terça-feira, 31 de maio de 2011

EU REPÓRTER



Enviado por leitor Domingos Savio M. de Andrade -

EU-REPÓRTER]

Asfalto em péssimas condições na Rua Joaquim Nabuco


É revoltante ver a condição do asfalto na Rua Joaquim Nabuco, em Ipanema. Esta é uma via de grande circulação, que liga as praias de Copacabana e de Ipanema, e após uma intervenção da prefeitura no asfalto, este foi o resultado final.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

CARTA ENVIADA

Rio, 30/05/2011


Prezado Secretário Beltrame,

Gostei muito de sua entrevista ontem no jornal O Globo. O Sr., como sempre, aponta na direção correta.

Gostaria apenas de aprofundar um pouco a idéia de “ações sociais” necessárias à sustentabilidade das UPPs. No entender do Projeto de Segurança de Ipanema, o que realmente vai fazer a diferença é a regularização fundiária e urbanística destas comunidades. Com os títulos de propriedade e com a presença do poder público dando os parâmetros de construção, reformas, ocupação do espaço público e serviços de saneamento, coleta de lixo etc., estas comunidades efetivamente se transformarão em bairros onde os moradores se auto fiscalizam e pagam pelos serviços prestados pelo estado ou município. Esta é a solução definitiva. É claro que é um processo lento porque reverter uma situação quase que centenária na cidade, vai implicar em mudanças profundas de comportamento.

O Projeto de Segurança de Ipanema está tendo a excepcional oportunidade de participar do processo de regularização do Cantagalo, uma experiência de como a sociedade civil pode contribuir com boas idéias e parcerias para alcançar uma mudança necessária à população tanto da favela como de seu entorno.

A nossa luta está chegando a bom termo. A parceria entre o PSI, o Instituto Atlântico, a Associação dos Moradores do Cantagalo, Instituto Gerdau, escritórios Goyareb& Mitchell e Sousa , Cescom e mais recentemente até com a adesão dos cartórios de registro de imóveis da região, que contaram com a sensibilidade e seriedade do poder público aí incluindo a colaboração da Secretaria Estadual de Segurança Pública com a implantação da UPP, do Governo de Estado na concessão dos títulos de propriedade e da Prefeitura com a instalação de um POUSO, prevista para muito breve, está possibilitando a regularização total do Cantagalo. Na quinta feira dia 2/06 em reunião com a comunidade os cartórios de registro vão se comprometer a dar gratuidade ao registro de 4000 propriedades, abrangendo o Cantagalo na sua totalidade.

É animador verificar que, a boa parceria entre a sociedade e o poder público, pode dar excelentes resultados quando levada com seriedade e eficiência por ambos os lados.

Mais uma vez parabéns e obrigado pela sua firme atuação à frente da SESP.

Atenciosamente, um abraço

Ignez Barretto – coordenadora do PSI


PRAIA DE IPANEMA -

Passeata condena suspensão do kit anti-homofobia

AGÊNCIA BRASIL


Dezenas de pessoas caminharam pela orla da Praia de Ipanema, na zona sul da cidade, na manhã de hoje (29) em uma manifestação contra a decisão da presidenta Dilma Rousseff, na última quarta-feira (24), de suspender a distribuição do kit anti-homofobia nas escolas públicas do país. A caminhada foi organizada por grupos gays das igrejas Católica e Evangélica que carregavam faixas e cartazes pedindo uma educação mais inclusiva.

Membro do grupo Diversidade Católica, formado por gays católicos, Juliana Luvizaro disse que a passeata busca, sobretudo, chamar a sociedade para discutir a questão do homossexualismo nas escolas, que não é tratado de maneira responsável e cidadã.

- Ninguém transforma ninguém em gay. Assim como não se pode transformar um gay em heterossexual. Pedimos uma educação inclusiva dentro de casa e na escola, porque a violência contra alunos que se descobrem homossexuais ou transexuais é grande e o número de evasão escolar dessas crianças é enorme.

Juliana afirmou ainda esperar que Dilma Rousseff reformule o kit para que atenda a todas as camadas da sociedade, mas que o material não deixe de ser oferecido nas escolas. Segundo ela, "o kit foi feito com a ajuda de diferentes grupos da sociedade e foi aprovado pela Unesco [Organização das Nações Unidas para a Educação]".

- Trata-se de um material para ajudar o educador e os alunos a praticarem o respeito à pluralidade e às diferenças.

O consultor financeiro Renato Roizenblit, que passeava no calçadão da Praia de Ipanema com a esposa Daniele e a filha Raíssa, de um ano de idade, comemorou a iniciativa.

- Essa passeata deveria ter acontecido há muito tempo, mas antes tarde do que nunca, né? A gente tem que educar as pessoas para aceitarem as diferenças.

O kit anti-homofobia suspenso inclui um caderno com orientações para professores, uma carta para o diretor da escola, cartazes de divulgação nos murais do colégio, boletins para os alunos e gravações em vídeos.

BAIRROS OU FAVELAS ?

Moradores e vizinhos de ex-favelas discordam de critérios da prefeitura

Diego Barreto

RIO - Saneamento incompleto, obras inacabadas e urbanização precária. Para moradores de comunidades consideradas ex-favelas pela prefeitura do Rio a realidade destas áreas ainda permanece distante da encontrada no asfalto. Reportagem publicada na edição de ontem do GLOBO mostrou que estudos feitos pela Secretaria municipal de Habitação (SMH) e pelo Instituto Pereira Passos (IPP) apontaram 44 ex-favelas, onde serviços básicos seriam semelhantes aos oferecidos em bairros de fato.

Embora apontem avanços, sobretudo onde foram implantados projetos sociais e Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), moradores acreditam que comunidades ainda não atingiram o status de bairro. Considerada uma das comunidades cariocas com mais alto grau de urbanização, o Morro Dona Marta, em Botafogo, continua favela para seus moradores.


— Continuamos sendo favela. No alto do morro ainda temos barracos de madeira quase caindo. Faltam muitos servi$ços, e o saneamento não atinge todos os moradores — afirma Antonio Guedes, 47, nascido e criado no Dona Marta.

Enclave entre Ipanema e Copacabana, o Morro do Cantagalo recebeu nos últimos cinco anos um conjunto de obras que incluíram a construção de elevadores de acesso à comunidade, um mirante panorâmico e melhorias urbanísticas. Uma UPP também foi instalada no local. Mas tanto para quem vive na comunidade quanto para quem é vizinho, o Cantagalo ainda não se transformou em bairro.

— Foram feitas muitas obras, e o processo de regularização fundiária através de títulos de propriedade está avançado. Mas nós ainda temos muitas carências que nos impedem de chamar o Cantagalo de bairro — diz Luiz do Nascimento, presidente da Associação de Moradores do Cantagalo.

A presidente da Associação de Moradores de Ipanema, Maria Amélia Loureiro, concorda:

— O Cantagalo é privilegiado por ter recebido muitos projetos sociais, mas dizer que não é favela é difícil, porque ainda não tem saneamento completo. Ainda faltam in$para ser considerado um bairro.

Presidente da Sociedade Amigos de Copacabana, Horácio Magalhães faz comentário semelhante sobre o Morro Pavão-Pavãozinho, outro na lista de ex-favelas.

— Numa das encostas da comunidade, próximo à Rua Djalma Ulrich, existe um lixão que gera diversos problemas. Por isso, não concordo com essa classificação de ex-favela.

Rocinha é considerada bairro desde 1992

Endereço de três agências bancárias, centenas de empresas registradas e com uma população de 69.365 habitantes, segundo o Censo de 2010 do IBGE, a Rocinha apresenta números superiores aos de muitos municípios do país e é considerada bairro pela prefeitura do Rio desde 1992.

— A importância da Rocinha é enorme, trata-se de um grande fornecedor de prestação de serviço para toda a região. Embora já tenha amadurecido, a comunidade ainda precisa avançar na questão de reorganização urbanística para se consolidar como bairro. As obras do PAC não representam nem um terço $que é preciso fazer — analisa José Britz, presidente da Associação de Moradores de São Conrado.

