segunda-feira, 31 de agosto de 2009

CONVITE


CHOQUE DE ORDEM



No Jardim de Alah fiscalização inutiliza tonéis de mate e limonada

Fiscais jogam fora o líquido
Foto: Divulgação

.JB Online


RIO - Operação choque de ordem no fim de semana rebocou 65 automóveis estacionados irregularmente nas praias de Ipanema, Leblon e Barra e multou mais de 200. Sete kombis que serviam de depósito para barraqueiros e ambulantes de areia foram levadas para depósitos da Prefeitura.

Hoje, domingo, foram removidos em Ipanema 19 veículos, entre eles uma kombi, e mais oito na orla da Barra da Tijuca. Na Rua Borges de Medeiros, no Jardim de Alah, a operação inutilizou seis galões de limonada e mate, armazenados e produzidos de maneira inadequada dentro de uma kombi- depósito que abastecia ambulantes conhecidos como tiracolo. Dois tubos de venda também foram apreendidos dentro do veículo.

A operação de hoje, que mobilizou 20 guardas municipais, nove reboques e oito viaturas de trânsito, infracionou em Ipanema e na Barra um total de 110 veículos por estacionamento irregular. Na Zona Sul, 11 motos foram multadas por estacionar em cima de calçadas.

No sábado, o choque de ordem removeu 26 veículos na Zona Sul (Ipanema e Leblon), entre eles seis kombis, e 12 na Barra da Tijuca

GENTE FINA !!!

Cena carioca

Sexta, em Ipanema, por volta de 10h, no ônibus 37714 da linha 571 (Glória-Leblon), depois de indicar onde uma senhora deveria saltar, o trocador, mal educado, gritou pela janela: "Chama o padre Quevedo! Só ele dá jeito em mulher feia!" Referia-se àquele padre que mostrava no "Fantástico", da TV Globo, lembra?, que eram truques supostos fenômenos sobrenaturais. Que horror...
Mas...
Cena que segue, o motorista, pelo menos, foi gaiato e emendou, também aos gritos: — Melhor Padre Quevedo que Bispo Macedo! O padre é de graça! O bispo tem que pagar! Faz sentido.

OBELISCO

Após passarela, moradores de Ipanema querem demolição de Obelisco

Subprefeitura não recebeu nenhum pedido da associação de moradores.Demolição da passarela contou com 120 homens no último domingo (30).

Do G1, no Rio, com informações do RJTV


Após a demolição da passarela na Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, Zona Sul do Rio, os moradores querem que o Obelisco também deixe de fazer parte do visual do bairro

Segundo a Associação de Moradores de Ipanema, haverá uma consulta aos moradores para saber se eles querem ou não a demolição do obelisco. A pesquisa, porém, não tem data para acontecer
.
A subprefeitura da Zona Sul informou que não recebeu nenhum pedido a esse respeito, mas pode analisar o caso.

Demolição contou com 120 homens

No último domingo (30), a demolição da passarela contou com 120 homens da Secretaria de Obras, Comlurb e Guarda Municipal. Primeiro foi retirada da estrutura de ferro de sete toneladas, que ficava em cima da passarela. Depois, foi a vez da parte de concreto vir abaixo.

“Há muito tempo a gente vinha lutando para que a passarela fosse demolida”, comentou uma senhora.

“As pessoas reclamavam que a população de rua e os ambulantes usavam a passarela como refúgio. Então, contribui muito para a população tanto de Ipanema como da Zona Sul que usa a Visconde de Pirajá”, afirmou o subprefeito da Zona Sul, Bruno Ramos. Oito caminhões da Comlurb foram necessários para retirar todas as 136 toneladas de concreto e ferro.

A moradora Gleydes Nunes assistiu a demolição da cobertura do prédio onde mora. “É uma obra que não trouxe nenhuma serventia, alegria nenhuma. E agora vai abaixo”.

As associações de moradores do Leblon e Ipanema recolheram pedras de concreto e anunciaram que vão fazer um leilão com elas.

PASSARELA


Moradores comemoram demolição de passarela em Ipanema


Prefeitura estima gasto de R$ 30 mil com a obra deste domingo (30).


Moradores gostariam que Obelisco também fosse retirado do bairro.

Liana Leite


Moradores de Ipanema, na Zona Sul do Rio, dizem estar aliviados com a retirada do arco e a demolição da passarela na Rua Visconde de Pirajá, neste domingo (30). Apesar da alegria, alguns gostariam que o Obelisco no local também fosse demolido.

Didier Calveto, moradora do bairro há 45 anos, diz que pagaria a demolição se fosse preciso. "Estou tão feliz que não me importaria em colocar dinheiro do meu bolso para a demolição”, conta.

Segundo a prefeitura, a obra custou R$ 30 mil ao município. Didier também gostaria que o Obelisco fosse retirado. “Para se construir um monumento é preciso haver um motivo. Esse não simboliza nada”, explica.

Para o militar Marcos Mendes, de 44 anos, a passarela não deveria nem ter sido construída. “Nos livramos de uma poluição visual sem sentido. A passarela ligava nada a lugar nenhum”, acredita.

Foto: Liana Leite/G1 Máquina derruba passarela em Ipanema (Foto: Liana Leite/G1)A arquiteta Maria Eliza concorda com os vizinhos e deixou de ir à praia com os dois filhos para acompanhar as obras. "Ficamos curiosos para saber como seria feita a retirada da passarela", conta.

Mendigos à noite

O professor Raul Ballisto, de 48 anos, lembra que mendigos usavam a base da passarela para dormir. “Ficava perigoso durante a noite. Era mais um motivo de preocupação para os moradores”, explica.

O arquiteto Clóvis Pacheco, de 63 anos, também reclama da insegurança. “A passarela ficava exatamente em frente ao meu escritório. Além de ser uma poluição visual, era perigoso quando ainda existiam escadas nas duas laterais”, detalha. Clóvis também é a favor da retirada do Obelisco.

Escombros vão para depósito em Irajá

De acordo com a prefeitura, o material retirado está sendo levado para o depósito da Secretaria municipal de Obras, em Irajá, Zona Norte. Mais de cem homens, entre funcionários da prefeitura, guardas municipais e Comlurb, trabalham na demolição. Aproximadamente 11 máquinas fazem o trabalho.

saiba mais
Passarela em frente ao Obelisco de Ipanema será demolida Prefeitura marca para domingo demolição de passarela de Ipanema Curiosos acompanham demolição de passarela do Obelisco
--------------------------------------------------------------------------------
Para garantir a segurança, um trecho da Rua Visconde de Pirajá foi interditado, entre a Avenida Epitácio Pessoa e a Rua Henrique Dumont. Como a área é residencial, não são usados explosivos. O trabalho deve continuar até as 19h.


Ainda segundo a prefeitura, se a demolição não for concluída neste domingo, as obras continuarão na segunda-feira (31). Já o trânsito não precisará ser interrompido, já que a parte central da passarela já foi demolida.



Demolição em três etapas

A demolição é feita em três etapas. O primeiro passo foi a retirada da estrutura metálica azul, já concluída. Depois, os operários trabalham na retirada da parte de concreto amarelo, que fica sobre a pista. A última etapa será a retirada das pilastras de concreto na calçada.


A polêmica em torno da passarela começou antes mesma da construção. O obelisco e a passarela marcam o ponto onde termina o Leblon e começa Ipanema. Era ali que uma antiga linha do bonde costumava fazer a volta. A construção do monumento era parte de um projeto de reurbanização - o Rio Cidade - que começou em 1993.

A obra, inaugurada três anos depois, foi motivo de polêmica entre alguns cariocas que eram contra. Ultimamente, moradores de Ipanema reclamavam da falta de manutenção da passarela.

CURSO DE PORTEIROS

Nova turma do CURSO DE PORTEIROS

INÍCIO - 8 ,9 e 10 de setembro

HORÁRIO - de 13hs às 17hs

LOCAL - 23º BPM

O CURSO SERÁ MINISTRADO PELO TENENTE PORTELLA

OUTRAS INFORMAÇÕES - COORDENADOR - GEORGE TÁVORA

TELEFONE - 9121-8001

ATENÇÃO

Cruzamentos de Ipanema serão interditados para filmagens

CBN


RIO - Os cruzamentos da Rua Barão da Torre com a Joana Angélica e os da Rua Maria Quitéria com a Barão de Jaguaripe, Nascimento Silva e Redentor, em Ipanema, serão interditados por até cinco minutos nesta terça-feira, entre 7h e 13h para as filmagens de uma campanha publicitária. Entre 13h e 16h as interrupções ocorrem na Rua Aníbal de Mendonça.

SEGURANÇA

PRAIAS CHEIAS

Fim de semana de praias cheias,com muito sol e uma quantidade enorme de ladrões.
Se infiltravam pelas barracas para roubarem os distraídos.
Polícia nenhuma !
Hoje ,segunda feira praias vazias ,e para surpresa três policiais com direito a barraca e tudo !!!!!!
Na madrugada de domingo para segunda mais uma vez o Bar e Restaurante Vinícius foi arrombado.

PASSARELA

Ipanema fica livre da passarela

Estrutura construída em 1996 e contestada pelo moradores foi demolida pela prefeitura

POR TAMARA MENEZES, RIO DE JANEIRO

Rio - A Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema, está com nova paisagem depois que quase 120 homens, cinco caminhões, guindaste e martelo hidráulico derrubaram ontem a passarela construída em 1996 na esquina com a Rua Henrique Dumont. Moradores do Leblon e de Ipanema comemoraram a vitória, treze anos após o fim das obras do Rio Cidade.

Na demolição, que começou no início da manhã, foram usados um guindaste e um martelo-hidráulico. Foto Paulo Araújo/Ag. O Dia.“Estamos atendendo os moradores, insatisfeitos há anos. O próximo passo é recompor o passeio”, afirma o subprefeito da Zona Sul, Bruno Ramos.

O subsecretário municipal de Obras Alexandre Pinto anunciou que começa, em 15 dias, a recuperação do Rio Cidade Ipanema, Leblon e Copacabana. “Estamos retomando os contratos suspensos para renovar o asfalto onde for necessário, refazer a sinalização e trocar o mobiliário urbano danificado”, disse subsecretário.

Moradores de Ipanema e Leblon festejaram a obra. Alguns guardaram pedaços de concreto como recordação. “Esse é um resultado positivo do diálogo entre a população e prefeitura. Desde a construção fomos contra. Essa passarela ligava o nada a lugar nenhum”, conta Maria Amélia Loureiro, da Associação de Moradores e Amigos de Ipanema (Amipanema).

Polêmica desde a construção, a obra, projetada pelo arquiteto Paulo Casé e que inclui o obelisco que não foi demolido, teria custado R$ 100 mil. Já a derrubada ficou entre R$ 20 mil e R$ 50 mil.

