MANIFESTAÇÃO !!




Moradores e representantes das associações de Ipanema ,Leblon e Jardim da Alah, reuniram-se hoje às 10hs em frente à passarela construída na Rua Henrique Dumond com Visconde de Pirajá.
Essa passarela ,construída à revelia só teve como finalidade,desvalorizar os imóveis ali existentes .Trata-se de um estorvo,sem qualquer tipo de utilidade e principalmente de manutenção.Apenas enfeiou o bairro.Dinheiro jogado fora ,que poderia na época melhorar e muito toda Ipanema e bairros adjacentes.
Os moradores e as associações NÃO querem que continue em pé.Que seja demolida antes que venha a causar algum acidente de tão estragada que está.

GENERAL OSÓRIO

Na General Osório, onde tudo teve início

Feira Hippie e pólo da Jangadeiros foram pioneiros

DA REDAÇÃO JB
Na Rua Jangadeiros, em Ipanema, o pólo gastronômico que existe no local contribuiu para a revitalização da região. Recentemente, os donos dos seis restaurantes que constituem o pólo – Terzetto, Fazendola, The Irish Pub, Brasileirinho, Banana Jack e Casa da Feijoada – investiram R$ 180 mil para melhorias na arquiteta, instalação de postes de luz, embelezamento e manutenção dos canteiros de suas calçadas, seguranças 24 horas e ainda a troca das pedras portuguesas na área da Praça General Osório em frente aos restaurantes por pedras novas, além de outras mudanças.
Nas praças, cada restaurante ganhou um espaço onde foram colocadas mesas e cadeiras para que os clientes possam comer e beber ao ar livre. Mas algumas regras da prefeitura como como horário para funcionamento, desmontagem diária das estruturas, entre outras, devem ser seguidas. Além disso, deve ser respeitada a instalação da Feira Hippie, criada por um grupo de jovens, artistas plásticos e artesãos do Movimento Hippie e que há cerca de 40 anos ocupa a Praça General Osório aos domingos sempre com a presença de pessoas vendendo desde esculturas em bronze e madeira, quadros a óleo, objetos de prata, porcelanas pintadas à mão, até tecidos, roupas de couro, sapatos e bolsas.
Pólo virou referência no bairro
O estudante Rafael Braga, de 23 anos, morador de Ipanema, comenta que pelo menos uma vez por semana frequenta um dos restaurantes do Pólo:
– Não temos preferência quanto ao restaurante. Gostamos mesmo é do local, que é bem agradável e melhorou muito de uns tempos pra cá. Geralmente frequentávamos bares no Leblon ou Gávea. Não abandonamos esses lugares mas as vezes a proximidade de casa nos faz ficar por aqui mesmo – comentou o estudante.
Ainda segundo Rafael, quando as obras do metrô estiverem prontas, o local deverá ficar ainda mais concorrido.
Ações Sociais
As casas também já realizaram ações sociais, como em 2005, quando uma doação de cerca de 300 quilos de alimentos foi feita à prefeitura

PÓLO GASTRONÔMICO

Guia amplia pólo gastronômico

Roteiro, do trecho entre as ruas Rainha Elizabeth e Vinícius de Morais, terá 55 estabelecimentos

Carolina Bellei

Ipanema vai ganhar novo Pólo Turístico e Gastronômico. Já está circulando o Guia da Praça General Osório que tem 55 estabelecimentos localizados da Rua Rainha Elizabeth à Vinícius de Morais. Além de bares e restaurantes, a publicação inclui a Feira Hippie e ainda o Pólo Gastronômico da Jangadeiros, que abriga apenas sete restaurantes. O folheto é uma iniciativa de Prefeitura. De acordo com o sub-secretário da Riotur, Paulo Bastos, a intenção é distribuir a publicação entre a classe turística, hotéis e agências de viagens, para que o circuito seja cada vez mais procurado. Um site também está sendo montado e será inaugurado até outubro.
– Esse é o primeiro passo para divulgar a região aos turistas, por isso é subsidiado pela Prefeitura. A idéia é que os empresários se juntem e posteriormente atualizem as informações em novas edições. Eles terão liberdade para fazer as alterações que julgarem necessárias – ressalta Bastos, que complementa: – Mas não podemos financiar permanentemente o empresariado. É um esforço inicial para que depois seja auto-sustentável.
Para isso, Bastos sugere que os empresários se cotizem ou procurem patrocinadores para viabilizar uma nova edição do guia, como está sendo sendo feito pelo Pólo de Botafogo, primeiro circuito gastronômico reconhecido na cidade.
Alguns comerciantes, que estão na primeira edição do guia, estão se mobilizando e promovendo reuniões para tentar ampliar o projeto e conseguir mais benefícios. Eles se espelham no exemplo do Pólo da Jangadeiros – incluído nos limites do circuito da Praça General Osório – que há dois anos conseguiu autorização para colocar mesas e cadeiras na calçada durante a noite.
– Estamos entrando em contato com todos os empresários que fazem parte do guia e promovendo reuniões. A intenção é formar realmente um pólo, com os proprietários envolvidos no movimento – informou Felipe Igayara, gerente do Bistrô Mel & Pimenta. – Quanto mais empresas, mais frente teremos diante da Prefeitura. Até agora, temos cerca de 15 apenas.

Empresários insatisfeitos

Uma das reclamações dos empresários, que fazem parte do Guia da Praça, é que muitos não foram consultados e se quer informados sobre a produção da publicação. Além de fotos antigas, eles reclamam de informações erradas.
– Os comerciantes sempre vão poder melhorar o que fizemos. Isso é ótimo – conclui Bastos, completando que foram distribuídos mil exemplares pela cadeia turística do bairro de Ipanema e redondezas..
Este não é o primeiro guia patrocinado pela Prefeitura. Ao todo, uns 10 circuitos diferentes foram publicados nos últimos anos, como o de Botafogo, Rio Antigo (Centro), Tijuca, Vargem Grande e Praça 15. Entretanto, o Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes lembra que o Guia de Ipanema está seguindo o movimento contrário, já que classifica precipitado o plano de ação. Na sexta-feira será lançado mais um guia: o da Marina da Glória. Na publicação, estarão os principais estabelecimentos gastronômicos e de interesse turístico da Glória e redondezas.

BARULHO DA OBRA DO METRÔ

Moradores reclamam do barulho da obra do metrô

Enquanto os comerciantes se agitam com a inclusão da Praça General Osório no circuito turístico e gastronômico da cidade, os moradores da Rua Jangadeiros, principalmente, sofrem com os inconvenientes provocados pela obra que vai levar o metrô até Ipanema. Além do barulho, provocado pelas explosões de dinamites, que ocorrem duas vezes por dia, os moradores reclamam da sujeira e da falta de segurança.
– Os ratos invadiram os prédios. Já dedetizamos duas vezes, mas não adianta. Depois de um tempo os bichos voltam – conta Fátima Viana, síndica de um prédio na Rua Jangadeiros, que completa: – Mas o nosso maior problema atualmente é com a falta de segurança. O Metrô nos prometeu que haveria funcionários 24 horas para auxiliar os moradores a entrarem com os carros e isso não acontece.
De acordo com os moradores, o maior problema é à noite e nos fins de semana.
– A impressão é que os funcionários aparecem quando eles querem. E ainda temos que aguentar a falta de educação e grosseria deles – reclama uma moradora, que prefere se manter anônima.

ADOÇÃO DA PRAÇA ALBINO PINHEIRO

Adoção da Praça Albino Pinheiro comemorada DIA 29/09

JB Online

RIO - O Centro Cultural Carioca vai comemorar nesta segunda-feira a partir das 19h30, a adoção da Praça Albino Pinheiro, com a presença dos irmãos e amigos do crítico musical, jornalista e um dos fundadores da Banda de Ipanema. A programação incluiu show da cantora Letícia Tuí e apresentação do musical Bota Abaixo. A Banda de Ipanema, que há 44 anos anima o Carnaval da cidade, também estará representada e executará a música Carinhoso, de Pixinguinha, e Cidade Maravilhosa, de André Filho.
Albino Pinheiro, célebre personalidade da boêmia carioca, além de ser um dos criadores Banda de Ipanema, na década de 1960, trouxe de volta os bailes carnavais às praças dos subúrbios nos anos de 1970. Como participante do projeto Corredor Cultural, ajudou a preservar prédios e monumentos históricos no centro do Rio. Albino Pinheiro é autor do projeto 6 e Meia, responsável pela disseminação da MPB com preços populares.
Cláudio Pinheiro, irmão de Albino e presidente da Banda de Ipanema, lembrou as grandes paixões do irmão: o Fluminense, o Carnaval (ele era portelense) a mulata carioca (que em suas curvas lembravam as curvas da cidade) e a cerveja, sempre tomada na companhia dos amigos. Custódio Mesquita, um dos grandescompositores da Música Popular Brasileira, era tio dos irmãos Pinheiro.
Centro Cultural Carioca nesta adoção presta sua colaboração para a recuperação da importância histórica que esta região representa para o cenário carioca. A adoção do Largo Albino Pinheiro pelo CCC contribui não só para a difusão de um Rio popular e artístico de qualidade, mas também com a consagração do movimento de restauração desses patrimônios culturais.
A Banda de Ipanema já está esquentando as tubas e trompetes para o Carnaval 2009. A Banda homenageará o Retiro dos Artistas, a Filarmônica Embocadura de Ubá e os centenários de Athaufo Alves, Carmen Miranda, Mano Décio da Viola e Castro Barbosa (autor do samba "O seu cabelo não nega").

MANIFESTAÇÃO !!

Amanhã,

Dia 30, às 10 horas, haverá manifestação por conta da derrubada da passarela
do obelisco de Ipanema (bar 20).
Estarão presentes moradores e associações do Leblon, do Jardim de Alah e de Ipanema.
Quem estiver de acordo com a proposta compareça ,para dar uma força.
Até lá !!!!
Voluntária de PSI

MERCADO DE TRABALHO

Enviado por Renata Leal -
29.9.2008

8h40m

Preparando-se para o mercado de trabalho
Como se preparar para uma entrevista, como enfrentar uma dinâmica de grupo, como se vestir, como se apresentar e controlar a ansiedade serão alguns pontos abordados pela psicóloga Monica Portella na palestra gratuita que acontece dia 29 de setembro, das 19h às 20h45 no Cepaf, em Ipanema. O curso dirigido para pessoas interessadas em adquirir ou em aperfeiçoar suas habilidades de apresentação para uma entrevista de emprego já podem se inscrever. O Cepaf fica na Rua Visconde de Pirajá 303, salas 403 e 404. Telefone 3813-4037.