Para Augusto Boisson, presidente da Associação de Moradores e Proprietários de Prédios do Leblon, houve precipitação por parte da prefeitura ao classificar comunidades como Vidigal e Cantagalo como ex-favelas:

— O trabalho feito nas comunidades com a implantação das UPPs, obras e projetos sociais está no caminho certo. Mas dizer que deixaram de ser favela foi precipitado, uma visão otimista demais. Os serviços ainda não chegaram com amplitude.

Moradora do Morro do Borel, na Tijuca, outra das 44 ex-favelas, Roberta Ferreira, que preside a associação de moradores local, acredita que ainda serão necessários muitos projetos para transformar o morro em bairro.

— O programa Favela Bairro trouxe asfalto e melhorias para alguns pontos, mas convivemos com risco de deslizamento de encostas, esgoto correndo a céu aberto e outros problemas. Para deixarmos de ser favela ainda vai demorar — atesta Roberta.

sexta-feira, 27 de maio de 2011

ENQUETE

PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

MOVIMENTO APOLÍTICO, FORMADO POR MORADORES VOLUNTARIOS, COM O PROPÓSITO DE CONTRIBUIR PARA A MELHORIA DO BEM ESTAR SOCIAL DO BAIRRO .

REUNIÃO EXTRAORDINARIA PARA APURAÇÃO DO RESULTADO DA ENQUETE ENTRE OS MORADORES SÔBRE A CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE METRÔ NA PRAÇA N.SRA. PAZ

EM 16 DE MAIO DE 2001- COLEGIO NOTRE DAME – RUA BARÃO DA TORRE

PRESENTES: 21 MORADORES

AUTORIDADE PRESENTE: ADMINISTRADOR REGIONAL SR. LEONARDO SPRITZER E ASSISTENTE.



O Projeto de Segurança de Ipanema, em consonância com o seu propósito de evidenciar a insatisfação do bairro quanto à construção de uma outra estação de metrô, agora na Praça Nossa Senhora da Paz, realizou um levantamento consubstanciado em consultas a moradores de mais de cinqüenta edifícios , em diversas ruas e avenidas.

Além disto foram colhidas, nas ruas e no calçadão, mais de setecentas respostas à mesma pergunta: “ Você é contra ou a favor da construção da estação NSra da Paz?”

O resumo abaixo mostra o resultado deste levantamento.

ASSINATURAS CONTRA A CONSTRUÇÃO: 693

VOTOS CONTRA A CONSTRUÇÃO: 475

TOTAL DE VOTOS CONTRA A CONSTRUÇÃO: 1168

ASSINATURAS A FAVOR DA CONSTRUÇÃO: 8

VOTOS A FAVOR DA CONSTRUÇÃO : 115

TOTAL DE VOTOS A FAVOR DA CONSTRUÇÃO: 123

SINTETIZANDO, PODE SE VERIFICAR QUE NUM UNIVERSO DE AMOSTRAGEM DE 1291 MORADORES 91.37 % SÃO CONTRA A CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE METRÔ NA PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ.

OS ANEXOS DESTE RELATÓRIO, COM A RELAÇÃO DOS EDIFÍCIOS VISITADOS E ASSINATURAS ENCONTRAM-SE À DISPOSIÇÃO COM A COORDENAÇÃO DO PSI.



IGNEZ BARRETTO ROGERIO ESTEVES

COORDENADORES DO PSI

PSI - INFORMA

Ipanema e Leblon vão ganhar corredores exclusivos para ônibus

Bairros devem receber quatro faixas para coletivos ainda este ano

Do R7

André Muzell

Corredor da rua Barata Ribeiro: intenção é reduzir o tempo de travessia na via


A zona sul do Rio de Janeiro vai ganhar mais quatro corredores exclusivos para ônibus até o fim do ano, conforme informou o subsecretário municipal de Transportes, Carlos Maiolino, durante um seminário sobre BRS (Bus Rapid System) no centro do Rio nesta quarta-feira (25).

As novas faixas exclusivas vão funcionar nas avenidas Visconde de Pirajá e Prudente de Moraes, em Ipanema, e nas avenidas Ataulfo de Paiva e General San Martin, no Leblon.

De acordo com o subsecretário, ruas São Clemente e Voluntários da Pátria, em Botafogo, na zona sul, as ruas Conde de Bonfim e Haddock Lobo, na Tijuca, e rua Vinte e Quatro de Maio e avenida Marechal Hermes, no Méier, na zona norte também devem receber os corredores exclusivos. Mas ainda não há previsão para a implantação do projeto, que também deve chegar ao centro nas avenidas Presidente Vargas e Rio Branco e rua Primeiro de Março.

Corredores em Copacabana

Os corredores exclusivos para ônibus já funcionam em Copacabana, na zona sul, na avenida Nossa Senhora de Copacabana e nas ruas Barata Ribeiro e Raul Pompéia.

Inaugurado em fevereiro, o corredor da avenida Nossa Senhora de Copacabana foi a primeira faixa exclusiva do bairro. Já nas ruas Barata Ribeiro e Raul Pompéia, o projeto foi implantado em abril.

Nas faixa exclusivas, os ônibus são obrigados a parar nos pontos indicados pelo seu BRS, sendo impedidos de pararem em outros pontos. Na Nossa Senhora de Copacabana, há 15 paradas.

quinta-feira, 26 de maio de 2011

ALÔ PREFEITURA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Enviado por leitor João Pedro de Jesus Moura -


EU-REPÓRTER

Pintura mal feita em postes de Ipanema

Um problema grave foi a pintura e reforma feitas nas luminárias de Ipanema. O serviço efetuado foi da pior qualidade. A pintura já está saindo de todos os postes e a emenda feita na base dos postes foi a pior possível. Quem foi o supervisor desta obra na prefeitura que não viu isso? Gente, é o nosso dinheiro indo pelo buraco. Sr. prefeito, por favor, cobre a responsabilidade dos serviços que são efetuados. As luminárias de Ipanema estão péssimas e nem parecem ter sido reformadas há um ano!!!

terça-feira, 24 de maio de 2011

PSI - INFORMA

Enviado por Bairros.com -


.Hospital Ipanema realiza exames gratuitos para osteoporose

O Hospital Federal de Ipanema tem um programa de acompanhamento multidisciplinar para pessoas que tenham sofrido alguma fratura por trauma mínimo, como uma queda da própria altura. Estas fraturas ocorrem em portadores de osteoporose. As estatísticas revelam que quem já teve uma fratura por osteoporose terá outras. A maior preocupação é com as fraturas de fêmur, que além de necessitar de tratamento cirúrgico, são responsáveis por altas taxas de mortalidade e marcante diminuição da qualidade de vida. O diagnóstico correto da causa deste enfraquecimento ósseo e um adequado tratamento podem interromper esta indesejável sequência de fraturas.

O Programa de Prevenção a Refraturas (O PREVREFRAT) oferece avaliação especializada, exames de densitometria óssea, exames laboratoriais, suporte nutricional, reabilitação físico-motora, suporte educacional, além de fornecer medicação aos portadores de fraturas por fragilidade óssea. O objetivo primordial é evitar que novas fraturas ocorram. Os pacientes são encaminhados às consultas do PREVREFRAT, programa que conta com o apoio da Novartis, por um médico ortopedista. O tratamento é gratuito.

O Hospital Ipanema – Rua Antonio Parreiras 67 – Ipanema
Dias e horários de atendimento – quartas e sextas-feiras, das 8h às 12h.


Enviado por leitor Ivan de Oliveira Almeida - 23.5.2011 14h25m.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

CONVITE




Esta palestra é da maior importância para a população de Ipanema.A UOP é um projeto cujo objetivo é colocar a Guarda Municipal durante 24hs. no bairro, sem as interrupções para almoço e sem o fim do horário ás 17hs. como é atualmente.O Secretário Municipal de Ordem Pública vem esclarecer os moradores de todos os detalhes desta ação.
Conto com a presença de todos, pois será a nossa participação ativa que vai trazer o mais rápido possível para Ipanema este tipo de policiamento.

