio, Barra da Tijuca, Arpoador, Diabo, Praia Vermelha e Pontal de Sernambetiba estão liberadas para os banhistas.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

UM DIA DE PRAIA NO METRÔ !


Lixo e areia tomam os vagões da Linha 1 do Metrô Rio

Leitores flagram sujeira deixada por passageiros nas composições

O GLOBO, COM OS LEITORES GLÓRIA ABREU E RONALDO THEOBALD


Jornais e garrafas espalhados por vagão do MetrôRio

FOTO DA LEITORA GLÓRIA ABREU

RIO - Não só de problemas na circulação de trens vivem os passageiros do metrô no Rio. Sacolas plásticas, garrafas pet, jornais e areia têm acompanhado os passageiros. Como denunciam os leitores Glória Abreu e Ronaldo Theoabald, a sujeira tomou conta das composições da Linha 1, no fim da noite de segunda-feira (23).

“Apesar de o metrô na cidade do Rio ter uma tarifa de R$ 3,10, os vagões estão sujos com jornais velhos, embalagens de biscoitos, garrafinhas de água mineral e latas de refrigerantes. Aos domingos e feriados, as condições pioram com a areia da praia”, observou o leitor.

A leitora Glória Abreu disse que embarcou por volta das 20h na estação Largo do Machado e desceu na Siqueira Campos. Durante o trajeto, observou passageiros se desviando de jornais e garrafas plásticas pelo chão. Segundo ela, debaixo dos bancos havia também montes de lixo. Embora a limpeza seja de responsabilidade da concessionária, a leitora reconhece que falta conscientização dos usuários, que contribuem muito para sujar os vagões.

“Nunca vi uma sujeira tão grande nesse meio de transporte, com restos de jornais espalhados no meio do caminho e também debaixo dos bancos, além de muita areia. Como fazer para que estas pessoas tenham a devida consciência de que o lixo deve ser jogado exclusivamente na lixeira?”, questionou a leitora.

FERIADÃO

Em feriadão de sol e infrações de todo tipo, mais de mil veículos são multados na orla

Calor deixou as areias lotadas e um mar de irregularidades
JOYCE CAETANO
MARIO CAMELO

O estudante Éverton Viana caminha com o seu porco na areia

HUDSON PONTES / AGÊNCIA O GLOBO

RIO - Após um longo período sem um fim de semana ensolarado, uma multidão de banhistas aproveitou o feriado prolongado e as altas temperaturas para buscar um lugar ao sol nas areias das praias. Mas o calor também gerou um mar de irregularidades, velhas conhecidas de outros verões. Após três dias, de sexta a domingo o balanço final das operações da Secretaria Especial da Ordem Pública (Seop) registrou os números da desordem. Ao todo, 1.257 veículos foram multados e outros 66 rebocados por estacionamento irregular no trecho que vai do Leme ao Recreio dos Bandeirantes. Em Ipanema, uma cena chamou a atenção. Um porco, que atende pelo nome de Madredeus, também resolveu aproveitar o sol. O estudante de aviação Éverton Viana, dono do animal, disse que é a segunda vez que o bicho o acompanha no banho de mar.

— Nunca me incomodaram. Nem mesmo quando estou próximo dos fiscais. Não vejo problema algum. Os porcos são bem limpos, e o meu gosta de praia — disse o estudante, mostrando-se preocupado com o bem-estar do animal. — Trago frutas, hidratante e o filtro solar fator 60 para proteger a pele dele.

Fila em banheiro gera reclamação

Em Copacabana e Ipanema, seis veículos — cinco Kombis e uma van — com problemas na documentação estavam sendo usados indevidamente como depósitos de mercadorias e foram rebocados. Próximo à água, a fiscalização orientou banhistas, evitando a prática de 1.143 jogos, como altinho e frescobol, e a presença de 251 cães nas areias do Flamengo ao Recreio.
As filas para usar o banheiro do Posto 8, em Ipanema, foram motivo de reclamação. De acordo com frequentadores, a interdição do Posto 9 para obras causou o problema.
— Essa obra não acaba, e ficamos sem opção. Falam da repressão a quem urina na rua, mas não criam uma estrutura para acomodar tantos turistas nas praias — reclamou o aposentado Sebastião Batista.

Próximo ao Posto 8, uma embarcação podia ser vista perto da areia, fora do limite de 50 metros de distância da arrebentação das ondas, determinado pelas Normas de Autoridade Marítima, da Capitania dos Portos.

A eficácia das cadeiras suspensas de observação usadas pela Guarda Municipal foi questionada por banhistas. Utilizadas desde o réveillon para monitorar e combater irregularidades $nas areias, elas mal foram ocupadas ontem, devido ao calor.

— Em duas horas que estou na praia, só os vi subir na cadeira uma vez. É impossível ficar lá em cima nesse calor. Elas ainda são de ferro. Isso é desperdício de dinheiro público e falta de planejamento — avaliou o aposentado José Jorge Contursi.