RÉVEILLON 2009

IPANEMA RECORRE AO MP PARA TER RÉVEILLON TRANQUILO

MORADORES QUEREM EVITAR CAOS E PROMOTOR INSTAURA INQUÉRITO

CÉLIA COSTA


Moradores e comerciantes de Ipanema,já recorreram ao Ministério Público para garantir o ordenamento do réveillon de 2009 e evitar o caos ocorrido no bairro na comemoração passada.O promotor Carlos Frederico Saturnino,da Promotoria de Meio Ambiente e Patrimônio Cultural,instaurou um inquérito civil público e já requisitou à prefeitura o detalhamento do projeto da próxima festa de fim de ano.No entanto segundo ele,a prefeitura tem se negado a dar qualquer informação.A Secretaria Municipal de Turismo nega e afirma ter encaminhado a resposta dentro do prazo previsto.
Segundo o promotor isso não ocorreu.Carlos Frederico Saturnino disse que convocou o secretário Rubem Medina,mas ele não quis dar informações, alegando que o assunto já está sendo tratado em outra ação,referente ao réveillon 2006.
__São duas questões diferentes.Naquela ação,a prefeitura e a Embratel foram obrigadas a pagar R$ 1 milhão de indenização por publicidade ilegal na orla.Agora nossa intenção é evitar problemas de última hora__ disse o promotor.

“NÃO ESTAMOS SUBORDINADOS AO MINISTÉRIO PÚBLICO”

O subsecretário de Turismo,Paulo Bastos,garantiu que a prefeitura atendeu a dois pedidos feitos pelo promotor.A resposta a um terceiro ainda está sendo elaborada.Segundo ele,o promotor se refere a uma reunião marcada com moradores e comerciantes,à qual Rubem Medina não pôde comparecer.
__Se quiser combinar uma hora,é fácil__disse Paulo Bastos.___O que precisa ficar claro é que não estamos subordinados ao Ministério Público.Temos que prestar contas ao prefeito.
O inquérito foi instaurado depois que representantes do PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA,do QUADRILÁTERO DO CHARME e da Associação de moradores do bairro,foram ao MP reclamar dos problemas provocados pela última festa de réveillon.Segundo Maria Ignez Barreto,do Projeto de Segurança, no início do ano foi à subprefeitura pedir que fosse apresentado o projeto para 2009,com planejamento de instalação de banheiros e policiamento.
____ Esperamos inutilmente.Várias vezes cobramos e sempre ouvimos desculpas,de que o projeto ainda não estava pronto___disse Ignez.___Depois , o secretário disse que não iria à reunião e se recusou a entregar a documentação ao promotor.
Carlos Frederico Saturnino disse esperar que haja uma solução conciliatória e frisou que não é contra a realização da festa
___ Ainda há tempo de esclarecer o mal entendido,para não ser necessária uma ação judicial.

METRÔ RIO

Metrô Rio abre bicicletários gratuitos neste domingo

JB Online

RIO - O Metrô Rio abre ao público neste domingo bicicletários gratuitos dentro das estações Pavuna e Cantagalo. O serviço estará disponível no horário de funcionamento do metrô, das 5h a meia-noite, de segunda a sábado, e das 7h às 23h, aos domingos e feriados. Os passageiros poderão utilizar suas bicicletas como transporte até a estação, estacioná-las no bicicletário com total segurança e seguir viagem no metrô.
Inicialmente, serão 30 vagas por estação.
Os passageiros deverão fazer um cadastro para usar os bicicletários. A inscrição pode ser feita na hora, diretamente nas Estações Pavuna e Cantagalo, bastando apresentar duas fotos 3x4, documento de identidade original, comprovante de residência dos últimos três meses e a bicicleta a ser cadastrada. Para agilizar o atendimento, o cliente pode imprimir a ficha de inscrição no site da empresa (www.metrorio.com.br). O Metrô Rio emite a carteira de sócio na hora.
A iniciativa do Metrô Rio está alinhada à idéia do secretário de Transportes do Rio de Janeiro, Júlio Lopes, que criou o programa Rio – Estado da Bicicleta, que tem como principais objetivos incentivar o uso do veículo como meio de locomoção alternativo e complementar, reduzir a emissão de poluentes e promover o uso eficiente do espaço público.

ATENÇÃO !!

ATRAVÉS DE PESQUISA FEITA PELO TELEFONE 33 99 77 21 DO CORPO DE BOMBEIROS,ESSA INFORMAÇÃO QUE CONSTA NO SITE www.funesbom.rj.gov.br ,NÃO É VERDADEIRA.
FALEI COM O CABO CAMPISTA E ELE ME INFORMOU QUE É SÓ PARA QUEM QUIZER ADIANTAR O PAGAMENTO DO PRÓXIMO ANO.
AS BOLETAS AINDA SERÃO ENVIADAS EM 1ª VIA ,QUANDO FOR A HORA.

ATENCÃO !!!


Comunicado Importante

Conforme divulgado anteriormente e atendento a inúmeros pedidos, informamos que as 2ª vias da taxa de incêndio, do exercício 2008, estão disponíveis neste site, exclusivamente, desde o dia 22 de agosto de 2008.

Cabe esclarecer que a taxa enviada pelos Correios no primeiro semestre deste ano era do exercício 2007.

www.funesbom.rj.gov.br

RUA INTERDITADA

Rua de Ipanema fecha para obras nos próximos sábados

Rio - A Rua Vinícius de Moraes, entre as ruas Visconde de Pirajá e Barão da Torre, em Ipanema, terá uma faixa de trânsito interditada nos dois próximos sabados, 27 de setembro e 4 de outubro, das 7h às 11h.

O bloqueio vai facilitar o trabalho de bombeamento de concreto para uma construção, conforme licitação à Secretaria Municipal de Transportes, atendida em portaria da Coordenadoria de Regulamentação e Infrações Viárias

METRÔ DE IPANEMA



General Osório

Escavações do metrô de Ipanema estão praticamente concluídas

Publicada em 25/09/2008 às 12h59mO Globo

RIO - A luz chega com cada vez mais intensidade ao fim do túnel da obra do metrô de Ipanema. Nesta quinta-feira, durante a visita do governador Sérgio Cabral, anunciou-se que a obra está com 92% das escavações de galerias e 70% das estruturas das três plataformas de embarque e desembarque concluídas. O acesso da Rua Sá Ferreira, em Copacabana, está 100% pronto. Na Rua Teixeira de Melo, em Ipanema, 80% das escavações foram concluídas. Ali será construído um elevador panorâmico até o alto do morro do Cantagalo. O metrô de Ipanema, que deve beneficiar mais de 20 mil moradores dos dois bairros, deverá ficar pronto em dezembro de 2009.
Cabral, acompanhado do secretário de Transportes, Julio Lopes, conferiu as obras de expansão e conhece a conexão entre os túneis da galeria por onde circularão as composições e o túnel de acesso da Rua Jangadeiros, cujas escavações chegaram à superfície há 20 dias.
A Estação de Ipanema receberá cerca de 80 mil passageiros diariamente. Para concluir as perfurações e entregar o metrô no prazo estabelecido, 500 funcionários trabalham 24 horas por dia, de segunda a sábado. Desde abril do ano passado, quando começaram as intervenções, os operários escavaram 1.024 metros de túnel.
Além da construção da Estação Ipanema, as escavações revelaram fatos curiosos da história da cidade do Rio de Janeiro. Na Rua Visconde de Pirajá, foram encontrados restos de trilhos do antigo bonde que circulava pela região. Na Rua Jangadeiros, formações rochosas comprovaram que havia uma praia no local com características similares as da praia do Arpoador.

CONTROLE URBANO



Controle urbano

Prefeitura apreende bicicletas em Ipanema e leitora registra a operação

Publicada em 23/09/2008 às 18h08mO Globo, com a leitora Marina Capella

RIO - Um dia após a comemoração do "Dia Mundial Sem Carro", a Prefeitura do Rio recolheu bicicletas que estavam amarradas em postes da Rua Visconde de Pirajá, em Ipanema.
Funcionários da Prefeitura, munidos com alicates para cortar as correntes, recolhiam as bicicletas, que eram então colocadas em uma picape para serem levadas para um depósito em Bonsucesso.
As ciclovias não são seguras, os carros não respeitam os ciclistas, os roubos de bicicleta são freqüentes e é difícil encontrar um bicicletário seguro e que não seja na orla. Agora os ciclistas do Rio têm mais um motivo pra se preocupar.
Em contato com a O GLOBO, a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Governo informou que operações como essas são realizadas regularmente pela Coordenação de Controle Urbano para recolher bicicletas que estejam atrapalhando o logradouro público. De acordo com as informações, antes do recolhimento das bicicletas - a maioria delas utilizadas por serviços de entrega -, os proprietários são notificados. Para reaver o bem apreendido, é preciso entrar com uma solicitação na sede da Prefeitura. Este texto foi escrito com a contribuição de uma leitora do Globo.

EMAIL RECEBIDO

PARABÉNS !

Prezadas,

Parabéns pelo Blog. Li atenciosamente os textos e comentários. Pretendo fazer parte da próxima.

Muito obrigado!

Marcelo Queiroz
www.marceloqueiroz25825.com.br

ELEIÇÕES 2008

Antes de votar,conheça,fiscalize e fale com seus candidatos



http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/info_fale_politicos/

ATA DA 27ª REUNIÃO

ATA DA 27ª REUNIÃO DO PROJETO DE SEGURANÇA DE IPANEMA

(Atividade que tem por objetivo proporcionar desenvolvimento social para o bairro a partir da participação voluntária dos moradores)

· LOCAL: Universidade Candido Mendes, rua Joana Angélica, sala do Tribunal do Júri.

· DIA : 23 de setembro de 2008- 1800 horas.

