MANDOU BEM !



Jovens em risco

Mandou bem: ciclista obedece às normas de trânsito

O Globo

RIO - Ao parar no sinal fechado, Felipe Lobo, de 24 anos, sente-se até deslocado: motoristas e pedestres não tiram o olho dele. Afinal de contas, não é mesmo comum ver um ciclista obedecendo às normas de trânsito. Mais do que uma forma de lazer, andar de bicicleta, para o rapaz, é uma maneira de melhorar sua saúde e um jeito de contribuir para o combate ao aquecimento global. E, quando dirige, ele garante que não bebe.


- Fico parado no sinal fechado porque é a lei, e temos que cumprir. Andar de bicicleta na rua é difícil, os motoristas dos carros não têm a menor consideração. A bicicleta é um meio de transporte que faz bem para a saúde, não polui o meio ambiente e muitas vezes é mais rápido do que o carro. As ciclovias, porém, ficam apenas em pontos turísticos. Até mês passado, eu trabalhava no Centro, aonde era muito difícil chegar de bicicleta. Também falta estrutura, como estacionamento adequado e chuveiro. Isso costuma afastar um pouco as pessoas da bicicleta - diz.

Felipe é jornalista, mora em Ipanema e faz parte da ONG Transporte Ativo, que apoia o uso de bicicleta, além de transportes de massa eficientes, como alternativas ao carro. Ele edita ainda o site www.oikosja.com , que estimula a conservação ambiental e a prática de esportes ao ar livre.

Outro jovem que manda bem é Raphael Costa, de 21 anos. O estudante de administração também mora em Ipanema e defende um trânsito mais seguro:

- As pessoas que são contrarias à Lei Seca desprezam o perigo de beber no trânsito. Não adianta falar: eu não bebo se for dirigir.

METRÔ

Metrô de Ipanema será inaugurado 17 de dezembro deste ano

Por Redação.

Após mais de dois anos de obras – começaram em abril de 2007 – o metrô finalmente chegará a Ipanema, na Zona Sul do Rio. A estação General Osório tem inauguração prevista para o dia 17 de dezembro, e a expectativa é receber mais de 80 mil passageiros diariamente.

A estação será dotada de 10 bilheterias, seis esteiras, 17 escadas rolantes, 12 elevadores, 28 roletas, além de três plataformas. Serão três diferentes acessos: Jangadeiros, Teixeira de Melo e Sá Ferreira, este já totalmente finalizado. A estação terá um elevador panorâmico de 75 metros, que ligará o metrô diretamente às comunidades do Pavão-Pavãozinho.

O secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, já acena com a possibilidade de estender o metrô até a Barra da Tijuca.
"A eficiência e a pontualidade desta obras são provas cabais de que é possível estender a malha metroviária até a Barra da Tijuca, antes da realização dos Jogos Olímpicos", disse o secretário.

CARNAVAL 2010

Folia de rua

Riotur aprova 499 desfiles de blocos para o Carnaval 2010

O Globo

RIO - A Riotur aprovou os pedidos de desfiles de 461 blocos carnavalescos pelas ruas do Rio este ano, quando passa a vigorar o decreto 30.659, de maio deste ano, determinando o novo modelo de organização dos desfiles das agremiações. Foram aprovados 39 blocos na Zona Oeste, 54 na Barra, 55 na Tijuca, 83 na Zona Norte, 96 no Centro e 172 na Zona Sul, totalizando 499 desfiles, pois alguns blocos saem mais de uma vez. No carnaval passado, a Riotur tomou conhecimento e deu suporte a 269 desfiles.

Segundo o secretário especial de Turismo e presidente da Riotur, Antonio Pedro Figueira de Mello, no entanto, não houve um aumento do número de blocos: a maioria das agremiações já desfilava antes, só que sem o conhecimento da prefeitura. A expectativa dele, que finalmente conseguiu mapear o carnaval de rua da cidade, é que a prefeitura possa se fazer presente durante os desfiles e, consequentemente, evitar complicações nos arredores durante a passagem dos blocos.

- Agora temos conhecimento da data, do itinerário e dos horários de concentração e dispersão de cada bloco, e com isso, podemos colocar em ação o "Bloco da Prefeitura" - Comlurb, Guarda Municipal, CET-Rio e Saúde. Vamos tornar o carnaval de rua melhor não só para os que participam da festa, mas também para quem vive ou trabalha em seu entorno.

Em algumas regiões da cidade, a adesão ao novo regulamento foi bastante expressiva. Na Zona Norte, por exemplo, o número de blocos que informava a realização dos seus desfiles à Prefeitura saltou de 18 para 83, representando um aumento de 361%. A Barra apresentou 54 agremiações, contra 21 do carnaval passado, um crescimento de 157%. Na Zona Oeste, esse número foi de 143,75%, passando de 16 para 39 blocos.

A Riotur ainda analisa o desfile de 18 agremiações que ainda precisam resolver pendências de documentação. Os organizadores dos blocos devem comparecer à Riotur a partir do dia 23 de novembro para retirarem a documentação de autorização.

AP-2.1 – Zona Sul

LISTA DE BLOCOS AUTORIZADOS A DESFILAR


A Coisa tá Preta
Ipanema


A Rocha
Gávea

Acadêmicos da Rocinha
São Conrado

Acadêmicos do Vidigal
Leblon

Afoxé Filhos de Gandhi
Copacabana

Afoxé Raizes Africanas
Copacabana

Afroreggae

Afroreggae

Ai que vergonha
São Conrado

Alegria sem Ressaca
Copacabana

Amigas da Pracinha
Jardim Botânico

Amigos do Catete
Catete

Ansiedade
Laranjeiras

Aquecimento Global
Lagoa

Aquecimento Global
Arpoador



Aquecimento Global
Urca

Areia do Leblon
Leblon

Arengueiros da Mangueira
Copacabana

Azeitona sem Caroço
Leblon

Bafafá
Ipanema


Bagunça meu coreto
Laranjeiras

Bakidilata
Jardim Botânico

Bambas do Catete
Catete

Banda Atlântica
Copacabana

Banda Bandida
Copacabana

Banda Braguinha
Copacabana

Banda Braguinha - apresentação das camisetas
Copacabana

Banda Braguinha - baile Infantil
Copacabana

Banda Clube Nobre do Bairro Peixoto
Copacabana

Banda da Bolívar
Copacabana

Banda da Sá Ferreira
Copacabana

Banda da Santa Clara
Copacabana

Banda de Botafogo
Botafogo

Banda de Botafogo
Botafogo

Banda de Ipanema
Ipanema

Banda de Ipanema - Baile Infantil
Ipanema


Banda de Ipanema - Banho de mar a fantasia
Ipanema


Banda do Arroxo
Copacabana

Banda do Bairro Peixoto
Copacabana

Banda do Catete
Catete

Banda do Lido
Copacabana

Banda do Peru Pelado
Copacabana

Banda Saldanha
Copacabana

Banda Saldanha
Copacabana

Bangalafumenga
Jardim Botânico

Barbas
Botafogo

Batucada Tuntz Tun
Leblon

Batuque das Meninas
Laranjeiras

Batuque Digital
Ipanema


Beijamim no escuro
Urca

Blocão
Copacabana

Bloco Aspa
Catete

Bloco Cru
Botafogo

Bloco da Boa
Copacabana

Bloco de Conga
Ipanema


Bloco de Segunda
Botafogo

Bloco do Arrasta
Flamengo

Bloco do Uhhhhh!
Copacabana

Bloco dos Mendigos
Copacabana

Bloco Virtual
Ipanema


Bloquinho
Leblon

Boca Maldita
Copacabana

Boca Seca
Leme

Boca Seca
Leme

Boka de Espuma
Botafogo

Bonde do Corno
Leblon

Brejeiro
Flamengo

Cabeça de Chave
Copacabana

Cachorro Cansado
Flamengo

Caldo beleza
Flamengo

Calma, calma, sua piranha
Botafogo

Cardosão de Laranjeiras
Laranjeiras

Cariocas de Coração
Copacabana

Choppinho da Paula Freitas
Copacabana

Chora, me liga
Leblon

Clube do Samba
Copacabana

Cobra Sarada
Laranjeiras

Concentra mas não sai
Laranjeiras

Conjunto Habitacional Barangal
Ipanema


Cordão da Confraria do Peru Sadio
Leme

Corre Atrás
Leblon

Cutucano Atrás
Leme

Desculpa pra Beber
Humaitá

Desliga da Justiça
Gávea

Do You like Brazilian Music
Ipanema


Dois pra lá, dois pra cá
Botafogo

É do Pandeiro
Laranjeiras

É pequeno, mas balança
Jardim Botânico

É pequeno, mas balança - ensaio
Jardim Botânico

É Tudo ou nada
Botafogo

Empolga às 9
Ipanema


Empolga às 9
Botafogo

Empurra que pega
Leblon
Escangalha
Gávea

Estica do Flamengo
Flamengo

Fanfarani
Botafogo

Fofoqueiros de plantão
Jardim Botânico

Fogo na Cueca
Copacabana

Folia do Galo
Copacabana

Foliões de Botafogo
Botafogo

Galinha do Meio-dia
Copacabana

Galinha do Meio-dia
Leblon

GB Bloco
Laranjeiras

Gigantes da Lira
Laranjeiras

Ih, é carnaval!
Urca

Imaginô? Agora Amassa!
Leblon
Império da Cruzada
Leblon

Império da Folia
Catete

Imprensa que eu Gamo
Laranjeiras

Inimigos do Império
Leblon

Inova que eu gosto
Flamengo

Interferiencia Sistema de Som
Arpoador

Katuca que ela pula
Botafogo

Kizomba da Vila
Gávea

Laranjada Samba Clube
Laranjeiras

Larga a onça, Alfredo
Laranjeiras

Largo do Machado, mas não largo do copo
Laranjeiras

Mamelúdicos Eufóricos
Botafogo

Maretílica Terra Vista
Ipanema

Me beija que eu sou cineasta
Gávea

Me dá teu Gancho, que eu te mostro meu pivô
Botafogo

Me esquece
Leblon

Meu Bem, Volto Já
Leme

Mocidade Dependente de Deus
Flamengo

Mocidade do Cosme Velho
Cosme Velho

Mulheres de Chico
Leblon

Não Mexe que fede
Leme

O mais querido samba e futebol
Catete

O Pluto é o filho da Pluta
Laranjeiras

O Remédio é o Samba
Copacabana

Os Imóveis
Copacabana

Os Mariocas
Ipanema


Pede Passagem
Gávea

Pega! Rex!
Ipanema

Pela Saco
Botafogo

Pernambuco Sou
Copacabana

Picada de Primeira
Arpoador


Pinta mas não borra
Botafogo

Pragradar da Rocinha
Rocinha

Qual seu preço, meu amor?
Gávea

Que Merda é Essa?
Ipanema


Quem num guenta bebe água
Laranjeiras

Rancho Flor do Sereno
Copacabana

Rebarbas
Botafogo

Rio Carioca
Laranjeiras

Rio Maracatu
Ipanema


Rio Pandeiro
Laranjeiras

Rola Preguiçosa
Ipanema


Sacode quem Pode
Jardim Botânico

Salsero Baile Clube
Laranjeiras

Sangue Bom
Copacabana

Se não quiser me dá me empresta
Ipanema

Simpatia é Quase Amor
Ipanema


Só Caminha
Botafogo

Só o cume interessa
Urca

Só pra ver no que vai dar
Botafogo

Sobrinhos do tio Bio
Leblon

Spanta Neném
Lagoa

Sufridos de Copacabana
Copacabana

Suvaco do Cristo
Jardim Botânico

Tá Pirando, Pirado, Pirou
Urca

Toco-Xona
Botafogo

Tudo nosso, tamo junto
Laranjeiras

Turbilhão Carioca
Lagoa

Ulalá Balancê
Copacabana

Último Gole
Jardim Botânico

Vagalume
Jardim Botânico

Vem ni mim que sou facinha
Ipanema

Verde Amarelo e DJ Brasil
Ipanema

Vira-Lata
Leblon

Volta, Alice
Laranjeiras

Xupa mas não baba
Laranjeiras


AO TODO SÃO 24 BLOCOS EM IPANEMA !

