domingo, 31 de agosto de 2008

MANUAL DA PRAIA - 1

O QUE PODE E O QUE NÃO PODE NA AREIA E NAS ÁREAS DE LAZER

PREFEITURA

ESTE É UM MANUAL PARA TODOS QUE ADORAM PRAIA

A Prefeitura do Rio,por meio do Comitê Gestor da Orla,reuniu neste manual as normas e regras elaboradas para melhorar a qualidade ambiental e estética de nossas praias e garantir o lazer saudável do carioca.
Temas como o uso e a ocupação da areia pelo comércio ambulante e prestadores de serviço,limpeza,prática de esportes,uso da ciclovia,presença de animais e a realização de eventos foram debatidos e avaliados pelos técnicos dos diversos órgãos que integram o Comitê com objetivo de assegurar e promover a convivência harmoniosa de todos que freqüentam a praia.
Aqui estão seus direitos e deveres.Faça valer seus direitos e ajude a cidade,cumprindo seus deveres.Saiba o que você pode e deve fazer para preservar a mais democrática área de lazer do Rio.

A PRAIA É UMA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL(APA)

Como em toda a área de preservação da natureza,a ocupação e o lazer na praia exigem consciência e civilidade.Certos cuidados e comportamentos têm que ser observados por todos para garantir a beleza e a qualidade doambiente

LIMPEZA E RESPEITO SÃO FUNDAMENTAIS

O lixo é um dos principais agentes de degradação ambiental.Na areia e no mar embalagens,sacos plásticos,latas,palitos,jornais,etc...,deixam a praia suja,atraem animais e põem em risco de contaminação a areia e,consequentemente,todos os freqüentadores.

DICA LEGAL

Não deixe nenhum tipo de lixo na praia.Leve sempre um saquinho para colocar seu lixo.Recolha jornais,cigarros,palitinhos de sorvetes,copos e embalagens e deposite na lixeira mais próxima.

NEM SÓ O MAR É VERDE

Algumas praias da cidade possuem dunas com vegetação nativa de restinga e têm importante papel ambiental.Respeite e preserve.

DICA LEGAL

Evite pisar ou abrir caminho na vegetação.Não coloque caixas,pranchas,cadeiras ou toalhas nem substitua as plantas nativas por outro verde qualquer.

NA ÁGUA OU NA AREIA TODO CUIDADO É POUCO

Crianças perdidas devem ser encaminhadas à barraca da Guarda Municipal ou ao posto de salvamento mais próximo.Os agentes tomarão as providências necessárias para encontrar os responsáveis.

DICA LEGAL

Observe e respeite as bandeiras e placas de sinalização que indicam as condições do mar.

POSTOS DE SALVAMENTO

Além de abrigar equipamentos usados pelos salva-vidas,os postos da orla possuem banheiros e duchas de uso público.O ingresso cobrado destina-se ao fornecimento de papel higiênico,sabonete líquido e manutenção da limpeza.

DICA LEGAL

Use os banheiros como se fossem os de sua casa.O gari zela pelo seu conforto e mantém a higiene do local.Colabore com ele.
Use as duchas com moderação.Trinta segundos são suficientes para refrescar,tirar o sal e o excesso da areia.
Não use o sabonete ou xampu durante o banho.
Respeite o direito de todos.

TELEFONE ÚTEIS

GRUPAMENTO MARÍTIMO ; 22 95 85 85
GUARDA MUNICIPAL ; 0800 21 15 32
PATRULHA AMBIENTAL ; 24 98 10 01
VIGILÂNCIA SANITÁRIA ; 25 03 22 80
COMLURB ; 22 04 99 99
COORDENEDORIA DE LICENCIAMENTO E FISCALIZAÇÃO ; 25 03 36 83
OUVIDORIAS ; www.rio.rj.gov.br/ouvidoria
SITE DA PREFEITURA DO RIO ; www.rio.rj.gov.br
LEMBRE-SE ; na praia ou fora dela,em caso de emergência acione a defesa Civil Municipal ; 199

IPANEMA VALORIZADA

Lucro com buraco do metrô Antes de a estação de Ipanema ser inaugurada, comerciantes e moradores já ganham com valorização da área

