ATA DA 2ª REUNIÃO DO LIXO

Programa Solidário do lixo de Ipanema - PSLI -

Coletivo de Síndicos de Ipanema

ATA da reunião
Local: Casa do Tiorbe
Dia: 27/10/2008
Horário: 19:00 às 21:15 hs
Coordenação: Raphael Durão
Facilitadora: Pólita Gonçalves - Fórum Estadual Lixo e Cidadania - RJ

Número de Participantes: 09

- Achilles Lobo
- Carla Salomão
- Claudia Ferraz
- Maria Amélia
- Mônica Gissoni
- Pólita Gonçalves
- Raphael Durão
- Regina Szwarcfing
- Tiorbe Mattos


Assuntos tratados:

1- Material para orientação dos síndicos (kit lixo solidário para síndicos): conteúdos e formatos
- carta padrão
- cartilha com passo a passo
- telefones e links uteis
- adesivos para sinalizar lixeiras com “recicláveis” e “lixo Comum”
- Adesivo para sinalizar coletor de pilhas e baterias
- placas e cartazes de orientação interna para o condomínio sobre o que é reciclável e o que não é reciclável e como separar em casa para a coleta seletiva.

2- Blog – conteúdos:
- lista de link úteis
- kit lixo solidário para síndicos

3- Falamos sobre intenções de tratar do lixo de forma mais completa abrangendo as comunidades carentes do bairro. Falamos sobre:
- comunicação
- PEV (pontos de entrega voluntária)
- parceiros dentro da comunidade, citamos creches.
- Garis Comunitários, capacitação da classe e trabalho com materiais recicláveis.

Como coordenador do grupo aproveito agora, tardiamente, para registrar que devemos investigar e discutir as propostas da ONG OMA Brasil para então confiarmos no trabalho deles.
E o assunto voltou para o asfalto...

4- Mônica trouxe uma idéia de capacitação para os porteiros e sugeriu um trabalho em parceria com as administradoras de imóveis (ex: Crase e Sigma, Apsa, Atlântica). Trouxe alguns contatos.

5- Combinamos que primeiramente deveríamos destinar o lixo reciclável a COMLURB. Em paralelo fortalecer os vínculos e conhecer melhor as cooperativas para aí sim, estimular o trabalho com elas.

6- Carla Salomão trouxe um folheto muito interessante sobre composteira “Minhocasa”.


Compromissos:

- Um abaixo assinado pedindo a COMLURB para acrescentar na sua rota do lixo reciclável mais cooperativas.

- Formatar conteúdo do “kit lixo solidário para síndicos” (Raphael Durão)

- Conversar parcerias com as administradoras de imóveis (Carla Salomão)

- Pesquisar com as cooperativas que atuam no universo da zona sul contatos, condições e rotas.

- Carta de relação PSI – PSLI (Carla Salomão)

A próxima reunião não foi definida.
Nos comunicaremos via e-mail e blog.

www.lixodeipanema.blogspot.com
lixodeipanema@gmail.com


*** Agradecimentos especiais à família Tiorbe. Adoramos o carinho e o lanche!!!

A reunião terminou as 21:15.

Elaborou a Ata: Raphael Durão

NÃO PERCA !


DIA 03 / 11
ÀS 18 HS
HOTEL SOL IPANEMA

VÔLEI E HANDEBOL

Publicada em 29/10/2008 às 23h01m
Nelson Costa, especial para O Globo Online

Depois do descanso no fim de semana das eleições para prefeito, as competições do do 26º Intercolegial retornam neste sábado e domingo, dias 1 e 2 de novembro, a partir das 9h, com as finais do vôlei de praia. Como aconteceu no ano passado, os jogos serão realizados na rede da medalhista olímpica Jackie Silva, em Ipanema. Nesse domingo também, as equipes de handebol voltarão às quadras.

Compartilhe

ACADEMIA AO AR LIVRE

PARA MALHAR DE GRAÇA

MUSCLE BEACH ESTÁ DE VOLTA,COM EQUIPAMENTOS MODERNOS

No próximo dia 7,a Academia Muscle Beach,que está fazendo 10 anos,chega novamente ao Posto 10,em Ipanema.Com equipamentos modernos e professores qualificados,montada numa área de 270 metros,a academia ao ar livre tem tudo que uma indoor tem ; profissionais qualificados,segurança e aparelhos de última geração feitos com aço inoxidável.
Marcos Moraes,que teve a idéia em seu projeto final do curso de engenharia de produção da UFRJ,não imaginava que seu projeto virasse seu trabalho.
_A cada ano expandimos mais.Só neste ano inauguramos oito novas academias ao ar livre.
A Muscle Beach terá uma equipe de quatro professores e quatro estagiários que se dividirão em dois turnos,além de oito profissionais especializados para as atividades extras.A turma de musculação tem capacidade de atender a 50 alunos de uma só vez.A academia ainda oferece massagem e aulas de ioga.As atividades realizadas na academia são todas gratuitas.

ESCOLHAM AS ÁRVORES !

MORADORES ESCOLHEM ÁRVORE
PARA A BARÃO DA TORRE

A Rua Barão da Torre em Ipanema ,vai ganhar novas árvores em breve.Por conta de uma praga que atingiu 32 acácias amarelas-12 já morreram-, a Secretaria de Meio Ambiente vai substituir gradualmente,a fim de evitar que a doença se espalhe.A novidade é que os moradores serão responsáveis por escolher qual espécie será plantada.No site www.rio.rj.gov.br ,pode-se votar em outras quatro espécies de efeito paisagístico semelhante ; pau-brasil,sibipiruna e tipuana.

PODA DE ÁRVORES



PODA DE ÁRVORES

A COMLURB no dia 02 / 11 2008 de 7,00 às 17,30 hs realizará REMOÇÕES das árvores nesse trecho da rua.

Rua Barão da Torre da Rua Vinícius de Morais até Rua Joana Angélica ; 13 remoções

Por favor NÃO estacione seu carro para que nossa equipe execure com qualidade o serviço.

Colabore,evite a ação do reboque.

TEL ; 2294-9999

POLÍCIA ?

Enviado por Mauro Ventura -

28.10.2008

Policiamento às avessas nas ruas de Ipanema

O webdesigner Luiz Filho andava pelas ruas de Ipanema quando foi assaltado. Até aí nada de mais. Mas há um dado novo na história de Luiz, que voltava para casa na última quinta-feira, depois de sair de um bar na Maria Quitéria, às 4h.

Eis seu relato:

"Fui abordado por um policial militar, que perguntou se eu estava com drogas. Disse que não, e falei que estava meio alto pois tinha tomado caipirinha. Eis que o policial começou a me revistar e, sem pedir licença, meteu a mão nos meus bolsos e foi sacando tudo de dentro: carteira e dois celulares, um deles um N95 da Nokia, meu sonho de consumo, que comprei há um mês.
"Ele abriu minha carteira e revistou tudo. Todas as divisões dela. E ia colocando tudo em minha mão. Quando devolveu os dois celulares, fui botar no outro bolso. Nessa hora, o PM segurou firme a minha mão e disse: 'Não.' E pegou os dois celulares e fingiu pôr em meu bolso, levando meu N95.
"Na segunda-feira, enviei e-mail para o Cesar Maia, e ele logo respondeu, dando um foward para o (tenente-coronel) Marcos Amaro (do Gabinete Militar da prefeitura). Ele disse que eu teria que ir ao 23°BPM, no Leblon, e registrar queixa-crime.
"Fui lá e um policial militar me fez descrever e registrar a ocorrência. Na noite em que aconteceu o episódio, por ter ficado obviamente com medo do policial e estar meio alterado pelo álcool, não anotei o número da patrulhinha nem o nome do PM.
"O pessoal do 23° foi muito legal comigo, porém escutei uma frase que me deixou descrente de tentar mais alguma coisa.
O PM falou: 'Você não anotou o nome do policial militar nem a patrulhinha. É como se você tivesse dado o celular para ele pela sua própria vontade'.
"E o prejuízo será até o fim do meu contrato com a Vivo, além de perder o celular com todos os telefones dos meus clientes - estou desempregado, mas faço alguns frilas. Perder um celular que pagarei ainda cinco parcelas de R$ 165. Detalhe: terei que continuar utilizando o plano pós-pago durante 11 meses.
"O que me resta é fazer hoje um BO (Boletim de Ocorrência) na delegacia de polícia, pois o atendente da Vivo disse que mesmo eu bloqueando o aparelho celular qualquer um sabe como burlar e desbloquear o número de série. Para que então existe a opção de bloquear por roubo ou perda do celular, como ouvi no menu do teleatendimento da Vivo? E a própria atendente disse que eu não precisava fazer BO, pois constava na minha conta que bloqueei o aparelho… Imagino a polícia invadindo a minha casa e eu ligando para o *8486 e esperando os 26 minutos para a ligação cair…
"Deixo aqui meu desabafo e alerta para que se passarem de madrugada pelas imediações da Rua Maria Quitéria com a Prudente de Moraes abram os olhos se forem abordados por um policial afro-descendente, parrudo, de cerca 1,82m. Prestem atenção em todos os movimentos dele."
Luiz resolveu não se intimidar e quis tornar público seu assalto. Ele me escreveu de novo agradecendo a divulgação do episódio:
- Muitas pessoas não serão assaltadas sabendo dessa história.

CRESCIMENTO ABSURDO !


Crescimento

Favela Pavão-Pavãozinho se expande para área íngreme de pedra

Publicada em 29/10/2008 às 23h28m

O Globo


RIO - A falta de controle do poder público está empurrando as favelas do Rio a novos limites. Depois de ocupar as áreas de Mata Atlântica, as casas agora se espalham por maciços de pedra íngremes, em construções com recursos complexos de engenharia. Durante sobrevôo de helicóptero realizado na segunda-feira, repórteres do GLOBO flagraram a nova modalidade de ocupação no Morro do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, que é uma das favelas beneficiadas pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal. Nesta quarta-feira, depois de receber a denúncia, a prefeitura do Rio embargou cinco casas localizadas além dos eco-limites da comunidade, no meio do paredão de pedra.
No sobrevôo, os repórteres acompanharam o biólogo Mário Moscatelli, que há 11 anos monitora de helicóptero as áreas com problemas ambientais para o Projeto Olho Verde. Ele vai encaminhar nesta quinta um relatório ao Ministério Público estadual e federal, denunciando as construções ilegais e outros crimes ambientais observados no Rio.
O subsecretário de Meio Ambiente, David Lessa, afirmou que foram embargadas cinco construções e fundações já colocadas na pedra para pelo menos outras três casas. Os donos dos imóveis ainda não foram encontrados, segundo Lessa, porque as residências não estão prontas.