· COORDENADORA: Ignez Barreto.

· PARTICIPANTES: 20 pessoas , com a presença da Guarda Municipal, através Ana Claudia Alves de Almeida, a quem agradecemos .

TÓPICOS ABORDADOS:

· Faixas para conscientização dos moradores:

Foi discutido com Paulo Amendoeira qual a melhor maneira de sensibilizar os moradores através da colocação de faixas com dizeres explicando que o ato de dar esmola e comprar em camelô faz com que estas pessoas não se retirem do bairro. Os camelôs são teleguiados de contrabandistas, sujam o bairro , alguns vendem droga . Os pedintes são , na maioria, profissionais da rua, teleguiados de exploradores de menores que conseguem por dia até quarenta reais.
Paulo verificará e informará.
Na oportunidade, Ignez explicou a colaboração que o PSI está dando ao Ipabacana, através de contatos com empresários da área para viabilizar econômicamente a implantação definitiva do Ipabacana.

· Premiação de PMs e GMs:

Foi aprovada a idéia de premiar os Policiais Militares e Guardas Municipais que se destacarem no cumprimento das suas obrigações e atendimento aos moradores. Foi acordado que a premiação deveria ser semestral. O projeto preliminar do assunto foi colocado como anexo da última ata da reunião passada, realizada em 02 set 2008.
Paulo Amendoeira ficou de criar como seria feita a divulgação e conscientização dos moradores.
DEVEMOS RESSALTAR QUE ESTE É UM PROJETO IMPORTANTE , MAS PARA QUE DÊ CERTO TEM QUE SER GERENCIADO POR UM VOLUNTARIO QUE COORDENE COM OS COMANDOS DA ÁREA A GESTÃO DO PROCESSO, A CRIAÇÃO E MARKETING, EVENTOS ETC. PRECISAMOS DESTE NOME A CURTO PRAZO.

· Representação no Ministério Público:

Ignez explicou como anda a representação do PSI no MP , a qual tem como objetivo normatizar o reveillon e eventos na praia afim de evitar excessos e transtorno aos moradores.
Haverá uma reunião das partes na Secretaria de Turismo. O assunto está em andamento e haverá necessidade, como ficou evidenciado, de esclarecer os moradores sobre o que está sendo feito e buscar um apoio que mostre o respaldo total ao tema.
Foi aprovada a idéia de utilizar uma tenda no calçadão para distribuir documentação a respeito e adesivos. Paulo Amendoeira ficou de apresentar .

· Curso para porteiros:

Cesar Fontelles informou que a quinta turma do curso para porteiros ministrado pelo 23° BPM será realizado nos dias 27, 28 e 29 de outubro ( segunda, terça e quarta) no horário de 1230 às 1730 horas no próprio BPM. O aluno não pode ir de bermuda. Os interessados devem contatar o Cesar pelo tel 2522 7539 , e mail cbfontelles@terra.com.br

· Parque Garota de Ipanema:

O PSI está participando ativamente dos entendimentos visando a adoção do Parque por uma empresa privada através o Instituto “e” . As obras começarão dia 7 de outubro e tem término previsto para dezembro. Haverá uma cerimônia de lançamento do projeto logo após as eleições, com ampla divulgação.

· Projeto “Pintando Ipanema”:

Compareceu à nossa reunião o universitário de desenho industrial Leonardt Lauenstein, que faz trabalhos de stencil e pintura, “limpando” a sujeira de muros e paredes, embelezando o bairro. Necessita de apoio para as tintas. Qualquer morador que tenha sugestão de onde poderá ser “limpo” deve informar ao PSI.
Ignez ficou de coordenar um encontro do Leonardt com o Bruno para apoio dos restaurantes do quadrilátero.
A presença do Leonardt foi ótima, solicitamos que independentemente do seu trabalho, compareça sempre, se possível trazendo mais jovens para nossas reuniões. O tel dele é 9427 7539 e o e mail: leonardt.lauenstaein@flycell.com.br

COMPAREÇA ÀS NOSSAS REUNIÕES, SEJA UM VOLUNTARIO FISCAL DO NOSSO BAIRRO, NÃO DESANIME, DENUNCIE!!!

psipanema.blogspot.com----------- projetodeipanema@terra.com.br

PRÓXIMA REUNIÃO : DIA 7 DE OUT TERÇA FEIRA UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES 1800 HORAS- SALA DO TRIBUNAL DO JURI.






AGRADECIMENTO

Prezado Inspetor Cristo,

Mais uma vez agradecemos a presença de um representante da GM na nossa última reunião dia 23 pp.
As intervenções da Ana Claudia Alves de Almeida foram excelentes e apresentou inclusive boas sugestões.

Um abraço,

PSI

GALERIA A CÉU ABERTO






ANDREA BRANDANI
GALERIA A CÉU ABERTO

O conceito de natureza-morta ganhou novo sentido na Rua Vinicius de Moraes, em Ipanema. No começo do mês, a via recebeu sua terceira escultura em tronco de árvore – as outras duas estão nestas fotos laterais. O autor das obras é um morador local: o artista plástico mineiro Andrea Brandani, 46 anos de idade e 28 de Rio. Seu processo criativo se repete. Ele vê a Comlurb podar as espécies comprometidas e espera seis meses até se certificar da morte dos vegetais. Só então ele ataca de formão, machado e marretinha. Andrea desenhou também os elefantes indianos que enfeitam os portões de diversas lojas da cidade, a maior parte pela vizinhança. "O artista quer ser visto", diz. "A rua é uma galeria a céu aberto."

ANDREA BRANDANI VALE EURO!
Andrea Brandani é um novo expoente das artes plásticas no Brasil. Dono de um grande talento e um futuro promissor como pintor, Dedé, como também é conhecido, já vem tendo seu trabalho reconhecido e valorizado na Itália, onde seus quadros, de menor monta estão cotados a partir de 2000 euros. Se alguém duvida que este talento é um grande investimento, está perdendo um tempo precioso! Você pode adquirir agora em reais o que num futuro próximo só será possível comprar em euros. Veja algumas obras do artista nos endereços abaixo:http://www.galeria.etc.br
A cotação internacional pode ser visualizada no endereço:http://www.telemarket.com/telemarket/catalogue/dept.asp?dept_id=8&languageid=eng&mscssid=34bqa400jhvp8l
Postado por Aloysio Rezende
Marcadores: artes plásticas, investimentos, óleo sobre tela

UTILIDADE PÚBLICA

Date: Wed, 24 Sep 2008 10:07:07

From: gcecy@rio.rj.gov.br

Campanha de vacinação anti-rábica animal 2008

Prefeitura inicia campanha de vacinação anti-rábica animal neste sábado
A Prefeitura do Rio, através do Centro de Controle de Zoonoses Dacorso Filho (CCZ), com o acompanhamento da Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais (SEPDA), dará início no dia , à primeira fase da campanha de vacinação anti-rábica animal
Rio Sem Raiva! 2008
Dividida em cinco etapas, os postos de vacinação funcionarão sempre aos sábados, das 8h às 17h, até o dia 6 de dezembro, com locais a serem divulgados semanalmente.
Poderão receber a vacina cães e gatos a partir de um mês de idade, que estejam acompanhados pelo responsável.
Em 2007 476.574 cães e 129.400 gatos receberam a vacina, atingindo 92,52% da população estimada. Este ano a expectativa é de que aproximadamente 670 mil animais sejam vacinados. Para isso, 1.111 postos de vacinação serão montados em diversos bairros e três mil funcionários previamente treinados irão atuar na campanha como vacinadores e voluntários.
O CCZ realiza este programa desde 1988, com o objetivo de erradicar a Raiva Humana no município através da vacinação de cães e gatos, que são os principais transmissores da doença. Mais informações nos telefones 3402-0388 e 3402-5417.
A relação dos endereços segue anexo.
Atenciosamente

Assessoria de Comunicação SEPDA Giovanna Fraga (21) 2503-4639 / 9496-9447

http://www.rio.rj.gov.br/
defesa_animais

UTILIDADE PÚBLICA




ADOTE O DESENVOLVIMENTO DE UMA CRIANÇA



Mariana,Kaio,Guilherme,Mayara,Loraiena,Leandro,Iago...

Esses desenhos falam por dezenas de crianças da comunidade Júlio Otoni, em Santa Tereza,que são atendidas diariamente pela Creche Caçula e Centro Comunitário.

Elas dizem para VOCÊ : QUER NOS AJUDAR ?


Uma pequena quantia mensal pode fazer a diferença na vida de uma criança da favela Júlio Otoni.
Você acompanha mês a mês esse desenvolvimento através de fotos e relatos das próprias mães.

Veja que criança gostaria de “adotar”,acessando o site ;
www.adoteumacrianca.weebly.com

Entre em contato conosco para saber como contribuir e acompanhar o desenvolvimento do seu afilhado.
Também fiscalizar a correta aplicação de sua doação !

Maiores informações sobre a Creche Caçula e o Centro Comunitário Júlio Otoni,acesse
www.julio-otoni.org
Venha nos fazer uma visita;
Segunda à sexta-feira,de 8 às 17hs
Rua Dr.Júlio Otoni,298-Santa Tereza
Tel; (21) 9366-0821 e 2557-9411



LEIA ESSE LIVRO.

50% dos direitos autorais reverterão em favor do HOSPITAL MARIO KROFF,para o tratamento de crianças com câncer.

MADÁ NUNES

www.litteris.com.br
www.saraiva.com.br
www.livrariacultura.com.br
www.madanunes.com

CONTOS NO MEU CAMINHO

E MAIL DE UM COLABORADOR

24/09/08 00:23

ORDEM URBANA?!?!?!?!?!?!?

