sábado, 30 de abril de 2011

GATO PEDE SOCORRO !


Enviado por leitor Percy Argent Thompson -

.Gato abandonado em oficina desativada


Há cerca de uma semana, após fechamento de oficina na Barão da Torre, esquina com Teixeira de Melo, um gatinho chora continuamente na tentativa de fugir de sua prisão. A altura não permite a sua saída. Moradores vizinhos se revezam em fornecer comida e água para amenizar seu martírio.
E Agora : Quem poderá salvá-lo ?

sexta-feira, 29 de abril de 2011

METRÔ

COI recebe manifesto que pede mudanças no traçado da Linha 4 do metrô


Luiz Ernesto Magalhães


RIO - A delegação do Comitê Olímpico Internacional em visita ao Rio recebeu nesta sexta-feira um manifesto do movimento Metrô Linha 4 que o Rio Precisa, com as assinaturas de representantes de 18 associações de moradores e ONGs contrários à proposta do governo do estado de fazer uma ligação direta entre a Barra e as estações da Linha 1 já existentes .

O documento foi entregue pela vereadora Andrea Gouvêa Vieira (PSDB) no fim de uma entrevista coletiva, no Palácio da Cidade, em Botafogo. A chegada de Andrea constrangeu os membros do COI, o presidente do comitê organizador da Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, e o prefeito, Eduardo Paes, que encerrou abruptamente a entrevista ao vê-la na sala.

Andrea entregou o documento à presidente da comissão de coordenação das Olimpíadas 2016, Nawal El Moutawaqel. O manifesto estava assinado por reprensentantes de associações de moradores do Jardim Botânico, Leblon, Botafogo, Alto Gávea e Urca, entre outros. O grupo defende a implantação do traçado alternativo da Linha 4, independente da Linha 1, que passaria pelo Jardim Botânico, Humaitá, Laranjeiras até o Centro.

"O que é pior é que as soluções são apresentadas como se fossem exigências do COI, levando, automaticamente, à ideia de que se o governo não faz o que deveria, é por responsabilidade do cronograma dos Jogos", diz um trecho do documento, confeccionado em versões em português, inglês e francês.

Andrea teve um rápido diálogo com o coordenador dos Jogos Olímpicos, Gilberti Felli, que teria dito que essa é uma questão que tem que ser discutida com os governos.

Ao fim do encontro, Andrea reagiu reafirmando que o traçado que o governo do estado propôs não é o que a população deseja.

- Se nós estamos fazendo metrô para atender às necessidades de 20 dias dos Jogos Olímpicos, o melhor é fechar a cidade e decretar feriado. Essa é uma obra que vai deixar um elefante branco. Se queremos deixar um legado, essa é uma situação reversível - disse a vereadora.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Gois, rebateu:

- O projeto atual apresentado ao COI deixou o comitê satisfeito e atende às necessidades do evento.

A entrevista coletiva tinha sido convocada para lançar o portal Cidade Olímpica, que entrou no ar nesta sexta-feira nos endereços www.cidadeolimpica.rj.gov.br e www.cidadeolimpica.com. Inspirado na versão de Londres, mas com novidades, como depoimentos da população sobre os benefícios que as obras trarão, o site mostra o andamento de projetos como a Transoeste, a Transcarioca e o Porto Maravilha. Imagens captadas por câmeras mostram a evolução das obra ao longo do tempo.

AMANHÃ!!!



Enviado por Victor Costa -

Ação contra bullying em Ipanema


A Corrente do bem será organizada amanhã, às 12h30, na Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, pelos estudantes do Colégio Notre Dame. Os estudantes distribuirão flores, abraços e cartões pedindo que o público passe a diante uma mensagem de paz. A ação faz parte do projeto Gentileza, que visa evitar os casos de bullying entre os alunos.

Desde o fim de 2007, o Notre Dame organiza algumas medidas para acabar com os casos de bullying dentro do colégio. A primeira etapa consistiu em palestras abordando o assunto com advogados, educadores e uma autoridade da delegacia especializada em crimes virtuais. Também foi produzido um manual orientando os funcionários e professores como agir quando for identificado um caso de bullying. Em um outro momento, foi criado o jogo Gentileza gera gentileza, com o objetivo de ensinar os alunos noções básicas de convivência em grupo.


-Somos pioneiros no desenvolvimento de um projeto anti bullying nos colégios da zona sul. Os alunos estranharam as ações no início, mas depois o resultado apareceu. Reduzimos a incidência de casos de perseguição e os atos de gentileza vem crescendo- diz Júlia Lázaro, orientadora educacional do Notre Dame.

domingo, 24 de abril de 2011

PRAIA CHEIA !



Cidade amanheceu ensolarada mas paisagem foi mudando. Choveu em alguns bairros

Foto: Paulo Nicolella/Agência O Globo

Praia de Ipanema cheia mesmo com o tempo nublado e com a ameaça de chuva
Após três dias de sol forte, a paisagem mudou na cidade do Rio de Janeiro neste domingo (24). A capital amanheceu ensolarada mas o tempo foi fechando até o início da tarde. Em algumas regiões, como a Tijuca, na zona norte, até choveu.

A mudança no tempo, no entanto, não intimidou os cariocas. A praia de Ipanema, na zona sul, recebeu grande número de banhistas.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura está em ligeiro declínio na cidade. A máxima prevista para hoje é de 33ºC e a mínima de 18ºC.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

FOGO EM IPANEMA

Bombeiros apagam incêndio em padaria de Ipanema

Técnicos do Instituto Carlos Éboli investigam o que teria causado as chamas

...Bombeiros do quartel de Copacabana foram acionados na madrugada desta sexta-feira (23) para conter um incêndio em uma padaria em Ipanema, zona sul do Rio.

O estabelecimento, na rua Teixeira de Mello, foi parcialmente atingido. De acordo com os bombeiros, 35% da padaria foi destruída pelas chamas.

Para apagar o incêndio foi necessário utilizar 10 mil litros de água. O fogo começou no estoque de bobina de papel utilizado em caixas registradoras.

As causas do incêndio são investigadas por técnicos do Instituto Carlos Éboli.

quinta-feira, 21 de abril de 2011

PRAIA CHEIA !