MARATONA DE FITNESS



Enviado por Gabriela Temer -


Maratona de fitness na Lagoa

Que tal um treino de spinning com a paisagem da Lagoa Rodrigo de Freitas ao fundo? Ou uma aula de pilates fitness? E que tal dar uma remada numa canoa polinésia? Esta é a proposta da academia Velox, que organiza no próximo dia 8 uma maratona de atividades na Lagoa. O ponto de encontro é no Parque dos Patins, e a primeira atividade está marcada para começar às 8h30m. Como as vagas são limitadas, os interessados devem se inscrever antecipadamente. O cadastro começa a ser feito neste sábado. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 2537-2551.

RESSACA VERDE

Ressaca verde

Dois sobreviventes encontraram-se anteontem, na Livraria da Travessa de Ipanema, na noite de autógrafos de Saga lusa, primeiro livro de Adriana Calcanhotto, espécie de diário de bordo do surto psicótico da cantora, em Portugal, durante a turnê do CD Maré.
De camiseta e calça + colete de couro pretos, Fernando Gabeira – cuja campanha foi estrelada, entre outros, pela autora-cantora-compositora – aguardava na fila de autógrafos. O celular toca, ele atende e confessa: "Estou de ressaca, mas tá tudo bem...".
Cumprimentos vinham de todos os lados. "Parabéns, astro!", disse Gilda Midani. "Estou de luto", apertou-lhe a mão o ex-Legião Urbana Dado Villa-Lobos. Cineasta e filha do Poetinha, Susana de Moraes engrossou o coro: "Estou completamente deprimida. Horrível o Rio perder essa chance, apesar de eu continuar achando que foi uma vitória política de um cara contra uma máquina".

3 de NOVEMBRO - NÃO PERCA !!



ENCONTRO COM VEREADORES ELEITOS

HOTEL SOL IPANEMA

ÀS 18 HS

3 DE NOVEMBRO

Rua Vieira Souto ,320

SHOW NA TOCA DO VINÍCIUS 26/10




Ulisses Brügger, o Rio de Janeiro continua lindo

Respondendo ao post do leitor Ulisses Brügger, o Rio de Janeiro continua lindo, sim. Basta olhar para o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar ou o Dois Irmãos, com o sol se deitando aos pés do morro, como os instrumentos na música de Chico Buarque. A foto é de ontem, um domingo de primavera abençoado pelo horário de verão. A cena me fez lembrar a canção "Rio", de Roberto Menescal, que completou 71 anos nos sábado, e Ronaldo Bôscoli, que, fosse vivo, faria 80 anos amanhã. Em uma homenagem aos dois e ao cinqüentenário da bossa nova, o incansável Carlos Alberto Afonso promoveu mais um show na sua Toca do Vinicius, que fez lotar novamente a calçada da rua de Ipanema. Feliz coincidência, Menesca acompanhou Cris Delanno ao violão, nos versos
Rio que mora no mar
Sorrio pro meu Rio
Que tem no seu mar
Lindas flores que nascem morenas
Em jardins de sol Rio,
serras de veludo Sorrio pro meu Rio
Que sorri de tudo
Que é dourado quase todo dia
E alegre como a luz
Rio é mar, eterno se fazer amar
O meu Rio é lua
Amiga branca e nua
É sol, é sal, é sul
São mãos se descobrindo em todo azul
Por isso é que meu Rio da mulher beleza
Acaba num instante com qualquer tristeza
Meu Rio que não dorme porque não se cansa
Meu Rio que balança
Sou Rio, sorrio Sou Rio, sorrio Sou Rio, sorrio Sou Rio, sorrio Sou Rio, sorrio

Para mostrar um pouco como foi o fim de tarde e o início de noite em Ipanema.

Observação: Caro Ulisses Brügger, endosso suas palavras "Quase todas as coisas feias na nossa Cidade podem ser mudadas. Pagamos impostos altíssimos e esperamos que nossos governantes executem bem suas tarefas e, principalmente, cumpram suas promessas de campanha". Em tempo: moro em Botafogo há 25 anos e convivo diariamente com as mazelas do bairro. Que o novo prefeito eleito se empenhe em tornar belas as coisas que o homem enfeiou. Parafraseando o poetinha, as feias que me desculpem, mas beleza é fundamental

NEVOEIRO EM IPANEMA







Tempo

Internautas registram nevoeiro em Ipanema

Publicada em 27/10/2008 às 18h20mTexto e fotos do leitores Alice Quintella e José Conde


RIO - Um forte nevoeiro deixou vários bairros do Rio encobertos pela manhã, no último sábado. Em Ipanema, mal dava pra ver os prédios às 7h.




CONVITE


MENDIGOS

Enviado por Mauro Ventura -

24.10.2008


De mendigos

Falei abaixo da culpa que volta e meia bate quando dou alguma desculpa esfarrapada para um mendigo. Já teve vez que eu recusei rispidamente, afastei-me e voltei atrás, depois de ver os olhos angustiados do rapaz.
Mas um amigo me diz que é preciso levar em conta um dado: é tanto pedinte que se você não cria uma forma de defesa acaba estressado.
Ele ilustra com uma informação: na terça-feira passada, às 23h30m, passava por Ipanema e resolveu contar o número de mendigos. Apenas no trecho que ia da Praça Nossa Senhora da Paz à Praça General Osório contabilizou 18 - entre homens, mulheres, velhos e crianças. Estavam distribuídos por seis colchonetes.
Notem bem que não era de dia nem tampouco fim de semana, quando a população de rua no bairro cresce.
Ele lembra que, ao ser reeleito, o prefeito Cesar Maia prometeu resolver a questão.
De lá para cá, só piorou

REUNIÃO COM VEREADORES ELEITOS

DIA 3 DE NOVEMBRO

SERÁ UM GRANDE DIA PARA A ZONA SUL

HOTEL SOL DE IPANEMA,Rua Vieira Souto,nº 320

Às 18 hs


QUEM PROMETEU AGORA VAI CUMPRIR.
VENHA CONHECER NOSSOS VEREADORES E COMO VÃO IMPLEMENTAR
SUAS IDÉIAS PARA O RIO.

Essa é a melhor chance de trocar idéias com nossos representantes recém eleitos por voto popular.
Aprenda também a cobrar,fiscalizar e colaborar na melhoria de nossa cidade e do nosso bairro.
Venha ouvir como todas as promessas feitas em campanha,se tornarão ações na melhoria do Rio.


VEREADORES CONFIRMADOS

SIRKIS , ASPÁSIA ,TERESA BERGHER ,CARLOS CAIADO ,RUBENS ANDRADE ,entre outros.

Apoio

Associação Comercial do Leblon - Associação de Moradores de Ipanema -
Associação dos Amigos de Copacabana - Quadrilátero do Charme -
Hotel Sol Ipanema - Amendoeira Designe -
Voz do Cidadão - Anna Costa e Silva

PODA DAS ÁRVORES

PODA DE ÁRVORES

Prezado morador ,a Comlurb no dia 2 /11 2008,das 7 às 17 hs ,realizará as remoções das árvores desse trecho da rua.,que se encontram condenadas pela praga.

Rua Barão da Torre entre Vinícius de Morais e Joana Angélica 13 remoções;Por favor,não estacione seu carro para que nossa equipe execute com qualidade o serviço.
Colabore;evite a ação do reboque.

LEMBRANÇAS



história dos jogadores que fizeram a era romântica do futebol de praia

Publicada em 25/10/2008 às 21h50m

Gian Amato


RIO - Nas décadas de 60 e 70, Ipanema foi o porto de exportação da cultura carioca para o país. A alguns quilômetros dali, a vizinha Copacabana experimentava um outro barato. Cercadas de gente por todos os lados, as quatro linhas imaginárias do campo atraíam uma multidão e olheiros à caça de novos talentos. Craques como Júnior, Edinho, Leandro, Adílio e Paulo César Caju se multiplicavam como grãos e eram varridos das praias para os clubes e seleção brasileira. Começava a era romântica do futebol de areia, ou de 11, que desmoronou com a onda de violência e a ventania causada pelo americanizado "beach soccer", com apenas quatro na linha.

- O futebol de areia sempre foi um meio de diversão da galera, mas acabou perdendo espaço para o beach soccer - disse Júnior, que planeja auxiliar Júnior Negão na revitalização do esporte. - Ele deve assumir a Federação e vou ajudá-lo. Queremos resgatar a tradição de antigamente.

PATRULHAMENTO



Calçadão do Arpoador ganha uma cabine blindada da Polícia Militar

Publicada em 25/10/2008 às 00h18m

O Globo

RIO - O calçadão da Praia do Arpoador ganhou nesta sexta-feira a segunda cabine blindada da Polícia Militar na Zona Sul - a primeira foi a da Avenida Atlântica - dentro do projeto da Secretaria de Segurança que prevê a instalação de outras 19 em vários pontos da cidade, principalmente nas proximidades de áreas perigosas.
Segundo o o comandante do 23º BPM (Leblon), coronel Carlos Milan, a cabine, perto da Pedra do Arpoador, já está integrada ao patrulhamento da orla para o verão e é um fator importante para aumentar a sensação de segurança da população. Com ar-condicionado, geladeira, banheiro químico com pia e interfone, a nova cabine oferece mais conforto aos policiais e também maior segurança. Cada uma delas custou R$ 96 mil. O novo esquema já entra em vigor no patrulhamento do verão.

VIOLÊNCIA !