Bom gostaria de saber se tem como e se existe algum decreto ou lei que proibe prender bicicletas em postes de iluminação, placas e arvores. Porque eu quase perdi minha bicicleta que utilizo para fazer o trajeto casa-trabalho-casa todos os dias para os fiscais do projeto ipabacana e queriam quebrar o cadeado para levar a bicicleta por que so falaram que era proibido mas não deram mais informações sobre a questão. Gostaria se possível uma explicação sobre o assunto.
Desde já agradeço a resposta.
Jose Antonio
Ipanema

E MAIL DE UM COLABORADOR

Prezados Senhores,

Quero agradecer a equipe do IpaBacana que hoje estava desde as 6:00 h da manhã organizando o nosso bairro, pois desde que começou a ação do IpaBacana nosso bairro melhorou bastante.
Aproveito para solicitar vistoria na da Rua Visconde de Pirajá, entre as ruas Farme de Amoedo e Vinicius de Moraes,lado par , onde fica a mercearia Kikarnes que obstrue a calçada com bicicletas, caixas de mercadorias, etc , causando transtornos à passagem de pedestres.
Atenciosamente,
G.A.T.

IPANEMA NÃO É DIFERENTE !



Obstáculos

Calçadas da Zona Sul e do Centro não passam em teste

Publicada em 20/09/2008 às 19h43mO Globo

RIO - Cheias de problemas como buracos no calçamento, fradinhos instalados sem critério, ocupação irregular por puxadinhos de restaurantes e prédios, carros estacionados em local proibido e até lixo abandonado no meio do caminho, diversos trechos de calçadas da cidade não passam num simples teste de caminhada, como revela a reportagem da edição deste domingo do GLOBO. A convite do jornal, uma idosa, uma deficiente visual, uma mãe com seu bebê e uma analista comercial percorreram trechos de passeios públicos em Laranjeiras, Copacabana e Centro na quarta e quinta-feira passadas.
Não foi difícil encontrar esses e outros obstáculos a atrapalhar a livre circulação. As calçadas já haviam sido reprovadas pelos mesmos problemas por técnicos do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Rio (Crea-RJ), em vistoria feita em 13 bairros no mês passado.

DIA MUNDIAL DA LIMPEZA DAS PRAIAS



Mutirão limpa praias do Rio no Dia Mundial da Limpeza

Publicada em 20/09/2008 às 17h14mRJTV e O Globo

RIO - Centenas de pessoas foram às praias do Rio neste sábado, Dia Mundial da Limpeza, para recolher a sujeira jogada nas areias. Ao todo, 25 mil sacos de lixo foram distribuídos para os voluntários, que se reuniram na Praia do Arpoador, próximo ao Posto 7, em frente à rampa de acesso à praia. ( Veja fotos dos voluntários que recolheram o lixo na praia )
Os voluntários receberam sacos plásticos biodegradáveis, luvas plásticas, camisas com 50% PET reciclado, um formulário e lápis. Houva ainda a distribuição de folhetos educativos para chamar a atenção para a importância de limpeza de praias, rios e lagoas.
Essa é a 10ª edição do evento, que foi criado internacionalmente em 1986 com o objetivo de conscientizar as pessoas sobre o problema do lixo no mar e é uma realização conjunta de universidades, escolas, associações de moradores, organizações não-governamentais (ONGs), empresas, governos e entidades voluntárias. No mundo, mais de um milhão de pessoas trabalham voluntariamente neste dia.
No Brasil, ele é realizado pelo Instituto Coca-Cola Brasil, que montou um posto de coleta na Praia do Arpoador com a participação de funcionários e estagiários da empresa, 50 estudantes beneficiados pelo Programa De Valorização do Jovem, ação de combate à evasão escolar do Instituto Coca-Cola Brasil, 120 escoteiros e três cooperados, além de banhistas e moradores que se juntaram à ação.

POSTURAS .E DAÍ ?















Posturas. E daí?

Ao fim de sua gestão, prefeito publica código de normas desconhecidas e não fiscalizadas

Publicada em 20/09/2008 às 00h03mO Globo

RIO - A pouco mais de três meses de terminar uma seqüência de oito anos de gestão, marcada pelas críticas à sua atuação no combate à desordem urbana, e a 15 dias das eleições, o prefeito Cesar Maia publicou nesta sexta-feira, no Diário Oficial, o que chama de novo Código de Posturas Municipais do Rio. E o texto, definido pelo prefeito como uma compilação de leis já existentes, já nasce com cara de que não deve sair do papel. Os próprios órgãos da prefeitura admitem dificuldades para fiscalizar o cumprimento das normas.
Há artigos curiosos, como o que obriga todos os cães a circularem com placas com nome, identidade e CPF do proprietário, sob pena de apreensão do animal.
Nesta sexta, bastou uma ronda de pouco mais de duas horas pela orla da Zona Sul da cidade, para repórteres do GLOBO verificarem uma série de descumprimentos do código. No Leblon e no Arpoador, cachorros circulavam livremente pela areia. Somente por estarem soltos e sem identificação, eles já deveriam, de acordo com a lei, ser apreendidos.
Ainda na orla, mais irregularidades. Ao contrário do que determina o código, quiosques em Ipanema e no Leblon exibiam publicidade em mesas e cadeiras. Também não faltaram camelôs, que, pelo texto da lei, devem ser multados em R$ 457,88 pelo exercício da atividade. Se estiverem em local que impeça a passagem de pedestres, ainda ficam sujeitos a uma nova autuação no mesmo valor.


E MAIL DE UM COLABORADOR

19/09/08 23:58
De:
F.V.
Para:
projetodeipanema@terra.com.br
Assunto:

Flanelinhas

Sou morador da av. Rnh. Elizabeth da Bélgica e, tanto eu quanto minha esposa, estamos apavorados com o rumo das coisas por aqui. Só hoje,presenciamos da nossa janela 2 assaltos. E a novela dos "flanelinhas"(para não dizer marginais, pois para mim é a mesma coisa) continua. Adiferença é que o problema não é só de dia.
São 23:45 e há uma meiadúzia agora mesmo falando palavrões e jogando bola debaixo da minha janela. Isso mesmo, um deles trouxe uma bola e diverte-se quicando a bola no muro do meu prédio.
Liguei para 190. A atendente ficou pasma comigo. Como eu poderiaquerer que a polícia interferisse "com o direito das pessoas de ir evir e conversar numa via pública". Perguntei-lhe sobre a questão da ordem pública: não me respondeu. A lei do silêncio? "A lei do silêncio não estabelece um horário fixo", foi a resposta, e creio que nisso ela se engana. Do contrário, como a lei poderia existir, se nenhuma hora é hora para o silêncio? Disse-lhe que mandasse a viatura, e que se esta achasse que fosse tudo frescura minha e não houvesse necessidade de intervir, bastava passar adiante.
Ela não me achou um cara razoável.

PASSARELA COM OS DIAS CONTADOS



Passarela do Obelisco de Ipanema está com os dias contados

Bruna Talarico e Carolina Bellei, Jornal do Brasil

RIO - Símbolo polêmico da primeira fase do Rio Cidade e da repulsa estética em Ipanema, a Passarela do Obelisco pode sumir do mapa. Segundo o prefeito Cesar Maia, em no máximo dois meses será decidido o futuro do monumento, planejado em 1996 pelo arquiteto Paulo Casé.
Localizada na divisa entre Ipanema e Leblon, a passarela desperta reações inflamadas desde sua construção. O advogado Ricardo Lima viveu 40 de seus 54 anos no Edifício Astoria, localizado em frente ao monumento. Para ele, trata-se de uma obra superfaturada e sem propósito. A proposta da retirada representa, para o advogado, uma tentativa desesperada de arrecadação de votos para a candidata Solange Amaral, lançada pelo então prefeito Cesar Maia.
– Essa passarela não tem sentido nenhum, além de ser horrível para a estética do bairro. Só o Cesar Maia gostou – critica. – É uma coisa horrorosa e sem sentido. Com tanto lugar no Rio precisando de uma passarela, vão colocar justo aqui?
Os aposentados Bella e Julio Herszenhaut, de 70 e 80 anos, respectivamente, vivem há 35 anos no bairro e têm a mesma opinião de Ricardo. Para eles, a retirada da construção representa a já rotineira jogada política de ano de eleição.
– O Cesar Maia quer tirar isso antes que o novo prefeito tire – aponta Bella, ao que o marido agrega, desacreditado:
– Como vão deixar, em primeiro lugar, construir um negócio horrendo desses?
A Associação de Moradores do Bairro explicou que, na época da construção, foram conseguidas mais de mil assinaturas contra a passarela. A rejeição se deve principalmente à falta de finalidade da construção, imprópria para a travessia.
– A obra foi um desperdício de dinheiro público. Talvez por isso o prefeito não tenha voltado atrás antes, esperou passar mais um tempo – especula Maria Amélia Loureiro, vice-presidente da associação. – Estou planejando fazer uma manifestação no local para tentar recolher novas assinaturas e derrubar a passarela. Vou aproveitar o momento para mobilizar os moradores, já que perto das eleições a gente consegue tudo.
Para a estilista e design Alessa Migani, a estética da passarela desagrada não só moradores mas visitantes do bairro e da cidade, além de não ser funcional. Para evitar esse tipo de problema, ela sugere que a opinião dos moradores seja sempre respeitada.
– Algumas questões polêmicas deveriam ser votadas. Isso poderia evitar as discussões e o desperdício de dinheiro público – atenta. – O prefeito deveria ouvir as associações de moradores e os ativos em cada bairro e só depois optar em fazer ou não obras e mudanças no bairro.

REJEIÇÃO - FIM DA PASSARELA

19/09/2008 02:22:00

Obra não foi a única rejeitada por moradores

Rio - Ao concluir a primeira etapa do projeto Rio Cidade, em 1996, o Obelisco de Ipanema, com seus 22 metros de altura, e a passarela que o margeia não foram os únicos alvos de protestos. “Colocaram uns postes horrorosos nas ruas. Tinha a impressão de que iriam cair”, relembra a aposentada Ana Lúcia de Macedo, 57. Na época, foram apelidados de ‘postes bêbados’.
Diante da rejeição, o autor do projeto, Paulo Casé, explicou que a idéia era formar um “túnel virtual na Visconde de Pirajá”.
Receberam críticas ainda as cores usadas na reurbanização do bairro. Ipanema ganhou ruas e calçadas pintadas de vermelho, azul, amarelo, verde e branco. O destaque ficou na área do Obelisco, ponto que até então era conhecido como Bar Vinte.
Antes de a passarela ser destruída, Casé será consultado. “Ele tem o direito de autor”, afirma Cesar Maia. O arquiteto foi procurado por O DIA, mas não foi encontrado. Funcionários de seu escritório informaram que ele está viajando.