Rachel Vita

Rio - Do dono de um restaurante sofisticado ao pipoqueiro, todos estão lucrando na carona do metrô. Em Ipanema, os imóveis residenciais e os pontos comerciais já valorizaram 15% antes mesmo da chegada das composições, no entorno da Praça General Osório, sobretudo no lado da Rua Visconde de Pirajá, área até então considerada como prima pobre da via, pela proximidade com a Favela do Cantagalo.
Dia 15, o Terzetto abre uma padaria de luxo, na esquina da praça, com café da manhã especial no cardápio, de olho nos futuros passageiros. No mesmo quarteirão, duas lojas, fechadas há anos, estão em obras, prontas para embarcar na onda do metrô.
A inauguração da nova Estação General Osório só está prevista para dezembro do ano que vem, mas a revitalização das ruas próximas fez crescer entre moradores e comerciantes o sonho de competir com o lado chique da Visconde de Pirajá, no trecho entre as ruas Garcia D’Ávila e Henrique Dumont.
“O pré-metrô gerou valorização do comércio e dos imóveis residenciais em todo o perímetro da Visconde de Pirajá, em especial no trecho mais próximo da futura estação. Está uma especulação danada”, conta o presidente da Associação Comercial de Ipanema, Carlos Monjardim.Pertinho da praça, onde ficará um dos quatro acessos aos trens, operários quebram as antigas instalações de uma padaria, fechada há mais de quatro anos. Ali, o laboratório Helio Póvoa inaugura a segunda filial de Ipanema, em novembro. “Dificilmente abriríamos mais uma loja no bairro se não fosse pelo metrô. Acreditamos no potencial daquela área com o aumento no movimento”, admite Claudio Pereira, diretor do grupo Fleury, dono de laboratórios como o Póvoa.
Um dos donos da La Veronese, instalada no número 29 há mais de 40 anos, acha que “o pior trecho” da Visconde mudará de cara. “Lojas como a antiga boate W, fechada há 10 anos, estão em obras para serem alugadas”, revela Gilberto Buonaiuto, sócio da Veronese, uma das poucas com sucesso de venda no início da via.
João Padilha de Souza, um dos donos do Terzetto, aposta no produto diferenciado do café homônimo: além da padaria, haverá confeitaria, delicatessen com vinhos importados e mesinhas para café da manhã. “Queremos atrair os vizinhos, mas também passageiros, adianta.Os quatro imóveis da empresária Maria Melo valorizaram em quase 15%.
“Depois do metrô, o mercado prevê aumento de até 40% no preço”, sonha Maria.

VISITA A PÉ NA MAIOR CAVERNA DO PAÍS EM SETEMBRO

No fim de setembro ou no máximo de outubro, as visitas nos buracos do Metrô ganham um reforço. Segundo a Secretaria Estadual de Transportes, com parte das obras concluídas, pela primeira será possível descer as escadarias da estação de Ipanema pela Rua Jangadeiros e seguir a pé até a plataforma de embarque e desembarque.
Visitantes vão percorrer os 120 metros até a maior caverna urbana do País, com 26 metros de largura e 22 metros de altura, onde vão circular os trens.A Rua Jangadeiros só deverá ficar livre dos tapumes das obras (foto) em setembro de 2009. O movimento diminuiu na via, atrapalhando algumas lojas. Mas os comerciantes, como o dono da loteria Venezia, Denis Gomes, apostam no lucro com o aumento no movimento depois da inauguração do Metrô. “O faturamento caiu uns 30%, mas com a estação funcionando vamos vender mais do que antes”, avalia.

RESTAURANTE ABRE NA FOLGA

“Não tem como fugir. Quando subo as escadas do metrô dou de cara com o Caranguejo. Preciso tomar um chope antes de ir pra casa”, conta o advogado Leandro Bezerra, 46 anos. Localizado em frente à saída do Cantagalo, na Rua Xavier da Silveira, em Copacabana, o restaurante aumentou as vendas também com quem mora fora do bairro e utiliza a estação. Passou a abrir às segundas-feiras, antes dia de folga.Do outro lado da rua, o chinês Panda’s funciona há dois dias coladinho à estação, de olho nos passageiros. Maria Cristina Bello, que aluga imóveis por temporada, diz que os apartamentos se valorizaram 30% após a última estação no bairro. Em Del Castilho, 25 anos depois da chegada do metrô, imóveis, como de Alda Dias, ainda se valorizam: “Comprei o meu por R$ 20 mil. Hoje custa R$ 60 mil”.