Ignez

METRÔ

Ipanema em guerra

Moradores protestam contra a construção de uma estação do metrô na Praça Nossa Senhora da Paz

Jornal do Brasil

Jorge Lourenço


A tão sonhada Linha 4 do metrô, que vai ligar a Barra da Tijuca às outras estações, finalmente sairá do papel. O problema é que nem todo mundo está feliz com a notícia. Na verdade, um bairro inteiro está em pé de guerra com o novo traçado do metrô.

Trata-se de Ipanema, na Zona Sul do Rio, que ganhará mais duas estações para ligá-lo a Zona Oeste, uma no Jardim de Alah e outra na Praça Nossa Senhora da Paz. E esta última, para os moradores, será um atentado contra a qualidade de vida da região.

– A Praça Nossa Senhora da Paz é o último reduto que o morador de Ipanema tem para andar passear com seu cachorro com tranquilidade, fazer um passeio tranquilo – alega Inez Barreto, coordenadora do Projeto de Segurança de Ipanema, movimento que tenta fazer a ponte entre a comunidade e o poder público. – Não contestamos uma estação no Jardim de Alah, mas a distância entre a General Osório e a Nossa Senhora da Paz é mínima! Fazer uma estação ali é jogar dinheiro público no lixo.


sábado, 21 de maio de 2011

LEVANTAMENTO

PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

MOVIMENTO APOLÍTICO, FORMADO POR MORADORES VOLUNTARIOS, COM O PROPÓSITO DE CONTRIBUIR PARA A MELHORIA DO BEM ESTAR SOCIAL DO BAIRRO .

REUNIÃO EXTRAORDINARIA PARA APURAÇÃO DO RESULTADO DA ENQUETE ENTRE OS MORADORES SÔBRE A CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE METRÔ NA PRAÇA N.SRA. PAZ EM 16 DE MAIO DE 2001- COLEGIO NOTRE DAME – RUA BARÃO DA TORRE

PRESENTES: 21 MORADORES

AUTORIDADE PRESENTE: ADMINISTRADOR REGIONAL SR. LEONARDO SPRITZER E ASSISTENTE.

O Projeto de Segurança de Ipanema, em consonância com o seu propósito de evidenciar a insatisfação do bairro quanto à construção de uma outra estação de metrô, agora na Praça Nossa Senhora da Paz, realizou um levantamento consubstanciado em consultas a moradores de mais de cinqüenta edifícios , em diversas ruas e avenidas.
Além disto foram colhidas, nas ruas e no calçadão, mais de setecentas respostas à mesma pergunta: “ Você é contra ou a favor da construção da estação NSra da Paz?”


O resumo abaixo mostra o resultado deste levantamento.

ASSINATURAS CONTRA A CONSTRUÇÃO: 693

VOTOS CONTRA A CONSTRUÇÃO: 475

TOTAL DE VOTOS CONTRA A CONSTRUÇÃO: 1168

ASSINATURAS A FAVOR DA CONSTRUÇÃO: 8

VOTOS A FAVOR DA CONSTRUÇÃO : 115

TOTAL DE VOTOS A FAVOR DA CONSTRUÇÃO: 123

SINTETIZANDO, PODE SE VERIFICAR QUE NUM UNIVERSO DE AMOSTRAGEM DE 1291 MORADORES 91.37 % SÃO CONTRA A CONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO DE METRÔ NA PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ.

OS ANEXOS DESTE RELATÓRIO, COM A RELAÇÃO DOS EDIFÍCIOS VISITADOS E ASSINATURAS ENCONTRAM-SE À DISPOSIÇÃO COM A COORDENAÇÃO DO PSI.

IGNEZ BARRETTO ROGERIO ESTEVES

COORDENADORES DO PSI

quinta-feira, 19 de maio de 2011

CASOS DE POLÍCIA

PM prende apontador de bicho em Ipanema


Após informações passadas ao Disque-Denúncia (2253-1177), policiais do Serviço Reservado (P-2) do 23º BPM (Leblon), com o auxílio de um PM da cabine de polícia da área, prenderam na tarde desta quarta-feira um apontador de bicho na Praça General Osório, em Ipanema. Com ele, foram apreendidos blocos e outros materiais para confecção de apostas. O preso e o material foram levados para a 14ª DP (Leblon), onde o caso será registrado.

EXTRA

INFORME

Hospital público lança no Rio programa pioneiro para acompanhar vítimas de osteoporose

Saúde

Da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O Hospital de Ipanema, no Rio, lançou hoje (18) o Programa de Prevenção de Refraturas (PrevRefrat), que vai oferecer acompanhamento completo a pacientes que já sofreram fraturas provocadas por traumas mínimos, devido à fragilidade óssea causada pela osteoporose. O programa do Hospital de Ipanema, uma instituição federal, é pioneiro no país.

O ortopedista Bernardo Stolnick, especialista em osteoporose, calcula que o programa atenderá entre 150 e 200 pacientes.

De acordo com Stolnick, as estatísticas indicam que quem já teve uma fratura por osteoporose fatalmente terá outras. “Quem já teve uma fratura de vértebra possivelmente terá outra em um período de seis a 12 meses. Quem teve outra no fêmur tem o dobro de chances de fraturar o outro”.

Segundo o ortopedista, o programa é inédito no país. “O seu diferencial é a sistematização do atendimento. Ou seja, o paciente que sofre uma fratura terá para onde ser encaminhado. Será para o Hospital de Ipanema e terá toda a sequência do tratamento.”

Edição João Carlos Rodrigues

DESCASO




Enviado por Victor Costa -



Uma rua que já foi musa inspiradora
Eternizada em música por Toquinho e Vinicius de Moraes, a Rua Nascimento Silva, em Ipanema, não é mais aquele palco que inspirava canções de amor. É que moradores do início da via, na divisa com a comunidade do Cantagalo, estão convivendo com um canal de esgoto que corre diariamente do alto do morro, lixo nas encostas e casos de dengue.

Em meio às obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), à construção do elevador com mirante e à chegada da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), Eduardo Lanfim, morador de Ipanema, conta que venderam a ideia de que o esgoto do Cantagalo estaria canalizado. No entanto, uma água escura e fétida continua desembocando no início da Nascimento Silva.

— É esgoto, com certeza. Uma equipe da prefeitura veio aqui e disse que é água da chuva, mas é mentira. Desentupiram a rede pluvial da comunidade e esse líquido continua descendo do alto do Cantagalo — afirma Lanfim.


De acordo com moradores, a água continua escorrendo mesmo durante um grande período sem chuva. Na rua, o canal desemboca no “piscinão”, como já ficou conhecido o espaço entre os moradores, acumulando sujeira e se tornando um potencial foco de dengue.

— Não é raro observar que a intensidade do esgoto é, às vezes, maior num dia ensolarado do que chuvoso.
Quando isso acontece, a altura da água chega a aproximadamente um metro — conta Lanfim.

O piscinão fica escondido por um pequeno muro de concreto, mas não é difícil encontrá-lo. Basta ir ao lado do estacionamento no fim da rua.

Até 2007, a rede de esgotamento em comunidades carentes era trabalho para a Cedae. Mas um acordo municipal transferiu essa responsabilidade para a prefeitura. Assim, a assessoria de imprensa da Secretaria municipal de Habitação (SMH) informou que uma equipe da Rio-Águas iria esta semana ao local
para tomar as medidas cabíveis. O serviço de manutenção do esgotamento deve voltar em breve para a Cedae, mas ainda não existe data definida.

CONVITE



CONVITE AUDIÊNCIA PÚBLICA DE SEROPÉDICA

A Deputada Aspásia Camargo - PV, como Presidente da Comissão de Saneamento Ambiental,


tem a honra de convidá-lo para a Audiência Pública que irá discutir a situação do Aterro Sanitário de Seropédica.

Abraços...


Jefferson Lessa
Assessor da Deputada Estadual Aspásia Camargo
www.aspasiacamargo.com.br

CONVITE



Evento Limpando & Reciclando 2011//


Dia Mundial do Meio Ambiente


O Projeto Limpeza Na Praia - IEA comemora 09 anos de sucesso com um Grande Mutirão no dia 28 de Maio, e excepcionalmente no dia 04 de Junho, sábado,
na Praia da Barra da Tijuca: Dia Mundial do Meio Ambiente 2011, que ocorrerá das 10 às 13 horas, sábado, quando muitos voluntários estarão
retirando das areias cariocas o máximo de resíduos e microlixo. O Evento visaconscientizar a população a descartar estes detritos corretamente em lugares
adequados.