Violência

Leitora testemunha tentativa de assalto e agressão na Praia de Ipanema

Publicada em 24/10/2008 às 17h51m

Texto de Rafaelle Guedes Delfino

RIO - Vergonha é o que senti hoje! Estive na praia de Ipanema, mas precisamente na altura do Jardim de Alah... Com o sol forte, a praia estava mais cheia do que de costume, visto que era uma sexta-feira. Quando de repente, uns oito meninos vieram correndo e ficaram rondando o espaço onde me encontrava. Vale lembrar que estava com minha prima e sua filha de apenas 4 anos. Minha prima diz que um dos garotos passou gritando "guardem os celulares", enquanto um outro pedia para ele espalhar o "educado pedido".

Com receio, acabamos indo para perto daquelas barracas que alugam cadeiras e guarda-sol. Nossa, acho que foi nosso anjo da guarda que estava a postos, pois em questão minutos, esses garotos (uns oito), atacaram duas mulheres na areia, puxando suas bolsas. Acredito que eram estrangeiras. Uma não reagiu e entregou, enquanto a outra entrou num interminável cabo-de-guerra.

" Incrível também foi não ter qualquer policial nas redondezas, nem mesmo numa viatura que estava em frente à praça do outro lado da calçada. "
Confesso que não tive outra reação, senão pegar minhas coisas, minha prima e minha afilhada e correr para debaixo da barraca, aliás, reação que muitos banhistas tiveram. Mas a senhora que optou por "brigar" por seus pertences, foi diversas vezes chutada, empurrada, batida. Pareciam animais em cima da carniça! Uma verdadeira covardia!

De repente, vários rapazes que estavam jogando futevôlei correram na intenção de ajudá-las, e sabendo que levariam a pior, todos os garotos acabaram fugindo. Não cheguei a ver, mas me disseram que a mulher chegou a levar "uma voadora" nas costas quando já estava caída, e que por conta do ataque saiu inclusive com a perna sangrando.

Minha afilhada, assustada, falou que nunca mais quer ir à praia, e acredito que as mulheres jamais retornem também. Sou formada em turismo, e sei exatamente o quanto isso mancha nossa imagem lá fora, afinal, a melhor (ou pior) propaganda, é a boca a boca.
Por conta disso, fica aqui registrada a minha indignação e vergonha.
Este texto foi escrito por uma leitora do Globo.

REUNIÃO DO PSLI

2ª REUNIÃO DO PSLI

PROJETODE SOLIDARIO DO LIXO DE IPANEMA


DIA 27 / 10 às 19 hs

Maiores informações : tel ; 8771-4006

Falar com Raphael
www.lixodeipanema.blogspot.com

ATA DA 29ª REUNIÃO

ATA DA VIGÉSIMA NONA REUNIÃO DO PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

21 de outubro de 2008- terça-feira

“ Atividade que tem por objetivo proporcionar desenvolvimento social para o bairro a partir da participação
voluntária dos seus moradores “


Local : Universidade Candido Mendes- rua Joana Angélica- Sala do Júri
Horário :1800 horas
Coordenadora: Ignez Barreto
Nr. de participantes: 20

Tópicos abordados:

Reunião com vereadores.

Como já foi informado, o PSI selecionou cerca de sete vereadores recém eleitos, buscando aqueles que mais se identificam com os propósitos do nosso
Projeto, para um encontro com os moradores objetivando aproximar os cidadãos ipanemenses com seus representantes , ouvir dos mesmos suas
idéias sobre os problemas que nos afligem e, mais importante, abrir um canal direto de comunicação através do qual possamos ter na Câmara uma caixa de ressonância para denúncias, falta de providências e também elogios quando for o caso.
Estamos ultimando as confirmações de presença mas já temos local e data : HOTEL SOL IPANEMA – DIA 03 DE NOVEMBRO – SEGUNDA FEIRA-ÀS
1800 HORAS.
POR FAVOR REPASSEM ESTA INFORMAÇÃO PARA O MAIOR NÚMERO DE PESSOAS.
Serão solicitadas aos vereadores suas reflexões e idéias sobre os principais problemas do bairro, tais como, segurança pública, pedintes , moradores de rua,
problemas da orla, seu uso, trânsito , educação.
Está planejado, se houver tempo, que os moradores elaborem também outras perguntas por escrito, as quais deverão ser entregues aos coordenadores.
Ressaltamos que o mais importante é a abertura deste excepcional canal de comunicação entre a comunidade e seus representantes. Nosso Projeto o utilizará
sempre que necessário.

Representação junto ao MP sobre o reveillon.

O MP já chamou a Riotur para a assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta. Espera-se que até o final desta semana a Riotur se manifeste.
Igualmente foi acionada a AmBev, patrocinadora.

· Parque Garota de Ipanema.

As obras começaram hoje, dia 21 outubro. O Instituto E, que adotou o espaço, captou 700mil reais da empresa Grendene para iniciar uma detalhada reforma e e e recuperação paisagística. O PSI, junto com os moradores, está acompanhando todo o projeto.

· Patrocínio do Ipabacana.

Já foram feitos diversos contatos com os empresários locais e a minuta do convênio está sendo enviada para análise e assinatura. É muito importante que possamos viabilizar as operações do Ipabacana. Foi apresentada uma idéia de conscientizar os síndicos e incluir na cobrança do condomínio uma taxa,
de valor pequeno, por exemplo cinco reais. A idéia ficou de ser mais discutida quanto à operacionalização.

· Curso de porteiros.

Foi cancelado pois não se conseguiu o número mínimo suficiente para viabilizá-lo. Temos que ter vinte inscritos antes de 15 novembro.
Solicitamos a máxima divulgação entre os condomínios.

· Faixas para conscientização.

Foram distribuídas por e-mail as sugestões de dizeres. Foi decidido que os mesmos não deveriam ser repetitivos, agressivos ou longos demais.
Teremos que selecionar seis para colocação nos pontos estratégicos de entrada do bairro.

· Premiação de PMs e GMs.

Foi decidido que a mesma deveria ser simbólica, por exemplo medalha, placa etc e o jantar já conseguido . Foi debatido que não devemos ficar
esperando a luz verde dos comandos, pois trata-se de uma iniciativa da comunidade que deseja ressaltar os policiais que se destacaram em alguma ação no
bairro e escolhido pelos moradores . O George ficou de enviar uma sugestão a respeito, com nome.



PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

PARTICIPE, SEJA UM FISCAL DO BAIRRO, DENUNCIE !!!

psipanema.blogspot.com projetodeipanema@terra.com.br

FAVELAS ; que tem jeito,tem

Favelas: que tem jeito, tem

O Globo 23/10

LUIZ BEZERRA DO NASCIMENTO, IGNEZ BARRETO e PAULO RABELLO DE CASTRO

A maior falha no debate eleitoral para prefeito da nossa cidade, desde o primeiro turno, tem sido a ausência de alternativas práticas e viáveis ao desafio de levar "cidadania efetiva e duradoura" aos moradores de mais de 700 comunidades carentes - as favelas, enfim - do Rio de Janeiro.

Muito já foi tentado por várias administrações, como o Favela-Bairro, o CadaFamília-um-Lote e, agora, as obras do PAC, e tem trazido avanços. Só que a cidadania efetiva atende por outro nome: propriedade. E quando falamos de propriedade, não nos referimos a qualquer outra figura jurídica de segundo escalão como a concessão de direito real de uso, posse regularizada, comodato etc. Propriedade plena é o que, de fato, almeja a população, para dispor do que é seu, como quiser. Salvo nos casos de invasões e ocupações de áreas de risco ou de preservação permanente, a concessão do título da propriedade deveria ser a promessa mais ouvida pêlos eleitores em favelas e bairros em situação irregular. No entanto, pouco se ouve falar, talvez pela dificuldade imaginada de se implementar
um projeto de titulação geral.

A comunidade de N. S. de Fátima, do Morro do Cantagalo, uniu-se ao Projeto de Segurança de Ipanema e à Associação de Moradores do Bairro para enfrentar esse desafio. O Instituto Atlântico apoiou a iniciativa com conhecimentos específicos, além de recursos suficientes para cumprir as etapas da titulação exigidas pelo Estatuto das Cidades. Mediante assembleia geral da comunidade, aprovou-se o projeto de recenseamento da população residente e o mapeamento topográfico detalhado de cada construção. Em apenas quatro meses, a comunidade se mobilizou e aprontou toda a documentação exigida pela lei e agora se prepara para demandar seus direitos. Em silêncio, democraticamente e em perfeita harmonia, os próprios moradores colaboraram em cada fase do projeto, oferecendo dados completos para a Associação. Estamos prontos para ingressar na fase final com, praticamente, 100% de adesão das famílias e negócios aí existentes.

A prefeitura e o prefeito eleito têm tudo a ver com esse esforço. Se a próxima administração endossar a iniciativa do Cantagalo, ela pode servir de padrão para outras 700 comunidades. Basta querer. Mas, para fazer acontecer, é preciso saber como chegar lá e entender o alcance dessa revolução em marcha. Havendo uma corrente de interesses novos, que afaste de vez as mesquinharias da política de favorecimentos, nada impede que o espírito do Cantagalo se implante nas demais comunidades para regularizar todo o Rio de Janeiro, no espaço da próxima administração. É um sonho possível.

O povo do Cantagalo fez. Tudo a um custo assimilável no orçamento da maioria dos próprios moradores. Dá para encarar. Não é milagre nem resolve as questões seguintes, de acesso, de esgotos, de controle de edificações, de serviços essenciais etc. Essas serão as etapas subsequentes a serem percorridas por homens e mulheres, então já de posse da sua dignidade plena de cidadãos, com endereço fixo e regular, mesmo que modesto e com muito, ainda, por fazer. Já demos o primeiro passo. E daremos os seguintes.

LUIZ BEZERRA DO NASCIMENTO é presidente da Associação de Moradores do Cantagalo.
IGNEZ BARRETO é coordenadora do Projeto de Segurança de Ipanema.
PAULO RABELLO DE CASTRO é economista e vice-presidente do Instituto Atlântico.

MULTA !