INCÊNDIO

Bombeiros controlam incêndio em apartamento na Zona Sul

Natanael Damasceno

RIO - Um incêndio em um apartamento na Rua Redentor, 294, em Ipanema, deixou moradores assustados, no final da noite desta sexta-feira. Segundo bombeiros, o fogo começou por volta das 23h e destruiu o apartamento do quarto andar. Ainda de acordo com os militares, o fogo teria começado após o curto circuito em um ar condicionado.

Bombeiros do quartel de Copacabana foram acionados e controlaram as chamas rapidamente. Não houve feridos. No entanto, o incêndio provocou transtornos, pois a rua teve que ser interditada. Por questões de segurança, moradores do prédio tiveram que deixar seus apartamentos.

CHOQUE DE ORDEM

Prefeitura realiza 'Operação Verão' em quiosques da Zona Sul

Rio - A Vigilância Sanitária do Rio (VISA) iniciou na manhã desta sexta-feira, a 'Operação Verão' em quiosques nas praias da Zona Sul. Ao todo, sete equipes de fiscais da VISA fazem inspeção em 88 quiosques nas praias do Leme, Copacabana, Ipanema e Leblon para verificar as condições de higiene do estabelecimento, manipulação e armazenagem dos produtos para consumo, verificar os tipos de alimentos que podem ser vendidos, a fim de garantir a qualidade e controle da alimentação oferecida nas praias durante o verão.

No momento da inspeção, os estabelecimentos que estiverem em desacordo com normas determinadas pela Vigilância Sanitária receberão intimação para o cumprimento das mesmas, poderão ser infracionados ou, até mesmo, interditados.

A 'Operação Verão' acontecerá em três etapas. A primeira será para inspecionar os quiosques e exigir o cumprimento das exigências estabelecidas, a segunda para avaliar as adequações determinadas na primeira etapa e a terceira para verificar se os quiosques estão em perfeito funcionamento.

COLETA DE LIXO

Bom dia,

Caros integrantes da Coleta Seletiva Solidária de Ipanema, tivemos um problema com o caminhão e por isso, não faremos a coleta do dia 29/10/2009.

Caso haja problema em armazenar o material até a próxima semana, favor nos comunicar.

Em anexo o relatório dos três primeiros meses de coleta.

Obrigado pela compreensão,

Raphael Durão

Coordenador de Resíduos da AMIpanema

Associação de Moradores de Ipanema

lixodeipanema@gmail.com

21. 8771-4006

www.amipanema.net

ATA DA 51ª REUNIÃO

PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

ATIVIDADE DESENVOLVIDA POR MORADORES
VOLUNTARIOS DE IPANEMA , SEM CONOTAÇÃO
POLÍTICA, COM O PROPÓSITO DE CONTRIBUIR
PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL DO BAIRRO.

ATA DA 51ª REUNIÃO

DATA: 27 OUTUBRO DE 2009.
LOCAL: UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES- RUA JOANA ANGELICA
SALA DO TRIBUNAL DO JURI
PRESENTES: 16 MORADORES
NENHUM REPRESENTANTE DO PODER PÚBLICO.


ASSUNTOS ABORDADOS:

• ECOS DA REUNIÃO COM O SEC.RODRIGO BETHLEM.

Logo após a reunião foi dado um ultimatum aos donos do bar da Lua e o mesmo foi fechado.Esperemos que a justiça, por liminares, não o reabra.
Igualmente, um dia após a reunião, foi vistoriada a área onde foram construídos os novos barracos no Cantagalo e constatado que encontram-se em área de risco e devem ser retirados. Vamos acompanhar.

• PRÓXIMO CURSO DE PORTEIROS:


Terá inicio no dia 16 nov no 23º BPM. Inscrições com o César Fontelles- tel 2522 7539 / 961 2044.

• AÇÃO NO MP CARNAVAL E REVEILLON.

A Promotora já mandou oficio às autoridades envolvidas, solicitando que os mesmos definam se têm condições de garantir a segurança dos eventos, com o prazo até 20 nov para responderem. Após teremos nova


reunião com a Promotora para definição dos passos seguintes.

• PRAÇA NSRA DA PAZ.

Já solicitamos, com o auxilio da vereadora Aspásia Camargo, que um técnico da secretaria de urbanismo venha conversar com os moradores para que possam ser avaliados os prós e contras do projeto da garagem subterrânea. Esta reunião deve acontecer dia 24 nov ou 08 dez. Avisaremos. É importante que todos se conscientizem da necessidade de comparecer para que possamos realmente influenciar nas decisões, não apenas na questão do estacionamento com também da estação de metrô. Será que realmente Ipanema necessita de uma outra estação a dez minutos a pé da Gen Osório?
O PSI formou um grupo para tratar de perto e coordenar as ações da Praça NSra da Paz, formado pelos voluntários Georges André, Roselene e Edite.Mãos a obra!

• FEIRA HIPPIE:

Estamos aguardando o re-agendamento da reunião com o Sub-Secretario Alex.

• PRAIA:

Foi apresentado ao prefeito o protótipo das novas barracas de praia. Ipanema será o piloto e tudo que foi sugerido pelo PSI foi aceito.
Haverá padronização de barracas, mobiliario, distanciamento, uniformes, logística de entrega e retirada das barracas, novas lixeiras na areia, reflorestamento , etc.
Na próxima reunião dia 10 nov o consorcio que ganhou a licitação comparecerá à nossa reunião para dirimir dúvidas. NÃO PERCA.

• GRUPO SECRETARIA DE TRANSPORTES:

Na próxima reunião temos que formar um grupo específico para tratar junto `a Secretaria de Transportes a questão da parada dos ônibus na Gen Osório, transferência de Botafogo para cá, etc. É muito importante que acompanhemos de perto pressionando para participarmos das decisões.



• OUTROS ASSUNTOS:

Solicitamos urgentes providências da Administração Regional para o abuso que vem sendo efetuado pelos responsáveis do estabelecimento “Conversa Fiada” nas Vinicius de Moraes quase esquina da Visc. Pirajá. Começou como restaurante, agora já é boate, casa de show, avança na calçada, inferniza os moradores com som altíssimo levando total desordem a uma área residencial
.

PRÓXIMA REUNIÃO DIA 10 DE NOVEMBRO ÀS 1800 HORAS NA UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES(SALA DO TRIBUNAL DO JURI-TÉRREO). COMPAREÇA!
PARTICIPE, NOS AJUDE A MELHORAR NOSSO BAIRRO!

VISITE NOSSO BLOG : PSIPANEMA.BLOGSPOT.COM

NOSSO E-MAIL: projetodeipanema@terra.com.br


REUNIÃO COORDENADA POR: ROGERIO ESTEVES
ATA ELABORADA POR : ROGERIO ESTEVES

IPANEMA - COMO ERA BOM !!!!


BLOG DO CAMILO
Ipanema


O ano em que passei em Copacabana não foi totalmente desperdiçado. Como criança da zona norte, tinha nenhuma experiência com o mar, as ondas, as "bocas" onde o mar dá a impressão que vai nos levar para longe e principalmente com os "jacarés", aquela coisa quase mágica que os garotos faziam usando uma prancha de madeira para deslizar pelas ondas. Tive um aprendizado muito dolorido e salgado. Dolorido porque consegui fazer uma tábua com a ajuda do motorista do meu pai. Ela tinha uma proa arredondada e atrás havia uma curvatura que deveria acomodar o meu corpo. Eu estava preparado para as ondas mas o que eu não havia aprendido ainda era manter a proa da tábua elevada para evitar que com a quebra da onda, ela embicasse na areia. Pois é! Ela embicou e quase que a ponta da curvatura traseira da tábua entra pela minha barriga adentro. Doeu muito mas aprendi. Mas aprendi também a não abrir a boca quando a situação se mostrava difícil porque a água salgada tira até o jeito de se respirar. Acho que a maioria dos afogamentos começa pela impossibilidade da pessoa controlar a respiração depois de ter ingerido água salgada. Foi extremamente útil esse tempo em Copacabana para que eu pudesse enfrentar o mar de Ipanema, muito mais difícil e cheio de truques.

Lembro com saudade de uma casa de frios na Nossa Senhora de Copacabana quase na esquina da rua Figueiredo de Magalhães. Chamava-se Casa Especial em Frios. O nome me soava estranho mas acredito que tenha sido consequência do idioma meio truncado que era falado pelos atendentes da loja. Era de uma limpeza extraordinária com azulejos brancos pelas paredes e uma coleção maravilhosa de frios, saladas de batatas, queijos e tudo que a gula festeja. Tinha também salsichas espetaculares, daquelas que estalam quando se morde. Que saudade! Aliás, lojas desse tipo existiam em Copacabana, Ipanema e Leblon e acho que com o advento dos super mercados elas fecharam as portas. Uma pena porque os frios que hoje compramos nesses estabelecimentos além de serem pobres no seu sortimento, são de qualidade sofrível. Quem não se lembra do presunto Santo Amaro com aquela banda de gordura, os frios de quadradinho, uma mistura de morcela com bolo de carne, os de picles, a leona, o famoso "schinken wurst" que o Oscar do saudoso Zepellin servia em fatias grossas com salada de batata. Não existe mais nada disso. Com sorte você ainda encontra presunto alemão do Hans, salsichas do mesmo fabricantes que ainda estalam quando não mordidas. As salsichas que encontramos normalmente parecem que foram feitas com carne pré mastigada. Casas como a Especial em Frios, Luculus, Nelson e tantas outras infelizmente fecharam as portas para nossa tristeza. Nós que somos da confraria da cevada e do malte sabemos como o pão preto vai bem com um bom prato de frios sortidos. Isso ainda existe em São Paulo.