Cariocas aproveitam feriado e lotam praia de Ipanema

Sol forte fez banhistas encherem também a praia do Leblon. Temperatura máxima registrada foi de 33ºC

Foto: Marcelo Carnaval/Agência O Globo

Praia de Ipanema ficou completamente lotada neste feriado
O feriado de Tiradentes nesta quinta-feira (21) brindou a cidade do Rio de Janeiro com um dia de sol forte. E os cariocas aproveitaram: a praia de Ipanema, na zona sul, ficou completamente lotada e a do Leblon, também recebeu grande público

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura máxima prevista para hoje na cidade era de 35 ºC.

Entretanto, até as 16h, de acordo com o Sistema Alerta Rio da Prefeitura, a máxima registrada foi de 33 ºC no bairro de São Cristóvão, na zona norte.

Amanhã, a previsão é de mais calor, com a temperatura máxima de 34 ºC, segundo informações do Inmet.



Tartaruga marinha é encontrada morta na Praia de Ipanema, Zona Sul do Rio

O Globo,

com a colaboração da leitora Fabiana Corrêa

RIO - Uma tartaruga marinha apareceu morta na tarde de terça-feira (19), na altura do Posto 9, em Ipanema, Zona Sul do Rio, e sensibilizou banhistas. De acordo com a leitora Fabiana Corrêa, o animal foi trazido pela correnteza sem vida:

"Vimos a tartaruga na areia e tentamos socorro por perto, mas sem sucesso".

Somente este ano, três tartarugas apareceram mortas em praias cariocas, segundo o Ibama.

terça-feira, 19 de abril de 2011

BADERNA NA BARÃO

Enviado por leitora L. S. S. -

.Barulho e sujeira na Rua Barão da Torre


Tem se tornado recorrente a ocupação da calçada em frente a um estacionamento na Rua Barão da Torre (quase esquina com a Farme de Amoedo) para a realização de encontro de pessoas barulhentas e visivelmente alcoolizadas, com direito a pagode e churrasco, obstruindo toda a passagem e perturbando a vizinhança por toda a noite, invadindo a madrugada. As pessoas chegam em motos barulhentas, carros, bicicletas, com cachorros, crianças, e fazem uma grande festa em comemoração à desordem e permissividade, chegando a fazer uso do estacionamento como se fosse banheiro. Quando eles vão embora se pode ver o rastro já que, além da sujeira, a churrasqueira e as mesas ficam no local aguardando o próximo "evento" (que se tornou diário)! Cadê a fiscalização do Choque de Ordem?

C U I D A D O !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

GANGUE DAS BICICLETAS AGINDO A TODO VAPOR PELAS RUAS DE IPANEMA !PRINCIPALMENTE NA RUA PRUDENTE DE MORAIS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

FOGO



Bombeiros combatem incêndio no Morro do Cantagalo

Taís Mendes e Duilo Victor

RIO - Um incêndio atingiu a mata do Morro do Cantagalo, na Zona Sul do Rio. Bombeiros dos quartéis de Copacabana e da Gávea foram chamados ao local, e de acordo com a corporação, o fogo não tem risco de atingir construções.


Ainda segundo os bombeiros, o primeiro socorro foi solicitado às 12h50m. O incêndio está sob controle, mas moradores da Zona Sul continuam vendo fumaça saindo do local.

Os militares estão revirando o lixo acumulado na região afetada para evitar o surgimento de novos focos. Ainda não se sabe a causa do fogo.

sábado, 16 de abril de 2011

EMAIL RECEBIDO

O PSI, QUADRILATERO DO CHARME, ASSOCIAÇÃO DE MORADORES, ETC.. QUESTIONAM JA HA ALGUM TEMPO , A DEGRADAÇÃO DO MOBILIÁRIO URBANDO DE IPANEMA.

CALÇADAS , JARDINEIRAS ETC... GERALMENTE , SÃO O EIXO DAS REIVINDICAÇÕES PERANTE O PODER PÚBLICO OU PRIVADO,

PROJETOS E SOLUÇÕES DE MANUTENÇÃO, RARAMENTE TORNAM-SE REALIDADE.

DERREPENTE, SEM PRÉVIA COMUNICAÇÃO ALGUMA , MORADORES E COMERCIANTES ACORDAM COM UMA IMENSA OBRA NA VISCONDE DE PIRAJÁ, COM ENORMES BURACOS , TRANSTORNOS A POPULAÇÃO (OBRA DAS DIMENSÕES COMO FOI O RIO CIDADE NO BAIRRO)

ALGO DESRESPEITOSO MESMO, SEM PEDIR LICENÇA, OU COMUNICAR AOS MORADORES.

NO MÍNIMO, UMA COMPENSAÇÃO AOS USUÁRIOS, COMO RESTAURAÇÃO DE CALÇADAS , JARDINEIRAS, MEIO FIOS,ETC....... PODERIA TER SIDO OFERECIDA POR ESSA EMPRESA (GVT) QUE VAI SE DAR BEM AQUI EM IPANEMA.

O QUE ESTAMOS VENDO DEPOIS DE 1 MES DE OBRAS(POR ENQUANTO)???

O QUE JA ERA RUÍM , FICOU PIOR AINDA. A DEGRADAÇÃO SE TORNOU LASTIMÁVEL. ANTENAS HORRENDAS APARECERAM EM POSTES NA ESQUINA DA VISC. DE P. COM MARIA QUITÉRIA, ALEM DOS FIOS PELO CRUZANDO O AR.

QUEM SÃO OS ENGENHEIROS, MESTRES DE OBRAS, ETC...... RESPONSÁVEIS (IRRESPONSÁVEIS) PELO ACABAMENTO FAVELIZADO NAS CALÇADAS PÓS OBRA?

TEMOS QUE ACEITAR OS REMENDOS "INENARRÁVEIS" NO CALÇAMENTO VERMELHO, ALEM DE MEIO FIOS E JARDINEIRAS QUEBRADAS !!!

EM POUCO TEMPO, PRECISAREMOS DE OBRAS DO PAC, PARA QUE POSSAMOS VIVER DIGNAMENTE EM NOSSO BAIRRO !!!!



__________

PSI INFORMA

MPORTANTE COMENTÁRIO RECEBIDO SOBRE AS DIFICULDADES DE ADMINISTRAR NOSSA CIDADE.