ESTATÍSTICAS- BLOG 15 /08 à 30 /08

Uso do site

1.853 Visitas

2.866 Exibições de página

1,55 Páginas/visita

77,44% Taxa de rejeição

00:01:14 Tempo médio no site


78,74% % de novas visitas

sábado, 30 de agosto de 2008

E MAIL DE UM COLABORADOR

Limpeza das praias


No último dia 13 de agosto, a COMLURB comunicou, para o dia seguinte, o início da utilização de 25 novas máquinas para a limpeza da areia das praias. Os novos tratores, equipados com esteiras para peneirar a areia a uma profundidade de 20 cm, realizariam o arejamento, o saneamento e a oxigenação do solo. Ainda de acordo com notícia divulgada no site da Companhia, a pá do veículo jogaria a areia sobre uma peneira, armazenando os resíduos em um compartimento e devolvendo os grãos limpos às praias.
A teoria é uma beleza, mas na prática, o que estamos assistindo (pelo menos em Ipanema e no Leblon) é a um interminável desfile de pesadas e perigosas máquinas, em horário inadequado, em meio aos banhistas, às crianças que brincam e aos praticantes de atividades esportivas.
Esta manhã, em Ipanema, vi três destes tratores, um atrás do outro, em cortejo que mais me pareceu carreata de propaganda política do que qualquer outra coisa.
As tais esteiras que deveriam estar “arejando, saneando e oxigenando” a areia, sequer nela tocavam. O rastro dos tratores, este sim era bastante visível. Por serem máquinas muito pesadas, deixam enormes sulcos onde as pessoas tropeçam. Utilizar os módulos, recentemente reorganizados pela Prefeitura, ficou impraticável em virtude dos enormes buracos criados pelas rodas dos tratores.
Das esteiras, nenhuma marca ou sinal. Ipanema e Leblon mais parecem um enorme campo arado, à espera de plantação.
O que fazem, afinal, as novas máquinas que, teoricamente, limpariam a areia das praias a não ser nelas abrir grandes valas?'

UTILIDADE PÚBLICA

Microondas é usado para adulterar cheques

A polícia de Santa Catarina descobriu um novo golpe na praça contra cheques. Uma quadrilha que atua no Estado descobriu uma forma de adulterar os valores dos cheques que são preenchidos nas máquinas eletrônicas do comércio. Pelo golpe, os cheques têm os valores impressos adulterados mecanicamente e são apagados depois de colocados em fornos microondas.
Com o mecanismo, a assinatura do cliente a caneta fica intacta e os golpistas preenchem o cheque com novos valores. "O preenchimento (na máquina) é feito com toner, que é um pó. Este pó é desintegrado dentro do microondas", diz o perito em falsificações Arnaldo Ferreira. De acordo com investigações policiais, nos últimos dois meses, uma mesma agência bancária de Florianópolis recebeu 11 cheques adulterados da mesma forma. Segundo o perito, um cheque de R$ 27 emitido em um circo na capital foi compensado dois meses depois, em Feira de Santana, na Bahia, por R$ 4.200. O perito recomenda usar sempre a caneta para o preenchimento dos cheques.

CÔMICO SE NÃO FOSSE TRÁGICO !