- O Evento teve novas adesões: Saquarema, Maricá / Região dos Lagos, e
Itacoatiara / Niterói - ver mais detalhes nos Pontos de Encontro.

20.000 sacolas plásticas degradáveis serão distribuídas nas praias do
Rio de Janeiro – (vale ressaltar que a utilização destas sacolas ajuda a
minimizar o forte impacto do Aquecimento Global).
Todos estão convidados a
participar!!

Várias instituições de educação; cursos de idiomas; informática; artes
marciais; universidades e escolas públicas; escolinhas de surfe, de futebol, de
mergulho, alunos da Rede de Ensino, dentre outros, marcarão presença em nossa
Orla. 


O lixo será coletado pelos voluntários; e ao término da Ação,
reaproveitado por Cooperativas e Instituições de Reciclagem, servindo como
exemplo para as demais Ações e Campanhas Ecológicas. 


- As sacolas, luvas e folders educativos serão entregues no momento do
Evento. 



- Pontos de Encontro:


(Com início às 10 horas e Término às 13 horas em todos os pontos,
simultaneamente): 




Rio de Janeiro – RJ: 



A) Praia
de Copacabana: No Posto Seis (ao lado da Colônia dos Pescadores), onde os
voluntários seguirão em arrastão até a rua Santa Clara, com o Grupo da
Prefeitura do Rio de Janeiro – Secretaria de Meio Ambiente (SMAC), alunos e
professores da Academia Maxi Forme e Colégios locais;

B) Praia de Ipanema: 
Na Pedra do Arpoador (Posto 7), os voluntários
estarão caminhando na coleta e distribuindo sacolas em direção à rua Garcia D´Avila, com o Grupo da
Supervídeo, e Funcionários do SEAC-RJ;

C) Praia do Leblon: 
Próximo ao Canal Visconde de
Albuquerque, andando até o Canal Jardim De Alah; com o Pessoal da OI e colégios
do bairro;



D) Excepcionalmente na Praia da Barra da Tijuca, o
Ponto de Encontro será no dia 04 de Junho, Sábado, às 10 horas, no Posto 07
caminhando até o Posto 05, com alunos e professores da Escola SESC; e voluntários
do Instituto Ecológico Aqualung – IEA.



E) Praia
de Sepetiba: 
No "Coreto", com o Grupo da Coordenadora, Magali Jordão
e com a Guarda Municipal;

F) lha
de Paquetá: 
Na Praia da Moreninha, com a Guarda Municipal; 



G) Saquarema / Região dos Lagos - RJ: 

Na Praia de Itaúna, com Escolinhas
de Surfe locais; 



H)
Maricá / Região dos Lagos - RJ: Na Praia da Barra, com a Coordenadora Paula
Guerra.



I) Itacoatiara / Niterói: Encontro com
Surfistas, atletas e moradores locais na Praia de Itacoatiara.



Este Evento conta o CO-Patrocínio da 
OI, SEAC-RJ, e Prefeitura do Rio
de Janeiro – Secretaria de Meio Ambiente (SMAC); e Apoio do Outback Steakhouse,
Prezunic, Escola SESC de Ensino Médio, Fun Dive, RES, Maxi Forma, Jeep Tour,
Amigança Produções, VideoClipping, Programa Na Praia, Agência Rio de Notícias,
Supervídeo, Guarda Municipal, Aqualung, Aqualittera, Clean Up The World,
Ministério do Meio Ambiente MMA / Governo Federal.

O Projeto Limpeza Na Praia - Instituto Ecológico Aqualung (IEA) -
convida a todos os Amantes da Natureza a preservar as nossas praias e lutar por
um mundo mais limpo. Todos estão convidados a participar! Faça a sua parte e
traga a sua família e amigos!

---------------------------------------- 



Adendo: 



Você pode ser um Coordenador do seu Grupo de Voluntários Ambientais, na
Coleta de Lixo e Microlixo no dia do Evento!

Basta fazer o Curso Gratuito no Instituto Ecológico Aqualung, e receber
o Certificado de Coordenador de Voluntários. 



Curso para os Coordenadores dos Voluntários: 



Data: 26/05/2011, quinta-feira

Local: Instituto Ecológico Aqualung – IEA 



Endereço: Rua do Russel, 300 / 401, Glória, RJ



Horário: 16 horas; 
Duração: 1h e 30 minutos.



Assuntos a serem abordados: Geografia do Local; Cuidados com os
Voluntários (segundo as Normas Internacionais); Distribuição dos materiais de
coleta e descarte; Manuseio do microlixo e segurança; Atendimento ao público e
à imprensa.

- Favor Confirmar Presença.



---------------------------------------- 



Em prol de um mundo melhor e de uma maior qualidade de vida para todos,




- Em anexo segue a Arte do
Cartaz desta Campanha, para a sua apreciação.

Estamos à disposição para mais informações,

Abraços a todos! Sauds.
Sustentáveis! 





RSVP: 




Att., Anna Turano e Hildon Carrapito 





Membro Clean Up The World 
Instituto Ecológico Aqualung- IEA

Projeto Limpeza Na Praia 


Nextels: 
78483084 ID 81*36746 /78306842 ID 81*29552 


Cel.: +55 21 9522-1051. 


Rua do Russel, 300 / 401,Glória, RJ, Brasil. CEP: 22210-010. 


Site:
www.institutoaqualung.com.br (Projeto Limpeza Na Praia) E-Mail: limpezanapraia@institutoaqualung.com.br


quarta-feira, 18 de maio de 2011

EU REPÓRTER




Enviado por leitor Percy Argent Thom -

EU-REPÓRTER

Jeitinho brasileiro: moradores improvisam placa de 'pare' em Ipanema


Na esquina da Rua Teixeira de Melo com a Barão da Torre, em Ipanema, uma placa com alerta de "pare" foi improvisada por moradores, para informar aos motoristas que devem parar e aguardar a vez para entrar na Rua Barão da Torre, onde a preferência nunca é respeitada. É comum atritos entre motoristas no local, devido à deficiência na sinalização.

EU REPÓRTER




Enviado por leitor Percy Argent Thom -

EU-REPÓRTER

Jeitinho brasileiro: moradores improvisam placa de 'pare' em Ipanema


Na esquina da Rua Teixeira de Melo com a Barão da Torre, em Ipanema, uma placa com alerta de "pare" foi improvisada por moradores, para informar aos motoristas que devem parar e aguardar a vez para entrar na Rua Barão da Torre, onde a preferência nunca é respeitada. É comum atritos entre motoristas no local, devido à deficiência na sinalização.

terça-feira, 17 de maio de 2011

CAMPANHA DO LIXO

Lixo invade metrô do Rio para gravação de campanha

16/05/2011

A estação Ipanema, do metrô do Rio de Janeiro, foi cenário da gravação da campanha nacional do movimento Limpa Brasil Let´s do it!, projeto de mobilização social que já aconteceu em 20 países, e neste ano acontecerá pela primeira vez no Brasil. O objetivo do movimento é mobilizar meio milhão de pessoas na limpeza de sete das maiores cidades do País, começando pelo Rio de Janeiro, no dia 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente.

Cerca de 80 pessoas participaram da gravação, que envolveu cerca de 500 sacos de lixo, cinco mil bexigas e 45 rolos de plástico bolha. Todo o material utilizado na campanha foi enviado para uma cooperativa de reciclagem, em São Paulo, para a destinação correta. O resultado desse trabalho, assinado pela agência Leo Burnett, poderá ser visto a partir desta semana, na Rede Globo, TV Futura, TV Cultura, MTV e na TV do metrô de São Paulo e Rio de Janeiro.

A campanha completa, que terá duração de seis meses, prevê ainda a divulgação de vídeos na internet com personalidades como Wellington Nogueira, criador da ONG “Doutores da Alegria”, e o escritor Ferréz, incentivando a população a participar da ação. Também serão produzidos, com a participação de artistas nacionais, vídeos com a chamada “Eu sou catador”.