A operação começou às 7h com a retirada da estrutura de ferro de sete toneladas do centro da passarela. Com um guindaste, a equipe soltou o trecho e cortou em partes. O resto da passarela foi derrubada com martelo hidráulico.

Moradores do bairro aproveitaram a concentração de pessoas para recolher doações para um centro de acolhimentos de cães no Jardim de Alah. Eles venderam blocos de concreto a R$ 1 da passarela para destinar o dinheiro ao abrigo.

domingo, 30 de agosto de 2009

PASSARELA

A demolição da passarela localizada na avenida Visconde de Pirajá teve início às 7h. Por volta das 15h, já estava no chão. Pela manhã, o trânsito ficou prejudicado com a interdição da via. A obra, criada pelo arquiteto Paulo Casé, era alvo de críticas estéticas e funcionais, já que não era utilizada por pedestres e servia de abrigo a moradores de rua, além de ter bloqueado a vista de apartamentos próximos.

"Estou muito aliviado. Até bati palmas quando ela veio abaixo", afirma Francisco Chaves, dono de dois bares em frente ao lugar onde ficava a passarela. Ele conta que há 32 anos tem comércio nos arredores e que a passarela só servia como abrigo para mendigos.

Construída no primeiro mandato do então prefeito Cesar Maia, entre 1993 e 1997, a passarela integrava o projeto Rio Cidade, um conjunto de intervenções urbanas na cidade e juntamente com o obelisco, que permanece em pé, tinha por objetivo marcar o local onde antigamente o bonde fazia o retorno. Recente pesquisa realizada por associações de moradores mostrou que 80% dos entrevistados defendiam a demolição. A associação de moradores de Ipanema pretende sugerir à prefeitura o plantio de árvores no local.

CHOQUE DE ORDEM

Operação choque de ordem inutiliza galões de mate na orla da cidade

O Globo

RIO - Fiscais da operação de choque de ordem na orla da cidade inutilizaram seis tonéis de mate e limonada, armazenados e produzidos de maneira inadequada dentro de uma kombi-depósito que abastecia ambulantes nas areias. Dois galões de venda também foram apreendidos dentro do veículo, estacionado no Jardim de Alah.

Na ação neste final de semana, também foram rebocados 65 veículos estacionados irregularmente nas praias de Ipanema, Leblon e Barra e multou mais de 200. Sete kombis que serviam de depósito para barraqueiros e ambulantes de areia também foram levadas para depósitos da Prefeitura.

A operação neste domingo, que mobilizou 20 guardas municipais, nove reboques e oito viaturas de trânsito, infracionou em Ipanema e na Barra um total de 110 veículos por estacionamento irregular. Na Zona Sul, 11 motos foram multadas por estacionar em cima de calçadas.

No sábado, o choque de ordem removeu 26 veículos na Zona Sul (Ipanema e Leblon), entre eles seis kombis, e 12 na Barra da Tijuca.

PASSARELA



Com plateia de cariocas, começa demolição da passarela do obelisco

Passarela do Obelisco: parte do monumento está sendo demolida neste domingo

Foto: Bruno Dias/JB

JB Online

RIO DE JANEIRO - O Rio de Janeiro começa a se despedir, neste domingo, da passarela do obelisco em Ipanema, Zona Sul da cidade. Com a presença de muitos espectadores cariocas, a demolição começou às 7:00, e às 8:45 a estrutura metálica se separou do resto do monumento. A passarela, criada em 1996 como parte do projeto Rio Cidade, sempre foi alvo de críticas entre os moradores da região.

Segundo Augusto Bossion, presidente da associação de moradores do Leblon, a demolição foi resultado uma "luta de 13 anos" por parte dos moradores. Boisson classificou a passarela como um "absurdo", declarando que obstruía o comércio local e só funcionava como "mijódromo" e dormitório de mendigos.

Segundo o morador, a associação pretendia vender as pedras da obra para realizar ações sociais, mas a prefeitura não permitiu:

- A obra pode ser do governo, mas o dinheiro é nosso - disse Boisson, indignado com a proibição.
Arnaldo Gorin é arquiteto, morador da região e possui uma loja próxima ao monumento. Assim como vários dos espectadores presentes, que filmavam e tiravam fotos, Gorin decidiu documentar a ação com uma câmera:

- Isso aqui (o monumento) é uma aberração - disse o arquiteto - estou filmando porque essa demolição é um momento histórico.

Perguntada sobre como se sentia a respeito da ação, a espectadora Maristela respondeu apenas:
- Você conhece alguém que ficou triste?

A expectativa da prefeitura é que a demolição, que está sendo realizada com máquinas (sem auxílio de explosivos), termine ainda neste domingo.

ADEUS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!











JÁ ERA ! ! !











NO CHÃO !!!!!!





Passarela do obelisco de Ipanema está sendo demolida neste domingo

O Globo

RIO - A subprefeitura da Zona Sul deu início, às 7h da manhã deste domingo, à demolição da passarela do obelisco de Ipanema, construída durante o projeto Rio-Cidade. A decisão de retirar a passarela foi tomada a pedido dos moradores, que reclamavam da questão estética e da falta de conservação da passarela.

Por causa da operação, um trecho da Rua Visconde de Pirajá ficará interditado. Até às 19h, horário previsto para término da demolição, o tráfego de veículos entre a Avenida Epitácio Pessoa e a Rua Henrique Dumont só estará permitido a moradores.

O trabalho de demolição está sendo realizado por máquinas, sem uso de explosivos. A expectativa da prefeitura é concluir todo o trabalho ainda neste domingo.

A derrubada da estrutura acontecerá pouco mais de 13 anos após a conclusão das obras do projeto Rio Cidade, em 15 de agosto de 1996. O obelisco e a passarela foram idealizados pelo arquiteto Paulo Casé para demarcar um ponto importante das antigas linhas de bondes na Zona Sul. Era ali que eles faziam o retorno. Casé, que sempre defendeu o projeto, preferiu não se manifestar sobre a decisão da prefeitura. A estrutura sempre teve função decorativa, já que suas extremidades nunca foram terminadas.

A presidente da Associação de Moradores de Ipanema, Maria Amélia Loureiro, elogiou a decisão. Ela lembrou que os moradores têm feito protestos constantes pedindo a demolição da estrutura:

- Aquilo virou um risco para a segurança dos moradores e local de descanso de mendigos.

MANIFESTAÇÃO

Militares e bombeiros fazem manifestação em Ipanema

POR ALAN FERREIRA, RIO DE JANEIRO

Rio - Um grupo de aproximadamente 300 militares e bombeiros faz uma manifestação pacífica neste domingo, na praia de Ipanema, entre os postos 10 e 12. PMs e bombeiros de diversos estados brasileiros realizam movimentos semelhantes, cujo objetivo é reivindicar a aprovação da emenda constitucional que equipara os salários deles com os vencimentos dos militares de Brasília.

Segundo um policial presente no movimento, que não quis se identificar, um soldado da PM do Rio recebe atualmente cerca de R$ 800 , enquanto no Distrito Federal o mesmo cargo é remunerado com mais de R$ 4 mil, uma diferença de 500%.

"Nossa intenção é apenas apoiar a aprovação do PEC (Projeto de Emenda Constitucional) número 300, que está sendo votado no Congresso Nacional", afirmou o PM.

É HOJE ! ! !

Passarela do Obelisco dá adeus a Ipanema hoje

Trecho da Rua Visconde de Pirajá será interditado a partir das 7h. Vizinhos do ‘monstrengo’ comemoram a demolição

Rio - A paisagem da Rua Visconde de Pirajá, entre a Avenida Epitácio Pessoa e Rua Henrique Dumont, em Ipanema, vai mudar hoje. Depois de 13 anos de luta, finalmente os moradores do bairro conseguiram que a prefeitura derrubasse a passarela construída junto ao Obelisco na divisa com o Leblon.

A demolição começa às 7h e vai até as 19h. Nesse período, o trecho ficará interditado ao trânsito — é bom evitar a região. O acesso de veículos dos moradores às garagens dos prédios na Rua Raul Redfern será mantido.

A passarela, criada pelo arquiteto Paulo Casé, foi construída durante o primeiro governo do prefeito Cesar Maia, como parte do projeto Rio Cidade. A construção, polêmica, sempre foi alvo de discussões entre os moradores da região.

Hoje, o antigo Bar 20 comemora a decisão do prefeito Eduardo Paes, tomada após manifestação há duas semanas. De acordo com as associações de moradores, uma pesquisa de opinião com a população local mostrou que 80% dos entrevistados disseram aprovar a demolição.

As reclamações sobre a construção vão desde a questão estética — muitos acham que a passarela é feia — até a segurança. Moradores reclamam que mendigos dormem no local e que os apartamentos próximos ficaram devassados.

FESTA TERIA ATÉ FOGOS

“Finalmente, tivemos nosso pedido atendido depois de anos! Essa passarela será derrubada. Vamos assistir de perto e comemorar, quem sabe, tomando um chope num bar aqui perto e com queima de fogos, se algum empresário quiser financiar a compra”, sugeriu, animada, a presidente da Associação de Moradores de Ipanema (Amipanema), Maria Amélia Loureiro.

Maria Amélia já tem ideia do que vai sugerir à prefeitura para o lugar da passarela. “Pretendemos plantar árvores. Antes, ali havia muitas. Mas precisamos ainda que alguém faça um projeto para apresentarmos ao prefeito. Primeiro, temos que saber como ficará o lugar sem a passarela”, disse.

sábado, 29 de agosto de 2009

PARQUE GAROTA DE IPANEMA


Roda de samba agita o Parque Garota de Ipanema neste sábado


Redação SRZD

O grupo Galocantô toca neste sábado, às 18h, no Parque Garota de Ipanema. O show será uma roda de samba, com músicas próprias e de Zeca Pagodinho, Chico Buarque, Arlindo Cruz e Beth Carvalho.

O grupo se formou no fim da década de 90 e, junto com nomes como Pedra do Sal, Trapiche Gamboa, faz as rodas de samba do Rio e os shows em casas da Lapa. Neste sábado, eles apresentam uma versão "afoxé" da canção A volta do malandro, de Chico Buarque, com triângulo e agogô.

O show faz parte da programação cultural de agosto e pela segunda vez acontece no Parque Garota de Ipanema.

RIO , DESTINO GAY





O Portal de Notícias da Globo



Para público GLS, Rio já é o melhor destino gay



Cidade vence pela beleza e praias destinadas ao público GLS, dizem gays.Rio concorre com Buenos Aires, Barcelona, Sidney, Montreal e Londres.