No Arpoador, banhistas se arriscaram saltando das pedras sem serem repreendidos por guarda-vidas. Ambulantes não autorizados vendiam alimentos mal refrigerados e perecíveis $areias. Já no Leme, o maior problema, além do lixo, foi a prática de jogos, como frescobol e futebol, fora do limite de distância permitido.

— Não adianta reclamar. Mesmo com a fiscalização, eles não param de jogar. Os agentes vêm e apreendem as bolinhas, mas logo eles voltam. Deve haver uma campanha maior de conscientização — opinou uma frequentadora do Leme, que pediu para não ser identificada.
Na Barra da Tijuca, também não faltaram maus exemplos. Ontem, na $do Posto 8, a Seop apreendeu 250 mídias piratas. O responsável pela mercadoria foi levado para a 16 DP (Barra da Tijuca). Também na Zona Oeste, 29 barraqueiros foram multados, durante o feriado prolongado, por apresentarem irregularidades como ausência do titular cadastrado no local, perturbação da ordem pública, mau estado de conservação da barraca e uso da orla como depósito.
O lixo também é um problemas na região. Frequentadores do Pepê reclamam da falta de coleta e de lixeiras que transbordavam em alguns pontos.

— A Comlurb só realiza a coleta à noite. Durante o dia é essa sujeira — protestou Gabriela de Aquino.

Apesar das reclamações, a assessoria de imprensa da Comlurb informou em nota que, na altura do Pepê, são disponibilizados 40 contêineres, colocados estrategicamente em duplas. Segundo o órgão, a limpeza é realizada 24 horas por dia, em três turnos.


segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

TOM

Zona Sul se entrega ao doce balanço da bossa-nova

Lojas, novo filme em homenagem a Tom Jobim e casa de show mantêm vivo o culto ao estilo musical que nasceu nos anos 50 na região

PATRICIA DE PAULA

Na Toca do Vinicius, referências à bossa-nova estão por toda parte

PEDRO TEIXEIRA

É no mês de janeiro que se comemora o Dia Nacional da Bossa-Nova, mais precisamente na próxima quarta-feira, data escolhida não por acaso: trata-se do aniversário de Tom Jobim. Mas, como há mesmo coisas que só o coração pode entender, um grupo de apaixonados faz questão de festejar o estilo o ano inteiro. Para eles, assim como o amor, a bossa-nova também é fundamental.
— Dedico minha vida à divulgação da bossa-nova, esse bem tão valioso da Humanidade. Tenho orgulho do meu papel na sociedade — afirma Carlos Alberto Afonso, dono da Toca do Vinicius, em Ipanema.
Canções da bossa-nova tomam conta do ambiente, cheio de CDs e discos de vinil, além de livros sobre o gênero. A cada cliente que chega, Afonso dá uma pequena aula sobre o estilo.
— Fui professor durante muito tempo e carrego isso até hoje. Se eu fosse apenas um comerciante, não estaria aqui. Ficaria em casa cercado por meus discos e livros e nada mais — afirma.
A bossa-nova foi inspiração para o último Fashion Rio, que teve como tema “Sou Rio, essa bossa é nossa”, com direito a exposições de capas de discos criados pelo designer Cesar Vilella.


VERGONHA MESMO !

Colunáveis botam a boca no trombone no Facebook

Jornal do Brasil Anna Ramalho

Soltando o verbo

Papo no Facebook, hoje, juntava duas poderosas e ricas cidadãs, ambas moradoras da Avenida Vieira Souto, em Ipanema: Vera Andrade e Bethy Lagardère.

Recém-chegada de Punta del Este, Vera registrava sua justa indignação com a muvuca que tomou conta de seu pedaço, onde até porco de coleira deu o ar da graça.

METRÔ


Quatro estações do metrô são reabertas após pane em sinalização

Rio - Passageiros do metrô enfrentam muitos atrasos na manhã desta segunda-feira.
Entre 10h50 e 11h20, segundo a concessionária MetrôRio, as estaçōes Ipanema-General Osório, Cantagalo, Siqueira Campos e Cardeal Arcoverde foram fechadas após pane no sistema de sinalização automática. Os passageiros que optaram por não aguardar a reabertura dos serviços foram ressarcidos. As linhas 1 e 2 trafegam com intervalos irregulares.


No início da manhã, uma composição apresentou problema no fechamento de portas na estação da Glória. Quem seguia em direção à Ipanema precisou desembarcar e seguir viagem em outro trem. As composições da linha 2 fazem o trajeto até a estação Ipanema. Normalmente a viagem desta linha vai até Botafogo.


Passageiros tiveram que desembarcar na estação Glória | Foto: Leitor @lfraga10

Na estação Botafogo, de acordo com testemunhas, há pelo menos 20 minutos de espera. Passageiros reclamam de atrasos e paradas de dez minutos entre as estações da Siqueira Campos e Cardeal Arcoverde. Algumas pessoas passam mal por conta do grande acúmulo de passageiros nas estações e composições.