Falta de policiais com habilitação deixa viaturas paradas na Zona Sul

Felipe Sáles, Jornal do Brasil

RIO - Mudanças no policiamento da orla e a frota renovada da Polícia Militar – cujas viaturas, paradas nas calçadas, dão uma falsa sensação de segurança – vêm mascarando a escassez de policiais com carteira de habilitação. Numa ronda feita nesta sexta-feira pelo JB na orla, três viaturas baseadas na Avenida Atlântica, em Copacabana, estavam trancadas e sem policiais por perto. Além disso, do Leme a Ipanema, havia policial em apenas uma cabine – a que fica em frente ao tradicional Copacabana Palace.
– É policiamento para inglês ver – criticou um policial, que pediu para não ser identificado. – Muitos não têm habilitação e, com isso, as viaturas são exibidas na orla só para dar uma falsa sensação de segurança.
O comandante do 19º BPM (Copacabana), coronel Edson Almeida, já puniu três policiais por terem abandonado a viatura – o último deles, na semana passada, ficou quatro dias detido. Almeida, porém, negou que as viaturas sejam abandonadas na orla por falta de policiais capacitados.
– Eventualmente, alguns policiais podem estar com a carteira vencida ou de fato não estão habilitados – admitiu Almeida. – Mas todos que dirigem as viaturas obviamente estão habilitados e não há déficit de motoristas ou problemas com rondas. O que acontece são falhas humanas, do policial se ausentar e não comunicar ao batalhão.
Por volta das 15h, quando o JB esteve no bairro, os policiais deixaram o posto para almoçar, segundo o coronel, mas serão advertidos por não terem avisado à sala de operações do batalhão. O comandante elaborou uma cartilha, distribuída a todos os soldados do 19º BPM, lembrando as diretrizes da corporação – e a falta de comunicação é uma das mais desrespeitadas.
Até o governo Rosinha Garotinho, o concurso da Polícia Militar não exigia que os candidatos tivessem carteira de motorista. A assessoria de imprensa da corporação não forneceu o número de policiais habilitados, mas defendeu que tanto policiais das cabines quanto das viaturas deixam a base para fazer rondas à pé. De acordo com Almeida, o que prende o policial à viatura é o rádio – para que saibam das ocorrências em andamento – mas, segundo ele, todos os policiais possuem rádios portáteis.
– Ninguém tem ordem para abandonar viaturas – disse Almeida. – O policial pode se ausentar, mas tem de manter o carro à vista.
Almeida ressaltou que aumentou de três para seis o número de motocicletas circulando no bairro, que conta ainda com seis quadricículos e três carros elétricos. Segundo o comandante, em sete meses 460 pessoas foram presas – média de duas prisões por dia.
Mudança no policiamento
De Ipanema ao Leblon não havia policiais em nenhuma das quatro cabines da orla. Segundo o comandante do 23º BPM (Leblon), coronel Carlos Milan, o policiamento da praia foi modificado e os policiais que ficavam nas cabines estão agora atuando no calçadão.
– No inverno as praias ficam menos movimentadas, e isso facilita a ocorrência de pequenos delitos – argumentou Milan. – Por isso deslocamos os policiais das cabines para o policiamento à pé.
As cabines continuam como referência para os policiais, de acordo com o comandante. Além do policiamento à pé, o batalhão conta com quatro carros elétricos circulando pela orla. As praias do Leblon e Ipanema também estão sendo monitoradas por câmeras de seguranças. Milan não soube informar se há déficit de policiais com carteira de habilitação no seu batalhão.
– Não tenho a informação se todos têm habilitação – admitiu. – Se dissesse qualquer coisa seria de forma empírica, nada oficial.

VIOLÊNCIA !

Em Ipanema acontece a mesma coisa,as ruas também estão loteadas,principalmente a Rua Visconde de Pirajá.
Quando passamos somos fiscalizados como se nós fossemos bandidos.Sempre com os ouvidos atentos e os olhos mais ainda.
Já vivemos atrás das grades agora somos vigiados pelas ruas,e ninguém toma nenhuma providência a respeito.
Na Visconde de Pirajá,todas as lojas têm um "segurança".
Um amigo dono de uma loja nesta rua ,se recusou a "pagar pela segurança"e teve sua loja roubada 3 vezes.Acabou fechando ,e desistiu do investimento.É um absurdo !

Seguranças clandestinos disputam ruas do Leblon

Publicada em 29/08/2008 às 23h45m

RIO - Atualmente, são poucas as ruas do bairro do Leblon que não usam segurança clandestina, para que os furtos, assaltos e roubos de carros sejam evitados. Em média, um grande restaurante, por exemplo, paga cerca de R$ 5 mil mensais, para que homens, normalmente bombeiros, policiais militares e agentes penitenciários, vigiem o estabelecimento nas 24 horas do dia. Mas, recentemente, moradores das ruas Cupertino Durão, José Linhares e Humberto de Campos denunciaram que as três vias estão sendo disputadas por outros grupos clandestinos de segurança, que estariam loteando a região, como informa reportagem publicada neste sábado, pelo jornal O Globo. Os furtos de carros naqueles locais teriam aumentado nos últimos dois meses. Os furtos no interior de veículos também.
O comandante do 23º BPM, tenente-coronel Carlos Eduardo Milan, disse nesta sexta que vai apurar as denúncias dos moradores e que conversará com o delegado Alberto Pires Laje, da 14ª DP (Leblon), para investigar o caso:
É fácil encontrar no bairro um morador ou comerciante, que confirme o pagamento de seguranças. Cinco a seis grupos dominam a área do Leblon.
- Não posso dizer que os roubos aqui na Humberto de Campos e na Cupertino Durão tenham aumentado por desleixo dos atuais seguranças. Ouvi falar que um outro grupo estaria brigando para entrar no esquema - disse o dono de uma loja na Avenida Ataulfo de Paiva, próximo à Rua Cupertino Durão.
Alguns moradores e comerciantes passam informações sobre os recentes roubos de carros e quem são as pessoas que praticam o crime.
- Estão falando aqui na região que um homem e uma mulher, que fingem estar juntos, ficam namorando perto de um veículo. Eles acabam arrombando os carros e levam as coisas, quando não o carro - disse um comerciante da Rua Humberto de Campos.