Liana Leite Especial para o G1, no Rio
Tamanho da letra





Bandeira marca área GLS na Praia de Ipanema




Candidato a melhor destino gay do mundo, o Rio de Janeiro já é campeão, diz o público GLS ouvido pelo G1 neste sábado, nas areias de Ipanema, na Zona Sul do Rio. A cidade disputa o TripOut Gay Travel 2009 com Buenos Aires, Barcelona, Sidney, Montreal e Londres.
Para a auxiliar de enfermagem Paula Azevedo, de 22 anos, a cidade ganha pelas belas praias.

“Podemos encontrar bares e boates destinados ao público GLS em qualquer lugar do mundo, mas não há nada que pague a gente poder curtir a companheira em uma praia linda e sem ninguém para incomodar”, explica.

Paula Azevedo se refere à parte da Praia de Ipanema, em frente à Rua Farme de Amoedo, na Zona Sul do Rio. O ponto possui bandeiras coloridas que demarcam a área exclusiva para o público GLS.

Faltam bares



Já o professor Marcelo Diogo, de 29 anos, acredita que a cidade precisa de mais opções de bares e pubs destinados aos gays. “Londres, por exemplo, venceria nesse quesito”, explica.
Apesar da pouca opção de bares destinados ao público, o professor acredita que o diferencial da cidade é realmente a praia. “Oferecer pontos da praia destinados especificamente aos gays é ótimo”, afirma.

saiba mais





O amigo de Marcelo, Paulo da Silva, de 37 anos, reclama da superlotação em frente à Farme e acredita que no verão o público GLS vai ocupar também outros pontos.

"Muitos gays já estão migrando para pontos em frente às ruas Vinícius de Moraes e Joana Angélica, também em Ipanema", conta Paulo. Outro ponto frequentado pelo público GLS é a praia de Copacabana, em frente ao Hotel Copacabana Palace.

Rio tem cenário mais colorido



Segundo a estudante Letícia Araújo, de 19 anos, o Rio é um dos candidatos mais fortes pela boa receptividade dos cariocas. “O pessoal daqui é mais aberto e o cenário, mais colorido. A Cidade Maravilhosa já tem meu voto”, brinca.
Para o francês Yanick Garcia, de 36 anos, o Rio já é campeão só pela sua beleza e pelo clima. “É a segunda vez que venho à cidade e pretendo voltar muitas vezes”, garante.

Campanha do governo do RJ



O governo e a Prefeitura do Rio promovem uma campanha para que a cidade seja escolhida como o melhor destino gay do mundo. O logo da campanha - "Rio, melhor destino gay" - foi incluído na última sexta-feira (28) nos sites oficiais do estado e do município.

Foto: Divulgação



Concurso quer eleger o Rio como melhor destino gay do mundo (Foto: Divulgação)
O prêmio, promovido pelo canal gay Logo, conta ainda com as categorias, também gays, de melhor festa, evento anual, bar, cadeia de hotéis, operadora de turismo, hotel ou resort de luxo e companhia aérea.
“Ganhar esse título vai ajudar o Rio a captar mais eventos internacionais, além de gerar estímulos em outros municípios para que construam políticas públicas específicas para o turismo segmentado”, disse Claudio Nascimento, superintendente de Direitos Individuais, Coletivos e Difusos da Secretaria estadual de Assistência Social e Direitos Humanos.

Rio sem Homofobia



Para Nascimento, o programa Rio Sem Homofobia tem ajudado a cidade a avançar na causa gay, com “a capacitação de gestores e trabalhadores na área da hotelaria para que saibam lidar com a questão da diversidade”.
A partir de setembro, a Secretaria inaugura um serviço gratuito de atendimento por telefone que vai oferecer informações, atendimento e dicas de programação cultural para o público LGBT (Lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros).
O vencedor será anunciado no dia 2 de novembro, durante a 10ª Conferência de Turismo. A votação pode ser feita pelo site www.tripoutgaytravel.com/awards.

OBELISCO

AMIGOS,


amanhã faremos
um movimento no OBELISCO a partir das 10:00h.
Vamos comemorar a derrubada da passarela !!!!!!
Participe também !!!

Ipanema, pela sua beleza, é orgulho de todos os cariocas

Maria Amelia -

Presidente da AMIPA-Associação de Moradores de Ipanema

AGRADECIMENTO

OS MORADORES DE IPANEMA AGRADECEM AO JORNAL DO BRASIL PELA ENQUETE FEITA EM ABRIL EM FAVOR DA RETIRADA DA PASSARELA,À AMIPANEMA(ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DE IPANEMA),PELA LUTA CONTÍNUA,AO PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA,ATRAVÉS DE SEUS VOLUNTÁRIOS QUE LUTAM POR UM BAIRRO MELHOR,AO PRESIDENTE DO CONSELHO COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA DA 23ª ÁREA INTEGRADA DE SEGURANÇA PÚBLICA,AUGUSTO BOISSON,PELA FORÇA.

AGRADECIMENTO ESPECIAL AO SUBPREFEITO BRUNO RAMOS E AO ADMINISTRADOR REGIONAL DA 6ª RA,BERNARDO CARVALHO,POR NOS RECEBEREM EM SEUS GABINETES COM NOSSO PEDIDO.

OBRIGADA ! IPANEMA AGRADECE ! !

Passarela do obelisco da Rua Visconde de Pirajá será demolida

Mario Hugo Monken, Jornal do Brasil

RIO DE JANEIRO - Um desejo de manifestado pelos moradores de Ipanema começará a ser realizado no próximo domingo: a demolição da passarela que acompanha o obelisco na Rua Visconde de Pirajá. O subprefeito da Zona Sul, Bruno Ramos anunciou que a retirada da passarela começará às 7h deste domingo e poderá ser concluída no mesmo dia
.
A decisão do prefeito Eduardo Paes de demolir a passarela surgiu após o JB Online fazer uma enquete, em abril, na qual 81% dos votantes pediram a retirada não só da passarela como também do obelisco que, por enquanto, será poupado. Paes deu um prazo de 100 dias para iniciar a demolição, tempo que expirou no mês passado. Bruno Ramos disse que a prioridade será demolir o trecho da passarela que passa sobre a pista de tráfego da Visconde de Pirajá. Caso o trabalho não seja concluída no domingo, a demolição continuará na próxima semana.

Segundo o subprefeito, a passarela, inaugurada em 1996, na gestão de Cesar Maia, hoje serve como abrigo para moradores de rua e dificulta a passagem de pedestres.
Devido à demolição, o trânsito na Visconde de Pirajá, no trecho entre as avenidas Epitácio Pessoa e Henrique Dumont, ficará interditado entre de 7h a 19h
.
Para Augusto Boisson, que acaba de ser eleito presidente do Conselho Comunitário de Segurança da 23ª Área Integrada de Segurança Pública, a retirada da passarela é uma grande vitória.
Segundo ele, a passagem não “liga nada a lugar nenhum”, tirava a privacidade de moradores dos prédios próximos, virou depósito de fezes de pombos e de focos de dengue. A passarela, de fato, nunca foi usada como tal, porque moradores dos prédios em frente reclamaram que ela retiraria sua privacidade, fazendo a prefeitura desistir de abri-la a pedestres.

Boisson ressaltou que, mesmo sem funcionar, a passarela facilita a ação de assaltantes que se escondem atrás das pilastras para atacar transeuntes. – Essa passarela foi uma grande violência contra os moradores de Ipanema e sempre atrapalhou o comércio. Além disso, virou um “mijódromo” – declarou, acrescentando que lutará também pela demolição dp obelisco que “atrapalha o trânsito”.

PASSARELA

Moradores vão leiloar pedaço de passarela de Ipanema que será demolida

Mario Hugo Monken, JB Online


RIO - A Comissão de Amigos do Jardim de Alah e a Associação de Moradores e Proprietários de Prédios do Leblon anunciaram hoje que vão leiloar o primeiro pedaço da passarela do Obelisco de Ipanema que vier abaixo neste domingo quando será feita a demolição.

Segundo Augusto Boisson, da Associação do Leblon, a ideia é arrecadar fundos para a instituição Dispensário dos Pobres, em Botafogo.

Ele disse ainda que os demais pedaços serão vendidos a R$ 1 e o dinheiro será entregue a uma mulher que adotou 200 cachorros abandonados na Zona Sul carioca para a compra de ração e comida.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

REUNIÃO - PSLI

Abaixo resumo das informações apresentadas na reunião de ontem do PSI, para ata e atualização nos blog do PSI e do LixoIpanema.

linha de ação LIXO no PSI:

foi criado o PSLI – programa solidário do lixo de Ipanema, uma força-tarefa composta por representantes dos diversos segmentos sócio-economicos do bairro, que debateu os principais problemas e demandas dos geradores, todos tendo em comum a necessidade de identificar cooperativas aptas a receberem as doações deste programa solidario.

Identificamos 5 frentes de ações que apontam para uma crescente evolução da gestão integrada dos resíduos:

1- tivemos acesso a um trabalho recém concluído que identificou 77 Unidades de Catadores no município, sendo 33 comtempladas no estudo, algumas delas beneficiadas por linha do BNDES a fundo perdido. O estudo carece de uma análise qualitativa quanto à aptidão das mesmas para receberem o material que se pretende doar, dentro dos critérios desejados (gestão financeira e de distribuição de resultados, estrutura de trabalho e de coleta), o que está previsto para as próximas etapas no desenvolvimento deste projeto, mas já nos dá um excelente mapa de situação da rede de coleta no município

2- o comitê de Gestão dos Resíduos, coordenado pela vereadora Aspásia Camargo e para o qual reporta a SMAC – Secretaria de Meio Ambiente do Município, está agindo no sentido de propor ações que possibilitem os restaurantes a direcionarem seus resíduos ORGÂNICOS para uma central de compostagem. Estão encamihando solicitação à COMLURB para que estabeleça uma coleta destes resíduos de grandes geradores. A SMAC está focada no asssunto, por força da obrigatoriedade dos órgãos públicos se adequarem para cumprirmento da legislação. Estaremos acompanhando o assunto com vista a integramos as ações

3- a AMIPANEMA – associação dos moradores de Ipanema, em parceria com a CoopCal (Cooperativa de Catadores do Complexo do Alemão) e apoio do INEA (Instituto Estadual do Ambiente) iniciou o Programa de Coleta Seletiva Solidária de Ipanema. A coordenação é do Rafael Durão, que participa do PSLI e criou o blog http://www.lixodeipanema.blogspot.com/ onde todos os interessados podem entrar em contacto e participar. No momento há 20 condomínios participando, dentro das diretrizes apontadas pelo PSLI – esta é uma ação que estimula outras similares e assim vamos ampliando a realidade da reciclagem bo Bairro