HOTEL FASANO


Carros obstruem calçada em frente ao Fasano, em Ipanema

Hotel diz que infração ocorre por conta da escassez de vagas no bairro nos fins de semana

O GLOBO, COM O LEITOR DANIEL REIS


Carros estacionam sobre a calçada do Hotel Fasano e ignoram a presença do reboque da prefeitura

FOTO DO LEITOR DANIEL REIS
RIO -
Nem o Choque de Ordem parece dar jeito no estacionamento irregular de veículos na frente do Hotel Fasano, na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, durante os finais de semana. O leitor Daniel Reis afirma que viu a ação dos fiscais da Secretaria Especial de Ordem Pública ao aplicar multas e rebocar carros parados em locais proibidos na orla da Zona Sul neste sábado. No entanto, os motoristas que deixaram seus veículos sobre o passeio em frente ao hotel saíram ilesos, sem serem incomodados pela fiscalização da prefeitura, segundo ele.
“A lei não deveria ser aplicada para todos?”, indagou o leitor em seu relato ao Eu-repórter.
A Secretaria Especial de Ordem Pública afirma que o Fasano tem uma área de recuo, que permite ao motorista parar sobre a calçada sem ser multado. Seria o caso dos veículos de cor prata no canto esquerdo da foto acima, que não obstruem o passeio. Já os dois carros estacionados no lado direito da calçada, um deles de cor laranja, atrapalham a passagem de pedestres.
O órgão afirmou que não haveria como obter o número de multas aplicadas naquele trecho da Vieira Souto no último sábado. Balanço parcial mostra que a Operação Choque de Ordem nas praias multou 362 carros e rebocou outros 21 por conta de estacionamento irregular em toda extensão da orla do Rio.
A gerente de comunicação do Fasano, Paula Bezerra de Mello, se desculpou pelo ocorrido, mas disse que a falta de vagas é um problema crônico em toda Ipanema, especialmente nos finais de semana. Segundo ela, os manobristas do estabelecimento levam até 40 minutos para estacionar um veículo em local adequado nos dias de grande movimento. Essa demora provocaria um acúmulo de carros na porta do hotel - um problema antigo que o Fasano afirma trabalhar para resolver.
O luxuoso hotel de Ipanema não é o único a lidar com a irregularidade. Carros já foram flagrados sobre a calçada em frente aos hotéis Copacabana Palace e Golden Tulip, ambos na Avenida Atlântica, em Copacabana. Neste último, os veículos pertenciam a uma comitiva da Presidência da República.
Estacionar veículos sobre a calçada é uma infração grave, segundo o Código de Trânsito Brasileiro. A irregularidade obriga pagamento de multa de R$ 127,69, perda de cinco pontos na carteira de habilitação e remoção do carro.
LINKS PATROCINADOS


HOTEL FASANO


Carros obstruem calçada em frente ao Fasano, em Ipanema

Hotel diz que infração ocorre por conta da escassez de vagas no bairro nos fins de semana

O GLOBO, COM O LEITOR DANIEL REIS


Carros estacionam sobre a calçada do Hotel Fasano e ignoram a presença do reboque da prefeitura

FOTO DO LEITOR DANIEL REIS
RIO -
Nem o Choque de Ordem parece dar jeito no estacionamento irregular de veículos na frente do Hotel Fasano, na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, durante os finais de semana. O leitor Daniel Reis afirma que viu a ação dos fiscais da Secretaria Especial de Ordem Pública ao aplicar multas e rebocar carros parados em locais proibidos na orla da Zona Sul neste sábado. No entanto, os motoristas que deixaram seus veículos sobre o passeio em frente ao hotel saíram ilesos, sem serem incomodados pela fiscalização da prefeitura, segundo ele.
“A lei não deveria ser aplicada para todos?”, indagou o leitor em seu relato ao Eu-repórter.
A Secretaria Especial de Ordem Pública afirma que o Fasano tem uma área de recuo, que permite ao motorista parar sobre a calçada sem ser multado. Seria o caso dos veículos de cor prata no canto esquerdo da foto acima, que não obstruem o passeio. Já os dois carros estacionados no lado direito da calçada, um deles de cor laranja, atrapalham a passagem de pedestres.
O órgão afirmou que não haveria como obter o número de multas aplicadas naquele trecho da Vieira Souto no último sábado. Balanço parcial mostra que a Operação Choque de Ordem nas praias multou 362 carros e rebocou outros 21 por conta de estacionamento irregular em toda extensão da orla do Rio.
A gerente de comunicação do Fasano, Paula Bezerra de Mello, se desculpou pelo ocorrido, mas disse que a falta de vagas é um problema crônico em toda Ipanema, especialmente nos finais de semana. Segundo ela, os manobristas do estabelecimento levam até 40 minutos para estacionar um veículo em local adequado nos dias de grande movimento. Essa demora provocaria um acúmulo de carros na porta do hotel - um problema antigo que o Fasano afirma trabalhar para resolver.
O luxuoso hotel de Ipanema não é o único a lidar com a irregularidade. Carros já foram flagrados sobre a calçada em frente aos hotéis Copacabana Palace e Golden Tulip, ambos na Avenida Atlântica, em Copacabana. Neste último, os veículos pertenciam a uma comitiva da Presidência da República.
Estacionar veículos sobre a calçada é uma infração grave, segundo o Código de Trânsito Brasileiro. A irregularidade obriga pagamento de multa de R$ 127,69, perda de cinco pontos na carteira de habilitação e remoção do carro.
LINKS PATROCINADOS


IPANEMA ! SÓ MESMO AQUI !