VIOLÊNCIA !



Presos ladrões que assaltavam na Zona Sul

Publicada em 29/08/2008 às 23h45mO Globo Online

RIO - Com a prisão de dois bandidos em duas regiões distintas da Zona Sul nesta sexta-feira, a Polícia espera ter interrompido, ainda que parcialmente, uma onda de assaltos que vinha amedrontando moradores dessas áreas. A primeira prisão aconteceu na Avenida Vieira Souto, próximo ao Jardim de Alá, em Ipanema, onde policiais militares à paisana prenderam em flagrante Janderson de Oliveira Ramos, o Jandinho, de 33 anos, mais um ladrão especializado em roubar pedestres usando bicicletas.
A outra prisão foi fruto de uma investigação de policiais da 15ª DP (Gávea). Foi deflagrada Operação Nobreza (em alusão à Rua Conde de Afonso Celso, uma das preferidas do bando) para acabar com os arrastões em ruas do Jardim Botânico. Cristiano Grasso, o Ninho, de 32 anos, chefe do grupo de parentes que roubou 22 pessoas do fim de junho até o dia 13 deste mês, foi preso nesta sexta na Rua Santa Luzia, no Centro, quando levava a mulher e a filha à Santa Casa de Misericórdia. Ele tem seis mandados de prisão, quatro pela 14ª DP (Leblon) e dois pela 15ª DP. Duas de suas vítimas, assaltadas no dia 17 de julho na Rua Maria Angélica, estiveram nesta sexta na delegacia e o reconheceram formalmente.
Outro criminoso que já está identificado é Daniel Grasso, o Gordinho, primo de Cristiano, que responde por cinco crimes, entre eles um homicídio na área da 6ª DP (Cidade Nova) em 1999 - todos moram no Catumbi. Ele foi reconhecido por algumas vítimas. A delegada titular Bárbara Lomba pede às vítimas que compareçam à delegacia para formalizar o reconhecimento. Cristiano, segundo ela, poderá ser condenado a 12 anos por cada crime: a partir do dia 29 de junho, o trio praticou 12 assaltos no bairro.
Na área da 14ª DP (Leblon), PMs ouviram os gritos de "pega ladrão" de uma brasileira que visita o Rio na companhia do marido americano e cercaram Jandinho. Ele havia roubado o cordão de ouro com dois pingentes puxando-o do pescoço do americano. Morador do Morro do Cantagalo, Jandinho foi preso por roubo em julho de 2004, condenado a 3 anos, mas ganhou liberdade condicional em janeiro de 2005. Além do roubo, Jandinho responde por receptação, uso de documento falso e furto a turista. No dia 13 de agosto, armado, Jandinho roubou o celular de um homem na Rua Juquiá, no Leblon. Vinte pessoas já foram vítimas de arrastões no Jardim Botânico em agosto
No dia 13 de agosto, pelo menos 20 pessoas foram vítimas de um arrastão no bairro . Uma quadrilha usando um Citroën, roubado possivelmente na área da 19ª DP (Tijuca) este mês, bloqueou a Rua Conde Afonso Celso e atacou motoristas e passageiros de quatro carros que vinham atrás. As vítimas tiveram celulares, carteiras, relógios, pulseiras e cordões roubados. Esse ataque aconteceu por volta das 19h30m. Logo depois, o bando assaltou mais uma vítima, dessa vez na Rua Lineu de Paula Machado. Sem contar com os casos não registrados na 15ª DP (Gávea), esse foi o terceiro arrastão no bairro em menos de um mês.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

E MAIL DE UM COLABORADOR

Assunto: Quem vai nos ajudar ? Nós mesmos

São sete e meia da noite de uma quinta feira de agosto de 2008, no Rio de Janeiro.

Eu brinco com meu filho no chão. Pela minha janela entra uma brisa de inverno. E o ruído de tiros. De fuzil.

Os tiros vêm de um morro, a menos de um quilômetro de minha casa. No morro existem duas favelas. Há pelo menos cinco favelas em Copacabana, onde eu moro. Em todas há indivíduos armados com fuzis , armas de guerra. Todos os moradores de Copacabana estão dentro do seu raio de alcance.