Caras e caros,

Repasso este comentário, com autorização da autora, para todos entenderem as dificuldades de conciliar o interesse de todos em uma sociedade do tamanho da nossa metrópole.

abs,
Paulo


É Paulo, administrar a cidade , aliás o estado e o país também é uma loucura. Você imagina que em relação ao lixo do Cantagalo o Projeto de Segurança de Ipanema, junto com a Associação dos Moradores do Cantagalo e a ONG Entrelaces,(autores da iniciativa) teve um trabalhão. Conseguiu que o presidente do metrô deixasse provisoriamente o lixo descer pelo elevador, se responsabilizou pela construção de plataformas para que a Comlurb pudesse colocar containeres etc.

Isto tudo com através de reuniões feitas com a comunidade etc. Estas medidas iriam facilitar muito, muito e muito a limpeza em determinada área do morro. Não seria ainda definitiva porque só quando tiver pronta a obra da rua que vai permitir a subida do caminhão de lixo é que o problema vai ser realmente resolvido.

Enfim, no dia que chegaram os operários para começar a fazer as primeiras plataformas um grupo de moradores, que nunca havia participado de reunião de nada, fez um piquete dizendo que não queria os containeres, porque ninguém queria lixo em frente as suas casas etc.

Voltou tudo à estaca zero.Não desistimos e vamos esperar o comandante da UPP voltar para ver de que forma poderemos agir.

E um absurdo que pessoas que estão vivendo dentro de uma lixeira se recusem a colaborar para melhorar uma situação que é de saúde pública onde eles mesmos e seus filhos são os maiores prejudicados.

Um abraço,


VEJAM COMO É DIFÍCIL O DIA A DIA DA CONSERVAÇÃO DA CIDADE:

O ataque ao patrimônio público da cidade obriga a prefeitura e concessionárias de serviços públicos a apelar à criatividade para reduzir os custos com o vandalismo.
Os óculos da escultura do poeta Carlos Drummond de Andrade, em Copacabana, por exemplo, foram quebrados pelo menos oito vezes até que uma empresa doou equipamentos para que a estátua fosse monitorada por câmeras.

Já a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) conseguiu reduzir o furto de placas de sinalização com uma medida simples: substituiu as placas de metal por similares de plástico, com mensagem no verso informando que não têm valor comercial.

A própria CET-Rio teve que apelar para acabar com o roubo de sinais de pedestres na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, elevando a altura de instalação. A Light, que também convive com roubo de peças metálicas de suas galerias, passou a instalar câmeras e sensores. A Cedae e a RioLuz também tiveram que substituir os modelos de tampa de bueiros para evitar que sejam furtados. Na Praça Quinze, escadas rolantes foram substituídas por rampas, devido ao furto de peças.

O GLOBO (RJ) • RIO • 13/4/2011
Canaletas laterais serão transferidas para o teto, o que dificultará ação de ladrões; medida vai ser levada a outros túneis

O TÚNEL Acústico terá a fiação de energia transferida para o teto, como parte das obras de modernização

A prefeitura do Rio decidiu adotar no Túnel Zuzu Angel uma nova estratégia para tentar acabar com o roubo de cabos de energia que acabam em ferros-velhos e revendidos como sucata. O secretário municipal de Conservação, Carlos Roberto Osório, aproveitou as obras de modernização da iluminação do Zuzu Angel e do Túnel Acústico, que incluem a substituição das lâmpadas tradicionais por outras de led (mais econômicas), para transferir os cabos das paredes para canaletas que são fixadas no meio do teto.
- Por mês nós registramos, em média, um caso de furto de cabos. A escuridão põe em risco a segurança dos motoristas e dá prejuízos à prefeitura. Apenas em 2010 foram levados quase três mil metros de cabos - contou Osório.
Os 3.800 metros de canaletas estão sendo instalados bem no meio da abóbada do túnel e funcionam como uma espécie de minigaleria de serviços. Agora, para que os cabos sejam furtados, o ladrão teria que correr o risco de colocar numa escada no meio da via e subir nela em meio ao trânsito. Antes do novo sistema, os bandidos forçavam as placas de metal instaladas para isolar os fios.
Osório acrescentou que o sistema será implantado em outros túneis da cidade que sofrem com furtos de cabos e que não têm câmeras de vídeo para monitoramento o trânsito, como ocorre na Linha Amarela e no Rebouças. O Elevado do Joá, que liga a Barra à Zona Sul e vive às escuras, é uma das prioridades. O Túnel Noel Rosa, em Vila Isabel, também terá a fiação transferida.
A Secretaria de Conservação também começou ontem um programa para recuperar o mobiliário urbano das áreas do projeto Rio Cidade, conforme as características originais. O programa foi iniciado no Leblon, mas esbarrou em dificuldades. Uma delas é o fato de não haver no mercado peças para reposição. Como alguns itens originais foram feitos sob medida para o projeto, as novas peças a ser fabricadas podem não ser idênticas.
- Isso acontece, por exemplo, com peças dos postes que iluminam as calçadas da Avenida Ataulfo de Paiva. A iluminação é feita por refletores de forma indireta. O problema é que 80% dos refletores usados não funcionam porque os rebatedores estão quebrados e não existe peça de reposição. Estamos discutindo com o escritório do arquiteto Índio da Costa (autor do Rio Cidade do Leblon) o que fazer - disse o secretário de Conservação.
O ataque ao patrimônio público da cidade obriga a prefeitura e concessionárias de serviços públicos a apelar à criatividade para reduzir os custos com o vandalismo. Os óculos da escultura do poeta Carlos Drummond de Andrade, em Copacabana, por exemplo, foram quebrados pelo menos oito vezes até que uma empresa doou equipamentos para que a estátua fosse monitorada por câmeras.
Já a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) conseguiu reduzir o furto de placas de sinalização com uma medida simples: substituiu as placas de metal por similares de plástico, com mensagem no verso informando que não têm valor comercial.
A própria CET-Rio teve que apelar para acabar com o roubo de sinais de pedestres na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, elevando a altura de instalação. A Light, que também convive com roubo de peças metálicas de suas galerias, passou a instalar câmeras e sensores. A Cedae e a RioLuz também tiveram que substituir os modelos de tampa de bueiros para evitar que sejam furtados. Na Praça Quinze, escadas rolantes foram substituídas por rampas, devido ao furto de peças.