Cachorro surfa e porco de estimação pega sol na Praia de Ipanema

Tradicional praia carioca foi palco de cenas inusitadas, nesse domingo (22)

iG Rio de Janeiro


Cachorro surfa e porco de estimação pega sol na Praia de IpanemaTradicional praia carioca foi palco de cenas inusitadas, nesse domingo (22) Seu nome* Seu e-mail* Mensagem * campos obrigatórios

Praia é lugar de todas as tribos – literalmente. Tanto que nesse domingo (22), a praia de Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro, foi o local de cenas inusitadas. Em vez das mulheres bronzeadas e dos homens sarados, quem chamou a atenção foram os animais de estimação. No mar, um homem fazia stand up paddle com seu cachorro. Já na areia, um porco de estimação pegava sol com o seu dono – com direito a coleira e potinho com água. Confira as fotos:

domingo, 22 de janeiro de 2012

ARPOADOR



RESORT NA PRAIA DE IPANEMA



Chuveiro de águas frescas,brisa do mar,e o acampamento se instala e não é incomodado.
Pela manhã a sujeira fica de presente,eles saem do esconderijo,por que da calçada não dá para ver,e vão se instalar pouco adiante para despistar !

ESSE É O NOSSO CARTÃO POSTAL !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

PERIGO NO ARPOADOR

NINGUÉM PARA TOMAR CONTA !

ALERTA DE CHUVA

..Mais 35 favelas do Rio terão sirene de alerta de chuva

Por Isabela Bastos (isabelab@oglobo.com.br)

Agência O Globo –



RIO - Mais 35 comunidades do Rio ganharão 55 conjuntos de sirenes de alerta contra deslizamentos até abril. De acordo com a Secretaria municipal de Saúde e Defesa Civil, a maioria dos equipamentos será instalada em 20 localidades da Zona Norte. Seis morros da Zona Sul - entre eles Cantagalo, em Ipanema; Pavão-Pavãozinho e Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana; e Santa Marta, em Botafogo - foram incluídos na lista, que tem ainda seis comunidades do Centro e de Santa Teresa e três da Zona Oeste.

Primeiro equipamento foi instalado há um ano

A meta, segundo o subsecretário de Defesa Civil, Marcio Motta, é atender às famílias que moram em 3.478 imóveis em áreas de risco nessas favelas, segundo mapeamento feito pela Geo-Rio. A cidade já tem 117 conjuntos de sirenes instalados em $66 comunidades. Hoje, faz um ano que o primeiro equipamento foi instalado no Morro do Borel, na Tijuca.

A implantação das novas sirenes começou pelo Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, que tem 120 casas em áreas de risco e receberá quatro conjuntos de auto-falantes. O subsecretário explicou que a instalação dos equipamentos ficará centrada, de início, nas comunidades da Zona Norte, para só então partir para Zona Oeste, Centro e Zona Sul. Isso porque a prefeitura pretende, depois do carnaval, fazer um grande simulado de alerta para chuvas fortes na Zona Norte. Um segundo simulado, voltado para as comunidades da Zona Sul, será realizado em abril.

- Não descartamos incluir nesses simulados as comunidades que já têm sirenes. Queremos fazer simulados maiores e não ações em cada comunidade - esclareceu Márcio Motta.

Na Zona Sul, serão instaladas sirenes no Morro do Can$, onde foram mapeadas 40 casas em áreas de risco; Ladeira dos Tabajaras, com 50 imóveis; Pavão-Pavãozinho, com 124 residências; Santa Marta, com 150; Fazenda Catete, com 50 casas; e Guararapes, com 130. Em Santa Teresa, as comunidades Júlio Otoni e Fallet, com 150 imóveis em situação de risco, também foram incluídas na lista.

Prefeitura também instalará 25 pluviômetros

O Morro de São Carlos e a comunidade do Rato, ambas no Estácio, também ganharão sirenes. Nesses pontos, segundo levantamento da Geo-Rio, há 315 imóveis em áreas de risco. Já no Catumbi, serão contempladas as comunidades da Mineira (com 115 imóveis em risco) e Azevedo Lima (com 180).

Ainda de acordo com o subsecretário, até abril, serão instalados mais 25 pluviômetros (equipamentos que medem a quantidade de chuva) nas comunidades. A cidade tem hoje 91 desses equipamentos já em funcionamento.

sábado, 21 de janeiro de 2012

METRÔ NA PRAÇA DA PAZ NÃO !

FALHA DE COMUNICAÇÃO !

PRAÇA GENERAL OSÓRIO



BANDA DE IPANEMA SÓ DIA 28 !