Os tiroteios são rotineiros. Muita gente já se acostumou com o barulho dos tiros, e com as explosões de fogos anunciando a chegada de drogas, que acontecem nas horas mais imprevistas, às oito da noite ou três da manhã.

Os fogos acordam meu filho. Os tiros não me deixam dormir.

Eu não me acostumo. Não posso achar normal. Aqui é Copacabana, Ipanema é logo ali. Se isso acontece aqui – na vitrine do Brasil – o que acontece no resto da cidade, no resto do país ?

Cansei de reclamar. Morei muito tempo fora, em um país onde os cidadãos se mobilizam para fazer valer seus direitos. Resolvi fazer o mesmo por aqui. Me envolvi com um grupo que luta por segurança na cidade. Criei um blog (seispormeiaduzia.blogspot.com). Iniciei um movimento contra o crime (www.rigorcontraocrime.com.br). Ajudei a criar um espaço seguro para crianças na praia de Ipanema (o Ipanema Baby, em frente à Joaquim Nabuco). Me juntei a outros moradores na luta contra a ida da Help para o prédio do Bingo Arpoador, pela melhoria das praças N.Sra. da Paz e Garota de Ipanema, contra os camelôs que loteiam a Visconde de Pirajá. Pelo fim dos assaltos que nos esperam em cada sinal. Para que os ônibus deixem de ser carroças montadas em chassis de caminhão, dirigidas em alta velocidade.

Quem me conhece, sabe o que eu penso: que somos, em grande parte, responsáveis por tudo isso. Em primeiro lugar, pela nossa indiferença. Em segundo, por escolher administradores públicos incapazes (na melhor das hipóteses). Mas sempre podemos mudar. Teremos eleições em Outubro.

Eu vou votar em Alexandre Arraes, que é candidato a vereador (45010), e vê o Rio da mesma forma que eu vejo. Arraes é médico e administrador, morador do Humaitá, não é ligado a nenhum grupo político, e faz uma campanha modesta mas séria. Meu compromisso com ele transcende a campanha: se ele for eleito, vou trabalhar com ele, articulando a reação dos cidadãos de bem do Rio de Janeiro contra o crime e o caos. Para que a geração dos nossos filhos receba uma cidade melhor.

Arraes defende a (re)organização da cidade, e prova que existem recursos e instrumentos para isso. Para saber mais sobre ele, clique em http://www.arraes45010.can.br/

Um voto a cada quatro anos não resolve tudo. É preciso mobilização permanente.

Mas ignorar a política é pior. Quem não gosta de política acaba governado por quem gosta.

Passe essa mensagem adiante.

Roberto Motta

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

AREIAS DE IPANEMA

CRAQUES DE OURO NAS AREIAS DE IPANEMA

Dupla de futevôlei de bairro conquista a Copa do Mundo do esporte e quer a modalidade na Olimpíada


Vitor Machado

Longe do glamour das Olimpíadas de Pequim,a dupla Leonardo Fialho e Anderson Alves faturou,no mês passado,a Copa do Mundo de Futevôlei,esporte que continua bem cotado nas praias da Zona Sul.A de Ipanema inclusive,na altura da Rua Vinícius de Moraes é usada para treinos.A conquista foi importante para a equipe,mas o sonho maior é elevar a modalidade ao status de olímpica.
Fiz um site,o “ futevoleibrasil.com.br “,para divulgar o esporte.Hoje já tenho mais de 20 mil pessoas cadastradas,entre atletas e interessados.Tem uma seção chamada” Todo dia é dia de futevôlei” , em que promovo uma espécie de abaixo-assinado eletrônico.Precisamos de 32 países.Faltam 14-afirma Léo Tubarão,como Leonardo Fialho é conhecido.
Segundo ele,há países com praticantes,mas muitos não são organizados ou não têm sequer uma confederação.
A modalidade é tão popular no Brasil que, das cinco partidas disputadas na Copa do Mundo,duas foram contra duplas brasileiras,sendo uma delas a decisão.Leonardo,além de militante do esporte,é o inventor da cortada com o pé.

PAUTA DA REUNIÃO 02 / 09 / 208

PAUTA DA REUNIÃO DO DIA 02/9/2008



1- Evolução da OPERAÇÃO IPABACANA;

2- Levantamento de custos para materiais do IPABACANA

3- Como implementar a conscientização do choque de ordem (educação da população); listagem com nomes dos moradores de Ipanema que cometem infrações(bicicleta nas calçadas, lixo jogado nas ruas,etc.).