A partir deste mês as revistas das editoras Três e da Trip publicarão peças sobre a campanha. A edição de maio da revista TPM já traz o primeiro anúncio impresso com a chamada “O mundo ficou pequeno demais para tanto lixo”.

domingo, 15 de maio de 2011

ZUENIR VENTURA



ZUENIR,

AMEI SEU ARTIGO DE ONTEM " A PRAIA MARAVILHOSA". VOCÊ COM O SEU HABITUAL TALENTO CONSEGUIU TRANSMITIR A TODOS A EMOÇÃO E A BELEZA DE UM BAIRRO QUE ENCANTA HÁ DÉCADAS. NUNCA TERIA IMAGINADO A ISADORA DUNCAN DESCOBRINDO IPANEMA E TAMBÉM NÃO CONHECIA A CRÔNICA DO JOÃO DO RIO.
O ARTIGO VEM MUITO A PROPÓSITO, EM UM MOMENTO EM QUE A POPULAÇÃO DO BAIRRO SE MOBILIZA, JUSTAMENTE PARA TENTAR PRESERVAR ESTA AMBIÊNCIA MÁGICA QUE TANTO NOS SEDUZ. ENTENDEMOS QUE UMA ESTAÇÃO DE METRÔ NA PRAÇA N. SRA. DA PAZ, ALÉM DE DESNECESSÁRIA, VAI ACABAR COM A ÚNICA PRAÇA DO BAIRRO,DERRUBANDO ÁRVORES QUASE CENTENÁRIAS,COMPROMETER AS CARACTERÍSTICAS DE IPANEMA E A SUA AMBIÊNCIA MÁGICA.
NÃO TEMOS NADA CONTRA O METRÔ, QUA ALIÁS, JÁ CHEGOU AO BAIRRO E COM ELE ESTAMOS CONVIVENDO MUITO BEM, MAS SIM CONTRA ESTE MODELO DE "MODERINZAÇÃO " QUE NÃO LEVA EM CONTA AS CARACTERÍSTICAS DE CADA LOCAL. O RIO TEM PAGO UM PREÇO MUITO ALTO COM A PERDA DE IMPORTANTE ACERVO ARQUITETÕNICO E ARTÍSTICO POR CONTA DE POLÍTICAS PÚBLICAS DESASTROSAS, NESTE SENTIDO. É EMBLEMÁTICO QUE O ÚNICO BAIRRO, SEM PRAIA, QUE TEM CAPACIDADE DE ATRAIR TURISTAS INTERNOS E EXTERNOS SEJA SANTA TEREZA, JUSTAMENTE O ÚNICO PRESERVADO. O INTERESSE NA MANUTENÇÃ DE NOSSA AMBIÊNCIA, DE BAIRRO SOLAR, ONDE O SAUDÁVEL HÁBITO DE CAMINHAR( NA HOLANDA 60% DO TRANSPORTE PÚBLICO É DE BICICLETAS) FAZ PARTE DO DIA A DIA DE SEUS MORADORES, É EVIDENTEMENTE DOS MORADORES DO BAIRRO, MAS TAMBÉM DE TODO O RIO. O QUE FAZ DE IPANEMA TÃO ESPECIAL PARA OS MORADORES DE OUTROS LOCAIS LONGÍNGUOS DA CIDADE? EXATAMENTE A SUA PAISAGEM, SEU VERDE E SUA AMBIÊNCIA. DO MOMENTO EM QUE COLOCAMOS ISSO EM RISCO, TAMBÉM ESTAREMOS TIRANDO DE TODA A POPULAÇÃO UMA POSSIBILIDADE DE LAZER IMPORTANTE. ALÉM, DE É CLARO, TIRARMOS DO PODER PÚBLICO UMA FONTE DE EMPREGOS, RENDA E IMPOSTOS.
UM ABRAÇO,

sexta-feira, 13 de maio de 2011

EU REPÓRTER

Enviado por leitora Ana Lucia Brasil -

EU-REPÓRTER

Praça General Osório continua abandonada e cheia de problemas

Os buracos na Praça General Osório estão cada vez maiores e representam um perigo. Os canteiros estão completamente sem plantas e abandonados, a iluminação está deficitária, e o chafariz virou foco de proliferação para o mosquito da dengue. Como cidadã, eleitora, frequentadora e pagadora de meus impostos, solicito melhor atenção às questões levantadas.

quarta-feira, 11 de maio de 2011

INCÊNDIO

Mulher morre em incêndio em Ipanema

Rio - Neuzimar Costa Carrascoza, de 43 anos, morreu no Hospital Miguel Couto após sofrer queimaduras em um incêndio que atingiu o apartamento onde morava, na Rua Alberto de Campos, 256, Ipanema, na manhã desta quarta feira.

Bombeiros conseguiram apagar o fogo e evitaram que as chamas se propagassem para outros apartamentos. Somente a perícia criminal poderá determinar as causas e, de início, a polícia acredita que o fogo tenha começado com um curto circuito. O trânsito ficou complicado no local enquanto os veículos do Corpo de Bombeiros estiveram no local.

.

ASSALTO

RioHoje às 11h29 - Atualizada hoje às 11h31

Policiais de UPP flagram arrombamento de caixa eletrônico em Ipanema

Jornal do Brasil

PublicidadeNa madrugada desta quarta-feira, por volta das 3h, policiais da Unidade de Polícia Pacificadora Pavão-Pavãozinho/Cantagalo, em policiamento na base das ruas San Roman com Piragibe Frota Aguiar, em Ipanema, foram avisados por um taxista que dois homens estavam em atitude suspeita na agência do Banco Santander, na Rua Visconde Pirajá. Apesar da área não fazer parte da área de atuação da UPP, os policiais avisaram a ocorrência ao batalhão local (23º BPM), se deslocaram para o banco citado pelo taxista e confirmaram o assalto ao caixa eletrônico da agência.

Os criminosos foram surpreendidos em flagrante com um caixa eletrônico já aberto. Um dos assaltantes foi preso. Há suspeita de que esses criminosos façam parte de uma quadrilha de Curitiba, especializada em assaltos a caixas eletrônicos, que começou a agir no Rio de Janeiro. O caso foi encaminhado a 14ª DP.



ATA - 09 DE MAIO

PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

ATIVIDADE DESENVOLVIDA POR MORADORES VOLUNTARIOS DO BAIRRO, SEM
CONOTAÇÃO POLÍTICA, COM O PROPÓSITO DE ELEVAR O BEM ESTAR SOCIAL.

ATA DA 83 ª REUNIÃO- 9 DE MAIO DE 2011- 1800H-COLEGIO NOTRE DAME

COORDENADA POR IGNEZ BARRETTO—14 PARTICIPANTES- NENHUM REPRESENTANTE DO PODER PÚBLICO.

• A SITUAÇÃO DE BARULHO E DESORDEM NA FARME DE AMOEDO MELHOROU NA ÚLTIMA SEMANA. O GRUPO FORMADO PARA ACOMPANHAMENTO CONTINUARÁ A OBSERVAÇÃO.

• A REUNIÃO QUE SERIA REALIZADA COM A UPP, ASSOCIAÇÃO E COMLURB FOI ADIADA E SERÁ REALIZADA A CURTO PRAZO.

• O GOVERNADOR SERGIO CABRAL ENTREGOU OS PRIMEIROS TÍTULOS DE PROPRIEDADE NO CANTAGALO. A CERIMONIA CONSTITUIU-SE EM UM MARCO DECISIVO PARA A INTEGRAÇÃO DA COMUNIDADE. FOI DITO QUE AS OBRAS PREVISTAS SERIAM RECOMEÇADAS. O GOVERNADOR CITOU NOMINALMENTE O PSI EM SUA FALA, COMO UM PARCEIRO IMPORTANTE E LEMBROU QUE OS DIREITOS PRESSUPÕEM DEVERES E QUE OS GABARITOS SERÃO CUMPRIDOS. TAMBÉM JÁ ESTÁ FUNCIONANDO O POUSO, SIMILAR A UMA REGIÃO ADMINISTRATIVA, O QUE AGILIZARÁ A COORDENAÇAO DOS ASSUNTOS.