Minha mãe descobriu que no posto 6 havia um hotel chamado Riviera que servia uma cassata deliciosa e esse era um dos programas de Copacabana que eu mais gostava. Saíamos depois do jantar e caminhávamos pela praia até o hotel. Era caminhar uns dois quilometros entre os postos 4 e 6 mas era uma caminhada divina. Primeiro porque em 1943, a quantidade de carros nas ruas não era grande; segundo, porque o ar era delicioso com aquele insubstituível cheiro de maresia que vinha do mar e terceiro, porque havia a certeza da cassata. Não sei quantas estrelas teria o Hotel Riviera, mas, sei que o pátio na frente do hotel era cheio de mesas colocadas entre as amendoeiras. Nesse ambiente que hoje as agências de turismo descreveriam como dos mares do sul, tomávamos aquela cassata feita com o legítimo creme de leite e abundantes frutas cristalizadas. Se eram realmente de Napoles eu não sei. O nome era cassata napolitana e a origem não atrapalhava o paladar. Era divina!

Finalmente chegamos a Ipanema onde morei de 1943 até 1973 e de 1999 até 2006 com breves estadas em São Paulo. Meu pai com sua experiência de engenheiro metalurgista havia feito um projeto para um industrial que queria construir uma laminação de aço em São Paulo. Antes de iniciar o projeto, foi conversar com o general que era seu chefe a respeito da possibilidade de cobrar pelo estudo. A resposta do general ficou famosa: "o que você faz no seu tempo livre não é da conta do Exercito". E assim, ele recebeu uma quantia que possibilitou pagar boa parte da casa arrematada em leilão situada na rua Joana Angélica a 30 metros da areia de Ipanema. Comecei vida nova como garoto de praia no lugar mais fantástico do Rio de Janeiro. Ipanema era uma vila aconchegada na cidade grande. Era tranquila, limpa, pequena, espremida entre a lagoa e o mar, com uma brisa quase permanente, cheia de casas e pequenos edificios de apartamentos e a rua Joana Angélica era exatamente o coração do bairro. Antes e depois da Joana Angélica, existem quatro ruas de cada lado. Era lugar de gente feliz!


Ainda Ipanema


Ipanema era realmente lugar de gente feliz. As ruas eram tranquilas, as crianças andavam de bicicleta sem medo dos carros, os vendedores ambulantes eram realmente ambulantes, "a vaca leiteira", um pequeno caminhão com um tanque de leite que vendia o produto nas esquinas sempre anunciava sua presença com a buzina e, como as buzinas não eram frequentes, sabia-se que o leite havia chegaado. O comprador tinha que levar o vasilhame que era de vidro e lavado em casa. As padarias mandavam pães fresquinhos para que os novos moradores pudessem prová-los, o açougueiro atendia os pedidos de porta em porta e além de tudo isso, Ipanema tinha a Sorveteria das Crianças. Famosa por seus sorvetes de frutas, a sorveteria ficava na Rua Visconde de Pirajá quase na esquina da Garcia D'Avila. O programa noturno era tomar o sorvete em frente a sorveteria porque, sem arrependimento e sem medo do colesterol, o repeteco era quase que obrigatório. Tudo isso sem bala perdida, assalto, morador de rua dormindo na porta das agências bancárias que alias não eram muitas.

E o bonde? Tenho muita saudade desse tipo de transporte porque foi nele que comecei a imitar os malandros ao tomar o bonde andando. Malandro naquela época não era bandido, era mais para o lado do esperto, sempre com uma boa desculpa, uma história complicada para arranjar uns trocados, um gingado inimitável e, graças ao Pericles, grande criador do "Amigo da Onça", vestiam calças "boquinha". Os bondes iam e vinham pela Visconde de Pirajá, alguns indo até o fim de Ipanema e outros retornando na Praça General Osório. Havia na Rua Teixeira de Melo junto a Rua Barão da Torre um pátio de manobra para que o bonde pudesse fazer o retorno. Havia outro também na Rua Henrique Dumont com a Visconde de Pirajá em forma de rotatória. Andar no estribo do bonde era o desejo de todo garoto, saltar do bonde andando era então a façanha máxima, mas, fazer como os malandros que saltavam de costas era mais desafiador. Confesso que nunca tentei essa manobra. Presenciei algumas quedas impressionantes de pessoas que, sem a experiência, tentavam o salto que geralmente terminava em um grande esparramo. O bonde tinha dois operadores; o motorneiro que conduzia o dito e o trocador que fazia mágica, mas tão boa que hoje teria lugar garantido no Cirque du Soleil. O trocador cobrava a passagem daqueles que estavam dentro do bonde e também dos que estavam no estribo. Agora, imaginem vocês um bonde cheio de gente com os estribos com duas ou até três camadas de pingentes e o trocador valsando por todos. O uniforme tinha um colete com muitos bolsos, onde eram dispostas as moedas, cada valor no seu respectivo bolso. Numa das mãos recebia o dinheiro, fazia o troco, registrava o pagamento em um relógio acionado por uma tira de couro e com a outra movia-se pelo estribo passando de balaústre em balaústre ( peças de madeira cilíndrica, aparentemente envernizados pelas mãos dos trocadores e passageiros e que ficavam presos às colunas que sustentavam o teto do bonde). Imaginem vocês um bonde cheio e o pobre trocador além de malabarista, tinha que ter boa memória e controlar aqueles que "distraidamente" desciam do bonde sem pagar.



Eu tinha desembarcado em Ipanema e o mar era a grande tentação. Lá estava ele pertinho de nós, com o seu "perpetuum mobile" de ondas. A vista era maravilhosa. Ao longe via-se o arquipélago das Cagarras com um conjunto heterogêneo de ilhas grandes e pequenas, altas e baixas e a Ilha do Farol ou Ilha Rasa. Tudo isso para mim era novidade porque não conseguia entender a razão do farol piscar duas vezes a luz branca e uma só vez a vermelha. Porque não eram todas brancas ou todas vermelhas? E a ilha rasa afinal não era tão rasa assim e porque uma das ilhas tinha uma coloração esbranquiçada diferente das demais, e porque o começo da praia tinha a Pedra do Arpoador se não se arpoava nada lá. Um mundo novo para ser descoberto!

E lá fui eu ao encontro do mar para testar as minhas habilidades a duras penas acumuladas durante a minha estada em Copacabana. O mar de Ipanema não aceita abuso, é severo no seu castigo porque exige respeito. Esse é aliás um dos pilares da sobrevivência no mar. Respeito! Ví muitos afogamentos por desrespeito ou por ignorância e meu próprio pai teve uma experiência nada agradável. Já um pouco acostumado com as manhas do mar, em um bonito domingo ensolarado, fui com ele para a praia. O mar tinha ondas que chegavam a um metro mas eu já tinha aprendido como não brigar com elas e até aproveitá-las para passar a arrebentação. Estava feliz quando meu pai me avistou da praia. Jogou-se na água e nadou até onde eu estava, não sem antes sofrer alguns revezes com as ondas. Chegou um pouco cansado e exigiu que eu saísse imediatamente de onde estava e fosse para a areia. Ponderei sem êxito que sabia como manter-me vivo e comecei a voltar ao lado dele. Nesse momento, sempre atento ao movimento das ondas, vi que uma de bom tamanho vinha já próxima. Chamei meu pai para que esperasse a onda passar mas ele entendeu que eu estava tentando contemporizar e ordenou militarmente que eu continuasse nadando. A onda estourou bem em cima da cabeça dele e pude ver em sucessivas rotações, os seus pés, depois a cabeça quando afinal conseguiu emergir quase em desespero. Outra ordem militar para que eu saísse e outra onda boa alcançou-o novamente. Nova rotação de membros desordenada só que, dessa vez, não houve outra ordem militar mas sim uma reação desesperada de chegar a areia. Saiu trôpego da água e disse de forma convicta que nunca mais pisaria nas areias de Ipanema. Ele morou lá até falecer em 1996 e nunca mais pôs os pés na areia da praia.


Postado por blog do Camillo

CARNAVAL NA VISCONDE DE PIRAJÁ


Em frente à uma casa de câmbio na rua Visconde de Pirajá,duas baianas de Escola de Samba enfeitam a entrada da loja.
Entre Vinícius de Moares e Joana Angélica,do lado impar.

CHOQUE DE ORDEM

Operação acolhe 116 moradores de rua em Ipanema, Leblon e Copacabana

Rio - Uma grande operação realizada na madrugada desta quinta-feira pela Subprefeitura da Zona Sul acolheu 116 moradores em situação de rua nos bairros de Ipanema, Leblon e Copacabana.

A ação começou às 23h no Leblon com as equipes percorrendo as ruas Humberto de Campos e Ataulfo de Paiva, até chegar ao Jardim de Alah. Já em Ipanema as ruas Visconde de Pirajá, Maria Quitéria, Joana Angélica, Vinícius de Moraes e Jangadeiros estiveram no percurso da operação. Foi em Copacabana onde a ação se concentrou na retirada da população de rua pela Avenida Nossa Senhora de Copacabana, Raul Pompéia, Sá Ferreira, Bolívar, Santa Clara, Constante Ramos, Figueiredo de Magalhães, Siqueira Campos, Domingos Ferreira, Ronald de Carvalho e Princesa Isabel. Três toneladas de lixo e entulhos foram recolhidas pelo Controle Urbano e a Comlurb.

Participaram da ação a 4ª, 5ª e 6ª Regiões Administrativas, a Guarda Municipal, a Secretaria Municipal de Assistência Social, a Controladoria de Controle Urbano e a Polícia Militar.

"Ações de acolhimento são realizadas frequentemente pela Subprefeitura. Desde o início desta gestão foram 2.066 pessoas em situação de rua acolhidas" destacou o subprefeito da Zona Sul Bruno Ramos.

Dos 116 acolhidos, nove eram menores de idade. Após retirados das ruas, os menores foram levados para o abrigo da Carioca no Centro e os demais para os abrigos Aldaíza Sposati, em Bangu, Maria Tereza em Jacarepaguá e para o Centro de Acolhimento Stella Maris, na Ilha do Governador.