4- Conscientização sobre a limpeza de calçadas e mobiliário;

5- Reflexão sobre a mensagem enviada pela Sra. Regina Szwarcfing;

6- Convidamos o Sr. Paulo Amendoeira, publicitário para nos ajudar na campanha “ não compre em camelôs e não dê esmolas”.

7- MP

8- Outros assuntos;

ASSALTOS EM IPANEMA



Violência

Rotina de assaltos e arrombamentos preocupa morador de Ipanema
Publicada em 27/08/2008 às 15h35mTexto e foto do leitor P. T.

RIO - Moradores da Rua Barão da Torre, no trecho entre a Rua Jangadeiros e a Rua Farme de Amoedo, em Ipanema, não sabem mais como lidar com a criminalidade na área. No domingo à noite, ao voltar pela Jangadeiros, dei de cara com um arrombador dentro de um carro com os vidros quebrados. Não fiz nada porque minha esposa alegou que ele poderia estar armado. Hoje, ao sair do meu prédio, encontrei um veículo com os dois vidros laterais quebrados e totalmente saqueado. É o terceiro caso na semana.
Além disso, há os assaltos. Uma moradora do meu prédio, ao ser abordada no portão de entrada, jogou sua bolsa por cima da grade e se livrou de perder tudo. Só que anda com medo de sair de casa, pois o assaltante disse que "isso não ia ficar assim".
Em outro caso, um motorista deixava uma moradora na porta do edifício, quando esta foi abraçada por um sorridente assaltante que exigiu todos seus pertences e de seu acompanhante. Quem olhava de longe, achava que eram todos amigos se despedindo depois de uma noitada. Há semanas, uma festa de aniversário no prédio em frente ao meu teve que ser interrompida devido a um "arrastão".
A entrada do Morro Cantagalo virou ponto de consumo de crack e por isso a criminalidade aumentou na área. Como o Comandante Militar da região determinou que a patrulha da PM fosse retirada da frente da escola instalada entre a Rua Teixeira de Melo e Farme de Amoedo, não temos mais a quem recorrer. Se bem que surgiu uma alternativa, Um homem tem oferecido serviços de segurança particular aos condomínios da área. Pela contratação de três seguranças, ao preço de R$ 600,00 cada, o trecho seria protegido dos problemas acima. Só que corremos o risco de ficarmos reféns desses "seguranças" que passariam a observar e conhecer todos os hábitos e movimentos dos moradores da área.
E agora! Quem poderá nos ajudar? Este texto foi escrito por um leitor do Globo Online.

quarta-feira, 27 de agosto de 2008

CINEMAS QUE SE FORAM



TV EXCELSIOR Ipanema 1965

Temos aqui o antigo prédio do Cinema Astoria, que encerrou suas atividades após 21 anos, em 1963.
O local então foi utilizado como auditório da TV Excelsior (cuja matriz ficava em SP), de propriedade de Mario Wallace Simonsen.
A Excelsior foi a primeira emissora de TV a usar o videotape (numa época onde tudo era ao vivo), para distribuir programas que eram exibidos na mesma hora pelas várias TV afiliadas. Foi também a primeira a exibir um programa a cores, o Moacyr Franco Show. No entanto essa transmissão não é considerada a oficial.
O fim da Excelsior veio pela pressão do governo militar que a obrigou a tirar do ar vários programas que geravam receita para a emissora. Com isso as dívidas foram se acumulando e a Excelsior saiu do ar, por determinação dos militares, em 1970.
Alem desse prédio a Excelsior tinha os estúdios na Av Venezuela, 43, nas antigas instalações da TV Tupi, que havia se mudado para a o antigo prédio do cassino da Urca.
Após o fechamento da Excelsior, o predio abrigou o cinema Super Bruni 70. que funcionou de 1971 a 1976. O endereço era Rua Visconde de Pirajá 595. O prédio foi demolido. Repare que na fachada ainda existe as marcas do nome Astoria.
Foto de Gustavo Binder
Texto de Roberto Tumminelli

TRÂNSITO



Trânsito

Esquina de Ipanema registra acidentes toda semana, informa leitor

Publicada em 26/08/2008 às 17h19m
Texto e fotos de Lourenço Baptista Bicudo

RIO - As fotos são de um acidente que aconteceu em Ipanema, na Zona Sul, às 16h30 da última segunda-feira. Já mandei vários e-mails para CET-Rio com data e hora de cada acidente que acontece toda semana na esquina da Rua Nascimento Silva com Rua Aníbal de Mendonça. Já até dei dica de como acabar com esses acidentes sem aumentar congestionamento do bairro.
Como a CET-Rio nunca respondeu, também mandei e-mails para a Fundação Parques e Jardins solicitando o corte dos galhos dessa esquina, mas também não fizeram nada.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