PRAIA DE IPANEMA

Canteiros da praia de Ipanema vão receber plantas nativas

Iniciativa é para recuperar áreas pisoteadas no carnaval


A secretaria do Meio Ambiente do Rio de Janeiro e a Fundação Parques e Jardins farão o replantio de 1500 mudas de plantas para a recuperação dos quatro canteiros que foram parcialmente pisoteados no carnaval. O plantio será feito nesta quinta-feira (14).

A Ipomeia é uma espécie nativa de restinga que, além de embelezar o ambiente, auxilia na fixação e diminui a perda da areia em dias de ventos fortes.

O vice-prefeito, Luiz Fernando Pezão, o secretário municipal de Meio Ambiente, Carlos Alberto Muniz, o adotante das dunas e representantes de alguns blocos que têm a tradição de desfilar no bairro vão participar da ação.

sexta-feira, 15 de abril de 2011

GAROTA DE IPANEMA

Enviado por Cibelle Brito -


Documentário resgatará histórias do bar Garota de Ipanema


Foi na esquina da Rua Prudente de Moraes com a antiga Montenegro (atual Vinicius de Moraes), que dois boêmios, na mesa do bar Veloso, compuseram uma das canções mais tocadas no mundo, gravada em 1962 e regravada até hoje. Essa parte da história de “Garota de Ipanema”, de Tom e Vinícius, muita gente já sabe. Agora, o produtor Carlo Mossy, conhecido por suas atuações em pornochanchadas, quer apresentar a visão dos artistas que frequentaram o bar nas décadas de 1960 e 1970.

— A ideia do filme é reunir 40 personalidades de diferentes grupos artísticos, para relatar a importância do bar nas suas produções. Alguns depoimentos serão dramatizados, para dar leveza ao longa, sem ser saudosista — diz Mossy.

Entre os nomes confirmados estão Hugo Carvana, Carlos Miéle e Jaguar. A Garota de Ipanema, Helô Pinheiro, também garantiu sua presença no projeto, que está em fase de produção e com previsão de lançamento no fim do ano. O cartaz está pronto e foi desenhado por Ziraldo.

Mossy, amigo do antigo dono do bar, o português Jorge Faria, pretende fazer um miniperfil dele. Faria, afirma o produtor, deu apoio a todas as viagens etílicas dos grandes artistas cariocas da década de 60.

A infância e a juventude em Copacabana deixaram boas recordações para Mossy. É o caso do futevôlei na praia.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

COM TANTA COISA PARA FAZER.........

Prefeitura instala bandeiras do Brasil nos postos da orla

Jornal do Brasil

PublicidadeRIO - O programa “Levante a Sua Bandeira”, desenvolvido pela Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, está instalando bandeiras do Brasil nos postos de salvamento de Ipanema e Leblon. Na próxima etapa, serão contemplados os postos de salvamento de Copacabana e Barra da Tijuca.

O programa tem como objetivo resgatar o sentimento de patriotismo e incentivar a instalação de bandeiras, não só em espaços públicos, como também em hotéis, edifícios e outros locais do Rio.

A Secretaria de Conservação assumiu a manutenção das bandeiras do Brasil que hoje já tremulam em 21 mastros nas zonas Sul, Norte e Oeste, além dos localizados na orla.

PERIGO !



Enviado por leitor Percy Argent Thompson -

Telhas podem cair em pedestres em Ipanema

Telhado em condições precária oferece perigo em Ipanema. Em caso de ventania há risco de telhas voarem e cairem sobre pedestres e veículos que circulam pela Visconde de Pirajá e ruas adjacentes.

terça-feira, 12 de abril de 2011

VARIEDADES



Enviado por Bairros.com

- A dupla Katia Iunes e Juju Ponti faz show esta terça em Ipanema

Nesta terça-feira, às 22h, a dupla Katia Iunes e Juju Ponti apresenta o show “SAMBOSSA” no Vinicius Piano Bar, em Ipanema. No repertório, deliciosas bossas e sambas, conhecidos de todos os amantes da MPB. São canções de consagrados compositores como Geraldo Pereira, Ari Barroso, Dorival Caymmi, João de Barro, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Durval Ferreira, Mauricio Einhorn, Regina Werneck, e ainda os sambinhas inesquecíveis de grandes nomes, como Martinália, Gilberto Gil, Chico Buarque, Carvalhinho, Zé Kéti, Gadé, entre outros. As cantoras atuam acompanhadas por um experiente trio: violão e direção musical a cargo de André Gonçalves (violonista e também cantor; no baixo, Geferson Horta, e na bateria, Moacyr Neves. O Vinicius Piano Bar fica na Rua Vinicius de Moraes 39, Ipanema. Telefone: 2523-4757. Couvert: R$30.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

ABANDONO



























Estado de abandono do prédio pertencente aos proprietários do CHAIKA,localizado na Rua Vinícius de Morais .

VERGONHOSO !!!

As janelas estão caindo de podre,os azulejos despencam e a marquise inspira cuidadosFotos da frente e dos fundos.

domingo, 10 de abril de 2011

EXPANSÃO

Expansão

Corredor de ônibus começa a funcionar na Barata Ribeiro e será estendido até o Leblon

Ludmilla de Lima

RIO - Os bairros de Ipanema e Leblon, na Zona Sul, também terão o seu BRS (Bus Rapid System). O corredor exclusivo de ônibus começou a funcionar neste sábado nas ruas Barata Ribeiro e Raul Pompéia, em Copacabana, e até o fim do semestre será estendido para as avenidas Ataulfo de Paiva e General San Martin, no Leblon, e para as ruas Visconde de Pirajá e Prudente de Moraes, em Ipanema. Como noticiou ontem a coluna Gente Boa, do GLOBO, o prefeito Eduardo Paes pretende transferir as linhas que passam pela orla para os corredores que serão criados nos dois bairros.

De acordo com o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, as novas faixas preferenciais serão interligadas às duas existentes em Copacabana pela Avenida Rainha Elizabeth e pela Rua Francisco Sá, em Copacabana, que serão incluídas no sistema.


- Essa é uma extensão natural dos corredores de Copacabana. Como a racionalização das linhas já foi feita, Ipanema e Leblon são os próximos locais da cidade - diz o secretário.