FIM DA PASSARELA



19/09/2008 02:20:00

Passarela pode 'sambar' Prefeito admite colocar abaixo parte do conjunto arquitetônico do obelisco de Ipanema, para alegria da maioria dos moradores da região. Obra foi das mais polêmicas do projeto Rio Cidade

Flávia Salme e João Ricardo Gonçalves

Rio - Construída sob protestos, com a atual função de ligar o nada a lugar nenhum, a passarela que margeia o obelisco de Ipanema pode estar com os dias contados. Em seu último ano à frente da prefeitura, Cesar Maia mostra que quer fazer as pazes com o bairro e, para isso, estuda destruir a obra que mais provocou polêmica em seu primeiro mandato (1992 a 1996). “Todos ali são contra a passarela. Além de atrapalhar a circulação, é horrorosa”, critica o comerciante Ernesto Chapa, 73 anos, dono de um salão de cabeleireiros em frente à instalação. “As demandas dos moradores são sempre analisadas”, afirma o prefeito.

Você é a favor da demolição da passarela do obelisco de Ipanema?

Cesar ressalta que apenas a passarela pode sair. O obelisco, que quando foi erguido chegou a receber apelidos jocosos como ‘falo do prefeito’ e ‘tchan do Cesar Maia’, ficará intacto no meio da Rua Visconde de Pirajá, onde foi instalado em 1996, como parte do Rio Cidade.
Funcionários da prefeitura garantem que o prefeito já impôs uma condição para acabar com a passarela, na época orçada em US$ 100 mil: quer que seja derrubada em apenas um dia, para não atrapalhar o tráfego. Técnicos, porém, já concluíram que o trabalho levaria no mínimo dois dias.
Quando começou a ser montada, a passarela provocou a ira de moradores das ruas Visconde de Pirajá e Henrique Dumont, que não queriam ‘visitantes’ passando em frente a suas janelas. “Protestamos contra a construção. Ainda hoje é irritante ter que conviver com isso”, lembra a aposentada Heloísa Simonsen, 59 anos. “Quem morava nos andares mais baixos temeu a falta de privacidade e segurança”, destaca a vice-presidente da Associação de Moradores de Ipanema, Maria Amélia Fernandes Loureiro, 55, ao explicar os motivos que obrigaram a prefeitura a mexer no projeto do arquiteto Paulo Casé, que será consultado sobre a demolição.
Enquanto esperam a palavra final de Cesar Maia, moradores se antecipam e comemoram a chance de se livrar do incômodo. “A passarela é muito feia, só deteriora a região. Destruir será ótimo”, apóia o diretor-superintendente da Associação Quadrilátero do Charme de Ipanema, Bruno Pereira. “De fato, os moradores até hoje reclamam. A obra não agradou, isso é unanimidade”, reconhece o subprefeito da Zona Sul 1, Paulo César Becker.

PARABÉNS CEL.MILLAN

Rio, 18 de setembro 2008



Prezado Cel. Millan,

Estava viajando, e só hoje soube pelo do Inspetor Cristo, da sua merecida promoção. Fiquei extremamente feliz , e venho em nome de todo o grupo que compõe o Projeto de Segurança de Ipanema, e no meu em particular, lhe dar os mais sinceros parabéns e desejar toda a sorte nesta nova etapa de sua vida. Esta promoção vem coroar uma carreira de seriedade e devoção em prol da sociedade à qual o Sr. serve com tanta dedicação. Para nós, sociedade civil, é muito gratificante ver a ética e o empenho no serviço público serem reconhecidos pelos seus superioes hieraráquicos. Temos orgulho do trabalho que vem sendo desenvolvido no nosso 23º. BPM. Mais uma vez , parabéns e um abraço
Ignez

ESTÁTUA NA CALÇADA

No meio da calçada tem uma estátua

Obra particular divide opiniões de moradores e freqüentadores da rua Joana Angélica,em Ipanema

Renata Leal

Na rua Joana Angélica,em Ipanema,uma estátua tem dado o que falar.Moradores e freqüentadores do bairro estão divididos sobre o monumento na calçada em frente ao número 173.
A estátua está no local há sete anos.É uma obra bonita,que não atrapalha ninguém.Muita gente que passa por aqui se diverte e tira foto com ela----garante José Paulo Soares,proprietário do prédio e da estátua.
Mas nem todos compartilham da mesma opinião.
__Quase tropecei nessa escultura._____reclama o morador do bairro,Guilherme Ribeiro.
De acordo como secretário das culturas,Ricardo Macieira,a estátua está em situação irregular.
__Não existe autorização para essa estátua.Ela passou por uma avaliação da Comissão de Proteção à Paisagem Urbana do Rio,mas o pedido foi indeferido,por critérios estéticos inadequados.___afirma o secretário.
De acordo com o secretário das Culturas,o proprietário será notificado e terá a responsabilidade de retirar a estátua do local.

DIA INTERNACINAL DE LIMPEZA DE PRAIAS E RIOS



DIA INTERNACIONAL DE LIMPEZA DE PRAIAS E RIOS
20 DE SETEMBRO
Roberto Vámos (Presidente da Surfrider Foundation Brasil)

Neste sábado, dia 20 de setembro, acontece o Dia Internacional de Limpeza de Praias e Rios. A Surfrider Foundation Brasil vai participar na organização de um mutirão que vai "varrer" algumas praias e lagoas em todo o país.As principais praias do litoral do Rio de Janeiro também fazem parte desta ação. Mas é na Praia da Macumba, no Recreio, que a Surfrider montará a sua base. A partir das 10h, você pode nos encontrar em nossa tenda azul montada nas areias da Macumba, perto do canto esquerdo da praia. Teremos camisetas e adesivos para vender (R$30 e R$2 respectivamente) e estaremos divulgando o nosso projeto Iniciativa Mar Azul.Compareçam e ajudem as nossas praias e a Surfrider Brasil.
Confira outros locais que receberão esta ação:
Rio de JaneiroPraia de Copacabana:Leme - Próximo à Pedra do Leme, onde os voluntários caminharão em direção ao JW Marriott Hotel RJ, na Rua Santa Clara.
Posto 6 - Colônia dos Pescadores - A coleta será também em direção ao JW Marriott Hotel RJ, na Rua Santa Clara.
Praia de Ipanema:Pedra do Arpoador - Posto 7, onde os voluntários caminharão rumo à Rua Garcia D'Ávila.

PRATA DA CASA



18/09/2008 03:36:00
Prata da casa no comando do PAC Engenheira moradora do Cantagalo é um dos poucos moradores com nível superior no complexo da Zona Sul

Natalia von Korsch

Rio - Aos 42 anos, todos eles vividos nas vielas do Morro do Cantagalo, em Ipanema, a engenheira eletricista Márcia Cristina de Sousa e Silva é a única com nível superior completo entre as sete mulheres da favela que trabalham de forma destacada nas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) no Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, como noticiou ontem o ‘Informe do DIA’.
Ela faz parte do 1,6% dos moradores da comunidade que terminaram a faculdade, segundo levantamento socioeconômico realizado pela Secretaria Estadual de Obras. “Demorei 10 anos para me formar, porque não tinha dinheiro para pagar todas as disciplinas. No início, para conseguir emprego, não podia dizer onde morava. Sou mulher, negra e ainda moro em favela, sofri muito preconceito e aprendi com a vida a lidar com isso”, diz Márcia.
Solteira, a primogênita de cinco irmãos e tia de 11 crianças abdicou do sonho de casar e ter filhos para realizar o de ser a única da família a terminar os estudos: “Ou eu me formava ou casava, não dava para fazer os dois ao mesmo tempo. Para pagar a faculdade, tinha dois empregos. A vida para quem mora na favela é bem mais difícil”, lamenta a engenheira que venceu na profissão.
Sem planos de deixar a comunidade onde vive com os avós, Márcia é exemplo para outras guerreiras que, como ela, encontraram no PAC uma forma de voltar ao mercado de trabalho.
Todos os dias, às 7h, antes de sair de casa, Cristiane da Silva Martins passa perfume, coloca os brincos e se despede dos cinco filhos rumo ao trabalho. Aos 34 anos, a ex-copeira escolar é uma das três mulheres da comunidade que venceram o preconceito e há cinco meses trabalham como operárias nas obras do PAC.
Virar concreto, carregar baldes de cimento e usar os braços para construir os alicerces dos futuros prédios e ruas da favela são algumas de suas atribuições, exatamente as mesmas destinadas aos homens.
“No começo, todo mundo ficava olhando, estranhava um pouco nossa presença aqui. Mas, agora que já se acostumaram, esquecem até que a gente é mulher”, brinca a ex-copeira, que estudou até a sexta série do Ensino Fundamental e só trabalha com os cabelos soltos.
Em meio aos 230 colegas do sexo masculino com quem dividem o trabalho pesado, a vaidade foi a forma encontrada por elas para se diferenciar e manter a feminilidade. “Eu não saio de casa sem passar um batonzinho. Não é porque fazemos trabalho de macho que não podemos ser femininas”, explica a ex-empregada doméstica Maria Auxiliadora Vieira, 38 anos, cujos grandes brincos são marca registrada.
Em breve, novas aquisições femininas serão acrescentadas ao grupo. Elas serão responsáveis por fiscalizar o acabamento das obras e dar retoques finais ao projeto.