CHOQUE DE ORDEM

A DESORDEM DO TRÂNSITO CONTINUA

Marcus Quintella


Não consigo ver os resultados do tal choque de ordem da prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, principalmente no trânsito da cidade. Os sinais de trânsito continuam sem sicronização e com tempos de ciclo incoerentes. Os flanelinhas permanecem mandando e desmandando nos estacionamentos das ruas da Zona Sul. A bagunça das kombis e carros velhos dos ambulantes de prais continua em toda a orla, do Leme ao Recreio. Os veículos de carga ignoram os horários permitidos e param a qualquer hora e em qualquer rua para descarregar mercadorias, principalmente nas avenidas de grandes movimentos. A Guarda Municipal não é vista controlando o trânsito nos sinais e locais de congestionamentos, principalmente nos dias de chuva. As bicicletas motorizadas trafegam imprudentemente nas ciclovias da orla, sem serem importunadas pela PM ou Guarda Municiapal. A propósito, quando uma criança, idoso ou qualquer cidadão for atropelado na ciclovia, gostaria de saber quem será responsabilizado. As vans continuam fazendo ponto nas ruas e pegando passageiros em qualquer lugar. Os automóveis continuam parando em cima de calçadas e poucos são rebocados ou punidos. É uma vergonha! O tal choque de ordem ocorre de vez em quando e todo mundo sabe a hora e se prepara, pois sabe que depois o pessoal da prefeitura some. Quando teremos oredem de verdade na cidade? Eu gostaria de ordem em tudo, mas será isso possível?

PRAIA DE IPANEMA


Enviado por leitora Maria Nazareth de Castro Menezes Barcellos -


EU-REPÓRTERPraia de Ipanema linda mesmo em dia nublado


Segunda-feira, dia 26, dia nublado, com mormaço, praia ainda vazia. A piscininha na areia trouxe belos reflexos e diversão adicional para as crianças.

DESCASO


As ruas foram récem asfaltadas,mas uma obra da CEG,já conseguiu estragar o trabalho feito.
Esse buraco fica na Visconde de Pirajá em frente à padaria Ipanema,esquina de Joana Angélica.

SINALIZAÇÃO REFORÇADA

Ipanema e Copacabana terão sinalização reforçada com a nova estação do metrô
O Globo

RIO - A estação General Osório do metrô, que será inaugurada dia 17 de dezembro, provocará mudanças na sinalização nas imediações das três entradas. A nova estação deve receber certa de 80 mil passageiros por dia pelos três acessos, Teixeira de Melo, Jangadeiros e Sá Ferreira. As alterações foram decididas nesta quarta-feiram durante visita de autoridades municipais e estaduais de trânsito e transporte às obras do metrô.

Em Copacabana, será colocado um semáforo na saída do túnel Prefeito Sá Freire Alvim. Dentro do túnel, serão instaladas nas pistas de rolamento tachas com iluminação eletrônicas (leds) que vão repetir a cor do sinal - verde, amarelo e vermelho. Para reforçar a segurança, também será instalada sinalização vertical e horizontal.

- Com essa sinalização especial, o motorista saberá, antecipadamente, a condição do semáforo na saída do túnel. O reforço na sinalização nesse ponto é uma reivindicação antiga dos moradores da área, por causa do risco de atropelamento na boca do túnel. Com a entrada do metrô em operação, essas medidas se tornam imprescindíveis para garantir a segurança dos pedestres e dos motoristas - comentou o secretário estadual de Transportes Julio Lopes.

Em Ipanema, a principal alteração será na Praça General Osório. As integrações ônibus-metrô para a Barra da Tijuca e para a Gávea, que hoje são feitas na Estação Siqueira Campos, serão deslocadas para a lateral da praça junto a Rua Visconde de Pirajá. Serão feitas adaptações na calçada, de forma que a parada dos ônibus não atrapalhe o trânsito na principal via do bairro.

A CET-Rio também estuda a instalação de placas de trânsito nas proximidades dos acessos da Rua Jangadeiros e Teixeira de Melo, bem como a revitalização da sinalização no entorno da Praça General Osório.

- Estamos estudando com todo o cuidado a nova sinalização da área de forma a que a rotina do bairro não seja alterada com o início do funcionamento da nova estação. Essas mudanças são necessárias, uma vez que muita gente que vem da Barra e da Gávea vai passar a usar esta estação para pegar o metrô - comentou o secretário municipal de Transportes Alexandre Sansão.

CADÊ A POLÍCIA !

Enviado por Ricardo Noblat -

Quem se importa?

De Cecília Belfort Kessler, na seção de Cartas dos Leitores de O Globo:

Minha irmã, carioca, nascidade e criada na Cidade Maravilhosa, estava ontem curtindo um dia de férias e resolveu dar uma volta de bicicleta na Lagoa. Eram 15h, na altura da Rua Vinicius de Moraes, quando foi abordada por um sujeito. Ela ainda tentou escapar e ele a jogou no chão e levou ma bicicleta. Pessoas em um ônibus que passava na hora ainda gritaram, mas não havia nenhum policial por perto. Ela foi mancando sozinha até Ipanema e nesse percurso não encontrou nem guarda municipal para ajudá-la. É assim que vamos receber atletas e turistas na Copa de 2014 e nos Jogos Olímpicos de 2016?

VERÃO 2010

Prefeitura apresenta protótipo do modelo de barraca de praia que será adotado no verão carioca

Taís Mendes

RIO - O prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal da Ordem Pública, Rodrigo Bethlen, apresentaram, na Praia do Flamengo, o protótipo do modelo de barraca de praia que será adotado no próximo verão. A padronização, segundo a prefeitura, facilitará a identificação e fiscalização dos vendedores autorizados a trabalhar nas praias cariocas e será obrigatória. Serão 774 barracas, do Leme ao Pontal. As duas primeiras serão instaladas em Ipanema e no Leblon, no dia 1 de dezembro. O novo modelo, inspirado em uma asa-delta, substitui o isopor por caixas isotérmicas e os ambulantes usarão um uniforme padronizado. O custo da nova barra fica em torno de R$ 2 mil, segundo a prefeitura, e deverá ser pago pelas associações, que formarão consórcios com parcerias da iniciativa privada. A prefeitura, no entanto, avisa que a publicidade será proibida. A única marca permitida no novo modelo é da Rio 2016. O secretário de Ordem Pública disse que a fiscalização será intensificada, com 400 homens da guarda municipal e do controle urbano, com apoio da vigilância sanitária. Além das barracas, 1.570 ambulantes estão sendo cadastrados, mas segundo Rodrigo Bethlen, até o momento apenas 300 se apresentaram. O secretário alerta que quem não se cadastrar não terá licença para trabalhar nas areias das praias cariocas.

CURSO DE PORTEIROS NOVA TURMA 16/11

LOCAL 23º BPM,

INSCRIÇÕES:

CESAR FONTELLES: TELS. 25-227539/99612044/

cbfontelles@terra.com.br

Seguem algumas informações sobre o curso para porteiros.
Basicamente são palestras destinadas a empregados, síndicos e moradores de condomínios, focando o quesito segurança e visando a prevenção de roubos e furtos em edifícios.

Os empregados são alertados quanto a:

- cuidados na portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- atenção nas imediações do edifício;
- a garagem e
- instruções gerais.

Os síndicos são alertados quanto a:

- contratação de empregados;
- a portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- equipamentos de segurança e
- a garagem.

Os moradores são alertados quanto a:

- entrada e saída do prédio;
- contratação de empregadas domésticas e
- os vizinhos.

Também comparece um técnico da Comlurb que ministra uma palestra sobre lixo, quem o produz e como deve ser adequadamente tratado

PRAIA DE IPANEMA

Bandalhas na areia

Prefeitura prepara combate a rodas de altinho e jogos de frescobol irregulares nas praias

O Globo

RIO - A proibição de jogos com bola na faixa de areia próxima à água nas praias do Rio, que está prevista para entrar em vigor no dia 1 de dezembro, deve acabar com as rodas de altinho e com as partidas de frescobol que, apesar de marca registrada da orla carioca, atrapalham a vida dos frequentadores e oferecem risco aos banhistas. É o que mostra a reportagem de Carol Ribeiro e Thaís Brito nesta edição do jornal O Globo.

Em fins de semana de sol a pino e praias cheias, são comuns os casos de pessoas, em especial crianças, machucadas com boladas, raquetadas e até chutes. Para garantir a eficiência do choque de ordem na orla, o secretário especial de Ordem Pública, Rodrigo Bethlem, já está adotando uma série de providências, como o aumento, de 96 para 400, do número de guardas municipais que vão atuar exclusivamente nas praias do Rio. Os "bandalhas" da areia estão entre as principais reclamações que são recebidas pela prefeitura durante o verão.

Em alguns casos, os jogos chegam a atrapalhar quem apenas quer circular pela areia, como no último sábado, quando havia uma espécie de corredor de rodas de altinho - cerca de dez -, uma ao lado da outra, na beira do mar na Praia de Ipanema, na altura do Posto 9. A lei proíbe a prática do altinho das 8h às 17h (uma hora a mais do que o estipulado para o frescobol). Bethlem diz que os pais com crianças pequenas são os que mais reclamam dos jogos fora da área permitida. Para impedir os abusos, a equipe de fiscalização ganhará novos recursos.

- Além de aumentar a equipe de agentes de controle de 96 para 400 exclusivamente nas praias, também vamos aumentar o raio de fiscalização, com guardas que usarão triciclos motorizados na areia - adiantou o secretário especial de Ordem Pública, acrescentando que haverá novidades também no visual das praias. - Preparamos uma série de mudanças para a padronização das barracas de praia, que serão apresentadas hoje pelo prefeito Eduardo Paes.

Durante o fim de semana, numa operação de choque de ordem feita pela prefeitura para combater o estacionamento irregular, foram rebocados 220 veículos - 174 na Zona Sul e 46 na Barra da Tijuca, sendo 25 deles na altura da Praia do Pepê.

EMAIL RECEBIDO

Calçada Invadida

Alerta: O endereço de e-mail foi adicionado a Lista de Contatos

MOZAK ENGENHARIA
Construtora do Exclusivity Business Center na Visconde de Pirajá 470 continua sem exibir placa de licença de obra no seu "caixote" de madeira que invandiu o espaço de pedestres e incluiu um poste de iluminação. O projeto deste "caixote" sugere que este "puxadinho" terá 2 andares.

DIGA NÃO !!!











O Movimento Preserve Ipanema continua suas atividades em defesa da Praça Nossa Senhora da Paz. Além da panfletagem que ocorre em larga escala, com distribuição de mais de dois mil panfletos por fim de semana, está sendo realizado, agora, um abaixo-assinado contra a construção da garagem subterrânea que desfigurará a nossa bela Praça.

As assinaturas estão sendo coletadas na entrada da Praça, em frente à Paróquia Nossa Senhora da Paz, aos sábados, do final da manhã até a tarde. A próxima coleta de assinaturas se dará no dia 7 de novembro, iniciando às 10h. Compareça, traga seus amigos e assine você também para salvar a Nossa Senhora da Paz.