As associações de moradores de Ipanema e Leblon aprovam o projeto, desde que diminua a frota de coletivos pelos bairros.

- A ideia de tirar os ônibus da orla é ótima. Desde que os corredores não inviabilizem o fluxo de carros de passeio. Não podemos ignorar que as pessoas usam carro. Hoje está complicado andar de carro na Nossa Senhora de Copacabana - afirma Evelyn Rosenzweig, presidente da Associação de Moradores do Leblon.

Maria Amélia Loureiro, presidente da Associação de Moradores de Ipanema, também reclama da quantidade de coletivos no bairro:

- A princípio, se tirassem ônibus de circulação, não haveria necessidade desse corredor. Há vários ônibus da mesma linha que passam vazios. A Zona Sul tem ônibus demais.

Multas só depois de uma semana

A prefeitura reduziu em 236 ônibus a frota que circula pela Barata Ribeiro para a criação dos BRS do bairro, dentro do projeto de racionalização das linhas na cidade. Nos cálculos da secretaria, o tempo de viagem entre o Leme e o Posto 6, que hoje é de cerca de 22 a 25 minutos, cairá pela metade com o corredor da Barata Ribeiro e Raul Pompéia.

A fiscalização eletrônica só começará a multar quem desrespeitar o sistema na Barata Ribeiro e na Raul Pompéia depois de uma semana de operação do BRS. Na Nossa Senhora de Copacabana, uma média de 108 multas são aplicadas por dia, a maioria por invasão das faixas preferenciais. Para o primeiro dia do corredor da Barata Ribeiro, que começa a funcionar às 8h de hoje, foram destacados 25 agentes de trânsito, entre controladores e guardas municipais. Eles orientarão os motoristas.

- Estamos com uma equipe de operações montada e orientada para não permitir carga e descarga irregular. Na Barata Ribeiro, há uma quantidade expressiva de caminhões, muitos fora do horário permitido. Isso não será mais tolerado - ressalta o secretário.

Faixas azuis pintadas no asfalto delimitarão o espaço exclusivo para os ônibus, que circularão por duas das quatro pistas. Carga e descarga só serão permitidas nas ruas transversais e táxis poderão circular pelo corredor apenas quando transportarem passageiros. O embarque e desembarque, no entanto, terá que ser feito pelo lado esquerdo, mesma regra para os carros de passeio.

GENTE BOA

Hoje li na coluna Gente Boa nota sobre a recuperação dos canteiros de restauração da vegetação original das dunas na orla de Ipanema destruído pela passagem dos blocos durante o carnaval de 2011.



O Projeto de Segurança de Ipanema em reunião na Secretaria Municipal de Meio Ambiente para tratar do assunto, se posicionou energicamente a favor da responsabilização dos danos pelos blocos. Foi, portanto com alegria que li a nota.



Restam, no entanto, algumas dúvidas:

1) A recuperação não se resume às mudas. Elas envolvem mão de obra, transporte e alimentação das mesmas , adubos e compra de fio de aço de proteção.

2) Os blocos vão arcar com todas estas despesas? Tentei obter informações a respeito, mas não obtive êxito.

3) Se os blocos não vão arcar com todos os custos é bom que fique claro que a prefeitura o fará, não é mais que sua obrigação, mas no fundo quem estará pagando será como sempre o contribuinte que ficará onerado duplamente: paga para os blocos destruírem seu bairro e paga pelo reparo dos danos causados.

4) Por fim gostaria que também ficasse claro para a população que o problema não acaba com o replantio. Afinal de contas, as mudas replantadas não serão do tamanho das que estavam sendo cultivadas cuidadosamente pelos moradores há quase um ano.



Ignez Barretto – coordenadora do Projeto de Segurança de Ipanema

CASOS DE POLÍCIA

Homofobia

Quarta, por volta de meia-noite, a cantora Luen, a da canção “Coisa de menina”, conversava com um amigo na Rua Paul Redfern, em Ipanema, quando dois pitboys começaram a xingá-los de “sapatona” e “veado”.
Luen pediu para eles pararem, mas tomou um soco. Em seguida, seu amigo também foi agredido. A cantora registrou queixa na 14ª DP, no Leblon, e fez exame de corpo de delito no IML.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

IPANEMA

--
Caros e caras,

Como vocês já devem estar acompanhando pela mídia, o governo quer realmente fazer a estação de metrô na praça N. Sra. da Paz.
O PSI, como é do conhecimento de todos se coloca frontalmente contra esta estação:

1) Entendemos que como já vai ter uma estação nos arredores do Jardim de Alá, não há a menor necessidade de ter uma outra em Ipanema deixando o nosso bairro com três estações, sendo que a da praça vai ficar praticamente colada à da Gen. Osório.

2) A estação de Gen. Osório já trouxe um adensamento insuportável para o bairro. Depois dela, o morador simplesmente perdeu o direito à sua praia no final de semana.O carnaval deste ano mostrou também os prejuízos que os moradores têm quando um mundo de gente vem para anarquizar, sujar e depredar o nosso bairro.

3) O Rio de Janeiro tem um histórico de desenvolvimento que foi indo em direção à orla da Zona Sul e depois da Zona Oeste deixando atrás de si um rastro de bairros degradados, empobrecidos. Já foram locais nobres, e cujos imóveis hoje valem um terço do que valeriam caso o dito "progresso" não fosse feito de forma tão predatória. Flamengo, Copacabana etc. são bons exemplos.

4) A praça N. Sra. da Paz é tombada.

5) Ela é o pulmão do bairro, suas árvores estão com mais de dez metros de altura. Quem vai repor?

6) As estações de metrô no Rio são monstrengos: têm uma imensa coifa, uma torre de respiração , que não é vista em nenhum lugar do mundo, e mais uma torre para o elevador. Elas são invasivas e a o que fizeram na Gen. Osório demonstra a pouca preocupação em respeito ao meio ambiente e às características de cada local.Depois da estação, o chafariz do Mestre Valentim, de valor histórico e artístico inestimável, que sempre deu um peso especial ao ambiente daquela praça, desapareceu em meio aos monstros construídos. Ninguém mais nota o chafariz.

7) Desde de que o Shopping Leblon foi inaugurado o fluxo de pedestres na região do Jardim de Alá se multiplicou infinitas vezes. É sinal de que o morador de Ipanema gosta de andar. A região está se revitalizando com novas lojas, pequeno restaurante onde era um bar muito feio etc.