ASSALTOS EM IPANEMA





Bancas ainda são alvos de assaltos


Na Zona Sul, jornaleiros sofrem com os constantes roubos e com a falta de policiamento
Carolina Bellei


Um mês após o JB denunciar os freqüentes assaltos nas bancas de jornais da Zona Sul, o problema continua. Na Rua Paul Redfern, em Ipanema, a banca de Marcelo Veríssimo foi alvo de assaltantes há duas semanas. Dois bandidos armados renderam o segurança da rua, levaram cigarros, cartões telefônicos, todo o caixa e ainda pacotes de figurinhas, um prejuízo de mais de R$ 4 mil. E essa não foi a primeira vez. Em maio, assaltantes aproveitaram a calmaria do feriado chuvoso para atacar a banca. Há três anos à frente da banca, e vítimas de dois assaltos, Marcelo tomou algumas providências para tentar evitar novos ser presa fácil de bandidos.
– Não abrimos mais aos domingo e feriados. O comércio em volta não funciona e o movimento de pessoas é muito fraco, ainda mais quando chove – afirma Marcelo, que completa: – Também passei a abrir um pouco mais tarde. Antes, impreterivelmente às 6h estava aberto. Hoje, somente após às 6h30. Fui obrigado a tomar algumas precauções.
Outra medida que Marcelo pretende adotar é instalar quatro câmeras de segurança. Duas no interior da banca e as outras no exterior. O investimento de R$ 3,8 mil seria dividido com a lavanderia que funciona na frente e um prédio residencial.
Mas o jornaleiro também pretende cobrar das autoridades mais segurança na área. Segundo ele, farmácias, lojas e restaurantes foram vítimas nos últimos meses. E os proprietário se juntaram para tentar conseguir mais atenção das autoridades responsáveis.
– Distribuí um abaixo assinado para levar ao 23º Batalhão. Quero entregar pessoalmente as assinaturas para o coronel Carlos Mila, que reivindicam maior patrulhamento na região – diz Marcelo, ressaltando que pretende recolher mais de 500 assinaturas.
Sem estoque
Para evitar o roubo de mercadorias, como cigarros e cartões telefônicos – os mais procurados por bandidos – Marcelo também não faz mais estoque dos produtos na banca.
– Antes guardava tudo embaixo da bancada. Agora só trago a quantia para um dia – revela o jornaleiro. – Preenchi o balcão com balas.

CORREÇÃO


Leitor manda foto correta de esquina em Ipanema

No dia 26 de agosto, quando publicamos a foto atual de uma esquina de Ipanema retratada em 1978, na seção Memórial Visual, alguns leitores escreveram avisando que havia um engano. A foto antiga mostrava a esquina das ruas Maria Quitéria com Barão da Torre, e a imagem atual, a da Avenida Visconde de Pirajá com Maria quitéria. Nesta sexta-feira, o leitor Marcos de Mayor enviou a foto atual correta do local. Aqui vai a carta dele:
"Esta coluna cometeu um engano ao publicar a resposta do "Memória Visual" da semana de 26.08.2008. A foto publicada, incorretamente, como a foto atual, trata-se da Av. Visconde de Pirajá com Maria quitéria. Estou encaminhando para esta coluna a foto correta, Rua Maria Quitéria com Rua Barão da Torre, em Ipanema. Felizmente é uma área de muitas árvores, como poucas ruas do Rio de Janeiro, mas mesmo assim é possível fazermos a comparação com a foto antiga. Aproveito para parabenizar esta coluna pelas excelentes fotos antigas do Rio de Janeiro, tanto da Zona Norte quanto da Zona Sul, que tanto têm divertido e aguçado a curiosidade dos leitores.
Abraço,Marcos"

JIU-JITSU NA PRAIA

JIU-JITSU NA PRAIA

Carol Salgado

Campeão de jiu-jitsu,Kiko Veloso,ensina a prática na Praia do Arpoador


O tatame de ji-jitsu foi substituído pela areia da Praia do Arpoador.No trecho em frente a entrada do Parque Garota de Ipanema,todas as terças e quintas,à partir das 7hs,pode-se notar um grupo de esportistas,liderados pelo professor Kiko Veloso,treinando a luta em uma lona estendida no local.
Esses treinos acontecem há 3 meses e já reúne um número crescente de alunos a cada aula.A iniciativa nasceu a partir de um projeto de Kiko,em parceria com a Prefeitura,de aulas de jiu-jitsu que eram praticadas na Quinta da Boa Vista.
As aulas são para todas as idades e a atual turma possui alunos de 5 a 45 anos,de ambos os sexos.”Como é realizado de manhã bem cedo,os exercícios não são muito pesados.Tem muito alongamento e ginástica!-explica Kiko.
A Praia do Arpoador foi escolhida pelo fluxo de pessoas que a freqüentam,paisagem e pela facilidade de estender uma lona na areia,pois ela fica mais macia que o tatame,o que facilita a queda.
As aulas são gratuitas e o professor exige,apenas um atestado médico que comprove que o aluno está apto a realizar exercícios físicos.O projeto também recebe patrocínio do Curso Roquete.
O foco das aulas são a disciplina,auto-confiança,coordenação motora,psicomotricidade e ,sobretudo a defesa.”A aula é um trabalho social e de inclusão,que se estende a todos os sexos e idades”-reforça Kiko.
O professor já trabalha com aulas de jiu-jitsu há 20 anos e possui em seu currículo o Colégio São Paulo e o Clube Regatas do Flamengo,além de academias própria.As aulas são realizadas todas as terças e quintas,sempre das 7hs às 8hs.Pra participar basta comparecer no local com um comprovante médico e conversar com o professor Kiko Veloso.

ABUSO !!!



Essa foto é de Botafogo,mas acontece todos os fins de semana em frente ao Bar Conversa Fiada em Ipanema ,na Rua Vinpicius de Morais,quase esquina com Visconde de Pirajá.
Além de terem nos tirado a calçada agora vêm nos tirando os poucos lugares de estacionamento ,para que seus clientes parem em frente ao bar.
Quando descarregam suas mercadorias você que passe pela rua,pois o resto de calçada que nos sobrou é ocupada por caixotes e engradados de bebidas.


Exemplos de privatização do espaço público

Basta circular um pouco para reparar que a cidade está repleta de cones. Na maioria das vezes, eles são colocados em frente a estabelecimentos comerciais de grande movimento, para organizar o acesso de frequentadores ou reservar vagas para os clientes. Apesar de corriqueira, a prática é proibida pela prefeitura e considerada gravíssima pelo Código de Trânsito Brasileiro.
Para discutir o problema, que se caracteriza como uma espécie de privatização do espaço público, o GLOBO-Zona Sul fotografou alguns pontos onde o problema é mais gritante. Botafogo aparece como o bairro que mais concentra exemplos da irregularidade: os cones são figurinhas fáceis nas ruas Voluntários da Pátria, Álvaro Ramos e Teresa Guimarães, por exemplo. Leia aqui a matéria na íntegra e conheça o posicionamento do governo municipal sobre o assunto.

ARMADILHAS



Armadilhas

Calçadas da Zona Sul estão repletas de obstáculos como 'puxadinhos' e buracos

Publicada em 11/09/2008 às 23h51mO Globo Online

RIO - Tem uma pedra portuguesa solta no caminho. E também uma banca de jornal, uma placa de sinalização, um orelhão, uma jardineira, um puxadinho, um fradinho e muitos, muitos buracos no calçamento, numa sucessão de obstáculos que ameaçam o direito de ir e vir nas calçadas da Zona Sul do Rio. Relatório do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Crea-RJ), feito em agosto, mostra que a má conservação, a desordem urbana e os passeios públicos mal projetados viraram armadilhas para os pedestres, sobretudo as pessoas com deficiências, como informa reportagem publicada nesta sexta-feira pelo jornal O Globo. Técnicos vistoriaram, entre os dias 11 e 13 do mês passado, 59 ruas, avenidas, largos e praças. Todos os locais apresentaram problemas.
O levantamento mostra que em 13 bairros da região o carioca encontra de tudo no caminho. As áreas mais críticas são Copacabana, Ipanema, Leblon, Botafogo, Humaitá e Jardim Botânico, onde as calçadas "são um retrato da desordem urbana", segundo o relatório. Técnicos do conselho encontraram casos absurdos, como o da esquina das ruas Barata Ribeiro e Xavier da Silveira, em Copacabana, em que o pedestre não tem vez: a estreita calçada é ocupada por um poste, um jornaleiro, uma lixeira, fradinhos de metal e o puxadinho de um restaurante.

A vilã que veio de Portugal

Apontada como vilã da acessabilidade, a pedra portuguesa pode estar com os seus dias de provocar tropeços contados. Segundo Rogério Freitas, coordenador geral de conservação da Secretaria municipal de Obras, no ano passado, o prefeito Cesar Maia pediu que fosse realizado um estudo de viabilidade para a construção de placas, que substituiriam as pedrinhas. Apesar da encomenda, nenhum projeto foi ainda apresentado.

ALERTA !!!

TRE alerta eleitores sobre falso e-mail

Plantão

Publicada em 10/09/2008 às 14h44mO Globo

SÃO PAULO - Eleitores têm recebido falsos e-mails em que são convocados para ser mesários. Na mensagem, usam o nome do Tribunal Superior Eleitoral e mostram uma foto do prédio. Apresentam um link para que o eleitor, ao clicar, possa consultar seus dados, tais como local de votação e zona eleitoral. Incluem também outro link que seria destinado para solicitar dispensa do serviço obrigatório de ser mesário. Os eleitores que receberem esse tipo de mensagem eletrônica devem ignorar a comunicação e apagá-la imediatamente.
O TRE alerta que não envia nem solicita qualquer informação através de e-mail. Também não autoriza nenhuma outra instituição a enviar e-mail em seu nome. Os dados cadastrais do eleitor são sigilosos, não circulam pela Internet e deles não consta endereço de e-mail de nenhum eleitor.