4- O programa DRS (desenvolvimento regional sustentável) do Banco do Brasil, nos contactou para indicarmos alguma entidade com experiência na capacitação de população de menor renda ( barraqueiros da praia do Leme ao Leblon) no tema educação ambiental e gestão empreendedora, para participar de parceria com o BB e a associação da empreendedores da praia. Indicamos um dos participantes do PSLI e estão em tratativas para comporem a parceria. Este trabalho é de grande impacto, os barraqueiros devem atuar como multiplicadores de uma prática ambiental que estimule e promova o comportamento dos frequentadores para a limpeza das praias

5- Proprietários de equipamentos de refrigeração antigos, como geladeiras, freezers, condicionadores de ar domésticos, comerciais, industriais e automotivos já têm à disposição uma forma ecologicamente correta de descartar ou conservar seus aparelhos. Os gases utilizados nos compressores destes equipamentos, que estão entre os causadores do efeito estufa, estão sendo regenerados a baixo custo no Rio de Janeiro, pelo Centro de Regeneração da Refrigeração Sudeste, operando desde julho/ 2007 na Zona Norte do Rio, em cumprimento ao Plano Nacional para Eliminação de Gases Refrigerantes, desenvolvido pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento). A substituição de gases CFC pelos gases HFC em uma geladeira antiga, que usa de 200 a 300 gramas de gás, custa cerca de R$ 100,00, bem mais em conta do que comprar uma nova, além da atitude atender à filosofia dos 3 R – reduzir, reciclar, reutilizar. Para nos apresentar este trabalho convidamos o coordenador de qualidade do Centro, sr ANTONIA FIALHO, para a próxima reunião do PSLI, prevista para 1º de setembro.

Acreditamos que a integração e acompanhamento destas 5 frentes permitirá alavancar os esforços individuais e dos grupos, ampliando as ações, desejo de todos.

Abraços,

Carla C. Salomão
Coordenadora Programa Solidário do Lixo de Ipanema - PSLI
Projeto de Segurança de Ipanema - PSI

CASOS DE POLÍCIA II

Enviado por Aydano André Motta -

Coisa de especialista

Outra BMW

Anteontem, às 19h, um motoqueiro embicou sua BMW na garagem de um prédio na Visconde de Pirajá, quase esquina de Maria Quitéria, numa Ipanema apinhada de testemunhas, quando ouviu o "perdeu" que anuncia os assaltos no Rio. Dois homens armados levaram a moto.

Foi no mesmo dia do roubo violento ao advogado médico Paulo Athayde. Parece ação de especialistas.

CASOS DE POLÍCIA


Roubo de moto

Polícia diz que já tem pistas dos bandidos acusados de balear médico em Ipanema


Ana Cláudia Costa, Fernanda Baldioti e Bom Dia Rio

RIO - O comandante do 23º BPM (Leblon), coronel Sergio Alexandre Rodrigues, informou na manhã desta sexta-feira que o serviço reservado de sua unidade recebeu informações de que um dos homens que teriam roubado a motocicleta do médico Paulo Athayde Salaverry Lopes seria do morro do Cantagalo. Ele disse que vai passar informações para a 14ª DP (Leblon) e que seus policiais estão investigando


No início da tarde desta sexta-feira, o diretor de Polícia da Capital, delegado Ronaldo Oliveira, afirmou que a polícia investiga a atuação de uma quadrilha especializada em roubar motocicletas BMW, como a moto do médico Segundo o delegado, do início do ano até agora, oito veículos desse mesmo modelo foram roubados. A quadrilha desmontaria as motos para vender as peças fora do estado.

Na quinta-feira, no entanto, a delegada titular da 14ª DP (Leblon), Tércia Amoêdo Silveira, que investiga o crime, negou a existência de uma quadrilha especializada em roubo de motos atuando na região. Segundo a delegada, não há qualquer registro que aponte para a existência dessas quadrilhas. A denúncia já tinha sido feita pelo presidente Associação dos Motociclistas do Estado do Rio de Janeiro (AMO-RJ), Aloísio César Brás .

Uma outra linha de investigação aponta traficantes de favelas, como Manguinhos, Mandela, Jacarezinho, Alemão e Arará, como o grupo armado que rouba motocicletas potentes. De acordo com o delegado, esses bandidos gostam de desfilar nas comunidades com motos de altas cilindradas para demonstrar poder. Depois de ouvir os depoimentos de oito testemunhas, a polícia afirmou que vai encontrar os criminosos e fazer operações para prender outros ladrões de motos.

Nesta sexta-feira, a Polícia Militar reforçou o patrulhamento com mais duas viaturas em Ipanema, na região onde o gastroenterologista foi baleado na noite de quarta-feira. Segundo a PM, os dois carros do 23º BPM (Leblon) farão ronda 24 horas em todo o bairro de Ipanema. Na manhã desta sexta-feira, na Rua Nascimento e Silva, em Ipanema, onde ocorreu o assalto, há uma patrulha da PM baseada.

Paulo está internado na Clínica São Vicente. Ele passou por duas cirurgias e continua em coma induzido, para evitar complicações . Apesar do estado ser considerado grave, o quadro se mantém estável. Os médicos responsáveis pelo atendimento vão manter o paciente sedado por 72 horas para auxiliar na recuperação. Duas balas estão alojadas no médico, uma na cabeça e outra no ombro. O paciente também está com pneumonia. Em três dias, os médicos saberão se Paulo apresenta alguma sequela.

Segundo familiares, Paulo chegava em casa por volta das 22h, na motocicleta BMW, quando foi abordado por dois homens em uma moto. De acordo com a delegada Tércia Amoedo, Paulo reagiu ao assalto. Ele teria sido atingido, pelas costas, por três tiros: dois na cabeça e um no ombro. Após os tiros, os bandidos fugiram levando a moto do cirurgião. O filho mais velho do médico, Diogo, tirou o capacete do pai e o levou ensanguentado para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. A vítima foi transferida para a Clínica São Vicente, onde foi operado pelo neurocirurgião Paulo Niemeyer.

O prédio não tem circuito de câmeras. Segundo a polícia, nos edifícios vizinhos que têm o sistema, os equipamentos não conseguiram gravar nem a chegada nem a fuga dos bandidos. Um dos seguranças da rua testemunhou tudo. Ele prestou depoimento na delegacia. Um outro homem que também faz a vigilância da área contou que o assalto foi muito rápido e que só conseguiu ouvir os tiros.

Número de roubos a motos aumentou


Um levantamento inédito feito pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) revelou, no início deste mês, que o número de roubos (com violência) de motocicletas aumentou 28,3 % nos primeiros cinco meses de 2009 em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo o ISP, 1.658 motos foram roubadas entre janeiro e maio de 2008, contra 2.128 no mesmo período deste ano.

O número de furtos aumentou 18,6%, passando de 1.164 registros, nos cinco primeiros meses do ano passado, para 1.380, no mesmo período deste ano. Em maio de 2008, a frota de motocicletas circulando no Rio era de 547.250. Em maio deste ano, este número pulou para 624.483. Um aumento de de 14,53% de 2008 para 2009.

Segundo a polícia, a maioria das motocicletas roubadas são usadas por traficantes de drogas. Somente este ano, foram recuperadas em comunidades como Jacarezinho, Manguinhos e Mangueira, mais de cem motocicletas roubadas. Na última grande apreensão, 40 motos foram encontradas com traficantes. Esses veículos estão sendo usados em sequestros-relâmpago, roubos a pedestres e em outros crimes, como "saidinha de banco" (quando o ladrão assalta clientes que saem das agências bancárias) e assassinatos por encomenda.

QUE EXEMPLO !!!!!

E MAI MANDADO POR UM COLABORADOR DO PSI

PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

QUEM DEVERIA DAR O EXEMPLO!!!

Hoje, dia 28/9/2009, houve comemoração pela CEDAE na elevatória de Parafuso, na AV. Atlântica, em frente ao Hotel Debret. TODAS AS "AUTORIDADES" PRESENTES ESTACIONARAM SEUS VEÍCULOS NA CALÇADA CENTRAL, ONDE EXISTE DESENHO DE BURLE MARX COM PEDRAS PORTUGUESAS.

QUE NOVIDADE !!!!!

Reincidentes

Manobristas dão a volta em fiscais e atuam sem alvará em Ipanema

Maria Elisa Alves e Selma Schmidt

RIO - Enquanto alguns se regularizaram, outros pontos com serviço de manobrista na Zona Sul foram flagrados nesta quinta-feira, pelo GLOBO e por fiscais da Secretaria Especial de Ordem Pública (Seop), descumprindo a legislação municipal. Nesta quinta, no segundo dia consecutivo de operações contra valet irregulares, cinco restaurantes sofisticados da Zona Sul foram autuados.

Em Ipanema, vários serviços sem alvará funcionavam normalmente, mas de forma discreta, sem os armários e ombrelones que identificam os manobristas.

Na porta do restaurante Bazzar, por exemplo, um funcionário da Prime Valet Parking alegou ao GLOBO que estava ali apenas para dizer aos clientes que não poderia estacionar. Minutos antes, porém, ele havia manobrado um carro. Na porta do Centro Médico Ipanema, multado na quarta-feira, a desculpa era a mesma. Mas no local o manobrista também foi flagrado entregando o carro a uma cliente.

No Esplanada Grill, o serviço era feito normalmente, embora o alvará, conseguido na quinta, estivesse "ainda sem uma assinatura", segundo o manobrista. Na porta da loja Mixed, o manobrista confessava estar sem alvará, mas sabia na ponta da língua os restaurantes vizinhos que já haviam conseguido a permissão, como o Via Sete e o Le Vin Bistrô, multado na quarta.

PEGA LADRÃO !!

Sargento prende ladrão em Ipanema após perseguição

Rio- Maria Elisa Alves

Um sargento do 23 BPM perseguiu no começo da noite um homem que tentava roubar o toca-fitas de um carro estacionado na Lagoa. Depois de correr atrás do ladrão pela Rua Garcia D´Ávila, o policial pegou um táxi para tentar localizar o bandido, que foi encontrado, por uma outra patrulha, na Rua Barão de Jaguaripe. Ao ser abordado, o ladrão tentou fugir, mas foi contido por seguranças da rua. O caso foi encaminhado à 14 DP.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

POLUIÇÃO








Poluição do Rio Rainha é a fonte da sujeira na Praia do Leblon




Os cariocas se acostumaram com os boletins do governo do estado sobre as condições de balneabilidade da orla: a Praia do Leblon está quase sempre imprópria para banho e são raros os dias em que as autoridades recomendam a água nas cercanias do Morro Dois Irmãos. Mas Ipanema — exceto no trecho próximo ao Jardim de Alah —, Arpoador e Copacabana, porém, ganham classificações melhores e, normalmente, têm o acesso recomendado aos banhistas. A explicação para a diferença entre Leblon e seus vizinhos, por mais que compartilhem o mesmo espelho d’água, passa pelo Rio Rainha, que, desconhecido por muitos moradores da região, desemboca no canal da Avenida Visconde de Albuquerque.