A graça da vida em Ipanema consiste justamente nesta combinação de bairro descontraído, onde as pessoas gostam de andar e se encontrar nas ruas, mas que ao mesmo tempo oferece serviços e comércio de alta qualidade.
Não podemos deixar que estas características se percam e que o nosso bairro vire um despajadouro de gente que vai usá-lo, e deixar o bagaço.
A projeção de passageiros nesta linha é de 400.000 pessoas/dia!!! Nos números atuais, e evidentemente com tendência a crescimento.

O fato é que se esta estação se concretizar nos estamos dando um passo a mais, aliás gigantesco, para a copabanização do bairro, Por favor, não entendam este termo como preconceituoso em relação a Copacabana. Não resta dúvida de que Copacabana, que já foi o bairro mais caro do Rio, conta atualmente com imóveis cujos preços valem a metade dos paraticados em Ipanema.
Não podemos deixar que nosso patrimônio se deteriore

A nossa única chance como moradores é nos posicionarmos de maneira inequívoca contra a estação. A hora é esta porque se demorarmos mais o processo vai chegar a um ponto de não retorno.
Resolvermos fazer um abaixo assinado e uma enquete. A enquete que fizemos em 2010 e que demosntrou que 78.6 da população do bairro era contra o reveillon foi muito importante para a não realização da festa. Com estes dois instrumentos vamos mostrar que a população do bairro realmente não quer a estação N. Sra. da Paz.
Peço que cada um imprima os anexos enviados e se respnsabilizem por fazer o abaixo e a enquete em seus respectivos prédios e que também repasse a seus amigos e vizinhos.
Sei que muitos às vezes não se entendem com os síndicos, mas acho que todos devemos superar este tipo de problema em nome de um bem maior- a preservação de nosso bairro e a proteção do nosso patrimônio.

Ignez

METRÔ

RJ quer usar 'tatuzão' em trecho Ipanema-Gávea da Linha 4 do metrô


Máquina tem mais de 100 metros de comprimento e pesa cerca de 2 mil t.

Secretário de Casa Civil diz que ligação estará pronta em 2015.

Do RJTV

O governo do Rio anunciou nesta quarta-feira (6) que os impasses e discussões sobre a construção da Linha 4 do metrô do Rio – que vai ligar a Zona Sul à Barra da Tijuca, na Zona Oeste – envolvendo as obras do trecho entre Ipanema e Gávea poderão ser resolvidos com a aquisição de uma supermáquina, conhecida como “tatuzão”.

Shield é o nome técnico do “tatuzão”, que tem mais de 100 metros de comprimento e pesa cerca de 2 mil toneladas. Ele já foi usado na construção do metrô de São Paulo e também no Rio, nos anos 80. E vários países no mundo também utilizam esta tecnologia em obras de metrô.

A ligação entre a Barra da Tijuca e a Gávea é considerada mais simples: túneis serão abertos nas rochas dentro das montanhas e outra parte da linha será suspensa. Bem diferente do trecho entre Gávea e Ipanema.

"Ele é o mais difícil de fazer do ponto de vista da engenharia. Aquele terreno ali fica entre a Lagoa e o mar, é um terreno arenoso, que tem muita água", avaliou o secretário da Casa Civil, Regis Fichtner.

"Primeira coisa pra fazer nessa obra vai ser um buraco lá na estação General Osório, do lado da estação General Osório, para o Shield ser montado lá", disse Fichtner.

Outro obstáculo

A concentração de prédios, ruas e avenidas também é um grande obstáculo. Segundo o governo, com o “tatuzão”, o número de desapropriações será mínimo e praticamente elimina o risco de danos para os prédios.

Os locais das novas estações do metrô já foram definidos: na Praça Nossa Senhora da Paz, no Jardim de Alah, na Praça Antero de Quental e na Gávea. As escavações vão passar debaixo de vias importantes, como Avenida Ataulfo de Paiva e as ruas Visconde de Pirajá e Barão da Torre: “Vai ficar pronto até 2015”, assegurou o secretário.

Segundo o governo, as obras do trecho Ipanema-Gávea devem começar no início de 2012. Além da chegada do “tatuzão”, essas obras dependem ainda de um estudo de impacto ambiental, que está em fase de licitação. O custo para esse trecho de quatro quilômetros não está fechado, mas deve passar dos R$ 3 bilhões.

EMAIL RECEBIDO

OBRAS NA VISCONDE DE PIRAJÁ OBRA DA VISCONDE DE PIRAJÁ LADO IMPAR.

O REALINHAMENTO DO CALÇADÃO VERMELHO DA VISCONDE DE PIRAJÁ , DEPOIS DE 3 SEMANAS DE OBRAS, ENTRE AS RUAS MARIA QUITÉRIA E GARCIA DÁVILA, SE APRESENTA, INENARRÁVEL .

SUGESTÃO;

1) AO MENOS, UM JATO D ´AGUA (BANCADO PELO RESPONSÁVEL DA OBRA) PODERIA SER USADO NA LIMPEZA DAS PEDRAS VERMELHAS, RETIRANDO O EXCESSO DE AREIA LAVADA SECA, QUE TRAZEMOS NOS PÉS PARA CASA, (COM AS ULTIMAS CHUVAS, O LAMAÇAL FOI GRANDE, E COM O SOL, A POEIRA INVADE PORTARIAS APARTAMENTOS LOJAS ETC...)

2) UMA TINTA VERMELHA DE MANUTENÇÃO , A EXEMPLO DA MUITO BEM APLICADA EM SUAS CALÇADAS, PELO QUARTIER IPANEMA, GALERIA DOS CORREIOS, GALERIA CIDADE DE IPANEMA, E O NUMERO 444 DA MESMA AVENIDA, PODERIA SER MINISTRADA NO CAMINHO PERFURADO PELA OBRA. SALDO POSITIVO ; OS MENDIGOS SUMIRAM DA REGIÃO DURANTE AS PERFURAÇÕES !