HOMENAGEM DE IPANEMA


Fernando Torres será homenageado com nome de largo em Ipanema

Publicada em 10/09/2008 às 12h21mO Globo Online e O Globo

RIO - O boletim eletrônico do prefeito Cesar Maia informou que a prefeitura do Rio vai batizar o largo na esquina das ruas Almirante Sadock de Sá e Alberto de Campos, em Ipanema, como Largo Fernando Torres. O decreto será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira.
Ele era casado com a atriz Fernanda Montenegro.
Fernando Torres nasceu em 14 de novembro de 1927, em Guaçuí, município no sul do Espírito Santo. A paixão pelo teatro surgiu quando ele se mudou para o Rio. Ainda jovem e, aluno do Instituto Rabelo, na Tijuca, participou de peças de colégio com Paulo Porto. Assim, antes mesmo de entrar na faculdade, foi convidado por Gerusa Camões para atuar na montagem do Teatro Universitário de "A dama da madrugada", peça que contava também com Nathália Timberg e Jaime Barcelos no elenco.
Pouco depois, Torres entrou para a faculdade de medicina. Mas o teatro e a rejeição às aulas de anatomia fizeram com que ele largasse o curso em menos de três anos. Em 1950, ele teve uma curta passagem de locutor na Rádio MEC, e foi ali que conheceu Fernanda Montenegro, com que viria a se casar em 1952. Torres participou, então, das companhias Eva Todor e do Teatro Maria Della Costa (TMDC).
Sua estréia na direção de um espetáculo ocorreu em 1958, dentro do Teatro Brasileiro de Comédia (TBC), com a peça "Quartos separados". Um ano depois, ele se juntou a Ratto, Fernanda, Sérgio Britto e Ítalo Rossi para fundar o grupo Teatro dos Sete. A companhia durou apenas seis anos, mas marcou época com peças como "O beijo no asfalto", de Nelson Rodrigues, dirigida por Torres.
Depois do término do Teatro dos Sete, Torres dirigiu espetáculos que o consagraram por um estilo de ritmo e marcação precisos. Entre esses, estiveram "O homem do princípio ao fim", de Millôr Fernandes; "O inimigo do povo", de Henrik Ibsen; e "O amante de Madame Vidal", de Louis Verneuil. Seu talento também foi reconhecido sobre os palcos, com atuações em diversas peças, com destaque para "O interrogatório", de Peter Weiss; "A longa noite de Cristal", de Oduvaldo Vianna Filho; "Seria cômico... se não fosse sério", de Dürrenmatt; e "É...", de Millôr Fernandes.
Em paralelo ao teatro, Torres também desenvolveu uma sólida carreira na TV e no cinema. Entre as novelas em que atuou, estão "A gordinha", "Baila comigo", "Sétimo sentido", "Amor com amor se paga" e "Zazá". Seu último papel foi como o personagem Alésio Lacerda, em "Laços de família", de 2000.
Já no cinema, a carreira de Torres foi marcada com atuações em obras importantes como "Os inconfidentes" (1972), de Joaquim Pedro de Andrade; "Tudo bem" (1978), de Arnaldo Jabor; "Veja esta canção" (1994), de Cacá Diegues, e "A ostra e o vento" (1997), de Walter Lima Jr.. E foi exatamente na tela grande que o talento do ator pôde ser visto pela última vez pelo grande público, com o filme "Redentor", dirigido por seu filho, Cláudio Torres. Além do cineasta, Fernando Torres e Fernanda Montenegro também tiveram uma filha, a atriz Fernanda Torres.

CRATERA DA CEDAE


Foi consertada cratera da CEDAE.
Agora é esperar que outra se abra por falta de manutenção.

EXPOSIÇÃO



Exposição de bonecos na Igreja da Ressurreição

Os bonecos expostos na escadaria da Igreja da Ressurreição, no Arpoador, chamam a atenção pelos traços fisionômicos. As pessoas que passam, ficam admiradas pelos detalhamento de suas feições.

CRATERA DA CEDAE

Trânsito

Cratera da Cedae: Rua Gomes Carneiro continua interditada ao tráfego

Publicada em 09/09/2008 às 11h07m
Emanuel Alencar - O Globo, Bom Dia Rio, CBN e O Globo Online

RIO - A Rua Gomes Carneiro, em Ipanema, só deve ser reaberta totalmente ao tráfego na tarde desta terça-feira. A via foi interditada na madrugada da segunda-feira, depois que o rompimento de uma tubulação de esgoto da Cedae abriu uma cratera. A previsão da concessionária, que alega que a trepidação do solo pode ter ocasionado o rompimento, era que o tráfego fosse reaberto já na madrugada desta terça, mas os reparos na tubulação só terminaram no início da manhã. (Veja fotos da cratera)
Os funcionários da Cedae começaram a fechar a cratera por volta das 8h desta terça. Por volta das 10h30m, uma das três faixas de rolamento foi liberada ao tráfego, mas apenas para veículos leves. Ônibus e caminhões continuaram sendo desviados da Rua Visconde de Pirajá pela Rua Maria Quitéria. O trânsito só deve ser totalmente liberado na Rua Gomes Carneiro às 18h, quando a prefeitura deve terminar de colocar o asfalto na cratera.
Na segunda-feira, o coordenador-geral de Conservação da prefeitura, Rogério Costa, afirmou que o desgaste da tubulação, provocado principalmente pelo contato com gás sulfídrico, oriundo do esgoto, costuma ser a principal causa de acidentes. Costa ressaltou que, nos últimos quatro anos, houve pelo menos três problemas em interceptores oceânicos na região.
Outro problema apontado como uma das principais causas de acidentes é a falta de um mapeamento de todas as tubulações que passam sob o solo do Rio . De acordo com Secretaria municipal de Obras, só existe um mapeamento integrado com instalações feitas por todas as concessionárias a partir de 2001, quando foi criada a Comissão de Obras em Vias Públicas, que determinou que todas as empresas fornecessem o mapeamento de todas as obras que são realizadas

QUE DESPERDÍCIO !!!!



Novo sistema de aluguel de bicicletas é apresentado

Rio - O protótipo da estação onde funcionará o novo sistema de aluguel de bicicletas, que será implantado na cidade, foi apresentado nesta segunda-feira ao Prefeito Cesar Maia pela empresa Serttel, vencedora da licitação. O encontro aconteceu no Palácio da Cidade, em Botafogo, e contou com a presença do presidente do IPP (Instituto Municipal Pereira Passos), Sergio Besserman e de técnicos do órgão.
O projeto, aprovado pelo IPP, prevê a implantação, até o final de novembro, das oito estações de Copacabana e, em 15 meses, das outras 42 estações que serão distribuídas por Ipanema e Leblon (7), Lagoa (4), Botafogo e Flamengo (11), Centro (8) e Tijuca (12).
As estações, com capacidade para abrigar de dez a 20 bicicletas, funcionarão das 6h às 23h, e terão um sistema de auto-atendimento ligado a uma central de controle em tempo real das bicicletas disponibilizadas e recebidas. Os usuários interessados somente poderão adquirir o passe para o aluguel da bicicleta mediante cadastro via internet e pagamento da caução no valor de R$ 350,00 com cartão de crédito (o valor só será debitado em caso de não devolução do equipamento). A liberação e a devolução do equipamento serão feitas através de aparelho celular.
As bicicletas poderão ser utilizadas gratuitamente por 30 minutos, podendo o mesmo usuário retirar um novo equipamento após o intervalo de 15 minutos. Caso o tempo-limite de gratuidade seja ultrapassado, será cobrada uma taxa adicional cujo valor ainda está em estudo. A devolução poderá ser realizada em qualquer uma das estações.
Para o Prefeito Cesar Maia esta é uma forma de incentivar o uso de bicicleta na cidade e uma maneira de amenizar o trânsito. “O trânsito no Rio ainda não é caótico, mas essa medida será fundamental para que daqui a dez anos a população não tenha que conviver com este problema”.
Com o objetivo de aproveitar os 150 km de ciclovias, ciclo-faixas e faixas compartilhadas existentes na cidade, o projeto possibilita ainda a integração com transportes modais, já que grande parte das estações ficarão próximas a estações do Metrô.

CAOS EM IPANEMA



Trânsito

Desgaste de tubulação costuma provocar crateras como a de Ipanema, segundo representante da prefeitura

Publicada em 08/09/2008 às 23h53m
Dimmi Amora, Emanuel Alencar e Taís Mendes - O Globo, CBN, Bom Dia Rio e O Globo Online

RIO - O coordenador-geral de Conservação da prefeitura, Rogério Costa, afirmou nesta segunda-feira que o desgaste da tubulação, provocado principalmente pelo contato com gás sulfídrico, oriundo do esgoto, costuma ser a principal causa de acidentes como o de segunda, em que uma cratera se abriu na esquina das ruas Gomes Carneiro e Bulhões de Carvalho, em Ipanema, devido ao rompimento de uma tubulação de esgoto da Cedae. A estatal alega que a trepidação do solo pode ter ocasionado o rompimento.
- A tubulação naquela área é da década de 70. Se você consegue levantar 50 quilos na musculação quando tem 20 anos, aos 40, vai ter dificuldades de levantar 40 quilos. Aos 80 anos, nem se fala - disse Costa.
Costa ressaltou que, nos últimos quatro anos, houve pelo menos três problemas em interceptores oceânicos na região, como informa reportagem publicada nesta terça-feira pelo jornal O Globo .
Um ônibus e um táxi por pouco não caíram dentro de uma cratera. O ônibus da linha 571 (Leblon-Glória) passava pelo local no momento em que o asfalto cedeu, abrindo o buraco que tem cerca de três metros de diâmetro. O tráfego foi interrompido num trecho de aproximadamente 300 metros, entre a Rua Jangadeiros e o local do acidente. A previsão da Cedae é que os trabalhos estejam concluídos na madrugada desta terça-feira, mas o trânsito só deverá ser liberado por volta de meio-dia. (Veja fotos da cratera)
Funcionários da Cedae e da secretaria municipal de obras estão consertando a tubulação, de 600 milímetros de diâmetro, e fazendo os reparos. A estatal descarta qualquer risco de faltar água no bairro. Não houve vazamento aparente no local.
Com a formação da cratera, as rodas da frente do ônibus 571 chegaram a entrar no buraco, mas o motorista conseguiu acelerar e retirar o veículo.
- Caímos dentro do buraco, coloquei a primeira marcha e aliviou um pouco. O susto foi mais dos passageiros - contou o motorista do ônibus Ronaldo Serra Dias, que levava cerca de 20 passageiros no momento do acidente.

De acordo com testemunhas, por volta da meia-noite, um táxi que passava pelo local chegou a passar por cima do buraco, que ainda era pequeno, e furou o pneu. Cerca de 20 minutos depois, o ônibus passou ao lado do buraco, e ele acabou se abrindo.
- Poderia ser pior. Se o asfalto cede junto, o carro poderia cair dentro do buraco - disse o motorista de táxi Nilton Pereira de Souza.