• A SOLUÇÃO PARA O ACÚMULO DE PONTOS DE ÔNIBUS NA GEN OSORIO CONTINUA NA MESMA, CONTINUAREMOS AS GESTÕES.

• SERÁ REALIZADA UMA REUNIÃO EXTRA NA PRÓXIMA SEGUNDA DIA 16 MAIO NO MESMO HORARIO E LOCAL PARA ABERTURA E CONFERÊNCIA DA ENQUETE SOBRE AS RESPOSTAS DOS MORADORES QUANTO À CONSTRUÇÃO DO METRÔ NA N.SRA. DA PAZ. QUEM AINDA TIVER FORMULARIOS PODERÁ ENTREGÁ-LOS NA PRÓXIMA REUNIÃO.

• NO PRÓXIMO DIA 2 DE JUNHO ÁS 1830H NO HOTEL IPANEMA PLAZA O SECRETARIO DE ORDEM PÚBLICA ALEX COSTA FARÁ UMA EXPOSIÇÃO PARA OS MORADORES. EXPEDIREMOS OS CONVITES.

PRÓXIMA REUNIÃO DIA 16 DE MAIO ÀS 1800 HORAS NO COLEGIO NOTRE DAME NA RUA BARÃO DA TORRE. COMPAREÇA! !!

projetodeipanema@terra.com.br /psipanema.blogspot.com

terça-feira, 10 de maio de 2011

NINGUÉM FAZ NADA !!!!!

Enviado por leitora Carmen Lucia Evangelho Lopes

Música alta até altas horas incomoda moradores em Ipanema

Moro na Praça General Osório, em Ipanema, e diariamente sou torturada pelo bar Shenanigan's, que fica na Rua Visconde de Pirajá 112 e não respeita a legislação. O pessoal fica até de madrugada tocando música alta que pode ser escutada da praia. Não adianta ligar pra polícia, nem pro Disque-Barulho. Neste domingo, me deram um prazo de 45 dias para irem verificar. Até lá quem paga imposto que ature a barulheira. É facil resolver, fechem a sacada e se ensurdeçam entre os que desejam e não obriguem os cidadãos que trabalham a suportar o barulho infernal até de madrugada.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

METRÔ



Nova linha do metrô no Rio está sendo construída em projetos e elevantamento de custos
Ainda não se sabe como será a ligação entre nova estação em Ipanema e a General Osório

Mariana Costa, do R7 09/05/2011 às 19h07
..Paulo Alvadia / Agência O Dia.
Linha 4 deve ir inicialmente até o Jardim Oceânico, no começo da Barra da Tijuca.
.

Publicidade
...A nova linha do metrô que vai ligar Ipanema, na zona sul, à Barra da Tijuca, na zona oeste, está sendo construída sem que o governo do Estado do Rio de Janeiro tenha feito um estudo de demanda de passageiros e sem que os projetos para quatro das seis estações previstas estejam prontos, conforme admitiu na tarde desta segunda-feira (9) o secretário Estadual de Transportes, Julio Lopes, durante audiência pública na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro).

O atual traçado da linha 4 começará na estação General Osório, em Ipanema, e será composto por outras cinco estações: Nossa Senhora da Paz; Jardim de Alah e praça Antero de Quental, no Leblon; Gávea; São Conrado e Jardim Oceânico, na Barra.

Segundo o secretário Julio Lopes, por enquanto, o governo do Estado está construindo apenas o trecho Jardim Oceânico-São Conrado, o único para o qual já existe um projeto que está licenciado para o início das obras.

- Nós não temos muitos estudos definidos. Não temos levantamento de custos sobre o trecho General Osório-Gávea. Estamos trabalhando onde já tínhamos estudos e onde estávamos licenciados para não perder tempo. Estamos tranquilos em dizer: nós não temos resposta.

De fato, quem esteve na audiência pública, saiu sem respostas para muitas perguntas.

Uma das dúvidas é sobre como será a ligação entre o novo trecho e a General Osório, em Ipanema, que vai precisar ser adaptada.

Inaugurada em dezembro de 2009, a estação foi pensada para ser a última da linha 1 e o seu projeto não previa a existência da linha 4. Por conta disso, ela poderá ficar fechada por seis meses para a conclusão das obras, o que poderá trazer mais transtornos para os usuários. Outra alternativa seria construir uma segunda estação ao lado da existente. Isso porque ela foi construída sem levar em consideração uma possível expansão do metrô, como explicou Lopes.

- A General Osório não foi feita pensando na linha 4, seria uma estação terminal. Nem de longe nós imaginávamos que o Estado tivesse recursos para fazer uma obra como essa.

Participaram da reunião pelo menos cinco representantes de associações de moradores da zona sul e da Barra, além dos deputados que integram a Comissão de Transportes da Alerj, a vereadora do Rio Andréa Gouveia (PSDB) e pesquisadores da área de transportes.

Todos criticaram o que classificaram como falta de transparência do governo do Estado em não divulgar, por exemplo, quanto a linha 4 vai custar para os cofres públicos, porque o novo trecho irá apenas até o começo da Barra - e não até o terminal Alvorada - e qual será a empresa que vai operar a linha.

A vereadora Andrea Gouveia lembrou que na época em que houve o fim da transferência entre as linhas 1 e 2 na estação Estácio, em 2009, os problemas apontados pelos críticos da ligação direta se concretizaram no futuro.

- O que a gente assiste é a uma grande improvisação. São decisões tomadas antes da divulgação dos estudos.

A construção da linha 4 está a cargo do consórcio Rio-Barra, que venceu a licitação, mas a operação do metrô ainda precisará ser licitada. O presidente do consórcio, Mauricio Rizzo, que estava na audiência, ressaltou que cabe à construtora seguir as determinações do Estado.

- Nosso contrato com o governo admite expansão da linha. Inicialmente nos foi apresentado um trajeto que iria do Humaitá até a Gávea. Mas o atual governo deu prioridade ao trecho Ipanema-Jardim Oceânico. Somos a favor, inclusive, que vá até a Alvorada, mas a prioridade quem define é o governo.

A indefinição sobre a estação Gávea, na zona sul, também pontuou as discussões, mas o secretário Julio Lopes voltou a afirmar que ela ficará pronta dentro do prazo previsto pelo governo: dezembro de 2015, embora ainda não exista projeto, nem mesmo definição sobre o local onde será construída.

A expectativa é que a estação Gávea tenha dois andares, de modo a permitir sua ligação com outra linha no futuro: a que ligaria o bairro na zona sul até a estação Carioca, passando pelo Jardim Botânico, Humaitá e Laranjeiras, até chegar ao centro.

LEGALIZACÃO DA MACONHA



Legalização

Marcha da Maconha reúne 5 mil pessoas na orla de Ipanema, neste sábado

Monique Vasconcelos

RIO - Três jovens foram presos por volta das 18h30m deste sábado, durante a realização da 8° Marcha pela Legalização da Maconha, que reuniu 5 mil pessoas na orla de Ipanema, Zona Sul do Rio. Eles foram detidos por policiais do 23º BPM (Leblon), por desacato à autoridade, e encaminhados para a 14ª DP (Leblon). Acabaram liberados à noite. Durante a passeata, houve confusão e os policiais usaram spray de pimenta para conter os ânimos. A confusão teria começado quando um dos jovens colou um adesivo favorável à descriminalização da cannabis sativa em uma motocicleta da PM.

A manifestação foi autorizada por uma ordem judicial que permite o movimento, desde que os participantes não utilizem ou incentivem o uso de qualquer substância ilícita. O músico Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas, também participa da marcha, assim como o ex-ministro e atual secretário do Ambiente do Rio, Carlos Minc.


- Queremos legalizar a maconha para evitar a bagunça que é hoje. Temos que diminuir o movimento financeiro do tráfico de drogas - disse Santa Cruz.

Um dos organizadores, o advogado André Barros afirmou que os participantes não poderão ser detidos pelo fato de estarem na marcha:



- A Polícia Militar está presente para garantir o direito de reunião e conforme previsto na Constituição Federal. Sempre fui a favor da legalização da maconha.

O secretário Carlos Minc, chegou pouco antes do início da marcha e vestia um colete feito a partir de fibras cânhamo.