M.

segunda-feira, 4 de abril de 2011

RESSACA



Ressaca chega ao Arpoador

O Globo RIO -

A mudança de tempo que trouxe ressaca à Praia do Arpoador e formou uma língua negra em Copacabana não prejudicou a festa de cerca de 2 mil nadadores que participaram da nona edição da maratona aquática Travessia dos Fortes, na manhã deste domingo. Com um mar tranquilo e vento e correnteza a favor, os atletas profissionais - e os de ocasião - tomaram conta dos 3,5 quilômetros entre os fortes de Copacabana e o do Leme. A primeira largada foi dada às 9h.

FOTOGALERIA: As imagens da orla carioca neste domingo

Na categoria elite, masculina, Samuel de Bona conquistou título inédito, desbancando Allan do Carmo e Luis Rogério Arapiraca, empatados em segundo lugar. No feminino, depois de uma disputa acirrada, Ana Marcela Cunha acabou faturando os R$ 10 mil, superando Poliana Okimoto. O terceiro lugar foi de Betina Lorscheitter. No Arpoador, ondas superam calçadão A chegada de uma frente fria fez o domingo amanhecer nublado e provocou ressacas nas praias da cidade.

No Arpoador, as ondas chegaram a ter pouco mais de um metro e chocaram-se contra o calçadão. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê que a semana permanecerá com clima ameno e possibilidades de pancadas de chuvas até quarta-feira. Na segunda-feira, a temperatura vai variar entre 18 graus e 26 graus.

A chuva forte que caiu na madrugada de domingo formou uma língua negra na Praia de Copacabana, na altura da Rua Santa Clara.

sábado, 2 de abril de 2011

EU REPÓRTER




Imóvel abandonado em Ipanema acumula sujeira e é alvo de vandalismo


O Globo, com a colaboração da leitora Angela Adnet


. ...

RIO - Um imóvel esquecido na Rua Visconde de Pirajá, entre as ruas Teixeira de Mello e Farme de Amoedo, é utilizado como banheiro, lixeira e espaço para pichações, de acordo com leitora Angela Adnet, que enviou foto para o Eu-Repórter , a seção de jornalismo participativo do GLOBO. Ela reforça que a manutenção do local nunca é feita nem pelo proprietário, nem pela prefeitura.

TWITTER: Flagrou problemas de conservação na sua rua? Mande fotos para o @JornalOGlobo


EU-REPÓRTER: Quer participar e enviar a sua notícia? Clique aqui


"Ratos e insetos passeiam livremente pelo local, que também funciona como banheiro. Ninguém limpa, lava, varre ou faz qualquer procedimento visando higiene. A falta de manutenção do local compromete quem mora ou trabalha nas imediações. De que adianta um IPTU caríssimo, num bairro que é cartão-postal da cidade, se a falta de respeito permanece impune? Quem sabe uma boa multa chamaria à realidade os responsáveis pelo prédio?", denuncia a leitora.

A Subprefeitura da Zona Sul informou que a 6ª Região Administrativa vistoriou o local recentemente e que o proprietário foi notificado pela Comlurb.

PSI - INFORMA

COMUNICADO MOVIMENTO BRASIL EFICIENTE


Caros e caras,

Após o sucesso do seminário "SIMPLIFICAÇÃO FISCAL PARA UM BRASIL EFICENTE", em parceria com o jornal O Globo, no dia 24/2, que contou com a participação do Vice-Presidente da República, Michel Temer, além de especialistas e dirigentes de entidades empresariais e da sociedade civil, o MBE deu início a sua ação propositiva junto aos parlamentares, aos governadores, ao Governo federal e à mídia.

Segue anexo, um resumo da discussão promovida pelo MBE com um grupo seleto de senadores e deputados, ocorrido no dia 16/3, em Brasília. Nessa oportunidade foram discutidas as propostas do Movimento Brasil Eficiente e os princípios que deverão ser observados para a organização de uma Bancada do Brasil Eficiente, a fim de apoiar o encaminhamento do projeto de Simplificação Fiscal no Congresso Nacional.

Participaram do encontro do dia 16/3 os seguintes:

Senador Delcídio Amaral
Senador Luiz Henrique
Senador Armando Monteiro
Senador Clésio Andrade
Senador Blairo Maggi
Senador Casildo Maldaner
Deputado Pedro Eugênio
Deputado Edinho Bez
Deputado Jorge Corte Real


Foram realizadas, ainda, reuniões com o Senador Francisco Dornelles, com o Governador Antonio Anastasia e com o Governador Geraldo Alckmin que manifestaram o seu apoio à proposta de Simplificação Fiscal do MBE. O Governador de São Paulo, inclusive, se prontificou a realizar um evento público para oficializar a sua adesão ao Movimento.

Merece destaque a reportagem de capa e quinze páginas realizada pela revista Exame (semana de 14/3) que reverbera a proposta do MBE, além do filme institucional que já está na grade nacional da TV Globo e em breve também estará em outras redes de comunicação.

Chamo a atenção de todos que já se encontra disponiível, no site do Movimento - www.brasileficiente.org.br - a coleta de assinaturas (esperamos obter um milhão) tendo em vista o abaixo-assinado que pretendemos encaminhar ao Congresso, e para cuja divulgação junto às suas entidades contamos com o apoio decisivo de V. S.


Abraço,

Roberto Carvalho
Coordenador-Executivo do MBE
21-9929-8100

sexta-feira, 1 de abril de 2011

INVESTIGAÇÃO

Polícia investiga ação de seguranças ilegais no comércio de Ipanema

Bernardo Barbosa -

A cena foi flagrada por um casal que almoçava num restaurante na esquina das ruas Visconde de Pirajá e Farme de Amoedo, em Ipanema, no domingo passado: ao ver um garoto pedir comida a turistas, em frente à lanchonete Néctar, um homem branco e alto saiu do Galitos Grill, atravessou a rua e deu dois tapas no rosto do menino, que carregava uma caixa de engraxate.

Com a ajuda de outro homem, negro e também alto, o menor foi retirado à força do local. O casal tentou ainda interceder a favor do jovem, sem êxito: “Minha namorada levantou a voz e pediu que soltassem o menor. Nisso, o agressor ergueu a mão, em sinal de que deveríamos manter distância, disse que era autoridade e estávamos atrapalhando seu serviço. Acrescentou que, se não parássemos, iríamos nos arrepender”, contou o leitor no relato que enviou ao site do GLOBO.