Acidente

Ipanema: multado dono do sobrado que desabou

Publicada em 22/10/2008 às 23h31m

O Globo e RJTV


RIO - O proprietário do imóvel que desabou na manhã de terça-feira na esquina das ruas Visconde de Pirajá e Farme de Amoedo, em Ipanema , deixando cinco feridos sem gravidade, foi multado em R$ 18.052 por realizar a intervenção sem licença. Policiais da 14ª DP (Leblon) seguem tentando localizá-lo para prestar depoimentos. A Secretaria municipal de Urbanismo não informou o nome do proprietário. O imóvel estava protegido pela Apac da região. Um dos quatro sócios que alugaram a loja foi identificado como Sebastião Félix Neto. O advogado Dircélio Cruz disse que eles estão à disposição da polícia para prestar esclarecimentos.
À polícia, eles terão de explicar por que a obra - que transformaria o sobrado em uma lanchonete da rede Big Néctar - estava sendo realizada há cerca de um mês sem profissional responsável. O perito criminal Wellington Silva Filho, do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), autor do laudo que será encaminhado à 14ª DP (Leblon), explicou que a fachada do prédio não resistiu ao peso da estrutura interna, que vinha sendo remodelada. Segundo ele, houve uma obra de reforço estrutural no interior do prédio sem supervisão de um engenheiro e, como a fachada não era escorada, não resistiu ao peso.
O segundo andar do imóvel precisou ser removido, para evitar risco aos pedestres.
Por meio de sua assessoria, a Secretaria de Urbanismo negou nesta quarta que a fiscalização de obras irregulares na cidade seja falha.
Defesa Civil libera calçada onde sobrado desabou em Ipanema
A Defesa Civil liberou nesta quarta-feira a calçada da esquina das ruas Visconde de Pirajá com Farme de Amoedo, em Ipanema, onde um sobrado em obras desabou, na terça-feira . Três pedreiros da obra e duas mulheres que passavam na calçada ficaram feridos ( veja fotos do desabamento feitas por leitores ). De manhã, pedestres paravam em frente ao sobrado atraídos pela curiosidade e também para manifestar indignação.
Apenas o que restou do prédio continua interditado. Ainda não se sabe se uma demolição será necessária. O dono da loja ao lado está preocupado com o prejuízo.
O laudo do Instituto de Criminalística Carlos Éboli deve ficar pronto em 30 dias. O prédio, que tinha dois andares, estava passando por reformas ( veja mais fotos ). Segundo o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro (CREA-RJ), a obra era irregular. A planta do projeto arquitetônico está colada em uma das paredes com o nome do autor. No entanto, segundo o CREA, não havia um outro documento que a lei exige: Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), relativa à execução da obra.
A Secretaria Municipal de Urbanismo também informou que a obra era irregular. O proprietário tinha licença apenas para reformas na fachada, mas o prazo do documento estava vencido. No último ano, a secretaria aumentou o número de profissionais para fiscalizar obras no Rio. Agora, existem cerca de 150 engenheiros e arquitetos fazendo o trabalho. Mas para o Clube de Engenharia, esse número ainda é insuficiente para o tamanho da cidade.

HISTÓRIAS E CANÇÕES

Histórias e canções ao vivo

Paulo Sergio Valle viaja no tempo em show e livro

Ricardo Schott

Com a experiência de mais de 700 músicas gravadas, boa parte delas dividida com seu irmão, Marcos Valle, o letrista Paulo Sergio Valle diz se sentir mais à vontade quando conduz o trabalho com parceiros, à base de muita conversa. Trabalhar sozinho, só em ocasiões especiais. Como agora, em que lança seu quinto livro, a coletânea de contos Se eu não te amasse tanto assim... e aventura-se, como cantor solo, em dois pockets shows para o lançamento, hoje e amanhã, no Conversa Afinada, em Ipanema.

– Não cantava ao vivo desde os anos 60, mas estou tranqüilo, sei que sou afinado – diverte-se Valle, recentemente surpreendido com a notícia de que o presidente Lula baixara um MP3 de Viola enluarada, parceria com o irmão Marcos, para enviar ao governador do Ceará, Cid Gomes. – Passei a admirar mais o Lula por causa disso. Só espero que ele tenha baixado de um site pago.
Quem comprar o livro ganha um código de acesso (cedido pela editora Litteris e pela EMI Publishing) para baixar músicas de Valle. Entre elas, a inédita Amor de miragem, inspirada por um conto do jornalista Armando Nogueira, e o hit-título do livro, parceria com Herbert Vianna gravada por Ivete Sangalo, cuja história ganhou um conto.
– As novas gerações passaram a conhecer meu nome por causa dessa música. Que aliás ganhou uma interpretação perfeita da Ivete – afiança Valle, que relata no livro histórias reais, nem sempre com personagens revelados. – Meu irmão está no livro, assim como antigos amigos, como o jogador (do Flamengo, nos anos 70) Doval.
Já no show, Valle intercala sucessos (incluindo os populares, como Evidências, feito com José Augusto) com as histórias das canções.
– O show vai interessar muito aos compositores – adianta.

PARQUE GAROTA DE IPANEMA

Contra o social

Favela Surfe protesta após ser retirado do Parque Garota de Ipanema

Publicada em 21/10/2008 às 19h43m

Ludmila Curi
RIO - O projeto Favela Surfe Clube, que há dez anos atuava no Parque Garota de Ipanema, fez uma manifestação no início da tarde desta terça-feira contra a sua saída do local. O protesto reuniu cerca de 30 pessoas, entre alunos, moradores e surfistas, que apoiavam a iniciativa. O grupo foi desalojado pela Fundação Parques e Jardins, na última sexta-feira. A sala, antes ocupada por pranchas, roupas de borracha e barracas, será agora utilizada pela Comlurb. Alexandre da Silva Carvalho, um dos fundadores e diretor técnico da escolinha, acredita que o despejo está relacionado à adoção do parque pelo Instituto E, ligado à loja Osklen.
- É muito coincidência a gente ser desalojado e logo na seqüência ter a adoção do parque. Não vou fazer papel de palhaço. O local ali é muito prático, pela proximidade com a praia. Quando assumimos, contornamos problemas da área, como a violência e a população de rua que ficava no lugar. Vamos protestar - disse Alexandre.

O Favela Surfe atende hoje 68 crianças das comunidades do Cantagalo, Pavão, Pavãozinho, além de filhos de porteiros das redondezas. O grupo promete outro manifesto, quando acontecer a coletiva sobre a adoção do parque pelo Instituto E, que vai investir R$ 700 mil na revitalização do local. O Garota de Ipanema completa 30 anos em dezembro.
Em nota divulgada na tarde desta terça, o Instituto E informou que a proposta para recuperação do Parque Garota de Ipanema leva em consideração o bem-estar da comunidade e de todas as associações envolvidas com a região de Ipanema e arredores. Segundo o instituto, o projeto de revitalização do Parque Garota de Ipanema pretende gerar um movimento de valorização do bairro e de inclusão social não somente por meio de melhorias nas instalações do local, mas também promovendo atividades culturais e esportivas. O Instituto E disse ainda que a proposta de recuperação foi apresentada à comunidade e obteve apoio de representantes da AMAPSA (Associação dos Moradores do Posto Seis e Arpoador), da AMIPANEMA (Associação dos Moradores de Ipanema) e do PSI (Projeto de Segurança de Ipanema).

DEMOLIÇÃO



Defesa Civil inicia demolição de lanchonete em Ipanema

O DIA

Rio - A Defesa Civil iniciou nesta terça-feira pela fachada a demolição do prédio de dois andares que desabou parcialmente esta manhã na esquina das ruas Farme de Amoedo e Visconde de Pirajá, em Ipanema. No imóvel funcionava uma lanchonete.
Três operários que trabalhavam em uma obra irrregular feita na cozinha da lanchonete, no térreo, e dois pedestres sofreram ferimentos leves. Levados em ambulâncias do Corpo de Bombeiros, eles foram socorridos no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea.
Segundo técnicos da Defesa Civil, o trabalho de demolição pode estender-se pela noite. O trânsito entre as ruas Farme de Amoedo e Visconde de Pirajá está congestionado, devido à interdição do local.
A Secretaria Municipal de Urbanismo (SMU) apontou algumas irregularidades no imóvel, que está incluído na Apac de Ipanema, por constituir um exemplar da arquitetura do início do século passado. Em 2007, foi concedida uma licença para a reforma da fachada. Mas a permissão venceu este ano e não foi renovada, apesar de o responsável pela obra ter sido notificado pela SMU.
O proprietário do imóvel pode ser processado por crime contra o patrimônio público ou responder a ação civil, caso seja constatada imperícia na obra feita sem licença na lanchonete.
Para Anderson Vieira, de 31 anos gerente de um estacionamento próximo, “é lamentável que um ato irresponsável como esse aconteça”.
O administrador de imóveis Marcos Roux, de 54 anos, trabalha em Ipanema e passa diariamente pelo local do desabamento. Ele disse ter percebido que algo estava errado. “A marquise da lanchonete já havia desabado, mas o dono colocou só um reboco. Mas com certeza a queda da marquise prejudicou a estrutura do prédio", disse.
“Não é a primeira vez que vejo os técnicos da Defesa Civil por aqui. Os responsáveis pela lanchonete foram negligentes em vários aspectos”, afirmou Marcos.

VISTORIA

Crea faz vistoria em lanchonete que desabou em Ipanema

Rio - Em fiscalização realizada nesta terça-feira na lanchonete que desabou na esquina das ruas Visconde de Pirajá e Farme de Amoedo, em Ipanema, o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro (CREA-RJ) detectou que existe um profissional responsável pelo estudo e pelo projeto arquitetônico da obra que era feita no local. No entanto, não havia Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) relativa à execução da obra.
A ART, instituída pela lei 6.496, de 07/12/1977, é um documento que identifica o profissional responsável pela execução de qualquer serviço ou obra referente à engenharia, arquitetura, agronomia e às demais profissões abrangidas pelo CREA-RJ, e confere legitimidade documental dessas obras e serviços.
O presidente do Conselho, Reynaldo Barros, determinou que sejam apurados detalhes da obra e que sejam levantadas as responsabilidades pelo ocorrido para eventual encaminhamento do caso à Comissão de Ética e à Câmara de Arquitetura do CREA-RJ. Barros também entrará em contato com o secretário de Urbanismo do Município, Augusto Ivan, para tratar em conjunto do assunto.