AGRADECIMENTO


Os moradores de Ipanema agradecem ao setor de obras da Região Adiministrativa (VI),pela troca deste "pirulito",que há tempos estava quebrado e que várias vezes provocou pequenos acidentes ás pessoas que por ali passavam distraídas.
OBRIGADA !!
Calçada do meio da Vieira Souto ,esquina de Vinícius de Moraes

RUA VINÍCIUS DE MORAES


DOCE BALANÇO A CAMINHO DO MAR
MARAVILHA DE CENÁRIO !!!!!

PRIMEVERA EM IPANEMA




É LEI ! !

CONSERVAÇÃO DAS CALÇADAS É OBRIGATÓRIA

Para quem pensa que a faxina é obrigação apenas do portão para dentro,ledo engano;as calçadas também devem merecer toda a atenção.De acordo com o Departamento Jurídico do Secovi Rio,a lei Municipal nº 1.350,de 26 de outubro de 1988,autoriza o Poder Executivo,em seu artigo 1º,a tornar obrigatórias a limpeza,conservação e construção de calçadas diante de imóveis residenciais,comerciais ou mistos no Rio.Além disso ,o Decreto nº 29.237,de 28 de abril de 2008,estabelece procedimentos administrativos com relação à fiscalização pela Secretaria Municipal de Obras.Recentemente,na onda do Choque de Ordem promovida pelo Prefeito Eduardo Paes,as subprefeituras da cidade realizaram operações em vários bairros para fiscalizar o estado das calçadas.
Donos de estabelecimentos comerciais,síndicos e proprietários de residências foram notificados a reparar as calçadas em mau estado localizadas em frente a seus imóveis,com prazo de 30 dias.Quem descumpre a determinação da prefeitura fica sujeito a multa e até cassação de alvará.
O diretor da LPM Engenharia-que presta serviços de manutenção e reformas –Paulo Roberto Reis Paiva,explica que,quase sempre o conserto de uma calçada é simples.Os problemas mais comuns são o aparecimento de buracos causados pela circulação de pessoas e veículos,ou rachaduras geradas pelas raízes das árvores e desgaste natural do solo.Quando há pedras portuguesas ,comuns no centro da cidade e em ruas tradicionais da Zona Sul,é que o serviço pode ficar mais complexo.Para pisos cimentados simples,o custo da reforma fica em torno de R$60 o metro quadrado.
Em relação às intervenções de prestadores de serviços públicos,por conta de reparos,o que pode acabar danificando o piso em frente ao prédio,o condomínio deve notificar à companhia para que ela reponha a calçada no mesmo estado em que a encontrou.Caso o problema não se resolva administrativamente,restará a via judicial..

TINHA QUE SER EM IPANEMA !!!!!!!!!!!!!!!!


Orla do Rio

Rio na Cabeça: Museu da Praia deve se adaptar à paisagem

Fernanda Lima e Felipe Rio Branco, arquitetos

RIO - A praia é o universo que permeia todas as classes, o berço de movimentos culturais da moda, da música e das artes, e é nela que o carioca tem o seu principal ponto de lazer, encontro e diversão. É nesse cenário ideal, junto à Pedra do Arpoador, o local escolhido para a construção de um espaço voltado para a memória da praia, com exposições e eventos que registrem a história de um dos principais símbolos da cidade.

O projeto consiste em uma arquitetura que se relacione com o entorno e que se adapte aos níveis do terreno (calçadão e praia), sem que se torne um bloqueio à percepção da paisagem que a envolve. Esta arquitetura é conformada por uma superfície contínua de madeira, material muito utilizado em construções à beira-mar e deques (como o antigo deque de Ipanema) e a partir das dobras e ondulações nessa superfície, e da forma como ela se molda, é que se conformam os espaços e usos do museu. Através desse jogo de níveis, sobre a galeria fica um pequeno terraço com um lounge e, embaixo, no nível da areia da Praia do Diabo, ficará o espaço de exposição.

O acesso à galeria se dá através de escada ou rampa, compostas pela mesma superfície de madeira que dá unidade a todo o conjunto e que também permite o acesso à própria praia. A superfície se estende um pouco, no nível da praia, criando um deque com uma pequena área de estar.

O espaço fechado para área de exposição tem aproximadamente 200 metros quadrados, onde poderão ser exibidos vídeos, fotos e objetos, além de uma pequena sala administrativa, sanitários e um pequeno café, aberto para o deque da Praia do Diabo. A ideia é que todo o acervo de imagens e o material do museu sejam armazenados no Arquivo Geral da Cidade, e que as exposições sejam montadas de acordo com a curadoria.

Dessa forma, pensando numa escala macro, onde a riqueza natural intrínseca à praia enriquece tanto a história da nossa cidade e a vida dos seus habitantes, o intuito é pensar num espaço que abrigue esse valor imensurável de uma forma concisa, simples e discreta.

IPANEMA ESBURACADA


Enviado por Daniel Brunet -


Onde estão os piores buracos da Zona Sul?


O GLOBO Zona Sul começou uma pesquisa para descobrir os dez piores buracos nas ruas e avenidas da região. Para isso, o caderno conta com sua participação. O buraco mostrado na foto, enviada pelo leitor Eduardo Duarte, fica em plena Avenida Vieira Souto, em Ipanema, na altura da esquina com a Rua Maria Quitéria.

DESAFIO DOS 600 KM

Atletas do Desafio dos 600km devem chegar em Angra dos Reis nesta noite

Redação SRZD

Os atletas do Desafio dos 600km, que reúne 240 pessoas se revezando na corrida, devem chegar em Angra dos Reis entre as 17h30 e as 19h. A prova começou nesta quinta-feira, em São Paulo, e tem previsão de chegada na praia de Ipanema, neste domingo. A parada acontece no Hotel do Frade e o reinício está previsto para as 4h deste sábado.

O evento está sendo organizado pela Nike e conta com o apoio logístico da Subsecretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura de Angra dos Reis. O evento tem como objetivos inspirar ações socioambientais, divulgar o trajeto turístico e estimular a prática de esportes. Fazem parte do roteiro da corrida 12 cidades. Entre elas, Caraguatatuba, Ubatuba, São Sebastião, Paraty e Mangaratiba.

PROTESTO


PROTESTO: MERCADORIA BARATA


MOTIVO: O Rio de Paz obteve informação de fonte segura, que o próximo relatório do Instituto de Segurança Pública, referente às mortes violentas no mês de Setembro de 2009 no Estado do Rio de
Janeiro, revelará que em 1 000 dias (Janeiro de 2007 – Setembro de 2009) houve 20.000 assassinatos, o que significa que entre Janeiro de 2007 e Setembro de 2009, 20 cidadãos fluminenses foram mortos por dia. Veja os números oficiais:

ESTATÍSTICA OFICIAL DO INSTITUTO DE SEGURANÇA PÚBLICA

AUTO DE RESISTÊNCIA
2007 – 1.330
2008 – 1.137
2009 (Janeiro-Agosto) - 723
TOTAL (Janeiro 2007-Agosto 2009) - 3 190

HOMICÍDIO DOLOSO
2007 – 6.133
2008 – 5.717
2009 (Janeiro-Agosto) - 4 027
TOTAL (Janeiro 2007-Agosto 2009) - 15.877

POLICIAIS MORTOS
2007 - 32
2008 - 26
2009 (Janeiro-Agosto) - 24
TOTAL (Janeiro 2007-Agosto 2009) - 82

LATROCÍNIO
2007 - 192
2008 - 235
2009 (Janeiro-Agosto) - 144
TOTAL (Janeiro 2007-Agosto 2009) - 571



TOTAL DE MORTES VIOLENTAS (JANEIRO 2007 - AGOSTO 2009) - 19.720

LOCAL, DIA e FORMA DO PROTESTO: Mais uma vez usaremos a Praia de Copacabana nesse próximo sábado (24/10). A procissão, com carros de supermercado (20) trazendo voluntários dentro (como se estivessem mortos) e sendo empurrados também por voluntários (vestidos de preto), partirá da Rua Figueiredo de Magalhães e se dirigirá até a Avenida Princesa Isabel, onde será montado o novo Painel da Violência (agora, sustentado pelo braço dos voluntários do Rio de Paz) e serão formadas 2 filas indianas com os carrinhos de supermercado.

HORÁRIO: A procissão terá início às 9h30, partindo da Rua Figueiredo de Magalhães (utilizaremos apenas um pequeno pedaço da Avenida Atlântica, sem interrompermos o trânsito). Ao chegarmos à Avenida Princesa Isabel, formaremos 2 filas indianas com os carrinhos de supermercado, fixando o Painel da Violência ao fundo e entre as fileiras. Alguns voluntários portarão bandejas com 20 000 grãos de feijão, a fim de que pedestres possam mensurar o que significam 20 000 assassinatos. Ali ficaremos até às 13h.



O QUE QUEREMOS:

1. Chamar a atenção do todo da sociedade para o fato de que a diminuição da violência do Rio, não é tarefa apenas da Secretaria de Segurança Pública, mas do todo da população.

2. Levantar a questão: Por que essas mortes não foram evitadas? O que elas revelam sobre a política de segurança pública do nosso estado?

3. Pedir que as nossas autoridades públicas implementem as 15 propostas do Manifesto Rio de Paz pela Redução de Homicídio no Brasil.

4. Solicitar uma audiência com a secretaria de segurança, na qual representantes da sociedade civil na companhia da imprensa, possam apresentar suas principais indagações e demandas quanto ao tema da segurança pública no nosso estado.

5. Deplorar a cultura da banalização da vida (os carros de supermercado serão usados em razão de um episódio emblemático ocorrido essa semana no Rio, quando o corpo de um cidadão fluminense foi achado dentro de um desses carrinhos - uma verdadeira metáfora sobre o que está acontecendo no nosso estado).


NOSSA OPINIÃO:

A Olimpíada da Vida no Rio de Janeiro

Após mais um fim de semana de terror, somos confrontados pela antiga pergunta: o que é necessário para que o Rio de Janeiro consiga diminuir a violência? A resposta está na postura que fez com que a cidade atingisse a meta de sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Afinal, o que ocorreu e foi decisivo para que o pouco provável se concretizasse? Todos perceberam que sediar as Olimpíadas era algo tão importante, e ao mesmo tempo tão difícil, que trataram de fazer todo o necessário para superar um desafio aparentemente acima da linha do possível. As três esferas do governo se uniram, com cada parte fazendo aquilo que lhe competia em um projeto factível. Paralelamente, a população foi convidada a participar. Um painel que contava a adesão popular à realização dos jogos foi posto na Praia de Copacabana e informações claras sobre o planejamento foram constantemente divulgadas.

A constatação óbvia é de que a Secretaria de Segurança Pública não pode permanecer solitária contra o crime. Podemos dizer, em sã consciência que esses homens podem sozinhos dar fim à presença do crime organizado nas centenas de favelas da região metropolitana do Rio que se encontram sob domínio de narcotraficantes e milicianos? O que eles podem fazer pelos milhares de jovens pobres, fora da escola, sem referência de pai, com uma demanda incomensurável de auto-estima e prontos a ocuparem os postos deixados pelos companheiros assassinados?