BANDA DE IPANEMA

Guarda Municipal

Banda de Ipanema: GM-Rio atua com 134 guardas



A Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-Rio) vai atuar com efetivo total de 134 guardas na apresentação da Banda de Ipanema, evento Pré-Carnaval, que acontece no próximo sábado, dia 21, na Praça General Osório, em Ipanema. As ações de controle urbano, fiscalização de posturas municipais, ordenamento do trânsito, interdições e atendimento ao público em geral começam a partir das 13h.

MOTOS

..Pouco espaço para duas rodas

Por Ronaldo Braga (ronaldo@oglobo.com.br) Agência O Globo –


RIO - Já foi o tempo em que era vantagem ter uma motocicleta na hora de encontrar um local para estacionar no Rio. Enquanto a frota em duas rodas cresce a passos largos na cidade - 9% contra 3,5% dos carros de passeio, entre janeiro e dezembro de 2011, segundo o Detran -, a prefeitura ainda corre atrás do prejuízo. Apesar de a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) garantir que está aumentando a quantidade de vagas nas ruas, a média hoje é de uma para cada 81 motos. Já para os carros, é de uma para 44 veículos.

- Atualmente é um desafio conseguir vaga. Eu não sabia que um dia iria acontecer isso comigo, de motocicleta. E com a implementação da Unidade de Ordem Pública em bairros da Zona Sul, o estacionamento nas calçadas vem sendo intensamente fiscalizado. O problema é que não houve planejamento, simplesmente proibiram, sem a criação de locais apropriados - desabafa o jornalista Alexandre Dantas, morador da Gávea, que enfrenta o problema diariamente no Leblon e em Ipanema.

Com exceção dos 32 mil táxis, a frota de carros de passeio no Rio chegou a 1.887.579 veículos em dezembro do ano passado. A quantidade de vagas no sistema Rio Rotativo é de 43 mil. Já para as 227.311 motos, há cerca de 2.800 vagas. De acordo com a CET-Rio, estão sendo criados diariamente novos espaços - que são retirados dos carros - para dar conta do crescimento da demanda sobre duas rodas. A frota total de veículos na cidade é de 2.489.377.

CET-Rio amplia número de vagas

A CET-Rio informou que na última semana foram inauguradas mais 175 vagas para motos em Ipanema. Até o fim do mês, há previsão de novos espaços também no Leblon e em Copacabana. As placas estão sendo confeccionadas e, segundo o órgão, o estacionamento é gratuito. As vagas estão sendo alocadas numa proporção de sete motocicletas para cada espaço do Rio Rotativo antes destinado prioritariamente aos carros.

Enquanto as novas vagas não chegam, nas redes sociais chovem reclamações na comunidade Motociclistas Cariocas. O analista de sistemas Arthur de Souza Brasil, que trabalha num banco na Praia de Botafogo, diz que as autoridades deveriam se espelhar no tratamento de países da Europa:

- Cerceando o uso das motocicletas, o poder público está transformando em problema algo que é solução em todas as grandes metrópoles. Nada mais natural do que ver em Roma, Londres ou Barcelona centenas de motocicletas ou scooters estacionadas lado a lado, em áreas demarcadas no passeio público.

Na semana retrasada, o corretor Jorge Paiva presenciou guardas multando motos em calçadas do Leblon, em transversais com pouquíssimo movimento de pedestres.

- São poucas as ruas que têm faixas demarcando o estacionamento e, para disciplinar, é fundamental que isso seja feito. A cada dia au$o número de usuários de duas rodas, que optam por esses veículos por causa dos engarrafamentos diários - diz Paiva, morador de Botafogo.

Recentemente, o presidente da Associação dos Motociclistas do Estado do Rio de Janeiro (AMO-RJ), Aloísio César Braz, distribuiu uma nota a integrantes da entidade com orientações sobre estacionamento. Segundo ele informou, após se reunir com técnicos da CET-Rio, onde não houver vagas demarcadas nas vias públicas da cidade, os motociclistas deverão estacionar nas vagas demarcadas para os veículos, em cumprimento à legislação do Código de Trânsito Brasileiro, a 45 graus.

- Esclarecemos que a motocicleta deverá ser estacionada e posicionada com a roda traseira no meio fio, a 45 graus. Estacionar com a roda da $nesse local dá multa. Além disso, o motociclista poderá ter sua moto apreendida. Lembro, mais uma vez, que estacionar as motocicletas na calçada é proibido por lei - alerta o presidente da AMO-RJ.

Ele lembra ainda que o benefício da gratuidade do pagamento do estacionamento é garantido pelo decreto-lei municipal 24.455, publicado no Diário Oficial do Município em julho de 2004.

- Qualquer que seja o problema encontrado em caso de estacionamento nas áreas reservadas aos veículos, o motociclista deverá chamar a Guarda Municipal - orientou.

Para o professor e motociclista José Reis Alves, de 45 anos, houve falta de planejamento urbano para esses veículos.