- É uma alegria encontrar essa juventude. Estamos vivendo uma fase maravilhosa no Brasil. O Supremo deu ganho de causa aos homoafetivos e Censo do IBGE mostrou que negros e pardos já são maioria no país. Chegou a hora de dar um basta na discriminação desta substância.

A marcha contou com integrantes da Orquestra Vegetal que entoam marchinhas de carnaval adaptadas para o uso da planta.

Marcha é um dos assuntos mais comentados no Twitter

Em sua página na internet, o grupo que organizou o ato afirma que não tem a intenção "de fazer apologia à maconha ou ao seu uso, nem incentivar qualquer tipo de atividade criminosa".

A manifestação está entre os assuntos mais comentados na rede sociais da internet neste sábado. No início da tarde, a hastag #marchadamaconha chegou a ser a mais repercutida no Twitter.

ROUBO O PARQUE

Menor de idade é detido ao furtar uma pessoa no parque Garota de Ipanema

Ação foi durante operação Choque de Ordem; 34 carros foram rebocados

Do R7

...A operação Choque de Ordem nas Praias, realizada neste fim de semana por agentes da Seop (Secretaria Especial da Ordem Pública), com o apoio de guardas municipais, multou 231 veículos e rebocou 34 carros por estacionamento irregular no trecho da orla do Leme, na zona sul do Rio, ao Recreio dos Bandeirantes, zona oeste da capital fluminense.

Além das multas, os guardas municipais apreenderam neste domingo (8), um menor de idade que furtou um cordão de uma pessoa no parque Garota de Ipanema, no Arpoador, zona sul do Rio. Ele foi encaminhado para a DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente).

Na praia do Flamengo, após denúncia de uma banhista, um homem foi preso por guardas municipais por praticar atos obscenos.
A fiscalização realizou também um trabalho de orientação aos banhistas próximo ao espelho d'água para evitar a prática de 167 jogos entre altinhos e frescobol, além de banir a presença de 30 cães na areia no trecho entre as praia do Flamengo e Leblon.

sábado, 7 de maio de 2011

ACIDENTE NA PRAIA

Asa-delta pousa em Ipanema e deixa mulher ferida no Rio

Segundo os bombeiros, ela teve ferimentos leves e foi levada para o hospital.

Acidente aconteceu por volta das 13h, próximo ao posto 10.

Do G1 RJ

Uma mulher ficou ferida após um pouso descontrolado de uma asa-delta na areia da Praia de Ipanema, na Zona Sul do Rio, no início da tarde deste sábado (7). Segundo o Corpo de Bombeiros, a senhora, de 55 anos, teve ferimentos leves e foi levada para o Hospital Miguel Couto.

De acordo com testemunhas, o piloto tentou pousar próximo à água, mas perdeu o controle com o vento e acabou atingindo a mulher, próximo ao posto 10. O equipamento foi retirado do local e o caso foi registrado na 14ª DP (Leblon).

PRAIA DE IPANEMA -

.
Marcha pela legalização da maconha acontece em Ipanema neste sábado

Rio - A oitava Marcha pela Legalização da Maconha vai acontecer, neste sábado, em Ipanema, às 14h. A manifestação é permitida por uma ordem judicial que determina que aqueles que participarem do movimento não devem usar, nem incentivar o uso da substância. Um dos participantes que confirmaram presença é o secretário estadual de Meio Ambiente, Carlos Minc.

O juiz Alberto Fraga, do 4º Juizado Especial Criminal (Jecrim), do Leblon, na Zona Sul, concedeu habeas corpus preventivo para que manifestantes possam participar, sem serem presos, da Marcha da Maconha. A decisão é válida para todos os participantes.

No dia 23 de maio, quatro pessoas ligadas ao movimento foram detidas na Lapa, no centro. De acordo com a polícia, elas foram flagradas distribuindo panfletos com frases pedindo a legalização da maconha para uso particular, além da permissão para o plantio e a comercialização da droga. O panfleto tinha também o calendário das passeatas organizadas pelo movimento.

.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

MAURO VENTURA

Enviado por Mauro Ventura -

O de sempre

O rapaz na bicicleta tira um fino de mim. Penso:

- É uma loucura como os ciclistas andam no Rio.

Logo em seguida vem o grito:

- Pega!

São 11h numa das principais ruas de Ipanema. Mas isso não inibe bandido. O ciclista havia roubado tranquilamente a bolsa da senhora que vinha com a amiga atrás de mim e agora pedalava para longe. Não dava nem para correr atrás. As pessoas fizeram os comentários de praxe - "que coisa", "que absurdo", "uma vergonha" - e logo se dispersaram.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

PSI - INFORMA

Caros e Caras,



Todos devem ter acompanhado pela mídia a cerimônia da entrega dosm44 primeiros títulos de propriedade no Cantagalo.

Aa idéia de regularização do Cantagalo, veio em razão das obras do PAC no valor de trinta e cinco milhões de reais, aproximadamente, e que vai deixar a favela completamente urbanizada. O Projeto de Segurança de Ipanema percebendo a importância desta benfeitoria para o Cantagalo e temendo uma explosão populacional caso junto com a urbanização não viesse também a regularização, dando aos moradores títulos definitivos de propriedade e não uma concessão de uso, se uniu a outras instituições como o Instituto Atlântico, a Associação dos Moradores do Cantagalo , aos escritórios de advocacia Souza , Cescom e Goyareb & Mitchell e todos juntos começamos a trabalhar para propor ao governo do estado uma solução factível. Pesou muito para os moradores do bairro de Ipanema o fato de que só poderemos, efetivamente, ter segurança se o Cantagalo regularizado passar a fazer parte integrante de nosso bairro.

Há três anos estamos trabalhando neste projeto que foi levado ao governador e teve decisivo apoio do Vice Governador Pezão e do Chefe da Casa Civil do Governo do Estado, dr. Regis Fichtner. Foi um trabalho muito bonito que partiu de dentro da sociedade, ao contrário da maioria das políticas públicas, esta foi dentro para fora. Tivemos a sensibilidade e vontade política do governo estadual de perceber a grandeza e o alcance social de tal iniciativa.

.

A regularização do Cantagalo, da forma que está sendo feita, é fato inédito no país. Até a constituição estadual teve de receber uma emenda para que o governo pudesse fazer esta doação. Espero que este esforço vá ser replicado em outras comunidades não só do Rio de janeiro, mas de todo o país. Até dia 31/08 de 2011 trezentos títulos vão serão dados . Estes, de agora, fazem parte do terreno na comunidade pertencente ao governo estadual. As outras propriedades são da antiga CEAHB. Entramos cm uma aça de uso capião em favor dos moradores destes terrenos. Tenho certeza que a regularização da parte pertencente ao governo vai acelerar o andamento desta ação e que o Cantagalo vai ser a primeira favela no Brasil totalmente regularizada e transformada em bairro.



É com orgulho que o PSI vê o resultado de um trabalho sério, apartidário e objetivo que vai proporcionar segurança e melhoria de vida para tantas pessoas, tanto da comunidade quanto do bairro de Ipanema. É uma transformação profunda, que talvez neste momento, a gente nem consiga avaliar todo o seu alcance.

Um abraço,



Ignez

quarta-feira, 4 de maio de 2011

TITULARIDADE

Noticias da Titulação


Segue lista de links (os 10 primeiros no Google) que informam o feito histórico da titulação do Cantagalo com propriedade (44 títulos) pela primeira vez no Brasil.

Agradeço muito a todos a energia que foi colocada nesse projeto, especialmente ao Luis e ao Braga desde a revisão da petição inicial, e também especialmente ao Maurício pelo apoio instantâneo na origem da Nobre Causa. E também a um bocado de advogados e estagiários do escritório que colaboraram desde 2007.