O Rainha tem dois braços principais, um começa na favela da Rocinha e o outro na região acima do Parque da Cidade. Até chegar ao canal para desaguar na Praia do Leblon, o rio, límpido na nascente, muda de cara e ganha coloração escura, espuma e o cheiro inconfundível de esgoto.

O fenômeno tem explicação: são 43 pontos irregulares de despejo de dejetos no Rainha, de acordo com mapeamento do governo do estado. O destino é um só: a Praia do Leblon.

PRAIAS




Enviado por Flávio Tabak -




A economia milionária das barracas de praia



A caixa-preta das barracas que ocupam as areias das praias do Leme ao Leblon começou a ser aberta. A iniciativa partiu dos próprios barraqueiros, que contrataram uma empresa de auditoria para levantar os principais pontos irregulares do comércio de praia, que movimenta, só do Leme ao Leblon, pelo menos R$ 14,796 milhões por ano.

A primeira descoberta: Ipanema tem quase o mesmo número de barracas que Copacabana, embora ocupe um trecho bem menor de areia. São 138 tendas contra 144 da vizinha mais famosa. Em seguida, aparecem Leblon (56), Leme (53) e Arpoador (20). A estimativa é da Praia S.A, uma
das associações de barraqueiros da orla.

DIÁRIO OFICIAL

D.O.Rio de 27/08/2009


AUTORIZA INTERDIÇÃO AO TRÁFEGO DE VEÍCULOS NO BAIRRO IPANEMA PARA VIABILIZAR SERVIÇO DE DEMOLIÇÃO DE ESTRUTURA DO OBELISCO DA RUA VISCONDE DE PIRAJÁ.

O COORDENADOR DA COORDENADORIA DE REGULAMENTAÇÃO E INFRAÇÕES VIÁRIAS - TR/CRV, no uso de suas atribuições legais,

CONSIDERANDO o constante no e-mail s/nº da Subprefeitura da Zona Sul, do dia 25/08/09,

CONSIDERANDO o disposto no Art. 95 do Código de Trânsito Brasileiro,

CONSIDERANDO o parecer da CET/CRT AP 2.1,

R E S O L V E :


Art. 1º Autoriza a interdição do trânsito na Rua Visconde de Pirajá, trecho entre a Avenida Epitácio Pessoa e a Rua Henrique Dumont.

Parágrafo Único. O acesso de moradores às garagens da Rua Paul Redfern deverá ser mantido.

Art. 2º Esta autorização só será válida se forem cumpridos os dispositivos contidos nos artigos 94 e 95 do Código de Trânsito Brasileiro, ficando o infrator pela inobservância dos aludidos dispositivos sujeito a multa que varia entre R$ 53,20 (cinqüenta e três reais e vinte centavos) e R$ 319,20 (trezentos e dezenove reais e vinte centavos), independente das cominações cíveis e penais cabíveis.

Art. 3º A presente portaria terá validade no horário de 7h às 19h do dia 30 de agosto de 2009, revogadas as disposições em contrário.

FISCALIZAÇÃO


Fiscalização

Mais cinco sofisticados restaurantes da Zona Sul são autuados por Valet Parking irregular


O Globo


RIO - Duas blitzes simultâneas de fiscalização de Valet Parking realizadas na tarde desta quinta-feira na Lagoa, no Jardim Botânico, Leblon, Ipanema e Gávea vistoriaram 20 pontos e constataram a atividade irregular em cinco tradicionais restaurantes dos bairros. Foi o segundo dia consecutivo da operação, comandada pela Secretaria especial de Ordem Pública (Seop).


No Leblon, a fiscalização autuou o Antiquarius, localizado na Rua Aristides Espíndola, por falta de alvará para oferecer o Valet Parking. Na Rua Bartolomeu Mitre, no mesmo bairro, o Giuseppe Grill apresentou alvará para oferecer o serviço, mas foi autuado por não apresentar cupom fiscal aos clientes. Ambos tiveram que interromper o serviço de manobrista. Outros três restaurantes foram flagrados sem alvará para operar Valet Parking, dois no Jardim Botânico e um na Fonte da Saudade. O Frontera, localizado na Rua Maria Angélica, teve recolhido o armário de chaves e sombreiros. O restaurante Quadrifoglio, na Rua JJ Seabra apesar de não cobrar pelo serviço de manobrista, não tinha alvará para efetuar a atividade, que também foi interrompida. Na Fonte da Saudade, o restaurante Bistrô e Padaria também foi autuado e teve o armário de chaves apreendido.

Na quarta-feira, o Choque de ordem havia vistoriado 79 pontos (entre restaurantes, centro médico e academia de ginástica) nos bairros de Ipanema e Leblon e multado 24 estabelecimentos por irregularidades no serviço de Valet Parking.

VIVA !!!!!!!!!!!!!


No chão

Prefeitura vai demolir passarela do obelisco no domingo


Luiz Ernesto Magalhães

RIO - A subprefeitura da Zona Sul marcou para este domingo a demolição da passarela do obelisco de Ipanema construído durante o projeto Rio-Cidade na década de 90. A decisão foi tomada a pedido dos moradores, que recalamavam da questão estética e da falta de conservação da passarela, projetada pelo arquiteto Paulo Casé.

Segundo o subprefeito da Zona Sul, Bruno Ramos, a operação vai durar o dia inteiro. O trânsito na Rua Visconde de Pirajá entre a avenida Epitácio Pessoa e Henrique Dumont ficará interrompido ao trânsito das 7 às 19h.

ASSALTO

Polícia diz que médico baleado em Ipanema reagiu ao assalto

Segundo delegada, vítima foi atingida quando lutava com assaltante.

Polícia investiga itinerário para identificar suspeitos de levar moto BMW.

Liana Leite

Especial para o G1, no Rio

A delegada titular da 14ª DP (Leblon), Tércia Amoedo Saraiva, informou que o médico Paulo Athayde Lopes, baleado em Ipanema, na Zona Sul do Rio, na noite de quarta-feira (26), reagiu ao assalto.

Segundo a delegada, o médico - especialista em cirurgia bárica - foi atingido no momento que lutava com um dos suspeitos na tentativa de evitar que levassem sua moto BMW.

“O médico estava brigando com um dos suspeitos enquanto o outro disparou", explicou.

Ainda segundo a delegada, a polícia está investigando o itinerário feito pela vítima para descobrir de onde são os assaltantes. “Estamos com equipes na rua para solucionar o mais rápido possível esse crime abominável”, acrescentou.

De acordo com o irmão do médico, Luiz Carlos Pereira da Silva, de 70 anos, Paulo tem verdadeira adoração por motos, mas não é uma pessoa violenta. “Não sabemos se ele reagiu, mas a moto tinha seguro. Não era necessário que os bandidos cometessem essa violência”, contou.

Antes de ser informado pela polícia do teor dos depoimentos das testemunhas, Luiz acreditava que o irmão não reagira ao assalto.

Médico mexeu dedos

No momento do assalto, a mulher e a filha de 6 anos do médico estavam na varanda e teriam visto toda a ação. “A família está em estado de choque, mas pelo menos meu irmão já mexeu os dedos das mãos”, conta Luiz, esperançoso.

Ainda segundo o irmão, Paulo está com duas balas alojadas. Uma no ombro e outra na cabeça. “O capacete dele teve a mesma função do de Felipe Massa. Salvou sua vida”, detalha.

Sensação de insegurança

Vizinhos reclamam da sensação de insegurança na Rua Nascimento Silva, onde o médico foi baleado. Após o crime, um carro do 23º BPM (Leblon) fará plantão durante toda a quinta-feira (27) no local.

Segundo os moradores do bairro, o policiamento na rua é raro e os casos de assalto se multiplicam na área.

De acordo com uma vizinha do médico, que preferiu não se identificar, prédios já foram invadidos e uma amiga teve o carro roubado há menos de um mês.

“Eu não conhecia o médico, mas já chorei muito. Essa patrulha só está estacionada aí por causa do crime, mas depois que já aconteceu não adianta mais nada”, revolta-se.

Segurança paga

A bióloga Ana Paula Leite, de 40 anos, também está indignada. “Passeio com meu cachorro todo dia aqui pela Nascimento Silva e raramente vejo policiamento. Somos obrigados a pagar segurança particular para poder dormir em paz”, diz.

Sandra Regina dos Santos, de 53 anos, é empregada doméstica do prédio ao lado da vítima e escutou quatro ou cinco tiros. “Eu estava no meu quarto quando ouvi uns quatro tiros. Eu e minha patroa fomos correndo para a varanda, quando vimos dois rapazes bem vestidos saindo com a moto. O médico já estava sendo socorrido pelo filho”, contou Sandra, que também se sente insegura.

Em nota a PM informou que vai reforçar o policiamento na região.

Médico está em coma induzido

De acordo com a assessoria de imprensa da Clínica São Vicente, onde o médico está internado, o estado de saúde dele é grave. Paulo Athayde está sendo mantido em coma induzido e as balas permanecem alojadas. Um novo boletim médico será divulgado no início da tarde desta quinta, após o resultado de uma tomografia.

O médico foi operado na Clínica São Vicente pelo neurologista Paulo Niemeyer durante a madrugada desta quinta-feira (27). O primeiro atendimento foi feito no Hospital Miguel Couto, no Leblon, Zona Sul.

Capacete protegeu

Segundo testemunhas, o capacete protegeu o médico que chegava em casa em sua moto. Dos quatro ou cinco tiros que foram disparados contra a cabeça da vítima, três foram desviados pelo capacete, mas um atingiu a nuca do médico.

De acordo com a polícia, após atirarem, os criminosos fugiram levando a moto importada da vítima, que foi comprada recentemente.

Um dos seguranças da rua testemunhou o crime e prestou depoimento na delegacia. Outro vigilante que também faz a segurança da área contou que o assalto foi muito rápido.

ASSALTO

Médico baleado em Ipanema está em coma induzido

Cláudio Motta

RIO- O gastroenterologista Paulo Athayde Salaverry Lopes, de 54 anos, está em coma induzido e foi operado nesta madrugada na Clínica São Vicente. Seu estado é considerado grave, mas controlado. Na manhã desta quinta-feira, ele fará uma tomografia. De acordo com familiares, o médico foi atingido na cabeça e no ombro durante uma tentativa de assalto ontem à noite em Ipanema.