CASO BARONETTI

Daniel Duque

Caso Baronetti ganha novo laudo

Publicada em 08/09/2008 às 23h53m

O Globo Online

RIO - Uma simulação feita com bonecos pretende provar que o estudante Daniel Duque, de 18 anos, não tentou tirar a arma de um PM, provocando o disparo que causou a sua morte em frente à boate Baronetti, em Ipanema, em junho deste ano. O material faz parte de um parecer técnico do perito criminal Mário Bonfatti, com base no laudo cadavérico da vítima, e já foi anexado nos autos do processo no 3º Tribunal do Júri do Rio, como informa reportagem publicadana edição desta terça-feira do jornal O Globo .
Contratado pela família da vítima, Mário Bonfatti atesta que Daniel, ao perceber que seria atingido, fez um giro com o corpo, ficando quase de costas para seu agressor, obedecendo a um reflexo natural de defesa e fuga. Segundo ele, por uma fração de segundo, o rapaz não foi atingido nas costas.
Acusado do crime, o soldado da PM Marcos Parreira do Carmo alegou que Daniel tentou tomar a sua arma, provocando o disparo. O policial fazia a segurança de Pedro Velasco, filho da promotora de Justiça Márcia Velasco, que estava sob proteção do estado por causa de ameaças de morte.

CADÊ O BOM SENSO ?




EU-REPÓRTE

Percy Argent Thompson



Quiosques deixam lixeiras perto de fraldário em Ipanema

Bancada “Só para Bebê”, destinada à troca de fraldas, não pode ser utilizada para o fim a que se destina, devido ao mau-cheiro exalado pelas lixeiras de quiosque, que são mantidas próximo ao fraldário. O mau-cheiro é tão intenso e desagradável que os operadores do quiosque não as querem por perto, para não espantarem a clientela. E as mães de Ipanema, querem distância da bancada!

OLHA O DESCASO CEDAE !!!!!!!!


Asfalto cede e abre uma cratera que deixa rua interditada em Ipanema

Publicada em 08/09/2008 às 08h34m
Dimmi Amora, Emanuel Alencar e Taís Mendes -
O Globo, CBN e Bom Dia Rio

RIO - Um ônibus e um táxi por pouco não caíram dentro de uma cratera que abriu no início da madrugada desta segunda-feira na esquina das ruas Gomes Carneiro e Bulhões de Carvalho, em Ipanema. O ônibus da linha 571 (Leblon-Gloria) passava pelo local no momento que o asfalto cedeu, abrindo o buraco que tem cerca de três metros de diâmetro. O tráfego está interrompido num trecho de aproximadamente 300 metros, entre a Rua Jangadeiros e o local do acidente. A previsão da Cedae é que os trabalhos estejam concluídos na madrugada desta terça-feira.
- Caiu dentro do buraco, coloquei a primeira marcha e aliviou um pouco. O susto foi mais dos passageiros - contou o motorista do ônibus Ronaldo Serra Dias, que levava cerca de 20 passageiros no momento do acidente.
De acordo com testemunhas, por volta da meia-noite, um táxi que passava pelo local chegou a passar por cima do buraco, que ainda era pequeno, e furou o pneu. Cerca de 20 minutos depois, o ônibus com cerca de 20 passageiros passou ao lado do buraco que se abriu. As rodas da frente chegaram a entrar na cratera mas o motorista conseguiu acelerar e retirar o veículo.
- Poderia ser pior. Se o asfalto cede junto, o carro poderia cair dentro do buraco - disse o motorista de táxi Nilton Pereira de Souza.
A Rua Viscode de Pirajá, em Ipanema, está interditada no trecho entre as ruas Farme de Amoedo e Gomes Carneiro, onde, na esquina com a Rua Bulhões de Carvalho, o asfalto cedeu. Os motoristas que seguem de Ipanema em direção a Copacabana estão tendo que desviar pela Farme de Amoedo e seguir pela orla.
Sete Guardas Municipais orientam os motoristas. Um ônibus da linha 571 (Leblon-Glória) chegou a cair no buraco, durante a madrugada, mas o motorista do coletivo conseguiu retirar o veículo, acelerando. Ninguém ficou ferido.
Funcionários da Cedae seguem tentando consertar a tubulação de esgoto que se rompeu, mas o trânsito só deve ser liberado no local por volta do meio-dia, em função do remanejamento de uma caixa de fiação da operadora de telefonia Oi. Ainda de acordo com a Cedae, o rompimento da tubulação, de 600 milímetros de diâmetro, pode ter sido ocasionado pela trepidação do solo. A estatal descartou qualquer risco de faltar água no bairro.
De acordo a Cedae, o asfalto cedeu depois que uma tubulação de esgoto se rompeu. Apesar disso, não houve vazamento aparente no local. Equipes da Cedae e da secretaria municipal de obras foram chamadas para fazer os reparos, mas ainda não há previsão sobre o término dos trabalhos.

DESCASO DA PREFEITURA

Ônibus quase foi tragado por buraco em Ipanema

Plantão Publicada em 08/09/2008 às 02h48m

Dimmi Amora -

O Globo

Um ônibus da linha 571 (Leblon-Gloria) quase foi tragado pelo buraco que se abriu na esquina das ruas Gomes Carneiro com Bulhões de Carvalho, em Ipanema. Por volta de meia-noite, um táxi havia passado pelo buraco - que ainda era pequeno - e furado um dos pneus. Cerca de 20 minutos depois, o ônibus com cerca de 20 passageiros passou ao lado do buraco que se abriu. As rodas da frente chegaram a entrar na cratera mas o motorista consegiu acelerar e retirar o veículo. Ninguém ficou ferido e a polícia fechou a rua. Não há vazamento aparente de nenhuma tubulação.

CONFUSÕES DE VERÃO

Ladrão em fuga apavora banhistas no Arpoador

Publicada em 07/09/2008 às 23h34m

O Globo Online

RIO - Antes mesmo do final do inverno, as confusões típicas de verão já começaram a assustar os cariocas na praia. No Arpoador, uma perseguição a um assaltante levou pânico para os banhistas que aproveitavam o domingo de sol. O foragido Simão Mesquita de Freitas, de 26 anos, foi reconhecido por policiais quando seguia, a pé e desarmado, por volta das 11h20m, pela Avenida Vieira Souto, próximo à esquina com a Rua Joaquim Nabuco, indica reportagem de O Globo. Quatro policiais participaram da ação e conseguiram imobilizar o fugitivo, que tentou escapar.
Veja imagens do dia de sol e calor nas praias do Rio
Muitos banhistas acreditaram, num primeiro momento, tratar-se de um arrastão, o que fez pais e mães entrarem em desespero. A vendedora ambulante Adriana Pereira disse que um policial fez um disparo no meio da confusão. A mesma versão foi confirmada por dois guardas municipais que atuam no local, mas negada pela PM.
Simão Mesquita de Freitas é foragido do Galpão da Quinta, onde cumpria pena de três anos por roubo a turista na praia. O assaltante foi encaminhado à Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat) e acabou detido na 14ª DP (Leblon). Nesta segunda-feira, ele deverá ser encaminhado à Polinter. Mar agitado
Num dia de mar agitado no litoral do estado do Rio, duas pessoas morreram afogadas nas praias fluminenses, segundo o 2º Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros (Botafogo). No total, 275 pessoas foram resgatadas, incluido três que ficaram à deriva por causa de uma pane num barco na Ilha do Governador. As mortes aconteceram em Grumari, uma criança de 12 anos, e na costa de Niterói. Segundo o Corpo de Bombeiros, os banhistas devem se manter alertas nesta segunda-feira, pois o mar continuará perigoso e com grandes ondas.

BOA SORTE BRASIL !!!!



MASCOTE DOS JOGOS PARAOLÍMPICOS

RODA DE CAPOEIRA

Independência

O Mestre de capoeira Feijão, do grupo Senzala, convida toda a criançada para uma grande roda de capoeira infantil neste domingo, às 16h, em frente ao Posto 9 da Praia de Ipanema. O evento comemora o Sete de Setembro com a mais genuína das artes brasileiras, reconhecida em julho como patrimônio cultural brasileiro pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Feijão acaba de promover um workshop na Universidade de Pequim, na China. O mestre, que já viajou para mais de 40 países levando a capoeira, aproveitou as olimpíadas para mostrar mais uma vez essa arte. A roda de domingo é gratuita e aberta a todas as crianças, as que já estudam capoeira e as que ainda não conhecem.Feijão dará aos pequenos uma aula de iniciação básica para que acompanhem o ritmo da roda infantil.

TEATRO PARA BEBÊ


LETRAS E EXPRESSÕES
RUA VISCONDE DE PIRAJÁ 276
TEL ; 2521 6324 - 22478737
DE 07 À 28 /09
DOMINGO ÀS 16HS
ADULTOS - R$ 20.00
BEBÊS - R$ 7.00
ADULTOS QUE PAGAM MEIA ; assinantes do Globo e IPA-BEBÊ - ESTUDANTES E TERCEIRA IDADE.

SAUDADES




A foto de 1978 mostra a esquina da Rua Maria Quitéria com a Avenida Visconde de Pirajá, em Ipanema. De um lado fica a Praça Nossa Senhora da Paz e, do outro, o Quartier Ipanema.
Toda quarta-feira, o Bairros.com publica uma foto antiga de algum ponto da Zona Sul para testar sua memória visual. A imagem desta semana já está no ar (clique aqui para ver e dê o seu palpite). O resultado será publicado primeiro no GLOBO-Zona Sul. Boa sorte!
Ler comentários (2)

BAGUNÇA !

Enviado por leitor Leonardo Bar -

OPINIÃO DE LEITOR

Ponto de ônibus problemático em Ipanema

fundos da Escola Henrique Dodsworth há um ponto final da linha 154 (Central - Ipanema), da Viação Silvestre, que é um grande transtorno para os estudantes e moradores da região. Além disso, é um potencial ponto de acidentes, em função da falta de visibilidade dos motoristas que cruzam a Rua redentor com a Henrique Dumont.
A poluição sonora provocada pelo barulho dos ônibus que aceleram antes de sair é absurda e compromete a saúde dos estudantes e moradores da área. O banheiro químico instalado no ponto tem sua manutenção feita quase todos os dias às 6h da manhã e acorda toda a vizinhança com um barulho ensurdecedor.
A solução mais plausível é transferir o ponto de ônibus e o banheiro químico para um local que não prejudique a saúde da população da área.