Podemos ter nossas diferenças com a atual gestão da segurança pública do Rio, mas não podemos ser injustos a ponto de dizer que a responsabilidade é somente das autoridades, civis ou militares. O fracasso é de todos nós. É toda a sociedade que está lidando irresponsável e impassivelmente com um problema que já representou, apenas no atual governo, 20 mil mortes violentas. Nenhum povo jamais venceu desafio social na base do voluntarismo vaidoso de uns poucos que alimentam seus complexos de Messias. À nossa sociedade cabe assumir a responsabilidade, acompanhar de perto os fatos, pressionar o poder público mediante os canais já estabelecidos pelo Estado Democrático de Direito e aprender a ir às ruas para lutar pelos seus direitos.

Ao governo do Estado cabe ser humilde. O atual governo se orgulha da ocupação de quatro comunidades que estavam sob controle do crime organizado e de haver rebatizado um certo modelo de policiamento comunitário. Mas o que falar de João Hélio, João Roberto e outras crianças assassinadas; dos milhares de casos de desaparecidos; dos policiais mortos em confrontos desnecessários; das execuções perpetradas por policiais, dos homicídios à luz do dia em vias públicas?

O governo do Estado precisa vir a público dar explicações e apresentar sua política de segurança pública. Nós, cidadãos, temos o direito de saber como essa polícia pretende usar o monopólio do uso da força e também o de dizer o que não nos é conveniente, sob hipótese alguma, em termos de procedimento policial. Além disso, é preciso que o governo assuma sua incapacidade de sozinho trazer solução para o maior desafio social que temos atualmente. Em suma, cabe à sociedade ser mais responsável e humana, e ao governo, mais transparente e humilde. Caso contrário, na olimpíada da vida seremos campeões mundiais em número de mortos.


Antônio Carlos Costa
Diretor executivo do Rio de Paz

CURSO DE PORTEIROS NOVA TURMA 16/11

LOCAL 23º BPM,

INSCRIÇÕES:

CESAR FONTELLES: TELS. 25-227539/99612044/
cbfontelles@terra.com.br

Seguem algumas informações sobre o curso para porteiros.
Basicamente são palestras destinadas a empregados, síndicos e moradores de condomínios, focando o quesito segurança e visando a prevenção de roubos e furtos em edifícios.

Os empregados são alertados quanto a:

- cuidados na portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- atenção nas imediações do edifício;
- a garagem e
- instruções gerais.

Os síndicos são alertados quanto a:

- contratação de empregados;
- a portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- equipamentos de segurança e
- a garagem.

Os moradores são alertados quanto a:

- entrada e saída do prédio;
- contratação de empregadas domésticas e
- os vizinhos.

Também comparece um técnico da Comlurb que ministra uma palestra sobre lixo, quem o produz e como deve ser adequadamente tratado

SANTA SEXTA NO EMPÓRIO


SANTA SEXTA NO EMPORIO ( IPANEMA )

O que rola de mais bacana na nova moda carioca você encontra no Mercado Mistureba!
E agora, todos os domingos, tem Mistureba Bazar em Ipanema!
A versão pocket do Mercado traz para o bairro mais charmoso do Rio uma seleção incrível de novos estilistas e designers.
Tudo isso, regado a chopp gelado e trilha sonora caprichada!

Todos os domingos, faça chuva ou faça sol, a gente se encontra no Mistureba Bazar!

Bar Emporio – Maria Quiteria, 37, IpanemaHorario – 11 às 19h.
Postado por SANTA SEXTA às 13:11

CURSO DE PORTEIROS NOVA TURMA 16/11

LOCAL 23º BPM,

INSCRIÇÕES:

CESAR FONTELLES: TELS. 25-227539/99612044/

cbfontelles@terra.com.br

Seguem algumas informações sobre o curso para porteiros.
Basicamente são palestras destinadas a empregados, síndicos e moradores de condomínios, focando o quesito segurança e visando a prevenção de roubos e furtos em edifícios.

Os empregados são alertados quanto a:

- cuidados na portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- atenção nas imediações do edifício;
- a garagem e
- instruções gerais.

Os síndicos são alertados quanto a:

- contratação de empregados;
- a portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- equipamentos de segurança e
- a garagem.

Os moradores são alertados quanto a:

- entrada e saída do prédio;
- contratação de empregadas domésticas e
- os vizinhos.

Também comparece um técnico da Comlurb que ministra uma palestra sobre lixo, quem o produz e como deve ser adequadamente tratado

A FELICIDADE BRASILEIRA

A Felicidade Brasileira Vista por um Espanhol


O texto não fala de política, disputas e vaidades. O jornal espanhol
fala de como nos sentimos felizes. O jeito brasileiro de ser.

Uma agradável leitura.

O que explica Rio-2016? A vocação inata do Brasil para a felicidade

EL PAIS

Juan Arias

O fato de o Rio de Janeiro ter ganhado a disputa para hospedar os
Jogos Olímpicos de 2016, deixando para trás cidades de grande
prestígio como Madri, Chicago e Tóquio, já foi analisado de todas as
formas. Tudo foi dito. Que a América do Sul já merecia uma Olimpíada.
E é verdade. Que o Brasil é hoje a potência econômica emergente da
região. Também é verdade, assim como que boa parte da vitória se deveu
à enorme popularidade mundial do carismático ex-metalúrgico e hoje
presidente Luiz Inácio Lula da Silva. E com ele a atuação do deus do
futebol, Pelé, e do mago carioca Paulo Coelho, que soube ganhar a
simpatia das mulheres dos delegados do Comitê Olímpico Internacional
(COI), as quais convidou para jantar em um restaurante em Copenhague,
em um clima de felicidade brasileira. Ou terão sido só as i magens das
belezas únicas da mágica cidade carioca? Também, mas não só.

Existe outro elemento pouco destacado, que é a vocação inata do Brasil
e dos brasileiros para a felicidade, que acaba se irradiando
internacionalmente, contagiando o mundo.

Se houvesse sido feita uma pesquisa nacional, teria aparecido que
nesse dia 100% dos brasileiros se sentiram felizes quando o presidente
do COI abriu o envelope e apareceu Rio de Janeiro como vencedora da
competição para realizar os Jogos Olímpicos de 2016. Os brasileiros,
que gozam de uma formidável coesão nacional, estão sempre abertos para
acolher qualquer motivo para ser felizes. E abrigar os jogos lhes
causou orgulho e felicidade. E não escondem isso - outra
característica do brasileiro.

Na primeira entrevista que fiz com a atriz de cinema e teatro Fernanda
Montenegro, q uando cheguei ao Brasil, há dez anos, ela me disse algo
que nunca esqueci e que mais tarde pude entender: "A diferença entre
um europeu e um brasileiro é que o brasileiro não se envergonha de
dizer que é feliz, e o europeu, sim".

Qualquer um que passa pelo Brasil, por turismo ou trabalho, sente-se
rapidamente capturado pela cordialidade, a exuberância afetiva, o
acolhimento alegre de sua gente, do norte ao sul do país. "É que com
os brasileiros não se pode brigar, porque sorriem até quando você fica
nervoso", me disse um correspondente argentino. É verdade. A vocação
do brasileiro é mais para a paz, a amizade, o entendimento mútuo, o
desejo de agradar, do que para a guerra ou a disputa. E então, o que
acontece com a violência que mata no Brasil mais que em outros países?
Não é uma violência brasileira, mas produzida pelo câncer do tráfico
de drogas.

A melhor arma do brasileiro continua sendo o sorriso. O catedrático de
estética da Universidade do Rio, Isaías Latuf, foi indagado em plena
na rua, em Buenos Aires, se era brasileiro. "Como percebeu?", ele
perguntou. E a resposta foi: "Por seu sorriso".

Segundo uma pesquisa realizada em 2008 em 120 países pelo Instituto
Gallup e apresentado pela Fundação Getúlio Vargas, a felicidade do
brasileiro é superior a seu PIB. O jovem brasileiro aparece com uma
avaliação da felicidade superior à média mundial. O estudo revela que
os jovens brasileiros entre 15 e 29 anos apresentam maior esperança de
ser felizes nos próximos cinco anos do que os jovens do resto do
mundo. E essa esperança de felicidade alcança 9,29%.

Os psicólogos tentaram analisar esses dados. Como é possível que os
jovens de um país que aparece somente no 52º lugar no índice mundial
de renda se sintam os mais felizes do planeta? O psicólogo Dionisio
Benaszewski atribui isso ao fato de que, segundo a mesma pesquisa, os
jovens brasileiros valorizam mais a felicidade do que o trabalho ou o
dinheiro. Se há algo que de fato eu constatei no Brasil é que a
maioria dos cidadãos, até os mais pobres, não vivem para trabalhar.
Trabalham para viver e para viver felizes. É quase impossível
conseguir que alguém queira trabalhar em um domingo, mesmo ganhando o
dobro. Costumam dizer: "Ah, não, domingo não dá".

Segundo Benaszewski, existe outro elemento gerador de felicidade no
Brasil, que é causado pelas boas relações existentes entre membros da
família e entre vizinhos. Aqui a rede de solidariedade, sobretudo
entre os mais pobres, é formidável. Um exemplo disso são as favelas do
Rio, que entre elas se chamam de "comunidades". E o são. O elemento
afeto nas relações e o afã por ajudar-se mutuamente nas adversidades,
ou de desfrutar os momentos felizes, são proverbiais.

Costuma-se dizer que os brasileiros sabem tirar felicidade até das
pedras. Eles a buscam na alegria e na tristeza. No dia em q ue o Rio
ganhou como sede dos Jogos Olímpicos, um casal de jovens brasileiros
entrevistado em Madri por um repórter do programa de Iñaki Gabilondo
disse algo mais ou menos assim: "Não fiquem tristes. Venham para o
Rio, que é uma cidade maravilhosa, vocês se sentirão felizes". Pensei
que, se tivesse sido o contrário, se Madri tivesse ganhado e o Rio
perdido, a jovem também teria se consolado de alguma forma, dizendo
que estava feliz na maravilhosa cidade de Madri.

Assim são os brasileiros. São mergulhadores no mar da felicidade e,
como não escondem isso, acabam contagiando os outros. Sem dúvida esse
contágio também teve a ver na hora da votação em Copenhague.

Tradução: Luiz Roberto Mendes Gonçalves

VISITE !

http://www.cantagalofoto.wordpress.com

VISITE ESSE SITE !