- Esqueceram de prever como $a essa quantidade de motociclistas. Não é só no Centro, mas também na orla. Outro dia, parei na calçada e levei uma multa de mais de R$ 100. Entro no trabalho às 9h, mas, se chegar às 8h30m, já não encontro vaga alguma. Mesmo cedo, tenho que parar longe do colégio - comenta ele.

O inspetor José Ricardo Soares, coordenador de Trânsito da Guarda Municipal, reforça que o motociclista não deve estacionar na calçada em hipótese alguma. Uma cena comum na cidade - a de entregadores que param o veículo enquanto vão a um prédio - é considerada infração:

- O motoboy deve estacionar numa vaga, como faz um motorista de carro de passeio. Outra irregularidade comum, que é considerada gravíssima, é andar com a moto pe$calçada. Muitas vezes, os entregadores, quando estão procurando o número de um edifício, cometem essa infração.

Sobre o tráfego de motos entre os carros, Soares admite que o Código de Trânsito Brasileiro não é claro. O artigo 57 diz que "os ciclomotores devem ser conduzidos pela direita da pista de rolamento, preferencialmente no centro da faixa mais à direita ou no bordo direito da pista, sempre que não houver acostamento ou faixa própria a eles destinada, ficando proibida a sua circulação nas vias de trânsito rápido e sobre as calçadas das vias urbanas".

- Não há orientação para que os agentes multem os motociclistas que circulam entre os veículos, a não ser que eles trafeguem de uma forma que leve perigo a ele ou a terceiros - comenta o inspetor

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

BANDA DE IPANEMA




Começa o Carnaval de rua do Rio;
Banda de Ipanema desfila no sábado

Blocos esperam foliões no centro e zona sul da cidade nesta sexta-feira

.Do R7
..
...Mariana Costa/R7/Arquivo 2011.

Tradicional Banda de Ipanema fará ensaio parado, com marchinhas e sambas.
.


...Para deixar os cariocas em clima de folia, já que o Carnaval está cada vez mais próximo, os blocos de rua da cidade do Rio de Janeiro começarão nesta sexta-feira (20), feriado de São Sebastião, e se estenderão até sábado (21), com a tradicional Banda de Ipanema.

A festa vai contagiar a Lapa, no centro, com o bloco Tião dos Embaixadores da Folia, que sairá da rua Gomes Freire, às 18h, nesta sexta. As pessoas poderão chegar cedo ao local para aproveitar ainda mais a bagunça, já que a concentração começará às 14h.

Em Santa Teresa, também na região central do Rio, o Bloco Aconteceu fará seu primeiro ensaio na rua Áurea, a partir das 18h. Na zona sul, em Copacabana, o bloco Boca Maldita vai “ferver” as ruas do bairro, às 19h.

Para fechar os festejos deste final de semana com chave de ouro, no sábado, a Banda de Ipanema fará o primeiro ensaio parado na rua General Osório, em Ipanema. Por isso, os foliões devem chegar a partir das 15 horas para curtir as marchinhas e sambas.

BANDA DE IPANEMA




Banda de Ipanema avisa que ensaios
começarão na próxima semana

Calendário de blocos do site da Prefeitura do Rio divulgou data incorreta

.do R7
..
...Mariana Costa/R7/Arquivo 2011
.
Banda vai homenagear Cacique de Ramos no Carnaval 2012.


...Um dos maiores e mais tradicionais blocos de rua do Rio de Janeiro, a Banda de Ipanema, começará o aquecimento para a festa de 2012 no dia 28 de janeiro, em Ipanema, zona sul da cidade, a partir das 18h, e não no sábado (21), como foi divulgado no site da Prefeitura da cidade.

Os cariocas poderão cair na folia com o ensaio parado na rua General Osório, ao som de marchinhas e sambas da história do Carnaval. A concentração será às 15h no local, e o grande homenageado pelo grupo neste ano será Cacique de Ramos.

A banda também vai lembrar o centenário de grandes músicos e escritores brasileiros, como Luiz Gonzaga, Nelson Rodrigues e Jorge Amado.

A Guarda Municipal atuará com um efetivo de 134 agentes no evento. As ações de controle urbano, fiscalização, ordenamento do trânsito, interdições e atendimento ao público em geral começarão às 13h.

Dos 476 blocos inscritos, 51 tiveram seu desfile negado. Na Barra da Tijuca e em Jacarepaguá, dos 46 pedidos, 44 foram aceitos. Na Ilha do Governador, desfilarão 22 blocos. No centro da cidade, passarão 76, e na Grande Tijuca, serão 43. A zona norte terá 63 blocos.

PRAIA DE IPANEMA



Feriado no Rio deixa praia de Ipanema lotada

Temperatura não passou de 28ºC com pancadas de chuvas na zona norte

.Do R7 20/01/2012 às 14h46
..
...Welington Júnior/Agência Estado.
.



...Mesmo com temperaturas mais amenas, as praias do Rio de Janeiro ficaram lotadas nesta sexta-feira (20) de feriado prolongado de São Sebastião, padroeiro da capital. De acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a temperatura mais alta desta sexta, às 12h, foi de 28ºC, com umidade de 75%, o que eleva a sensação térmica de calor. Por volta das 14h50, chovia na zona norte e região central do Rio.