Votos de que represente mesmo um salto de qualidade na reurbanização do Rio, quem sabe do país...


http://m.estadao.com.br/noticias/geral,rj-doa-terreno-em-favela-para-moradores-do-cantagalo,714423.htm


http://www.sidneyrezende.com/noticia/130077+familias+do+cantagalo+recebem+titulo+definitivo+de+propriedade


http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/05/03/moradores-do-cantagalo-recebem-escrituras-de-doacoes-de-terras-na-comunidade-924376931.asp


http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/5/cabral_entrega_titulos_de_propriedade_de_imoveis_a_familias_do_cantagalo_161977.html


http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia/2011/05/03/rj-doa-terreno-em-favela-para-moradores-do-cantagalo.jhtm


http://www.jornaldebrasilia.com.br/site/noticia.php?id=340367&


http://www.ovale.com.br/cmlink/o-vale/brasil/rj-doa-terreno-em-favela-para-moradores-do-cantagalo-1.102679

http://exame.abril.com.br/economia/brasil/noticias/rio-regulariza-moradia-no-morro-do-cantagalo


http://www.tribunadonorte.com/noticias/brasil/33,89074,03,05,rj-doa-terreno-em-favela-para-moradores-do-cantagalo.shtml


http://www.jusbrasil.com.br/politica/6925008/moradores-do-cantagalo-recebem-titulos-de-propriedade-no-rio


A última peça do quebra-cabeça

Cerca de trezentos moradores da favela do Cantagalo, na Zona Sul do Rio de Janeiro, recebem hoje o título de plena propriedade do imóvel onde moram. O governador Sergio Cabral está cedendo, sem ônus, as terras que antes eram de propriedade do Estado do Rio de Janeiro.

Em geral, os projetos governamentais de regularização fundiária urbana se limitam a fornecer um título de concessão de uso. Um título limitado. A experiência é ousada e inédita. Complementa a política de pacificação.

Não foi decisão e tarefa fácil efetivar esta cessão. Foi preciso mudar a Constituição Estadual . Diz agora em seu artigo 233: “As terras públicas não utilizadas, subutilizadas e as discriminadas serão prioritariamente destinadas a assentos da população de baixa renda”. Ou seja, a moradia social é do constitucional interesse público.

Quem liderou estas ações com o governo estadual, o municipal, a comunidade e as empresas privadas foi o Instituto Atlântico, à frente Paulo Rabello de Castro e Carlos Augusto Junqueira.

Incluiu um paciente e preciso trabalho com os líderes comunitários para fazer o levantamento topográfico, identificação de casa por casa, limite por limite, metro quadrado por metro quadrado, morador por morador. Foi necessário o consenso dos vizinhos de toda a área. Obteve-se.

Tratou-se de um intenso processo de negociação e inovação jurídicas. O novo proprietário não pode ter renda superior a cinco salários mínimos. Não pode ser proprietário de outro imóvel urbano ou rural. Não pode ser concessionário de uso de outro imóvel. Nem ele nem sua família.

Tem que se comprometer a dar um uso compatível com a preservação dos ecossistemas naturais. E, sobretudo, já teria de estar ocupando o imóvel antes de junho de 2009.

Esta cláusula é fundamental. Pois descarta de antemão a especulação imobiliária na favela. Não se pode ganhar com a perspectiva da regularização. Evita-se a precificação da valorização futura, como se diz no mercado financeiro.

Mas a cláusula mais importante de todas é a que proíbe a venda do imóvel pelo novo proprietário por um prazo de cinco anos. Ou seja, depois de cinco anos, pode vender.

Trata-se indiretamente, de um projeto de redistribuição de renda sem impacto orçamentário. Não se aumenta o déficit público.

Estas e outras cláusulas da escritura pública de transferência do domínio, posse, direito e ação podem, por exemplo, mudar de projeto para projeto, de favela para favela, desde que se respeite o objetivo constitucional de regularização fundiária de interesse social.

O Instituto Atlântico passa a deter pioneiramente uma inédita tecnologia social. Para que possa ser adotada em projetos futuros falta, porém a redefinição dos custos de registros cobrados pelos cartórios.

Numa favela como a do Cantagalo estes custos são altos pelas dificuldades de mensuração dos lotes em área geologicamente complexa.

A obrigação do registro é normalmente do novo proprietário, mas que em geral não tem renda para tanto. Esta é a última peça a resolver do quebra-cabeça.



Joaquim Falcão escreve quinzenalmente para este Blog

ATA - 25 DE ABRIL

PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

MOVIMENTO FORMADOPORVOLUNTARIOS,EMCONOTAÇÃOPOLÍTICA,COM OBJETIVO DE ELEVAR O BEM ESTAR SOCIAL DO BAIRRO


ATA DA 82ª REUNIÃO---

25 DE ABRIL 2011
lOCAL: COLEGIO NOTRE DAME- RUA BARÃO DA TORRE-- às 1800 h


.COORDENADA POR IGNEZ BARRETTO—16 PRESENTES.


TÓPICOS ABORDADOS:

• O PROBLEMA DO LIXO NA ENCOSTA NO CANTAGALO SOFREU UMA DEMORA EM VIRTUDE DE MORADORES NÃO TEREM DEIXADO COLOCAR OS CONTAINERS EM LOCAIS QUE JULGAM PREJUDICAR SUAS MORADIAS. SERÁ MARCADA UMA REUNIÃO A CURTO PRAZO COM A COMUNIDADE, COMANDANTE DA UPP, COMLURB PARA SER DEBATIDA A QUESTÃO.ESTÁ EM CURSO UMA CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO ENTRE OS MORADORES.


• DEBATIDA A QUESTÃO DO BARULHO E DA DESORDEM URBANA NA FARME DE AMOEDO . ELIANE, DO GABINETE DA DEPUTADA ASPASIA RELATOU OS ESFORÇOS QUE FORAM FEITOS , PRATICAMENTE SEM RESULTADO. FOI DECIDIDO QUE AS MORADORAS HELOISA E TEREZA TRATARÃO DO ASSUNTO EM REUNIÕES COM AS AUTORIDAES PERTINENTES SOB COORDENAÇÃO DO PSI.


• FOI INFORMADO QUE PRETENDEMOS TRAZER PARA IPANEMA UMA U.O.P, UNIDADE DE ORDEM PÚBLICA , QUE CERTAMENTE CONTRIBUIRÁ PARA MANUTANÇÃO DA ORDEM PÚBLICA , SERÃO CERCA DE 150 GUARDAS MUNICIPAIS 24 HORAS EM SERVIÇO.


• A QUESTÃO DO CARNAVAL E REVEILLON SE ENCONTRA NO MP COM AS DEMANDAS DO BAIRRO.


• NO DIA 3 DE MAIO SERÃO ENTREGUES OS PRIMEIROS TÍTULOS DE PROPRIEDADE DO CANTAGALO PELO GOVERNADOR. PRIMEIRA DE UMA GRANDE CAMINHADA.


• PRÓXIMA REUNIÃO DIA 9 DE MAIO ÀS 1800 HORAS NO COLEGIO NOTRE DAME---- PARTICIPE EXERÇA A CIDADANIA!

NOSSO E MAIL: projetodeipanema@terra.com.br/

NOSSO BLOG: psipanema.blogspot.com

segunda-feira, 2 de maio de 2011

CANTAGALO




Estado vai entregar escrituras de 44 casas no morro do Cantagalo

Mais de 3.000 famílias devem receber títulos doados

..Divulgação / Prefeitura.

Depois que obter o titulo, o morador precisar viver por pelo menos mais cinco anos na comunidade.

...O governo do Estado do Rio de Janeiro irá entregar a casa própria para 44 famílias do morro do Cantagalo, em Ipanema, na manhã desta terça-feira (3). Pela primeira vez no Brasil, serão doadas as escrituras públicas para regular o terreno de comunidades de baixa renda.

Nos próximos anos, por meio de doação feita pelo Estado, cerca de 3.430 famílias do Cantagalo e do Pavão-Pavãozinho obterão o título de propriedade.

Para receber a doação, o proprietário precisa já ser morador da comunidade. Depois de obter a documentação, ele terá que viver por pelo menos cinco anos no terreno antes de vender o imóvel. Na doação, o primeiro registro é gratuito.

Habitantes de outras áreas beneficiadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) também receberão títulos de propriedade de suas casas. São elas: Rocinha, em São Conrado, Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, e Dona Marta, em Botafogo, na zona sul; Preventório, Niterói, na região metropolitana; Complexo do Alemão e Manguinhos, na zona norte.