O QUE PODE E O QUE NÃO PODE


Cozinha à beira-mar vai acabar


Queijo coalho, camarão, churrasquinho e outras guloseimas serão proibidas. Prefeitura vai reduzir barracas e camelôs


POR CHRISTINA NASCIMENTO, RIO DE JANEIRO

Rio - Churrasquinho, camarão, queijo coalho no espeto e sanduíche caseiro estão com os dias contados nas praias cariocas. Esses aperitivos tradicionais não poderão ser mais vendidos nas areias, conforme as regras da prefeitura que entram em vigor antes do verão.

.
Gilson vende espetos de camarão, item que será banido das praias, mas não esquenta: ‘Vendo o que for permitido’.A reorganização do setor já deve começar semana que vem, quando está prevista a publicação do edital de cadastramento dos ambulantes da orla. Em seis praias, as barracas estarão proibidas na areia.

Serão 800 vagas para quem atua em pontos fixos e 1.500 para os que ficam circulando, como o ‘Informe do DIA’ adiantou no dia 7. Algumas mudanças devem gerar polêmica, como o fim dos ‘vendedores de fim de semana’.
Quem for regularizado para ter barracas na areia terá de trabalhar pelo menos dois dias úteis, além do sábado e domingo. Para ninguém burlar a regra, batalhão de fiscais da prefeitura e da Guarda Municipal vai para as areias fazer o controle das presenças.

O mesmo, porém, não vale para o ambulante que vende produtos a tiracolo. “Tomara que isso aconteça mesmo. Venho para Copacabana todos os dias há 20 anos. Quem precisa desse dinheiro para sobreviver vem com sol ou com chuva”, afirmou o Miracir Gomes da Silva, 65 anos.

Os ambulantes já vão usar uniformes neste próximo verão e as barracas estarão padronizadas na medida de três metros por três. Também não será permitida a venda de bebida em recipientes de vidro.

Por questões ambientais, as barracas de areia vão deixar de existir nas praias do Diabo, da Reserva, do Abricó, Grumari, em trechos da Macumba e na Prainha. Os comerciantes que já tiveram autorização da Coordenação de Licenciamento e Fiscalização para atuar na areia desses lugares serão realocados em outras praias.

A previsão do Comitê de Orla, ligado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente é que em 15 de dezembro todas as licenças estejam entregues aos ambulantes. O cadastramento vai ser dividido em duas etapas, assim como está sendo feito para quem atua no asfalto. Na primeira etapa, serão priorizados os camelôs que já têm licença. Na outra, será a vez de quem deseja ter a autorização.

“Se não puder vender meu camarão, não tem problema. Vou arranjar um produto permitido”, afirmou Gilson Mariano, 31 anos, que lucra com a venda de espetinhos do crustáceo até R$ 1.500 por mês.

ISSO PODE!


Vender cerveja em lata, refrigerante e água mineral em lata ou plástico, coco verde, caipirinha, sucos e refrescos industrializados e embalados, sanduíches prontos e embalados, biscoitos, batata-frita industrializada, sorvetes embalados. O comércio de bijuterias, bonés e protetores solares é exclusivamente para os comerciantes ambulantes sem ponto fixo.

ISSO NÃO PODE!


Comercialização de churrasquinhos, queijos, salgados e similares e a utilização de recipientes de vidro. Também não será permitido jogar, na beira da água, frescobol no horário compreendido entre 8h e 16h, aos sábados, domingos e feriados, em dezembro, janeiro, fevereiro e março. Também não está autorizado o passeio com animais na areia.

SOLIDARIEDADE

Enviado por Bairros.com
-

Leite em pó para crianças de baixa renda com lábio leporino

As filiais da Cultura Inglesa da Zona Sul estão arrecadando leite em pó para o Projeto Súditos do Leite, que ajuda crianças de família de baixa renda portadoras de fissura labiopalatal (lábio leporino). Durante agosto e setembro, qualquer tipo de leite em pó e, principalmente, Nestrogeno 1 e NAN 1 (para bebês de até seis meses) podem ser entregues na secretaria das filiais da Cultura Inglesa de Botafogo, Copacabana, Cosme Velho, Flamengo, Ipanema, Jardim Botânico e Leblon.

Normalmente, essas crianças têm dificuldade de mamar ao seio e precisam do leite em pó, o que é uma dificuldade para as famílias desfavorecidas. Cada criança contemplada, de até 2 anos de idade, recebe 6 latas/sacos de leite em pó integral para sua dieta domiciliar mensal. Para a primeira cirurgia de correção deste defeito congênito, realizada por volta do 6º mês de vida, os bebês precisam estar bem nutridos
.
Após esta primeira cirurgia, o bebê continua recebendo acompanhamento médico mensal e nestas visitas recebe sua cota de leite, para que seu estado nutricional se mantenha normal até a segunda cirurgia, realizada entre um ano e meio e dois anos de idade, para o fechamento do “céu da boca”. O adiamento das cirurgias reparadoras, devido a um quadro nutricional desfavorável, pode trazer prejuízos à estética do rosto e ao desenvolvimento da fala
.
O Projeto Súditos do Leite foi criado pela Associação Saúde Criança Repensar e sua missão é acompanhar, intervir e resgatar a saúde integral, a auto-estima e a cidadania das famílias das crianças atendidas no CEFIL (Centro de Tratamento de Fissuras Labiopalatais do Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto), localizado na Ilha do Governador
.
Saiba onde doar: Botafogo - R. São Clemente 258 / 2º andar - (21) 2527-0158 /(21) 2527-8855
Copacabana - Av. N.S.Copacabana 619 / Sobreloja - (21) 2547-0411 /(21) 2547-2988
Cosme Velho - Rua Cosme Velho 98 - (21) 2557-3498 /(21) 2225-5980 Flamengo - Rua Marquês de Abrantes n.º 52 - (21) 2556-0725 /(21) 2205-0259
Ipanema - R. Barao da Torre 480 - (21) 2523-2597 /(21) 2247-2442
Jardim Botânico - R. Jardim Botânico 667 - (21) 2294-6799 /(21) 2294-6849
Leblon - R. Cupertino Durao 78 - (21) 2274-4349 /(21) 2274-4762Enviado por Bairros.com -

FALTA DE SEGURANÇA

Médico é baleado em assalto, em Ipanema

Natanael Damasceno

RIO - O cirurgião Paulo Athayde Salaverry Lopes, de 54 anos, foi baleado na noite de ontem, em Ipanema, na Zona Sul. Segundo familiares, Paulo chegava em casa, na Rua Nascimento Silva, em sua moto BMW, que acabara de pegar da concessionária, quando foi abordado por dois homens em uma moto. Ele teria reagido e entrado em luta corporal com um dos criminosos. O outro assaltante, então, efetuou cinco disparos em direção à cabeça do médico. Quatro resvalaram no capacete, mas uma bala atingiu Paulo.

Após os disparos, os bandidos fugiram com a moto do neurocirurgião. O médico foi socorrido pelo filho mais velho e levado para o Hospital Miguel Couto, na Gávea. Depois foi removido para a clinica São Vicente. Segundo os médicos, seu estado de saúde é grave.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

FOTO DE UM COLABORADOR


Essa foto foi tirada para mostar como ficam as ruas de Ipanema.
RUA HENRIQUE DUMONT 68
Lixo que as lojas deixam quando fecham no horário comercial até à noite quando a COMLUB passa.
Antes da COMLURB,passam os catadores que se encarregam de espalhar tudo.

MANOBRISTAS IRREGULARES

Seop multa estabelecimentos em ação contra serviço irregular de manobrista

Dezesseis empresas não tinham alvará
.
Empresa com alvará cometia outras irregularidades.

Do G1, no Rio

Fiscais da Secretaria especial de Ordem Urbana do Rio (Seop) multaram 17 estabelecimentos durante uma ação contra o serviço irregular de manobristas realizada nesta quarta-feira (26) em Ipanema e Leblon, na Zona Sul.

Dos estabelecimentos multados, apenas um tinha alvará, mas o local não cumpria outras exigências estabelecidas em decreto, tais como: seguro contra incêndio, nota fiscal, afixar em local visível e apropriado o preço e o local de guarda do veículo.

A falta de alvará, seguro obrigatório contra acidente e incêndio, local para estacionamento e emissão de nota fiscal foram as principais irregularidades constatadas durante o choque de ordem.

Quiosques retirados

Quinze quiosques instalados de maneira irregular na Rua Nelson Mandela, próximo à saída da estação de metrô de Botafogo, foram retirados do local pela subprefeitura da Zona Sul. A ação terminou por volta da meia-noite de terça-feira (25) e contou com a participação de cerca de 60 agentes.

As barracas estavam instaladas anteriormente na Rua São Clemente, mas os próprios barraqueiros transferiram os quiosques para a calçada da Rua Nelson Mandela, sem a autorização da prefeitura.

Segundo a subprefeitura, os proprietários começaram a ser notificados para deixar o local em março, mas a determinação não foi cumprida. Na sexta-feira (21), uma última notificação foi enviada pela prefeitura. O documento determinava que eles deixassem o local num prazo 48 horas.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

COLABORAÇÃO !



Olá Amigos,

Vale a pena informar que já demos a largada para a vaquinha do Projeto Harmonicanto Música e Cidadania. Já consta 0,03% de nossa meta e esperamos chegar perto dos 100%.

Colaboração Mínima de R$ 1,00

Nossa primeira colaboradora com o valor de R$ 20,00

- Susiellen Ribeiro Uchoa, em 21/08/2009


O projeto da vaquinha foi intencionalmente para adquirir uma sede e um transporte para o Projeto ( http://harmonicanto.multiply.com/), pois desde que iniciou-se em 2006 a professora Cassia Oliveira tira de seu próprio bolso para custear o projeto: aluguel, telefone, transporte e etc...

Por diversas vezes houve a "quase" desistência, mas por amor a este projeto continuou-se trabalhando com a música e outras oficinas com voluntários para essas crianças.

Estamos em uma nova fase de mudanças, onde recebemos a notícia que a atual sede onde fica situado o projeto terá que ser entregue até o final deste ano em 12/2009, essa notícia que tornou os dias mais corridos.

Enfrentamos mais uma etapa mais etapa, mas a intenção do Marketing Social do Harmonicanto no momento é adquirir uma nova sede desta vez própria e um transporte, pois o carro de Cássia que tinha esta função infelizmente não funciona mais.

Por este motivo e buscando algumas fontes de conhecimento, pelo fato do Harmonicanto ainda estar se legalizando e por ser um processo que demora um pouco. Criamos uma fonte arrecadadora através do site da "VAKINHA" .
Acessem http://www.vakinha.com.br/Vaquinha.aspx?e=5201&pwd=%Password% e contribuam repassando para um amigo ou quem sabe uma vaquinha entre eles, até mesmo em seu local de trabalho.