ABANDONO DA PRAÇA DA PAZ






O descaso dos órgãos competentes é terrível.
São grades com enormes buracos dando passagem a marginais que à noite se escondem dentro da praça,são portões enferrujados que breve provocarão um acidente,poças ´d'água na entrada principal,fazendo com que as pessoas passem pelo gramado estragando-o,capim crescendo por todo lado,enfeiando uma praça que recebe todos os dias centenas de crianças.
Os dois portões que dão para a rua Maria Quitéria estão fechados ,porque a parte de cima está prestes a cair e machucar ou até matar alguém que por ali passe.O suporte está completamente podre,por falta de manutenção.
A Praça Nossa Senhora da Paz está totalmente abandonada,vergonha para quem mora e passa por Ipanema.
Para onde vai o dinheiro arrecadado com os impostos ?

BAGUNÇA !



Diáriamente esse é o quadro que se repete em frente às Lojas Americanas.
Descaso com o bairro que as acolheu com cinco lojas.
Não têm respeito com seus moradores,que por sinal são seus clientes,nem com as pessoas que por aqui transitam.
A bagunga é total,quase não dando espaço a quem passa pelo local.
Inúmeros pedidos já foram feitos e até agora nada foi fizeram em relação as suas caixas de papelão.
Enquanto as lojas derem lucro,não importa o lixo e a sujeira que elas espalham pelas calçadas.
Alguma providência tem que ser tomada.Não é justo que se pague altos impostos e termos que viver rodeados de lixo das lojas que aqui de instalam.

DESABAMENTO EM IPANEMA






Tragédia
Lanchonete desaba em Ipanema e deixa feridos
Publicada em 21/10/2008 às 12h44mAna Claudia Costa e Emanuel Alencar -
O Globo, GloboNews TV e CBN

Foto do leitor José Conde e de Rose Soares

RIO - Uma lanchonete em obras desabou, por volta das 9h desta terça-feira, na esquina das ruas Visconde de Pirajá com Farme de Amoedo, em Ipanema, na Zona Sul do Rio. Cinco pessoas ficaram feridas no desabamento e foram levadas para o Hospital Miguel Couto, na Gávea. Bombeiros ainda procuram por um funcionário que estaria soterrado.
Os nomes dos cinco feridos são: Jonas Pereira Andrade, 50 anos, Lílian Maria Reis Viana, 51, Luciana Bravo Akiba, 36, Luiz Lopes da Silva, 47 e Agnaldo José Albino, 49. Eles não correm risco de vida, segundo os bombeiros.
A calçada em frente à lanchonete está coberta por escombros. Moradores afirmam que parte da marquise do prédio já tinha desabado há um ano, deixando um ferido. No local, funcionavam uma lanchonete, uma pet shop e um consultório dentário.
Uma cliente do consultório dentário contou à rádio CBN que as paredes do local estavam com infiltrações e em estado precário. A Defesa Civil está no local, e as causas do desabamento não são conhecidas.
Um trecho de 300 metros de duas faixas da Visconde de Pirajá está interditado para permitir o trabalho das equipes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros. Vinte e cinco guardas municipais - sendo dez de trânsito - isolam o local. Apenas uma faixa da rua está liberada ao trânsito, que está lento. Os motoristas devem utilizar a Avenida Atlântica como via de acesso à Copacabana. Proprietários podem ser processados
O secretário municipal de urbanismo, Augusto Ivan, disse que os proprietários do imóvel podem ser processados por crime contra o patrimônio público, já que o prédio estava numa Área de Proteção do Ambiente Cultural (Apac). Ainda de acordo com o secretário, as licenças para realização da obra estavam vencidas desde o ano passado. E a licença só permitia intervenções na fachada do imóvel e não no interior do prédio, como estava sendo feito.

PAUTA DA REUNIÃO 21 / 10 / 08

Pauta da reunião 21/10/2008



Reuniaõ vereadores

Faixas

Representação Mp – reveillon

Premiação PM e GM

Parque Garota de Ipanema – andamento

Ipabacana – financiamento

Curso de porteiros

PARQUE GAROTA DE IPANEMA


Obras

Parque Garota de Ipanema será reformado

O Globo

RIO - Boa notícia para surfistas, banhistas, pescadores e toda a rica fauna que habita o Arpoador: o Parque Garota de Ipanema, hoje abandonado, será totalmente revitalizado. O Instituto E, que adotou o espaço, captou R$ 700 mil da empresa Grendene para iniciar uma detalhada reforma e recuperação paisagística. As obras, que começam nesta terça, incluem a abertura de um acesso direto à praia, o cercamento do trecho de costão rochoso, o plantio de nova vegetação, a pavimentação e a reforma de brinquedos. Com a verba, será possível ainda operar e manter o parque pelos próximos dois anos.
O parque, que ocupa 25,8 mil metros quadrados, foi inaugurado em 1978 e, em 1994, passou a integrar a APA das Pontas de Copacabana e do Arpoador. Já serviu de palco para shows gratuitos memoráveis, como o do cantor Tim Maia. A parte superior do parque, onde estão a pista de skate, uma trilha e o mirante, será reformada em outra fase do projeto, prevista para o segundo semestre de 2009

REFORMA DO PARQUE

Disputa pode deixar 68 crianças longe do surfe

A dois meses de completar 30 anos, o Parque Municipal Garota de Ipanema – uma área de 2,58 hectares, junto à praia do Arpoador, na Zona Sul – virou alvo de disputa entre uma organização não-governamental e uma parceria que envolve a iniciativa privada e outra instituição sem fins lucrativos, ameaçando deixar ao menos 68 crianças longe do surfe.
Em uma sala desocupada do parque funciona, há 8 anos, a ONG Favela Surf Clube, que promove aulas duas vezes por semana para crianças de comunidades, como Cantagalo e Pavão-Pavãozinho.
Na sexta-feira, o diretor técnico da ONG, Alexandre Carvalho, 36, diz que a administração do parque pediu a retirada do material da escolinha. O local passará por reformas, que serão promovidas pela ONG Instituto E – presidida pelo empresário Oskar Metsavaht, criador da marca Osklen – que adotou o parque em julho, com a Grandene.
– O parque estava abandonado, não era seguro, mendigos moravam aqui dentro – diz Carvalho. – A área foi valorizada, e estão nos retirando sem ao menos sermos consultados.
A ONG fará manifestação no parque hoje, às 10h, quando serão anunciadas as reformas. A assessoria do Instituto E afirma que a remoção da ONG de surfe "não tem a ver com o projeto de revitalização".
A Fundação Parques e Jardins não foi encontrada para comentar o caso.

O RIO DE ROGÉRIO FASANO





Enviado por Aydano André Motta -

Uma delícia de cidade

O Rio de... Rogério Fasano

O paulista Rogério Fasano (foto), 46 anos, ganhou fama nacional em mais de duas décadas de gastronomia da melhor qualidade. O restaurante que leva seu nome, em São Paulo, é um marco na história do bem comer na cidade. Em 2002, o bom gosto atravessou a Ponte Aérea, e se instalou no Gero da Aníbal de Mendonça, em Ipanema, e, cinco anos depois, no Hotel Fasano, em frente ao mar de Ipanema. Na série "O Rio de...", ele elege um carioca que fez piada com sua cidade natal, desfia um rol de amigos e defende - com toda a razão - uma paisagem "particular".

AREIAS DE IPANEMA





Sucesso nas areais

Quadras de vôlei estão em disputa na praia

Publicada em 18/10/2008 às 23h32m

RIO - O sucesso do vôlei de praia no Rio está provocando uma bola dividida entre escolinhas, que disputam espaço nas areias. É o que revela a reportagem de Cláudio Motta, publicada na edição deste domingo do jornal O GLOBO. Num dos pontos mais procurados da orla, o Posto 10 de Ipanema, em frente à Rua Henrique Dumont, há oito redes montadas. Em meio à convivência nem sempre harmônica entre instrutores, banhistas se dividem. Uns reclamam da atividade no acesso à praia enquanto outros elogiam a prática esportiva organizada. (O que mais atrapalha o seu caminho para o banho de mar? ).
A própria prefeitura percebeu a necessidade de regulamentar o uso da praia. O Comitê Gestor da Orla, que reúne órgãos municipais e é coordenado pela Secretaria de Meio Ambiente (SMAC), promove operações educativas, de fiscalização e repressão para o bom uso do espaço urbano. Porém, ainda não existe uma regulamentação para as escolinhas esportivas.

RUA DA BANDALHA

A RUA ONDE TUDO PODE !

A rua Vinícius de Morais,é a própria rua da bandalha !
Mendigos,camelôs,sujeira aos montes e várias vezes festa de arromba onde ninguém dorme e a polícia não aparece !
Essa noite foi daquelas.Um morador da Vinícius no nº58,apto 402,resolveu outra vez comemorar aniversário de alguém com música aos berros durante toda a madrugada,não se importando com seus vizinhos.Foi um verdadeiro inferno.Vinícius,Prudente e adjacências não conseguiram dormir.
Às 4hs e20m,ainda se divertiam ,e a polícia chamada não fez nada.Deve ser amigo de alguém importante.
Como se não bastasse ,na esquina ,os dois bares também festejavam alguma coisa e o forró comia solto (aos berros ).
Funk de um lado ,forró do outro,ninguém merece !
Para que existe a lei do silêncio ? Para que existe a polícia ?
Providências têm que ser tomadas,não é possível que determinadas pessoas possam fazer o que bem entendem sem serem incomodadas.

PASSEATA

Um decálogo para o prefeito

Marcelo Migliaccio

Amanhã, o mar de Ipanema não vai se abrir para a passagem de Moisés, mas, na pista da orla fechada para o lazer, alunos do colégio Notre Dame vão exibir os dez mandamentos que elaboraram para o próximo prefeito do Rio. O ato faz parte das comemorações dos 75 anos da unidade da escola no bairro, e são esperadas cerca de duas mil pessoas.