Conversando com pessoas no local, o leitor soube que os dois homens são seguranças ilegais, pagos por comerciantes, e que costumam abordar pedintes com violência. “Poucos minutos depois, os dois seguranças retornaram ao local, separados. Um deles se aproximou de nós, fingindo conversar com um atendente de um dos restaurantes, e tentando ouvir com quem e o que falávamos ao telefone.” TWITTER : Siga @OGlobo_Rio e acompanhe as notícias da cidade EU-REPÓRTER :Conhece bairros com segurança ilegal? Mande seu relato, foto ou vídeo Há cinco meses foi aberto um inquérito, que apura os crimes de extorsão e formação de quadrilha, na 14ª DP (Leblon).

O presidente da Associação Comercial de Ipanema e Leblon, Carlos Monjardim, contou que comerciantes procuraram a entidade, queixando-se de tentativas de extorsão e de assaltos a estabelecimentos que não concordavam em pagar pela segurança: - Um deles chegou a pedir a um comerciante uma TV de plasma de 42 polegadas para dar de presente à esposa. São moradores do Morro do Cantagalo que usam o fato de viverem lá para tentar intimidar os comerciantes.

Mesmo com a investigação, o problema continua a ocorrer. Um comerciante daquela área, que pediu para não ser identificado, contou ser obrigado a pagar R$ 120 por semana aos seguranças ilegais para não sofrer represálias. O mesmo comerciante afirma que não viu a agressão sofrida pelo menor no domingo passado, mas sabe que o segurança costuma agir dessa maneira com frequência. O gerente do Galitos Grill, Sérgio Santos, disse que estava no restaurante no domingo, mas nada viu: - O pedinte existe e nenhum cliente quer ser incomodado.

Mas nunca compactuamos com agressões contra quem quer que seja. Antônio Eriberto, gerente do Néctar, disse não ter testemunhado o incidente, mas soube do que ocorrera pela gerente da manhã: — Ela contou que o engraxate foi agredido na calçada. Ainda segundo Antônio, o Néctar não paga qualquer tipo de segurança, nem própria, nem da rua.

METRÔ



Falha técnica

Problema na Linha 1 deixa metrô parado entre as estações do Catete e Ipanema

Marcelo Dutra


RIO - Um problema na Linha 1 deixou o metrô parado por uma hora entre as estações do Catete e General Osório, em Ipanema, entre 18h51m e 19h50m da noite desta quinta-feira., Nas demais estações das linhas 1 e 2, o transporte de passageiros passou a funcionar com intervalos irregulares. A Agetransp informou que seu Centro de Monitoramento de Concessionárias detectou, às 18h40m, um incidente na subestação de energia da Concessionária Metrô Rio. De acordo os bombeiros do quartel do Humaitá, que enviaram várias equipes para o local, uma pessoa teria tomado uma forte descarga elétrica ao tentar atravessar os trilhos na altura da estação de Botafogo. Contudo, a concessionária Metrô Rio negou de forma veemente que tal incidente tenha acontecido (assim como qualquer explosão ou incêndio), e atribuiu a paralisação dos trens a um problema elétrico interno. Em nota, a assessoria do Metrô Rio afirmou que houve um problema de abastecimento de energia na via, mas acrescentou que as estações que apresentaram problema foram reabertas às 19h50m. Desde então, a Linha 1 já está operando normalmente, e a circulação dos trens da Linha 2 foi estendida de Pavuna até Ipanema/General Osório, para atender a demanda de passageiros. Ainda de acordo com a concessionária, os passageiros foram ressarcidos. Técnicos da Câmara de Transportes e Rodovias da Agetransp também se dirigiram ao local para apurar o que aconteceu, e a agência instaurou processo regulatório. EU-REPÓRTER: Teve alguma problema? Mande seu relato, vídeos e fotos para a gente TWITTER: para mais notícias de cidade siga o twitter da editoria Rio Segundo passageiros dos trens do Metrô, houve uma série de explosões na estação de Botafogo no fim da tarde. A passageira Amanda Lopes, que estava na plataforma de Botafogo aguardando um trem, disse que as explosões foram seguidas de fumaça, mas que ela não sabia ao certo de onde provinha o problema: - Quando ouvimos o barulho das explosões, ficamos todos apavorados sem saber o que estava acontecendo nem para onde devíamos ir. Foi quando vimos vários seguranças correrem com extintores de incêndio nas mãos. Fiquei ainda mais assustada. As pessoas que estavam na plataforma comigo ajudaram a abrir as portas dos vagões devido ao pânico de quem estava lá dentro e não conseguia sair. Era hora do rush, e havia muita gente dentro dos vagões e nas plataformas. Houve falta de energia elétrica na estação de Botafogo e nas ruas próximas. Dentro dos vagões, em Botafogo, houve pânico. De acordo com a consultora de seguros Maria Lúcia Vieira Pereira, as luzes da estação e do vagão em que ela estava se apagaram por volta das 19h. - A luz ficou apagada, o ar-condicionado também e, como as portas estavam fechadas, as pessoas começaram a bater nas portas do vagão chamando a segurança pois se sentiram presas, apavoradas. Alguns passageiros finalmente conseguiram abri-las e saímos. Vi bastante fumaça nos trilhos. Não sei isso é normal - disse. No twitter do jornal O GLOBO, internautas relataram a situação. Eles contam que os bombeiros já estariam na estação de Botafogo, onde foram ouvidos barulhos de explosão. "Passageiros abriram as portas dos vagões e estão saindo por conta própria! E filmando!", escreveu o leitor brunosiq. Ainda pelo twitter, uma leitora contou que o marido estava preso num vagão entre as estações Flamengo e Botafogo: "Meu marido está em um carro, entre Flamengo e Botafogo. Mto calor, sem ar, sem informação", diz suzanasiq. Na quarta-feira, uma composição de manutenção do metrô apresentou problema e ficou parada entre as estações Estácio e Central, no sentido Zona Sul, o que causou muitos transtornos para os usuários do transporte. Passageiros que saíam da Tijuca e seguiam para o Centro e Zona Sul tiveram que desembarcar na estação Estácio, atravessar a passarela e embarcar em outro trem na estação Cidade Nova. Quem saía da Pavuna, na Linha 2, sentido Saens Peña, teve que fazer a operação inversa. O valor do bilhete do Metrô aumenta neste sábado de R$ 2,80 para R$ 3,10.