O Harmonicanto não possui patrocínio oficial, e todo trabalho conta com a ajuda de voluntários, vendas de trufas e bazar de brechó ou doações.

Somos um projeto amplo, que conquista seu espaço dia após dia.

O que é o Vakinha.com.br - O Vakinha.com.br é um portal destinado à criação e gerenciamento de vaquinhas online. Nele, você pode criar e contribuir com vaquinhas para festas, casamentos, despedidas, formaturas, churrascos, e qualquer outro evento onde juntar a turma em torno de um objetivo seja importante. Para quem faz a vaquinha, o Vakinha.com.br é o meio mais prático de avisar os amigos e juntar o dinheiro. Para quem contribui, fica muito mais fácil ajudar. O Vakinha aceita pagamentos por transferência, boleto, cartão de crédito, ... O dinheiro vai diretamente para a conta do usuário no PagSeguro, sistema de pagamentos online do UOL. É rápido, fácil e seguro! Experimente! Boas vaquinhas! Equipe Vakinha.com.br


Atenciosamente,
Joana Lopes Cardoso Santos
Marketing Social Harmonicanto Música e Cidadania
Tel: (21) 2267-6748 / 8591-5200
e-mail: marketing_harmonicanto@oi.com.br

CHOQUE DE ORDEM

Operação acolhe 30 moradores de rua no Leblon e Ipanema

Redação SRZD

Trinta pessoas em situação de rua foram acolhidas durante uma operação coordenada pela subprefeitura da Zona Sul e pela 6ª Região Administrativa, na manhã desta terça-feira, nos bairros do Leblon e Ipanema.

A ação coordenada pelo assessor da subprefeitura, Bruno Ferraz, foi baseada em denúncias de moradores e contou com o apoio da secretaria de Assistência Social e da Comlurb. Os agentes percorreram as ruas Ataulfo de Paiva, Humberto de Campos, Afrânio de Melo Franco, Visconde de Pirajá, Joana Angélica, entre outras. Também foram acolhidos moradores de rua na Praça Santos Dumont, na Gávea.

Todos os acolhidos eram adultos e não houve resistência. As trinta pessoas foram encaminhadas para o abrigo da prefeitura na Praça da Bandeira. De acordo com os agentes da Guarda Municipal e da Polícia Militar, que também deram apoio à operação, não houve apreensão de armas ou drogas.

PROJETO ECOAR



Projeto Ecoar, com sede no Teatro Odisseia, promove festas, espetáculos teatrais e palestras
Ana Carolina Morett

RIO - Arte e consciência ambiental podem ter muita coisa em comum, e é com uma extensa programação que o festival universitário de artes Ecoar pretende mostrar na prática como "ligar os elos". A partir desta terça-feira (25.08), o Teatro Odisseia, na Lapa, vai receber espetáculos, festas e exposição de fotos, além de promover ações de recolhimento de lixo reciclável e doação de livros. O projeto se estende ainda com palestras, realizadas no Centro Cultural Justiça Federal (CCJF), dinâmica com a dançarina Márcia Rubin na praia de Ipanema, e trilha ecológica na Floresta da Tijuca.


- Esse é o projeto número zero, o embrião. Queremos fazer esse teste para no ano que vem prepararmos algo ainda maior. O nosso foco é o teatro, mas a programação é toda pensada para atingir um público variado, não apenas jovens atores. Unir esses dois pontos, arte e sustentabilidade, é fundamental no meio artístico. A reutilização viabiliza uma produção mais barata, é uma ferramenta importante para facilitar a produção - diz Felipe Argollo, um dos curadores do evento, que tem também como idealizadores Fred Tolipan e Lara Schueler.

Na I Mostra de Teatro Reciclagem Cantão, serão apresentados espetáculos de profissionais em formação vindos do Rio, Minas, São Paulo e Pernambuco. Entre as peças, estão "Woyzeck", com atores da Unirio, e "(Des)esperando", da USP. As montagens também concorrem a prêmios através do voto da plateia, que vai receber uma ficha com informações e questões a responder sobre a peça apresentada. Nesta quarta (26.08), o Baile Curinga vai reunir DJs, artistas visuais e malabaristas na casa da Lapa. No domingo (30.08), a festa DuÔba encerra a programação.

Confira a programação completa do festival:

MOSTRA DE TEATRO RECICLAGEM (sempre às 20h, no Teatro Odisseia. Grátis):

TERÇA-FEIRA (25.08):

Espetáculo: "Woyzeck" / Instituição: UNIRIO - RJ

QUARTA-FEIRA (26.08):

Espetáculo: "Canoeiros da alma" / Instituição: UFU - MG

QUINTA-FEIRA (27.08):

Espetáculo: "(Des)esperando" / Instituição: USP - SP

SEXTA-FEIRA (28.08):

Espetáculo: "A boa" / Instituição: UFRJ - RJ

SÁBADO (29.08):

Espetáculo: "Enamorados" / Instituição: SESC - PE

DOMINGO (30.08):

Espetáculo: "Verdade é o mesmo que mentira" / Instituição: Univercidade - RJ


PALESTRAS (no Centro Cultural Justiça Federal, às 18h. Grátis):

SÁBADO (29.08): Reutilização de material. / Palestrante: Andres Sebilia - Instituição SESC Nacional / Departamento SESC Ciência

DOMINGO (30.08): Formação do ator no mercado de trabalho. / Palestrantes: Diretores das instituições apresentadas na I Mostra de Teatro Reciclagem Cantão. / Mediador: Fred Tolipan


EXPOSIÇÃO 'RE-CLIQUE' (de 25 a 30 agosto):

- O fotógrafo Thiago Facina utiliza metalinguagem na construção da imagem. São fotos feitas a partir de outras fotos e assim por diante até compor o retrato final. A ideia é relacionar o processo de reaproveitamento e reciclagem com a fotografia, construindo uma imagem a partir de outras imagens.

'AGORA' - MARCIA RUBIN (sábado, 29.08, às 14h, no Coqueirão):
- A bailarina e coreógrafa Márcia Rubin dirige uma dinâmica com trinta jovens atores na praia de Ipanema. A atitude e o movimento dos corpos em "parede" revelam imagens que habitam o inconsciente coletivo e se misturam, de forma concreta, a ações cotidianas.

TRILHA ECOLÓGICA (domingo, 30.08, às 10h):

- Trilha da Pedra Bonita - Floresta da Tijuca. / O projeto propõe um mutirão para recolher o lixo encontrado na trilha. / Ponto de encontro: Parque Lage (Rua Jardim Botânico 414, Jardim Botânico). Inscrição: sapo@sapoproducoes.com / OBS: atividade sujeita às condições do tempo.

FESTAS:


BAILE CURINGA (quarta-feira, 26.08, a partir das 22h):
- Esta edição promove um baile a fantasia que busca integrar o público com a atmosfera teatral. Equipe Curinga de Som e Imagem, um combo de DJ´s, artistas visuais, produtores, malabaristas é composta por Cristiano Marinho (Jones Del Mar), Marcos Ramos Daniel Tambarotti , Zé Brandão, Sandro Menezes e Thiago Facina.


DUÔBA - FESTA + INTERVENÇÃO (domingo, 30.08, a partir das 22h):

- Em sua sétima edição, a DuÔba transforma a noite carioca trazendo uma nova proposta: abrir espaço para novos talentos e trazer ao grande público um conceito atual de se fazer arte. A noite inicia com a participação do DJ Baumgratz aquecendo os tambores para a premiação da Mostra de Teatro, seguido do show dos músicos da Orquestra Voadora e, fechando, o DJ Galalau.


PROJETO CANTÃO - EU AMO LER (De 25 a 30 de agosto):


- Ponto de troca e doação de livros no Teatro Odisseia, sede do festival. Este ponto ficará ativo durante todo o período do festival e os livros arrecadados serão doados para a biblioteca de uma comunidade carente a ser escolhida pela produção do evento.


COLETA SELETIVA (de 25 a 30 de agosto):

- Ação promovendo o recolhimento de lixo reciclável na sede do festival, durante toda sua realização. O lixo será doado para uma cooperativa de reciclagem.


Mais notícias no site do Rio Show. Confira
Teatro Odisseia - Av. Mem de Sá 66, Lapa. Tel: 2224-6367. Espetáculos teatrais têm entrada gratuita

Palestras - Centro Cultural da Justiça Federal - CCJF. Av. Rio Branco 241, tel: Centro. Entrada gratuita

Festas: R$ 10 (lista amiga ou fantasiado); R$ 15 (antecipado, livro para doação ao projeto 'Eu amo ler', meia-entrada); R$ 20 (com filipeta); R$ 30 (inteira)


COMBO ECOAR: Curinga + Duôba, R$ 20

INCRÍVEL !!!

http://www.youtube.com/watch?v=T7GzfMD6LHs

SERIA GENIAL SE O BRASIL FOSSE CAPAZ !

LAGOA RODRIGO DE FREITAS


Começa hoje o trabalho de despoluição da Lagoa Rodrigo de Freitas


Agência Brasil


RIO - O trabalho inicial de despoluição da Lagoa Rodrigo de Freitas, um dos cartões postais do Rio de Janeiro, será iniciado nesta terça-feira, com a realização dos serviços de limpeza e filmagem das galerias de águas pluviais do entorno da Lagoa. A operação técnica auxiliará na identificação de possíveis lançamentos clandestinos de esgotos, que são drenados para as galerias de águas pluviais e podem acabar na Lagoa, e na limpeza das tubulações.

A despoluição da Lagoa Rodrigo de Freitas resulta de parceria entre a Companhia estadual de Água e Esgoto (Cedae) e o grupo EBX, do empresário Eike Batista. O serviço, que será feito com o auxílio de um robô de alta tecnologia para verificação das galerias de águas pluviais, tem prazo de 60 dias para ser executado, ao custo de R$ 500 mil.

A operação de limpeza e filmagem interna das redes é uma etapa muito importante do processo de despoluição da Lagoa Rodrigo de Freitas, informa a Cedae, pois permitirá melhor escoamento e drenagem das redes de esgotamento sanitário, galerias de águas e da galeria de “cintura” da Lagoa. Serão removidos sólidos e gorduras de cerca de 60 quilômetros de redes.

Segundo a Cedae, nessa primeira etapa do processo de despoluição da Lagoa vão trabalhar 25 funcionários da empresa e do grupo EBX. Eles contarão com dois veículos tipo vácuo-flex, dois sewer-jet e uma van, equipada com um robô de filmagem.

Também o Programa de Melhoria Ambiental da Lagoa vem sendo executado. Até agora, as novas elevatórias já inauguradas beneficiam diretamente 180 mil moradores de diversos bairros da zona sul. De acordo com a Cedae, a quantidade de coliformes fecais na Lagoa caiu de 16 mil em 2006 para 1.000 por 100 mililitros atualmente, dentro do padrão estabelecido pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) para que a água seja considerada própria para banho.