– Começamos colocando tudo que a gente achava no papel, depois fomos chegando aos dez pontos – explica Bruna Dutra, 17, aluna do 2º ano do ensino médio como seus nove colegas que participaram da elaboração do decálogo carioca.
Do grupo de dez alunos, só Artur Prates, 18, tem título eleitoral. Ele diz que ainda não decidiu seu voto, mas frisa que todos tiveram a preocupação de não partidarizar os ítens do manifesto:
– Não queríamos entrar na politicagem. Nossa intenção é de que a passeata atraia todos, independentemente do candidato em que votarão.

O resultado foi uma carta de princípios endereçada ao futuro prefeito: amar o Rio; não prometer em vão; cultivar a alegria; honrar e escutar os cidadãos; investir em saúde e educação; exterminar a exploração sexual infantil; não corromper, nem ser corrompido; ter ética; não cobiçar bens alheios; e restaurar a política e sua imagem.
Para Maria Tostes, 16, o grupo está fazendo a sua parte.
– Mesmo nós, que temos uma situação privilegiada em relação à maioria da população, estamos sofrendo hoje as conseqüências do que os políticos fizeram no passado.
Tanto ela quanto Bruna e Pedro Gabriel Paes já pensaram em entrar para a política, mas o estigma é um obstáculo.
– A gente vê tanta coisa errada que fica com o pé atrás – admite Pedro, 16.
Além da presença da banda marcial do Corpo de Fuzileiros Navais, a caminhada, dividida em alas, vai alertar para prevenção da dengue, educação no trânsito, arrecadar leite em pó para doação e distribuir sementes de girassol, entre outras atividades. A concentração será às 9h em frente ao Jardim de Alah.

RUA INTERDITADA

Trecho da Visconde de Pirajá terá faixa de rolamento interditada

Plantão

Publicada em 18/10/2008 às 07h42m

O Globo

RIO - A Rua Visconde de Pirajá, no trecho em frente ao número 321-A, em Ipanema, terá uma faixa de rolamento fechada ao tráfego hoje e amanhã, das 5h às 10h, para retirada de um painel. Segundo a prefeitura, a autorização da Coordenadoria de Regulamentação e Infrações Viárias atende à solicitação da empresa responsável pelo serviço.

ENERGIA RESTABELECIDA

Luz

Light diz que energia foi restabelecida em Botafogo

Publicada em 16/10/2008 às 00h04m

Natanael Damasceno,

O Globo

RIO - A Light informa que já restabeleceu o abastecimento de energia elétrica em Botafogo. Na noite desta quarta-feira, um cabo de energia defeituoso deixou parte do bairro sem luz.
A companhia disse também que os problemas enfrentados em alguns bairros da cidade devido a problemas de baixa tensão nesta quarta também foram solucionados. O problema foi percebido no início da noite, quando ficaram sem luz trechos de ruas de bairros como Ipanema, Botafogo, Vila Cosmos, Vicente de Carvalho, Ilha do Governador, Galeão e Vila da Penha; além de áreas nos municípios de Nova Iguaçu, Caxias e Valença.
Segundo a Light, tratam-se de ocorrências pontuais, localizadas particularmente em áreas próximas a comunidades onde existem um número elevado de ligações irregulares. A empresa afirma que seu sistema teria registrado ao longo do dia um número de ocorrências um pouco acima do verificado normalmente devido ao forte calor. Por isso, teria reforçado o número de equipes de emergência para que todos os casos fossem resolvidos ainda nesta quarta.

INDENIZAÇÃO

Pagamento antecipado

Garagens: empresa quer indenização da prefeitura

Publicada em 16/10/2008 às 23h26m

O Globo


RIO - Ganhadora da licitação da garagem subterrânea da Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, há cinco anos, a empresa Ipanema Park agora briga com a Prefeitura do Rio na Justiça para ser ressarcida dos prejuízos. Com sede em São Paulo, depois de conseguir a concessão, assinar o contrato e montar escritório no Rio, a empresa viu o projeto ser abandonado: o prefeito Cesar Maia mudou de idéia e resolveu fazer a garagem na Praça General Osório, no mesmo bairro.
Segundo o advogado da empresa, Armando Miceli, que entrou com uma ação na 5ª Vara de Fazenda Pública, a Ipanema Park teve um enorme prejuízo. Ele não revelou, porém, a quantia que está sendo pedida como indenização.
O prefeito Cesar Maia disse nesta quinta-feira que os responsáveis pelas licitações das duas garagens subterrâneas da Praça do Lido, em Copacabana, e da General Osório estão avaliando as razões do desinteresse de empresas na concessão, o que poderá fazer com que ele desista da exigência do pagamento antecipado, e à vista, de 42 parcelas da concessão, que tem prazo de 35 anos. Assim como no caso da Praça do Lido, nenhuma empresa compareceu à licitação da garagem da Praça General Osório, realizada na quarta-feira. Cesar disse ainda que deve repetir as licitações, com valor menor.




HORÁRIO DE VERÃO !

RIO

Horário de verão começa no próximo domingo entre saudações e críticas

Janaína Linhares e Luciana Abade,

Jornal do Brasil

RIO - Para uma cidade tão linda quanto o Rio de Janeiro nada melhor do que uma hora a mais de sol todos os dias para aproveitar o que de melhor o lugar tem para oferecer. Pois bem, os cariocas que gostam de curtir a praia até mais tarde, sair do trabalho ainda com o céu claro e usufruir das riquezas naturais do Rio podem se alegrar, pois à 0h de domingo os relógios devem ser adiantados em uma hora para que se dê início a 38ª edição do horário de verão. Regidos por diferentes motivos, muitos cariocas já se mostram ansiosos para o início da medida.
– É muito bom ter uma hora a mais de sol, com o horário de verão fico na praia até o dia acabar – declarou a estudante Marcella Fuss, que sempre corre para a praia depois da aula. – O bom é que com a chegada do horário de verão significa que o ano está acabando, o verão está chegando e as férias também.
Para o morador do Jardim Botânico Marcus Rodrigues a chegada do horário de verão é motivo de alegria. Pescador amador no Mirante do Leblon, Marcus garante que a medida, que tem como objetivo principal economizar energia elétrica, é ideal para seu hobby.
– Com o dia mais longo, quem gosta de pescar pode aproveitar muito mais a atividade. O melhor horário para a pesca é na caidinha da tarde e início da noite, por isso o horário de verão é ideal porque dá tempo de sair do trabalho e correr para cá.
Segurança de um hotel na orla de Ipanema, Luciano Nogueira garante que uma hora a mais para aproveitar o dia só traz coisas boas.
– Aqui a gente trabalha com gorjeta, quanto mais tempo de praia mais gente e mais dinheiro. Além do mais é um prazer ficar mais tempo neste visual lindo de Ipanema, tudo fica melhor, não dá para ter mau humor.
Nem tudo é festa
Mas o horário de verão não traz apenas benefícios e alegria. A alteração de horário exige uma reprogramação do corpo para dormir e acordar uma hora mais cedo. A mudança provoca impactos no organismo e as pessoas podem levar algumas semanas para se adaptar.
Segundo a fisiologista da Universidade de Brasília Keila Santana a questão é mais complexa do que parece. Apesar da maioria das pessoas se adaptarem já na primeira semana ao novo horário, as secreções hormonais levam de 30 a 40 dias para se normalizarem. Para evitar contratempos, a fisiologista sugere que nos primeiros dias as pessoas comam alimentos leves e durmam cedo.
– Não posso julgar se a economia vale a pena. Mas uma coisa é fato: as pessoas de poder aquisitivo mais baixo são as mais prejudicadas porque têm que acordar mais cedo para irem trabalhar – diz Keila.

E MAIL DE UM COLABORADOR

Prezados Senhores,

Venho comunicar-lhes que dentro da praça General Osório estão fazendo depósito de cadeiras e mesas velhas; em torno de 20 a 30 unidades ; gostaria que fosse tomada providência para a retirada desse absurdo, que está se tornando criadouro de camundongos e mosquitos.
Também na padaria Martinica, rua Visconde de Pirajá, esquina com rua Vinicius de Moraes, estão colocando bicicletas na Visconde, atrapalhando a passagem de pedestres na calçada.
Atenciosamente,
G.A.

ESTATÍSTICAS- BLOG - 01 / 10 a 15 / 10

Estatísticas Blog
Uso do site

2.440 Visitas

3.470 Exibições de página

1,42 Páginas/visita

77,79% Taxa de rejeição

00:01:02 Tempo médio no site

78,93% % de novas visitas

PRECISAMOS DE AJUDA !

Precisamos de ajuda em relação à reunião com os vereadores.
A Candido Mendes não vai poder ceder o auditório e o Ipanema Plaza está com os salões todos lotados por ser final de ano.
O Everest ainda não nos deu resposta, mas estou achando que vai ter o mesmo problema do Ipanema Plaza.
Alguém tem contatos em outros lugares? O Colégio Notre Dame ou São Paulo ou a Universidade? Pode ser também em algum condomínio ou nos outros hoteis. Resaturante também vale.
O encontro com os vereadores é super importante e seria bom se pudéssemos fazê lo agora e não em janeiro onde seria mais fácil conseguir lugar.
Por favor, se mobilizem , ajudem. O bairro e o Projeto de Segurança agradecem. Temos de encontrar um lugar. Os vereadores que já foram contatados aceitaram na hora a idéia, é uma iniciativa pioneira e que vai se transformar numa rotina de encontros com nossos representantes.
Coordenação do PSI

ATA DA 1ª REUNIÃO GT SÍNDICOS

ATA da 1ª reunião GT Síndicos
PSLI – Comitê Programa Solidário do Lixo de Ipanema


- GT Síndicos


LOCAL: R. Francisco Otaviano, 49 – edif. Mar do Sul
Dia: 13/10/2008
HORÁRIO: 18;00hs às 20:00 hs
COORDENAÇÃO: Carla Salomão
FACILITADORA: Pólita Gonçalves - Fórum Estadual Lixo e Cidadania - RJ
NÚMERO DE PARTICIPANTES: 12