PASSEIO CICLÍSTICO

Enviado por Bairros.com -

Inscrições abertas para passeio ciclístico noturno pela orla

Nesta terça-feira, dia 27, acontece mais um Night Bikers, passeio noturno pela orla da Zona Sul. O percurso de 16 km partirá do Leblon, passando pelo Leme e retornando ao ponto de partida. As inscrições serão feitas nas unidades A!BodyTech com apenas 1kg de alimento não perecível que será revertido à ONG Instituto Reação do Flávio Canto.

TOMBAMENTO

Enviado por Ludmilla de Lima -

Nossa Senhora da Paz pode ser tombada

A construção de uma garagem subterrânea na Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, pode não sair do papel. O vereador Carlo Caiado (DEM) apresentou um projeto de lei que tomba a área de lazer e proíbe o corte ou a retirada de suas árvores. Segundo a proposta, a obra significaria “uma verdadeira agressão à qualidade de vida dos cariocas”.

O vereador também critica a não integração do projeto do estacionamento com o da estação do metrô da Nossa Senhora da Paz :

— O projeto da garagem deveria estar casado com o do metrô.

A previsão é de que o projeto de lei seja votado até o fim do ano.

BAGUNÇA NA BARÃO


ESSA FOTO FOI TIRADA EM FRENTE À PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ,NA CALÇADA DA TV RECORD.
UM ABUSO !

PRIMAVERA NA BARÃO


CADÊ O CHOQUE DE ORDEM???

Enviado por leitor André Luiz Cardoso -

EU-REPÓRTER

Cracolândia se instala na Rua Barão da Torre, em Ipanema

Fico consternado com a cracolândia que se instalou na Rua Barão da Torre, na altura da Teixeira de Melo, bem ao lado da obra do metrô. Vários jovens usam crack em plena luz do dia, além de fazerem da calçada a sua casa, dormindo e defecando na porta dos prédios. Nada é feito. Em busca de dinheiro, atuam como flanelinhas, abordando de forma intimidatória os motoristas. Não há como bater foto, pois posso me expor a riscos. Mas fica o pedido de providências. Este é o choque de ordem que a prefeitura tanto alardeia? Quando a estação de metrô for inaugurada, os passageiros terão que passar em meio a jovens consumindo crack?

DIREITO DE IR E VIR


CADA VEZ MAIS FICA DIFÍCIL DE ANDAR PELAS CALÇADAS DE IPANEMA.
NA VISCONDE ESQUINA DE GARCIA,APARECEU MAIS UMA ENORME BANCA DE JORNAIS,E EM FRENTE,O TAPUME TOMA QUASE TODA CALÇADA.
CADÊ A PREFEITURA QUE NÃO VÊ ESSE DESCALABRO NAS CALÇADAS DE IPANEMA???

PRIMAVERA NA PRUDENTE


RECUPERAÇÃO


Portal de Notícias da Globo

Médico baleado durante assalto em Ipanema sai do coma induzido


Informações são da Clínica São Vicente, divulgadas nesta terça (20).


Paulo Athayde ainda se recupera de pneumonia.

Do G1, no Rio

O médico Paulo Athayde apresenta melhoras (Foto: Reprodução TV Globo) O médico Paulo Athayde Lopes, de 53 anos, baleado em 26 de agosto durante um assalto em Ipanema, na Zona Sul do Rio, saiu do coma induzido. Segundo informações da Clínica São Vicente divulgadas nesta terça (20), os remédios usados na sedação estão sendo retirados aos poucos há duas semanas, para que o médico volte a ficar lúcido.

De acordo com a assessoria da clínica, o médico ainda está se recuperando de uma pneumonia e está neurologicamente melhor.

Athayde continua internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI), e os médicos não tem previsão para a transferência do paciente para o quarto.

Crime

Paulo Athayde Lopes foi rendido por criminosos frente à sua casa na Rua Nascimento e Silva, quando chegava de moto ao local.

Dos quatro ou cinco tiros disparados contra a cabeça da vítima, três foram desviados pelo capacete, mas um atingiu a nuca do médico. De acordo com a polícia, após atirarem, os criminosos fugiram levando a moto importada da vítima.

WINDOWS 7

Lojas do Rio e São Paulo preparam festas de lançamento do Windows 7

O Globo

RIO - O Windows 7 será lançado nesta quinta-feira com festa em grandes lojas do Rio e de São Paulo. O hipermercado Extra da Barra e o PontoFrio de Ipanema estarão abertos de quarta até 1h30m de quinta-feira, à espera dos mais afoitos pelo Windows 7 - com direito a brindes, promoções, atrações culturais e experimentação do sistema operacional. Mais que um lançamento, tem jeitão de happening.

São Paulo, claro, não ficará para trás. O presidente da Microsoft Brasil, Michel Levy, visitará na quarta à noite a loja do Extra no Itaim, que receberá várias ações promocionais. Os 300 primeiros clientes que comprarem o Windows 7 ganharão brindes. As filas para a compra começarão a ser organizadas às 9h da quarta-feira, mas a pré-venda terá início apenas às 21h e a meia-noite o sistema operacional poderá ser comprado de fato.

A Fnac da Avenida Paulista fará uma festa fechada para convidados entre 21h da quarta-feira e 1h da quinta com DJ e show da cantora Paula Lima. As 100 primeiras pessoas que comprarem o Windows 7 receberão brindes.


PRAIAS

Informe do Dia: O fim das boladas

POR FERNANDO MOLICA, RIO DE JANEIRO

Rio - Nas praias cariocas, a prática de esportes na faixa de areia que fica próxima ao mar será permitida apenas depois das 18h. A medida, que será implantada no dia 1º de dezembro, foi aprovada pela Secretaria da Ordem Pública.

Os alvos principais são o frescobol e o ‘altinho’, jogado com bola de futebol. Durante o dia, eles só poderão ser praticados no trecho da areia que fica longe do mar. A Secretaria ainda estuda indicar uma pequena praia onde os esportes seriam liberados o tempo todo, mesmo nas proximidades da água.

UTILIDADE PÚBLICA

TELEFONES IMPORTANTES

AMBULÂNCIA
192

AUXÍLIO À LISTA
102

CEDAE
195

CORPO DE BOMBEIROS
193

CORPO DE BOMBEIROS COPACABANA
3399-7726 / 2538-1234

DEFESA CIVIL
199

DIREITOS HUMANOS
100

EMBRATEL
143

EMBRATEL INF. INTERNACIONAIS
0800 900 021

FALTA DE LUZ
196

GÁS
197

GOVERNO FEDERAL
138

HORA CERTA
134

INSS
135 0800 56 5658

JUSTIÇA ELEITORAL
148

POLÍCIA FEDERAL
194

POLÍCIA MILITAR
190

PREVIDÊNCIA
191

AEROBARCAS
2533-4343 2620-8589

AEROPORTO INTERNACIONAL GALEÃO
3398-5050 3398-4526 3398-4527

AEROPORTO SANTOS DUMONT
3814-7070

ÁGUA E ESGOTO
0800 282 1195

ANATEL
0800 33 2001 0800 24 9040

BANCO DE SANGUE
0800 282 0708

BARCAS
4004-3113

CEG
0800 24 7766

CET – RIO
2508-5500

CEMITÉRIO SÃO JOÃO BATISTA
2539-7073 2537-3625 2539-6057 2527-0648

COMLURB ENTULHO
2204-9999

DENÚNCIA DE FAVELA
2498-1001

DETRAN
3460-4042

DETRAN CARTEIRA DE MOTORISTA
3460-4041

DETRAN VISTORIA
3460-4040

DISQUE-DENÚNCIA
2253-1177

DISQUE-LUZ
2535-5151

DNER
2471-0171

FEEMA
3891-3366

GUARDA MUNICIPAL
0800 21 1532

INF. TURÍSTICAS DO MUNICÍPIO
0800 282 2007

LIGHT
0800 21 0196

METRÔ
0800 595 1111

OI – ATENDIMENTO
103 31

POLÍCIA FEDERAL
194 e 2203-4000

POLÍCIA FEDERAL BARRA
2421-9289 2421-9290

POLÍCIA RODOVIÁRIA ESTADUAL
2625-1530 3399-4857

POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL
2471-6111

PROCON
1512

RECEITA FEDERAL
0300 789 0300

RECOLHIMENTO DE LIXO - LIMPEZA PÚBLICA
2204-9999

RODOVIÁRIA NOVO RIO
3213-1800

SUPERVIA
2588-9494

TELEBURACO
2589-1234

TELE-COMLURB
2204-9999

VIGILÂNCIA SANITÁRIA
2503-2280 2506-2204

VIVO
1058

DDI - BR → EUA
00 + 21 + 1 + CÓDIGO DA ÁREA + TELEFONE

DDI – BR → uk
00 + 21 + 44 + CÓD. ÁREA + TEL.

DDI– ING →BR
00 +55+21+TELEFONE

DDI À COBRAR
0800 890 055 + TELEFONE

HOSPITAIS E CLÍNICAS

BARRA D’OR
2430-3600

CASA DE SAÚDE SÃO JOSÉ
2538-7626

COPA D’OR
2545-3600

MARCÍLIO DIAS
2594-9994

PRÓ CARDÍACO
2528-1442

QUINTA D’OR
3461-3600

SAMARITANO
2535-4000 2537-9722

SÃO LUCAS
2545-4000

SÃO VICENTE DE PAULO
2563-2121

SÃO VICENTE GÁVEA
2529-4422

INSS DE IPANEMA
3111-2377

3111-2427 (CIR.)

MIGUEL COUTO
3111-3799

CORTREL
2274-9595

COTRAUMA
2294-8080

SOUZA AGUIAR
3111-2679

METRÔ


Nova estação do metrô terá painel pintado por crianças da comunidade do Cantagal
Por Redação.

A estação de metrô de Ipanema, que ficará na Praça General Osório, tem previsão de inauguração para o dia 17 de dezembro, porém outro projeto já começou a ser desenvolvido. Cento e setenta crianças da comunidade do Cantagalo iniciaram nesta segunda-feira (19) a produção de um grande mosaico de cerâmica que irá enfeitar a estação.

Todas as crianças que participam do projeto têm entre cinco e onze anos e são alunos do CIEP Presidente João Goulart, que fica no alto do Morro do Cantagalo. Para completar a obra de arte coletiva, o mosaico feito pelas crianças será emoldurado com versos do poema “Infância”, de João Cabral de Melo Neto.

PROJETO DE LEI

Esse é o link do Projeto de Lei à respeito do tombamento da Praça N.Sra. Paz :


http://spl.camara.rj.gov.br/spl/spl_tramit_proj.jsp;jsessionid=2EF19970310094BC7CEEDE0DFD478A28?id=17975

ATA DO FORUM - RODRIGO BETHLEM

Atividade que tem como objetivo proporcionar desenvolvimento social para o bairro a partir de participação voluntária de seus moradores.


ATA DA QÜINQÜAGÉSIMA PRIMEIRA REUNIÃO ESPECIAL.