MAIS UM !!!!

Assalto a banca de jornal faz um ferido em Ipanema

Vítima foi rendida por criminosos por volta das 19h.

Polícia investiga se ferido é dono da banca ou cliente.

Do G1, no Rio, com informações da TV Globo


Pelo menos uma pessoa ficou ferida durante um assalto na noite desta segunda-feira (24) numa banca de jornal em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Segundo policiais do 23º BPM (Leblon), a vítima foi rendida por uma dupla de criminosos armados por volta das 19h, na Avenida Rainha Elizabeth da Bélgica.

A polícia ainda investiga se o ferido é dono da banca de jornal ou cliente. De acordo com a PM, após atirarem contra a vítima, a dupla de assaltantes fugiu com cerca de R$ 400. O baleado foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado para um hospital da região.


segunda-feira, 24 de agosto de 2009

MUDANÇAS



Mudanças

Parte do trânsito de Ipanema é alterada por causa das obras do metrô
O Globo

RIO - Parte do trânsito de Ipanema foi modificada nesta segunda-feira, devido às obras do metrô da Praça General Osório. De acordo com a secretaria estadual de Transportes, as alterações devem durar por seis meses. A inauguração da nova estação do metrô está marcada para o próximo dia 17 de dezembro.


A Rua Barão da Torre foi interditada na altura da Rua Teixeira de Melo. As ruas Piragibe Frota Aguiar, Antônio Parreiras e a própria Barão da Torre estão funcionando em mão dupla no trecho entre as ruas Jangadeiros e Teixeira de Melo. Além disso, as ruas Piragibe Frota Aguiar e Antônio Parreiras, e o lado ímpar da Barão da Torre até a Teixeira de Melo, estão com o estacionamento proibido.

Segundo a secretaria, a área recebeu sinalização especial para alertar sobre as mudanças, e agentes de trânsito estão trabalhando de manhã até a noite para orientar os motoristas e garantir a segurança dos pedestres.

O metrô da Praça General Osório, que pelo projeto original deveria ter sido inaugurado em 1979, receberá de 80 mil a 85 mil passageiros por dia. Orçada em R$ 308 milhões, a estação que está sendo escavada na rocha sob o Maciço do Cantagalo, será uma das maiores do sistema, perdendo apenas para Carioca e Estácio .

E MAIL DE UM COLABORADOR

Prezados vizinhos,

acredito que devamos analisar com bastante atenção a crônica do Sr. Marcelo Miliaccio, veiculada pelo Jornal do Brasil nesse fim de semana próximo passado. Tal artigo refere-se ao aumento de salários dos policiais e professores cariocas. Estes sim, responsáveis pela segurança da população. Dessa forma, como envidar esforços para que tais fatos sejam viabilizados?

Cordialmente,
J.G.

COBRANÇA ILEGAL



Cobrança ilegal

Apesar de proibição, guardadores vendem tíquetes de estacionamento em áreas sem placas

O Globo

RIO - Uma determinação da prefeitura foi ignorada pelos operadores da Embrapark, durante o fim de semana, em diferentes pontos da Zona Sul: apesar de o secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, ter informado, na sexta-feira, que o estacionamento em vagas sem placas, mesmo que regulamentadas, não poderia ser cobrado pelos funcionários da empresa, muitos deles venderam talões na orla de Ipanema, Leblon e Lagoa. Por causa do descumprimento da ordem, a prefeitura vai notificar a empresa. É o que mostra a reportagem de Ediane Merola e Eduardo Maia, publicada na edição do GLOBO de segunda-feira.

A Avenida Delfim Moreira, no Leblon, era a que concentrava o maior número de cobranças irregulares. Em quase toda a sua extensão, operadores vendiam talões em áreas sem placas. Algumas vias internas do bairro, como as ruas Almirante Guilhem, Almirante Pereira Guimarães, Rainha Guilhermina e General Artigas, também estavam sem as placas, no trecho entre a Avenida General San Martin e a praia. Os guardadores, porém, insistiam em vender os tíquetes do período único aos motoristas que, na dúvida, pagavam pela vaga.

Na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, as placas indicavam, no domingo, que o sistema em vigor ainda é o de período único. Na Rua Garcia D'Ávila, entre Prudente de Moraes e Vieira Souto, havia placa apenas no início da via, informado período único.

A prefeitura reafirmou no domingo que os operadores da Embrapark não podem cobrar pelas vagas sem sinalização. Ainda segundo a prefeitura, os carros estacionados nesses locais sem o tíquete não serão multados. A Secretaria de Transportes informou que fiscaliza a Área Azul e que já esteve em alguns dos locais citados na reportagem, mas não identificou cobrança indevida. O órgão prometeu voltar hoje às áreas e notificará a Embrapark para que regularize a sinalização.

A Embrapark afirmou no domingo que orienta seus operadores a informar sobre a falta de placas, para que elas sejam repostas. A empresa disse ainda que os funcionários sabem que não podem cobrar pelas vagas sem sinalização e que, por isso, reforçará o treinamento. A empresa acrescentou que vai avaliar os casos e, se constatada a falta de atenção do operador, ele será advertido. Se ele for reincidente, será suspenso.

domingo, 23 de agosto de 2009

METRÔ

Obras do Metrô alteram movimentação de veículos em Ipanema


Por Redação, com ACS/Metrô - do Rio de Janeiro


A partir de segunda-feira, parte do trânsito de Ipanema, próximo à Praça General Osório, será alterada em função das obras do Metrô no bairro. As alterações devem durar seis meses. As intervenções previstas são:

• Interdição da Rua Barão da Torre, na altura da Rua Teixeira de Melo.

• Implantação de mão dupla nas ruas Piragibe Frota Aguiar, Antônio Parreiras e na Barão da Torre no trecho entre a Rua Jangadeiros e Rua Teixeira de Melo.

• Proibição de estacionamento nos dois lados das ruas Piragibe Frota Aguiar e Antônio Parreiras e no lado ímpar da Barão da Torre até a Teixeira de Melo.

As alterações foram autorizadas pela CET-Rio. A área recebeu sinalização especial para alertar sobre as mudanças. Agentes de trânsito vão trabalhar de manhã até a noite para orientar os motoristas e garantir a segurança dos pedestres. A Secretaria de Transportes informa ainda que a construção da Estação General Osório está em fase de finalização e que, em breve, a população local e que se desloca para o bairro contará com um meio de transporte rápido e eficiente. A inauguração da nova estação do metrô está marcada para o dia 17 de dezembro próximo.

CARTÃO POSTAL ABANDONADO















LAGOA RODRIGO DE FREITAS
TOTAL ABANDONO,mato para todo lado,sujeira,mau cheiro.VERGONHA !
Nosso belo espelho d'água,entregue à própria sorte.
Do que adianta despoluir as águas se o entorno está um lixo ?

EXEMPLO !


'Obama’ dá aula de Inglês a carentes


Garçom sósia do presidente americano entra em projeto da prefeitura na Cidade de Deus graças a esforço próprio para aprender idioma


POR CELSO OLIVEIRA, RIO DE JANEIRO

Rio - Na onda que varreu o mundo com a eleição do primeiro negro à Casa Branca, muitos ‘Obamas’ surgiram para homenageá-lo ou simplesmente fazer graça. Um sósia, em especial, se destaca numa favela carioca. Luiz Carlos Pereira da Costa, o Barack Obama da Cidade de Deus, venceu o preconceito e a miséria ensinando o idioma de seu ídolo a jovens da comunidade. Agora, ele é um dos talentos locais que vão trabalhar em projeto educacional da prefeitura: o Bairro Educador.

Luiz Carlos já trabalhou como flanelinha e hoje alia atividades em dois restaurantes a aulas para 22 alunos.Nascido e criado na recém-pacificada Cidade de Deus, o ex-flanelinha de 32 anos estuda Inglês desde 2002. Ele está prestes a se formar, mas o desejo urgente de transformar a vida de meninos e meninas carentes chegou na frente do diploma: há 10 meses, montou curso na CDD, com apoio da associação de moradores e verba do próprio bolso. Atualmente, dá aulas a 22 jovens entre 8 e 16 anos, cobrando mensalidade de apenas R$ 25, e alimenta sonho ousado: convencer escolas de idiomas a criar cursos comunitários nas favelas da cidade.

“Saber outra língua é mais importante do que ter faculdade. Chega de oferecer só capoeira e futebol para o favelado. Com o Inglês, não fico mais desempregado”, garante ele, que trabalha em dois restaurantes em Ipanema e em um já foi promovido a maître.

A ideia de Luiz Carlos é facilitar o acesso ao ensino de idiomas e abrir portas no mercado de trabalho. O seu caminho até a estabilidade profissional foi árduo, e o inglês, fundamental nessa trajetória, foi descoberto por acaso, quando era assistente de produção nas filmagens do longa ‘Cidade de Deus’.

BOLSA EM CURSINHO

“Estava decepcionado com o trabalho, uma chefe vivia me perseguindo de forma preconceituosa, quando uma colega de set resolveu jogar livros de Inglês no lixo. Pedi o material, larguei o trabalho e aprendi sozinho em casa”, diz o professor Obama, que conseguiu bolsa integral na Cultura Inglesa após enviar carta à direção da rede de cursos pedindo vaga.

“Temos programa de bolsas a alunos carentes. Fico feliz com o sucesso dele”, diz Omar Carneiro, presidente do Conselho da Sociedade Brasileira de Cultura Inglesa, que o convidou para apresentar seu projeto de cursos comunitários.

Um dos alunos mais entusiasmados do Obama da CDD é João Pedro, 10 anos, que sonha ser aviador. “Quero aprender Inglês para ter bom emprego e conhecer a Inglaterra”, planeja o aluno da Escola Municipal Alphonsus de Guimaraens.

Oficinas para alunos de 5 escolas

Leitor do jornal ‘New York Times’ e da revista ‘Time’, Luiz Carlos, o Obama da CDD, chamou tanta atenção com seu curso na favela que foi convidado para ser um dos oficineiros do projeto Bairro Educador, vertente do programa Escolas do Amanhã, que será lançado amanhã na comunidade.

Além das duas turmas que frequentam as aulas na sala alugada por ele na associação de moradores, mais estudantes das cinco escolas da região poderão aprender Inglês na sua oficina. “Esse projeto veio em excelente hora!”, elogiou o garçom-professor, pai de Stephan, 5 anos, que ainda não começou a ser alfabetizado, mas já arrisca frases na língua de Obama. “Ele raciocina em inglês”, orgulha-se Luiz Carlos.