Assuntos tratados

Carla Bertelli explanou como começou o trabalho de implantação da coleta seletiva junto aos condôminos.
1. conversou com a síndica, que apoiou a idéia e combinaram que a Carla coordenaria este assunto
2. elaborou e afixou Comunicado nos elevadores
3. idem para Folheto explicativo nas lixeiras
4. para a coleta de pilhas, colocou caixa de papelão com sinalização, na portaria (após confirmar com Bco Real que este não colocaria coletor no prédio)
Retransmiti para o GT hoje, via email.
O próximo passo no condomínio da Carla Bertelli será colocação de um mural de cortiça num local acessível a todos, com noticias sobre o assunto, para que os condôminos acompanhem a evolução deste Programa e similares.
Descarte de lâmpadas – principalmente as fluorescentes, que contém mercúrio (metal pesado altamente tóxico): Pólita informou que existe regulamentação desde 2007 obrigando o fabricante a assumir a coleta final, mas ainda não está Regulamentada. É preciso pressionar, vamos encaminhar carta para a Sec Est do Ambiente.
A COMLURB coleta apenas para chamados individuais, até 5 lâmpadas – é uma alternativa que temos. Quem quiser deve ligar para a Ouvidoria da Comlurb e confirmar este procedimento.
Descarte de óleo – Tiorbe deu idéia de se construir dutos que dentro das lixeiras dos aptºs, ligadas a um coletor no térreo, o que facilitaria enormemente o descarte nas unidades e a coleta. Esta é uma boa sugestão a se levar para as construtoras!
Carla Salomão informou que alunos das escolas Liessin estão desenvolvendo atividades de educação para a reciclagem, buscando envolver os de síndicos. Vai haver um fórum dos dias 31/10 a 02/11 onde serão apresentados os trabalhos. O coordenador é Rafael Bornz, mas nesta semana estão em recesso. Carla vai contactá-los novamente na próx.semana, pode ser interessante juntar este trabalho ao do GT. Um dos colaboradores e diretores da escola é dono da construtora CHL...

Onde comprar os sacos transparentes? Consta nome dos fornecedores na Carta aos Síndicos, enviada pelas administradoras dos condomínios.
Ficou acertado que a coordenadora do PSLI vai enviar carta à Sec de Estado do Ambiente informando sobre este grupo de experimentação da coleta seletiva, solicitando que a Pólita seja a facilitadora dos trabalhos.

Coleta Comlurb:
geral
8.000 t / DIA
(5 mil t é domiciliar)
seletiva
502 t / MÊS

PROVE Programa de Reaproveitamento e Óleos Vegetais do Rio de Janeiro – TEL 2598.9240 ou 9242 – perguntar se coletam o óleo e qual a frequência
Além do cunho ambiental e energético, o PROVE é também um projeto de social, pois insere cooperativas populares de catadores de materiais recicláveis na cadeia produtiva do biodiesel. E este projeto tem um efeito social lindo. Hoje o PROVE ajuda a aumentar a renda de 300 famílias.

É uma iniciativa da Secretaria do Ambiente, em parceria com a Usina de Manguinhos; a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCPCOPPEUFRJ); a Federação das Cooperativas de Catadores de Materiais Recicláveis (FEBRACOM); o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR); e a RICAMARE (Rede Independente de Catadores de Materiais Recicláveis do Estado Rio de Janeiro).
O objetivo do programa é otimizar o reaproveitamento do óleo vegetal residual na produção de biodiesel evitando, assim, seu desperdício. O óleo de cozinha, quando não pode mais ser aproveitado, se for jogado na rede de esgoto, além de poluir os rios, baías e oceano - interferindo no equilíbrio desses ecossistemas - também causa o entupimento de canos, aumentando os custos de manutenção.
Sendo reaproveitado na produção de combustível, o óleo contribui para a geração de energia alternativa.

Para as águas do Rio de Janeiro, o efeito é imediato. São despejados de 19 a 27 milhões de litros de óleo por ano em nossas vias marinhas. Considerando que um litro de óleo contamina cerca de um milhão de litros de água, pode-se ter uma noção da gravidade da situação.

Na área energética, ganha-se também. A produção do biodiesel é limpa, sustentável e gera outros produtos bastante rentáveis.

Para encontrar uma cooperativa, clique aqui. Tem cooperativas que participam do PROVE no Leblon:
COOPEREUROS Rua Carlos Pernambuco 03 Tel.: 9138-8447E-mail: anavianafestas@ig.com.br
Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares
Cidade Universitária - Ilha do FundãoPraça da Prefeitura

A próxima reunião será informada pelo novo coordenador deste GT – Raphael Durão. Tiorbe ofereceu para ser em seu condomínio.

O PSLI tem agora um endereço virtual. Criamos um blog para facilitar a comunicação do grupo. O endereço é: www.lixodeipanema.blogspot.com

Elaborou a Ata – Carla Salomão em 15/10/08

PRAGA DAS ÁRVORES




Natureza

Instituto Jardim Botânico identifica praga das árvores da Barão da Torre

Publicada em 15/10/2008 às 23h28m

O Globo


RIO - A praga que condenou 32 árvores cássia-de-sião (Senna siamea) na Rua Barão da Torre, em Ipanema, já foi reconhecida: é um besouro da família Platypodidae, que mede entre dois e oito milímetros e ataca em grupo as plantas subnutridas, como informa reportagem publicada nesta quinta-feira pelo jornal O Globo . A descoberta foi feita após vistoria do Instituto de Pesquisa Jardim Botânico, a pedido dos moradores da rua, diante da demora da Prefeitura do Rio em divulgar um laudo oficial, que está sendo elaborado pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.
Assinado pela pesquisadora Maria Lúcia França Teixeira, coordenadora do laboratório de fitossanidade do Jardim Botânico, o parecer explica que a solução para o problema é a poda, quando só os galhos estiverem contaminados, ou a retirada completa da árvore, se o problema se alastrar pelo tronco. Segundo Maria Lúcia, dificilmente a população enxerga o besouro, mas é possível identificá-lo porque, após fazer o furo no tronco, o inseto deixa ali uma serragem em forma cilíndrica.

Poluição causa câncer vegetal em ipês

Trinta ipês plantados pela prefeitura há mais de 15 anos no canteiro central da Avenida Mem de Sá, nos Arcos da Lapa, estão com câncer vegetal, causado sobretudo pela poluição do ar e do solo. Segundo Ângelo Grecco, engenheiro florestal, especialista em nutrição e patologias e ex-professor da Universidade Federal Rural, a hiperplasia é irreversível e as árvores precisam ser retiradas. Um conjunto de fatores, que inclui a falta de manutenção dos canteiros, a poda feita sem critério, a poluição do ar e o mau hábito do carioca de urinar nas árvores teria aberto caminho para a doença, diz Greco. O indício mais evidente do problema, segundo o professor, é que as árvores deveriam estar no auge da floração, mas não apresentam nenhuma flor.
Com oito anos de idade e seis metros de altura, 23 palmeiras reais e imperiais plantadas no canteiro em frente à Sala Cecília Meirelles, também na Lapa, estão igualmente doentes, segundo o engenheiro florestal. Mas, nesse caso, diz Greco, o problema é o apodrecimento das bases, causado principalmente pela falta de manutenção e pela urina de cães, gatos e seres humanos.
Moradores escolhem espécie de muda de árvores para ser plantada em Ipanema
A Secretaria de Meio Ambiente vai substituir um grupo de 32 cassias amarelas (Cassia siammea) da Rua Barão da Torre, em Ipanema, e está convidando os moradores da rua para escolher entre quatro espécies, a que será plantada no local.
Vítimas de uma praga ainda não identificada - as amostras ainda estão sendo analisadas nos laboratórios da Universidade Rural - 12 árvores já morreram e foram removidas pela Comlurb, segundo a prefeitura.

GARAGEM SUBTERRÂNEA



Pagamento antecipado

Cesar tenta fazer caixa ao licitar garagens exigindo o recebimento de 42 meses à vista

Publicada em 15/10/2008 às 23h29m

O Globo


RIO - Faltando pouco mais de dois meses para o fim do governo, o prefeito Cesar Maia tentou, nos últimos dois dias, fazer licitações para a construção de duas garagens subterrâneas nas praças do Lido, em Copacabana, e General Osório, em Ipanema. Uma exigência, no entanto, provocou polêmica e parece ter afastado os interessados: o prefeito exigiu o pagamento antecipado, e à vista, de 42 parcelas da concessão, que tem prazo de 35 anos. Apesar de, segundo especialistas em direito administrativo, não haver ilegalidade, a medida é uma antecipação de caixa para Cesar Maia, que deixaria para o futuro prefeito apenas as parcelas mensais que começarão a ser pagas três anos e meio depois da assinatura do contrato.
De acordo com o edital de concorrência, a valor mínimo da outorga - que deverá ser paga à vista - é de R$ 805 mil para a Praça do Lido e de R$ 1,4 milhão para a General Osório. Depois de pagar a outorga, o concessionário passa a pagar o valor mensal de cerca de R$ 37.500, que corresponde à 43ª prestação.
Na terça-feira, foi realizada a licitação da garagem da Praça do Lido, em Copacabana, mas nenhum interessado se apresentou. Nesta quarta, foi a vez da garagem da Praça General Osório, em Ipanema. A Secretaria municipal de Obras ainda não divulgou o resultado. Pelo menos duas interessadas entraram com pedido de impugnação das licitações, questionando a a exigência da outorga antecipada e argumentando que não houve audiência pública para que os termos da licitação fossem discutidos.A prefeitura indeferiu o pedido.

VERÃO-CAOS NA PRAIA !!! VAI COMEÇAR

Três presos na orla por furtar banhistas

O calor feito ontem e o feriado do Dia do Professor atraiu banhistas às praias – e, junto deles, também os bandidos. Três deles foram presos na Praia de Ipanema quando tentavam furtar banhistas na areia, e foram levados para a 14ª DP (Leblon). A PM, devido ao feriado, havia reforçado o efetivo na área do 19º BPM (Copacabana), do Leme ao Arpoador, e do 23º BPM (Leblon), do Arpoador ao Leblon.