FÓRUM DE DEBATES SOBRE CHOQUE DE ORDEM

SR. RODRIGO BETHLEM – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ORDEM PÚBLICA DO RIO DE JANEIRO.

LOCAL DE REALIZAÇÃO: UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES – AUDITÓRIO. R. Joana Angélica – Ipanema

Dia: 14/10/2009

HORÁRIO: 19H

COORDENAÇÃO: Ignez Barreto

NÚMERO DE PARTICIPANTES: 350 (aproximadamente).

REPRESENTANTES DO PODER PÚBLICO E ACADÊMICOS:

Sr. Rodrigo Betlem – Secretário Municipal de Ordem Pública do Município do Rio de Janeiro.

Sr. Julio Lopes – Secretário Estadual de Transportes e seu assessor Sr. Paulo Gomes.

Sr. Bernardo Carvalho – Administrador da VI Região Administrativa do Município do Rio de Janeiro.

Oficiais do Primeiro Escalão da Guarda Municipal.

Profa. Del Pretti – Coordenadora da UCAM.

OBJETIVO: Expor problemas enfrentados pelos moradores de Ipanema quanto à desordem vivenciada pelo bairro e possíveis soluções.

TÓPICOS ABORDADOS;

A Sra. Ignez Barreto, Coordenadora do Projeto, agradeceu as participações e apresentou os assuntos relacionados abaixo:

1- Titularidade do Cantagalo;

A questão foi levantada no sentido de mobilizar as esferas governamentais sobre os títulos de posse aos moradores, a partir do fato de que estão sendo gastos em torno de trinta e cinco bilhões de reais com sua urbanização.

Dessa forma, poderá haver transformação como parte integrante do bairro de Ipanema com todos os direitos e deveres dos outros moradores. Pagamento de impostos e utilização de serviços públicos devidos.

2- Construção de Galpão ao final da R. Teixeira de Melo para guarda de material tais como carrinhos de mão , cadeiras de praia, barracas, e outros.

3- Foi solicitado que o elevador que dará acesso ao Cantagalo seja nomeado RUBEM BRAGA.

4- Discriminou-se que está evoluindo adequadamente a organização do comércio nas areias, a adoção do Parque Garota de Ipanema.

5- Os graves problemas enfrentados pelo bairro foram mencionados, destacando-se: assaltos, mendicância, moradores de rua e ambulantes, a degradação da Praça Gen. Osório, a exaustão da Feira Hippie, estacionamento e metrô na Praça N. Sra. da Paz.

Após estas apresentações os representantes do Poder Público fizeram as seguintes declarações;

O Sr. Bernardo Carvalho discriminou as ações de ordem que estão sendo levadas a cabo no sentido de recolhimento do pessoal de rua, repressão aos ambulantes. Como prova de tais fatos mostrou ao público presente a quantidade de armas brancas recuperadas, tais como facões, cacos de vidro, estiletes e outros. Esclareceu que a questão do Carnaval e Réveillon está em análise junto ao sub-prefeito, Sr. Bruno Ramos. Porém, frisou que as ações serão no sentido de minimizar os impactos causados por tais eventos, sendo que há expectativa de que o comandante do 23ºBPM, Cel. Sergio Alexandre, intervenha pois não há como manter a segurança, haja vista o volume de pessoas que acorrem.

O Sr. Julio Lopes declarou que as estações de metrô fazem parte de planejamento anterior em que há delimitação de distância entre as mesmas e ainda distribuição do fluxo de pessoas, todavia foi sugerido que se forme Grupo de Estudos para verificar-se a viabilização da Estação N. Sra. Da Paz. Com relação aos ônibus de integração com o metrô na Praça Gen. Osório, será utilizado o estacionamento na R. Visconde de Pirajá, tendo em vista maior espaço. Foi mencionado a este Secretário que há várias propostas encaminhadas quanto aos outros pontos de ônibus, para racionalização destes transportes.

O Sr. Rodrigo Betlem declarou o estado precário em que foram encontradas as finanças do Município em que houve necessidade de corte de 20% do orçamento. Todavia, apesar de tal corte, foram implementadas ações junto à Guarda Municipal como aumento de recursos e efetivo. Declarou mais uma vez que a revitalização do Rio de Janeiro levará algum tempo pois a degradação é vivenciada há trinta anos com a omissão dos poderes públicos anteriores. Serão instaladas câmaras de vigilância em maior número nas ruas do Rio de Janeiro em que os movimentos serão controlados por GPS e outros sistemas.

Mencionou ainda que está havendo reestruturação das Operações Bacana e que deverão ser instaladas Inspetorias no Jardim de Alah e Praça do Lido. Ressaltou que tais atividades de Ordem Pública são extensivas a todos os bairros o que pode parecer decréscimo nas ações que anteriormente eram realizadas apenas em Copacabana e Ipanema.

Acrescentou que haverá mudança no sistema trabalhista da GM de CLT para Estatutários que facilitará as atividades com este policiamento. Há várias cassações de alvarás de estabelecimentos comerciais que prejudicam a ordem porém, há expedição de liminares pela justiça impedindo maior eficácia.

Voltou a ressaltar que a população do Rio de Janeiro precisa colaborar efetivamente no sentido de não contribuir com a desordem como por exemplo; dando esmolas, roupas de cama, alimentação, compras em camelôs, estacionamento em calçadas e a sugestão de regulamentação de carga e descarga com plaqueamento e horários definidos.

Com relação ao comércio de rua antecipou que está em projeto que as licitações ganhas deverão adotar o entorno para sua preservação e manutenção.

Perguntas que não puderam ser respondidas haja vista exigüidade de horário, deverão ser encaminhadas à SEOP para pronta resposta.

Elaboração da ata: JGuia

Rio de Janeiro, 15 de outubro de 2009

CURSO DE PORTEIROS NOVA TURMA 16/11

LOCAL 23º BPM, INSCRIÇÕES:

CESAR FONTELLES: TELS. 25-227539/99612044/

cbfontelles@terra.com.br

Seguem algumas informações sobre o curso para porteiros.Basicamente são palestras destinadas a empregados, síndicos e moradores de condomínios, focando o quesito segurança e visando a prevenção de roubos e furtos em edifícios.
Os empregados são alertados quanto a:
- cuidados na portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- atenção nas imediações do edifício;
- a garagem
e- instruções gerais.
Os síndicos são alertados quanto a:
- contratação de empregados;
- a portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- equipamentos de segurança e
- a garagem.
Os moradores são alertados quanto a:
- entrada e saída do prédio;
- contratação de empregadas domésticas e
- os vizinhos.
Também comparece um técnico da Comlurb que ministra uma palestra sobre lixo, quem o produz e como deve ser adequadamente tratado

METRÔ


O dobro de lugares

Metrô chegará a Ipanema em dois meses

O Globo

RIO - Nunca o metrô foi tão longe. Nunca Ipanema esteve tão perto dele. Dentro de dois meses, precisamente às 11h do dia 17 de dezembro, os trens da Linha 1 chegarão finalmente à Praça General Osório, concretizando um sonho de pelo menos três décadas. Para cumprir o prazo acordado com o governo do estado, cerca de mil operários da Odebrecht trabalham dia e noite. É o que informa a reportagem de Paulo Marqueiro, publicada na edição do GLOBO deste domingo.

Em ritmo acelerado seguem também as obras de ligação das linhas 1 e 2, que eliminarão a transferência no Estácio. Elas também serão inauguradas no dia 17 de dezembro. A conexão direta Pavuna-Botafogo é um investimento de R$ 1,1 bilhão bancado pela empresa Metrô Rio, em troca da renovação da concessão.

Para entregar a tempo 1,3 quilômetro de viadutos e 1,2 quilômetro de vias duplas na superfície, cerca de mil operários da Carioca Engenharia trabalham ininterruptamente, à luz do sol ou de potentes refletores.

Conheça os detalhes da fase final da obra


--------------------------------------------------------------------------------
Segundo Joubert Flores, diretor de relações institucionais da Metrô Rio, a inauguração da conexão Pavuna-Botafogo, daqui a dois meses, dobrará a oferta de lugares, durante o horário de pico, no trecho entre a Central e Botafogo, para onde se dirige a maior parte dos passageiros:

- Dos cerca de 20 mil lugares por hora, passaremos a ter 40 mil lugares por hora.

Outro efeito imediato das obras, segundo Joubert, é a redução do intervalo entre os trens no trecho Central-Botafogo: passará dos atuais 4 minutos (Linha 1) para 2,5 minutos, o que significa uma diminuição de quase 40%. Nas pontas do sistema, no entanto, a espera deve aumentar para cinco minutos.

Com a nova conexão, os trens que partem da Pavuna seguirão diretamente até Botafogo, sem passar pelo Estácio. Os que saem da Praça Saens Peña irão até a Praça General Osório. O passageiro da Linha 2 com destino a Ipanema terá de fazer a transferência em qualquer estação do trecho entre a Central e Botafogo.

O pacote da Metrô Rio prevê também a compra de 114 carros (19 trens), que devem começar a chegar em 2011. Com as obras e as novas composições, a concessionária pretende dobrar a capacidade do metrô nos próximos anos. Para a Copa de 2014 e os Jogos de 2016, o sistema, que hoje transporta 550 mil passageiros por dia, deverá atingir a marca de 1,1 milhão de usuários (sem contar futuras expansões).

Em meio à poeira das obras, estado e concessionária divergem sobre o movimento previsto para a nova estação - a 33 do metrô. O estado estima em 85 mil passageiros/dia; a concessionária, levando em conta a estação Cantagalo, calcula de 25 mil a 30 mil usuários/dia.

INVASÃO DE CALÇADA

NOVA INVASÃO DE CALÇADA


Rua Visconde de Pirajá ao lado do 476

A construtora que não se identifica e nem exibe placa com autorização da prefeitura, avançou 4 metros na calçada. No local será construido um edificio de escritórios, a obra ainda não teve início e deverá levar uns 2 anos para ficar pronta.


PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ

video

ABRAÇO SIMBÓLICO NA PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ




SALVEM NOSSA PRAÇA

AMANHÃ À PARTIR DAS 10hs DA MANHÃ,EM FRENTE À IGREJA NOSSA SENHORA DA PAZ,O PROJETO PRESERVE IPANEMA ESTARÁ COLHENDO ASSINATURAS CONTRA QUALQUER OBRA QUE POSSA ACABAR COM NOSSO OÁSIS.



VAMOS DEFENDER O MICRO-CLIMA,O AMBIENTE,A SOMBRA E O LAZER.
DEIXEM EM PAZ A PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ !



UMA GARAGEM SUBTERRÃNEA DESTRUIRÁ O BELO JARDIM DA NOSSA PRAÇA

MOVIMENTO DE DEFESA DA PRAÇA NOSSA SENHORA DA PAZ

preserveipanema@hotmail.com

http://preserveipanema.blogspot.com