PRAIA DE IPANEMA

Projeto verão do Globo apresenta Luis Carlinhos no feriado




O Projeto Verão Rio do jornal O Globo presenteia cariocas e turistas com um show especial do cantor e compositor Luis Carlinhos nas areias da praia de Ipanema (tenda montada em frente ao Country Clube).

A apresentação acontece em comemoração ao feriado de São Sebastião, padroeiro da Cidade Maravilhosa, no próprio dia 20, às 18h.

Luis Carlinhos receberá para este luau Fabio Allman e Pepê Barcellos, parceiros de música que já se apresentaram juntos em outras ocasiões.

Serviço:
Show: Luis Carlinhos + convidados
Local: Praia de Ipanema (em frente ao Country Clube)
Dia: Sexta-feira, dia 20
Horário: 18h


quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

QUE BELEZA !!!!!!!!!!!!!!!!!

BAIRROS.COM

Enviado por Bairros.com -

Amoedo lança revista virtual

A rede de lojas de construção e decoração Amoedo acaba de lançar sua revista virtual. No endereço os internautas podem ver ofertas semanais, dicas de decoração dadas por arquitetos, além todas as novidades e tendências do mundo da construção.

Quem quiser, também poder dar opiniões, sugestões e solicitar mais informações sobre os produtos.

CANTAGALO









Jovem do Morro do Cantagalo cria agência de turismo para mostrar comunidade
Júlia Dias Carneiro

Da BBC Brasil no Rio de Janeiro


GMT

Mayara Moura e Joice Rocha querem que os benefícios do turismo fiquem no Morro do Cantagalo


Desde que o tráfico armado foi expulso do Morro do Cantagalo, no fim de 2009, a jovem Mayara Moura vê aumentar o fluxo de turistas na favela onde cresceu, na zona sul do Rio de Janeiro, com vista privilegiada para as praias de Ipanema, do Leblon e da Lagoa Rodrigo de Freitas.

Ela considera os visitantes bem-vindos, mas não gosta de vê-los subir e descer a favela recém-pacificada sem travar contato com os moradores, e sem que esse fluxo traga benefícios para a própria comunidade.

Notícias relacionadasJovens de favelas do Rio desenvolvem 30 ações para suas comunidadesRio tenta reverter atraso na oferta de serviços em favelas pacificadasTrês anos de UPPs no Rio: Entenda os avanços e desafios do programa


Tópicos relacionadosBrasilDessa percepção nasceu a ideia de criar uma agência de turismo local, que vai oferecer visitas guiadas, eventos culturais e hospedagem nas casa de moradores, nos moldes de um bed & breakfast.

"O objetivo do projeto é ajudar a comunidade de todas as formas possíveis", diz Mayara, que no último sábado fez uma reunião com moradores interessados em oferecer quartos para turistas.

Batizada de Dropando na Comunidade, a iniciativa que Mayara, 20 anos, está desenvolvendo com a amiga Joice Rocha, 16, vai ser lançada no próximo dia 29 com uma feijoada na quadra da Alegria da Zona Sul, escola de samba do Cantagalo.

Elas vão investir a maior parte dos R$ 10 mil de que dispõem inicialmente em obras nas casas de moradores, para adequar os quartos a serem oferecidos para visitantes a padrões turísticos.

O projeto é um dentre 30 que estão sendo colocados em ação por jovens de seis favelas pacificadas no Rio. Eles fazem parte da Agência de Redes para a Juventude, criada para estimular jovens empreendedores a desenvolverem suas próprias soluções para suas favelas.

Incremento de rendaAs áreas de atuação dos projetos vão de cultura a reciclagem, de saúde a educação. Mayara aposta que a vocação da sua favela para o turismo pode ser revertida em um incremento de renda para o Cantagalo - agora facilmente acessível graças a um elevador inaugurado em 2010, que vai de Ipanema para o alto do morro em menos de 30 segundos.

"Ter esse retorno para os moradores é o desafio", diz Bianca Freire-Medeiros, pesquisadora do CPDOC/FGV que desde 2005 estuda turismo em favelas do Rio, sobretudo na Rocinha.

"Na Rocinha, o turismo já existe há bastante tempo. A maior parte das visitas é organizada por grupos externos, mas há artesãos locais que vivem do turismo. Só que é um grupo pequeno em relação ao universo de moradores", aponta.

Como parte de uma pesquisa para a FGV feita no ano passado a pedido do Ministério do Turismo, Freire-Medeiros entrevistou 900 turistas na chegada ao Aeroporto Internacional do Rio. A pergunta era se fariam passeios por favelas.

"Vimos que a visita já está muito incorporada à imagem do Rio. A favela é como futebol, samba, carnaval", diz. Por outro lado, ainda existe uma resistência em relação a hospedagem, afirma, e os turistas deixam pouco dinheiro nas favelas.