LICITAÇÕES DE LINHAS DE ÔNIBUS

Lançadas licitações de linhas de ônibus

Veículos, em faixas exclusivas, vão ligar Barra a Ipanema e Magalhães Bastos

Felipe Sil

Enquanto alguns dos principais líderes comunitários da Barra passavam o dia de ontem em Brasília em busca de apoio ao projeto da Linha 4 do metrô, a prefeitura anunciava medidas para solucionar o caótico trânsito da região.
A Secretaria Municipal de Transportes publicou editais de licitação para implantar dois sistemas de Bus Rapid Transit (BRT), a serem operados por ônibus articulados que circularão em faixas exclusivas de tráfego. Um irá da Barra a Ipanema, com a previsão de se integrar ao metrô; outro, da Barra a Magalhães Bastos, com integração aos trens da Supervia, na estação de Deodoro. Os projetos fazem parte do plano de candidatura da cidade para sediar as Olimpíadas de 2016.
A estimativa prevista da prefeitura para a realização do corredor que ligaria a Barra à Zona Sul fica em torno de R$ 1,8 milhão. A licitação ocorre no dia 1º de dezembro e a empresa vencedora terá até cinco meses para realizar o serviço. Com relação ao corredor que ligaria a Barra a Magalhães Bastos, a estimativa é de aproximadamente R$ 1,75 milhões. A empresa vencedora terá o mesmo prazo de tempo para o trabalho.
A implantação destes dois projetos e do Corredor T5 (da Penha até a Barra, passando por Madureira) permitirá à Secretaria Municipal de Transportes iniciar o processo de racionalização do sistema de transporte público por ônibus. Este processo vai proporcionar ao usuário, além de outros resultados, de acordo com a prefeitura, a redução de tarifas, assim como do tempo de viagem.

COLETA SELETIVA







Proposta de Coleta Seletiva no Condomínio Mar do Sul

Reunião em 22/09/2008 – Participantes: Wanda (apto. 304/402), Felicy (apto. 206), Antonio (apto. 802), Claudia (apto. 1006), Ana Lúcia (apto. 1303), Carla (apto. 1510)
_________________________________________________________________________________________________________


A política do prédio sobre a Coleta Seletiva será a Solidária, ou seja, de ajudar às cooperativas socialmente responsáveis, gerando o mínimo de custos para o condomínio.

Nosso foco inicial será na coleta do Óleo, Pilhas e Baterias e Lâmpadas fluorescentes , todos muito poluentes do meio-ambiente. Em paralelo, estaríamos utilizando a Coleta Seletiva da Comlurb (que passa nas terças as 18:00 em nossa rua).

Ações propostas:

Colocar uma lixeira papa-pilhas na portaria de serviço com o intuito de realizar a coleta e ao mesmo tempo servir como sinalizador que algo mudou no condomínio (educação e sensibilização ambiental dos moradores).
Colocar um quadro de avisos da Coleta Seletiva também na portaria de serviço, tipo: Cantinho da Coleta Seletiva.
Colocar em todas as lixeiras dos andares um lembrete de como proceder.
Fazer uma campanha com as crianças do prédio de conscientização dos moradores.
Disponibilizar garrafas pets para os moradores que não as utilizem normalmente, assim como um pequeno funil.
Fazer reunião de conscientização com os funcionários, com explicações práticas de como proceder em relação à coleta.
Em todas as lixeiras da garagem, nos lugares onde há lixeira, passar a disponibilizar 2 latas de lixo, uma para recicláveis, outra para não recicláveis.
Colocar no play latas de lixo coloridas para coleta seletiva - fim educativo.
Realizar palestras com experts na área.
Aquisições necessárias:

lixeira Papa-pilhas - verde modelo Comlurb 50 litros de parede - R$ 145,00 na Virgo (tel: 2220-9459) ou R$ 3,50 caixa de papelão de 3 litros.
quadro de avisos
funis para os moradores - R$ 0,40 a unidade
lixeiras coloridas para coleta seletiva (papel, plástico, vidro, metal, orgânicos) - cada R$ 105,00 a de parede na Soluwan (tel: 3860-7030) ou R$ 70,00 a de chão na Virgo (tel: 2220-9459), ambas com 50 litros.
sacos de lixo transparentes específicos para coleta seletiva - R$ 32,24 cada 100 sacos de100 litros na Numont comércio (tel: 2283-2825)

Benefícios para o condomínio:

menor custo com limpeza das tubulações de esgoto e caixa de gordura.
troca por material de limpeza.
postura sócio-ambiental e solidária.
_________________________________________________________________________________________________________
Alguns sites que valem uma visita são:

http://www.lixo.com.br/ - este é o da Pólita Gonçalves, consultora ambiental

http://www.rotadareciclagem.com.br/index.html - este fornece os endereços de várias cooperativas de coleta seletiva

http://www.rio.rj.gov.br/comlurb/ - site da Comlurb

CURSO DE PORTEIROS

CURSO DE PORTEIROS !!!
As turmas têm de ter no mínimo 30 alunos. Até o momento só temos seis incrições. O curso está previsto para dias 27, 28 e 29/10. O curso é do maior interesse da comunidade que mora em Ipanema. Para a segurança de todos nós, é da maior importância que o maior número possível de porteiros do bairro seja capacitado em questões de segurança. O Cesar sozinho não consegue arranjar mais alunos. Todos temos de nos mobilizar e tratar de falar com os vizinhos e amigos para que increvam os seus funcionários. Não podemos cair na mesmice de só reclamar e quando é preciso arregaçar as mangas ninguém faz nada. Neste rítmo vamos acabar com o curso e quando tiver um assalto dos feios no bairro, a gente vai colocar culpa o poder público, a polícia, a baixa escolaridade dos porteiros etc.

LOCAL 23º BPM, INSCRIÇÕES:
CESAR FONTELLES: TELS. 25-227539/99612044/

Seguem algumas informações sobre o curso para porteiros.
Basicamente são palestras destinadas a empregados, síndicos e moradores de condomínios, focando o quesito segurança e visando a prevenção de roubos e furtos em edifícios.

Os empregados são alertados quanto a:
- cuidados na portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- atenção nas imediações do edifício;
- a garagem e
- instruções gerais.

Os síndicos são alertados quanto a:
- contratação de empregados;
- a portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- equipamentos de segurança e
- a garagem.

Os moradores são alertados quanto a:
- entrada e saída do prédio;
- contratação de empregadas domésticas e
- os vizinhos.

Também comparece um técnico da Comlurb que ministra uma palestra sobre lixo, quem o produz e como deve ser adequadamente tratado.

LIXO EM IPANEMA


Enviado por leitor Sergio Henrique Gouvêa de Souza -
14.10.2008

EU-REPÓRTER

Ambulantes deixam lixo nas ruas de Ipanema
Aqui em Ipanema sofremos com a sujeira deixada toda segunda-feira pelos camelôs que vendem frutas e legumes.
Reclamações à Ouvidoria da Prefeitura já foram feitas e não sabemos mais a quem recorrer.
A operação Ipabacana chegou a recolher alguns produtos, mas a sua ação é pontual. A esperança de que voltaremos a ter uma calçada limpa não morrerá jamais!

VOTAÇÃO


Votação

Moradores escolhem espécie de muda de árvores para ser plantada em Ipanema

Publicada em 14/10/2008 às 19h48mO Globo

RIO - A Secretaria de Meio Ambiente vai substituir um grupo de 32 cassias amarelas (Cassia siammea) da Rua Barão da Torre, em Ipanema, e está convidando os moradores da rua para escolher entre quatro espécies, a que será plantada no local.
Vítimas de uma praga ainda não identificada - as amostras ainda estão sendo analisadas nos laboratórios da Universidade Rural - 12 árvores já morreram e foram removidas pela Comlurb, segundo a prefeitura.
Para evitar a propagação entre as que ainda não foram contaminadas, os técnicos da Fundação Parques e Jardins optaram pela substituição gradual da espécie atingida por outras de efeito paisagístico semelhante.
São elas: pau-ferro (Caesalpinia ferrea), pau-brasil (Caesalpinea echinata), sibipiruna (Caesalpinia peltophoroides) e tipuana (Tipuana tipu).
No site da prefeitura , o internauta pode ver fotos de todas as espécies e votar.

ASSALTOS NAS BANCAS DE JORNAIS

Na Zona Sul, 30% das bancas assaltadas

Raphael Lima

Como o JB denunciou há cerca de dois meses, as bancas de jornal de todas as regiões do Rio vêm sendo alvos de constantes assaltos. Na ocasião, um jornaleiro, que há 15 anos trabalha no ramo, disse que os ataques ocorrem com mais freqüência assim que as bancas abrem, quando geralmente as ruas ainda têm pouco movimento, facilitando a ação dos bandidos. Verneque Cruz comentou também que os responsáveis pelos roubos hoje em dia também correm atrás de cartões pré-pagos de empresas de telefonia.
Um distribuidor de jornais e revistas chegou a informar que há mais de 30 anos trabalhando no ramo, nunca havia constatado um número tão alto de assaltos. Segundo ele, das bancas para as quais ele fornece, mais de 30% sofrem com a falta de segurança.
Em Laranjeiras, uma banca na rua Soares Cabral conseguiu um recorde. O mesmo bandido foi responsável por mais de 10 assaltos em um semestre. O proprietário chegou a informar que registrou as queixas e pediu policiamento, mas nada foi solucionado.
Algumas bancas, tentando evitar o grande número de assaltos, que prejudicam o faturamento, optaram por algumas alternativas.
Em Ipanema, alguns proprietários adiaram o horário de abertura durante a semana e passaram a não funcionar mais durante domingos e feriados. Também não são mais feitos estoques de produtos, para evitar perdas maiores em caso de roubos.
Muitos jornaleiros chegaram a colar cartazes cobrando mais ações da polícia e denunciando as dificuldades enfrentadas pelo grande número de assaltos.
Melhora no policiamento
Após as primeiras denúncias feitas pelo Jornal do Brasil, uma equipe de reportagem voltou à banca da rua Soares Cabral e foi informada pelo proprietário que o bandido responsável pelos mais de 10 roubos teria sido preso e disse ainda que o policiamento no local mudou bastante após a divulgação na imprensa.