Para Mayara, o turismo pode mudar a opinião das pessoas em relação à favela
"Eles compram uma água, mas têm uma resistência enorme a comprar comida. Muitas vezes são instruídos pelas agências ou por seus próprios consulados a não comer."

Mudança de imagemO projeto idealizado por Mayara e Joice tem a ambição não apenas de trazer um incremento de renda para os moradores, como mudar a imagem que pessoas de fora têm da favela. E isso vale não apenas para estrangeiros, mas também para brasileiros.

"Algumas pessoas ainda têm aquela visão de que é impossível entrar na favela, de que pode acontecer alguma coisa ruim, e é isso que a gente quer mudar", diz.

A presença da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Cantagalo faz com que os moradores possam passar mais segurança para os visitantes, diz Mayara, e mudar a imagem de violência que, em sua opinião, foi tradicionalmente exagerada pela mídia.

"Mesmo antes de o tráfico sair da comunidade, a gente tinha uma vida normal. Não era confronto todo dia. Às vezes acontecia alguma coisa e tínhamos que ficar dentro de casa, mas no dia-a-dia as crianças brincavam na rua, as mães iam trabalhar, era uma vida normal."

É um pouco desta vida normal que Mayara quer compartilhar com os turistas, mostrando, nas visitas guiadas, um pouco da cultura local e dos projetos culturais que são desenvolvidos por moradores, como grupos de hip hop (H2BK), de balé (Dançando para Não Dançar) e os painéis de grafite que contam a história da comunidade em suas vielas (o Museu de Favela, ou MUF).

"Acho que um dos principais benefícios do turismo é a troca de culturas, de experiências, de ideias. Quando a gente aprende um pouco de outra cultura, a gente adere um pouco, mesmo que seja o mínimo."

MANUAL DA ORDEM PÚBLICA

Rio de Janeiro, 18 de Janeiro de 2012


OPERAÇÃO CHOQUE DE ORDEM


Os movimentos sociais do bairro de Ipanema vêm reivindicando ações em prol da melhoria de qualidade de vida, relativas à segurança e, conseqüentemente, ao meio-ambiente.

Nosso bairro tem sofrido entre outros agravantes, estes, relatados a seguir:

1- grande densidade demográfica;
2- circulação maciça de ônibus e outros veículos;
3- deseducação da população com relação ao lixo, pichações e pouco comportamento social.

Dessa forma, no sentido de apoiar e incentivar a OPERAÇÃO CHOQUE DE ORDEM da Prefeitura do Rio de Janeiro, toma-se a iniciativa de transcrever neste espaço, o MANUAL DE ORDEM URBANA que foi lançado quando do início daquele projeto chamado ainda de IPABACANA:

1- NÃO ANDAR COM CACHORRO SEM COLEIRA, E NÃO DEIXAR DE RECOLHER SUAS FEZES. POR QUÊ?
O animal de estimação merece todo o carinho, e o passeio é muito saudável, porém, esse passeio não pode ser um incômodo para os outros.

2- NÃO ESTACIONAR O CARRO NA CALÇADA. POR QUÊ?
Calçada é feita para o pedestre. Você já imaginou a dificuldade de um cadeirante ou de uma mãe com carrinho de bebê ao andar em uma calçada tomada de carros?

3- ANDAR DE BICICLETA NA CICLOVIA E NÃO ESQUECER O CAPACETE.
POR QUÊ?
Por motivos de segurança. BICICLETA NA CALÇADA OU NA ÁREA DE
LAZER PODE PROVOCAR ACIDENTE.

4- NÃO DAR DINHEIRO PARA MENORES DE RUA. POR QUÊ?
Lugar de criança é na escola. A criança em sinal, ou mesmo no meio da rua
Pedindo dinheiro, provavelmente está sendo explorada por terceiros ou mesmo
pelos pais.

5- NÃO JOGAR LIXO NA RUA. POR QUE?
Quem acaba pagando a limpeza desse lixo é você, com seus impostos . Além,disso piora a imagem de nossa cidade, emporcalhando as ruas e entupindo bueiros.

6- NÃO COMPRAR MERCADORIAS SEM SABER A PROCEDÊNCIA.
POR QUÊ?
Muitas vezes a mercadoria vendida nas ruas é pirataria ou é de procedência
criminosa. Não se pode esquecer a nota fiscal.

7- NÃO AVANÇAR O SINAL E NÃO PARAR NA FAIXA DE PEDESTRE OU
CRUZAMENTO. POR QUÊ?
O carro mal conduzido vira uma arma. Assim como as calçadas, a faixa de pedestres se destina ao pedestre e, muitas vezes, um único carro em um cruzamento produz um transtorno para centenas de motoristas.

8- SEJA SOLIDÁRIO. POR QUÊ?
AJUDAR O PRÓXIMO É SEMPRE IMPORTANTE. GENTILEZA GERA GENTILEZA. ASSIM, VOCÊ COM PEQUENOS ATOS CONSEGUE GRANDES MUDANÇAS E TORNA O MUNDO MAIS HUMANO E MENOS VIOLENTO!

JGuia
Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 2012

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012