EVENTO CULTURAL



Matinê com troca-troca cultural acontece em Ipanema
Depois que a Letras & Expressões do Leblon passou a abrigar uma roda de poesia toda terça-feira à noite, chegou a vez da filial de Ipanema ter um evento cultural para chamar de seu. A livraria promove no dia 31 (domingo), a partir das 16h, a festa "Escambo", com direito a DJs, música ao vivo e até um... troca-troca (!).
Calma, calma... Não se trata de um troca-troca de casais, mas sim de roupas, objetos, discos e outras bugingangas. A idéia partiu dos amigos Liliane Reis e Fabrício Boliveira, que serão os anfitriões do evento. Tudo começou quando o ator decidiu se mudar e, ao invés de fazer um tradicional chá de panelas, resolveu trocar objetos pessoais com amigos e amigos dos amigos.
"O valor das coisas é cada um quem dá. O bacana do Escambo é não ter regras. Você sabe com o que entra, mas não tem a menor idéia de como vai voltar", resume Liliane, que é apresentadora da TV Brasil. Para essa edição, presença do trio de DJs Matheus Puertas, Poha e Montana, além do grupo de eletro Drama Queen. A entrada é franca.

segunda-feira, 25 de agosto de 2008

TRÂNSITO





Trânsito

Internauta fotografa quebra-molas instalado em Ipanema por causa das obras do metrô

Publicada em 25/08/2008 às 13h45m

Texto e fotos do leitor José Conde

RIO - As obras do metrô em Ipanema, na Zona Sul, vão complicar o trânsito no bairro. Além de uma parte da pista ter sido fechada na Rua Visconde de Pirajá, altura da Praça General Osório, uma lombada foi colocada em frente ao número 76 da mesma via. A interdição parcial da pista deve ser mantida até o dia 9 de dezembro

MUDANÇAS

Mudanças

Obras não alteram trânsito de Ipanema

Publicada em 25/08/2008 às 16h34m

Emanuel Alencar - O Globo e O Globo Online

RIO - As alterações viárias em Ipanema não congestionaram o tráfego da Rua Visconde de Pirajá, na manhã desta segunda-feira. Na altura do número 76, foi instalada uma lombada com o objetivo de reduzir a velocidade dos veículos, em função das obras do metrô do bairro , na esquina com a Rua Jagadeiros. O local está bastante sinalizado e guardas de trânsito orientam os motoristas.
A velocidade permitida no local é de 20 Km/h.
Blocos de concreto foram colocados no local para interditar uma faixa de rolamento da viam, no lado esquerdo, que avançou sobre a avenida para ser realizado no local a prospecção do solo e em seguida as escavações para dar continuidade a construção da estação General Osório.
Segundo a CET-Rio, três faixas de rolamento vão continuar funcionando normalmente no local. A previsão é de que as interferências previstas nas ruas de Ipanema terminem até a meia-noite do dia 9 de dezembro.

E MAIL DE UM COLABORADOR



O "Tô Nem Aí", Farme de Amoedo 57, ocupava a parte que sobrou da calçada, inclusive o meio-fio, ontem, por volta das 20hs. O pior é que havia música e umas pessoas ameaçavam dançar na calçada, não sei como ficou mais tarde. Pedestres não conseguiam usar a calçada.

Talvez outras pessoas já tenham informado, mas penso que aquele quarteirão só tem restaurantes dos dois lados.

Abraços

MENOS UM !





25/08/2008 01:06:00 Zona Sul:


Preso ladrão suspeito de 100 roubos ‘Terror da Bicicleta’ agia em Ipanema, Leblon, Lagoa e Gávea. O material depois era revendido no camelódromo da Rocinha

Leslie Leitão

Rio - Cerca de 20 policiais civis foram à Favela da Rocinha, em São Conrado, no fim da manhã de ontem, para tentar prender dois camelôs suspeitos de receptação de cargas roubadas de um dos maiores ladrões que atuavam na Zona Sul, especialmente Leblon, Ipanema, Gávea e Lagoa. João Paulielo Filho, o ‘Terror da Bicicleta’, 26 anos, foi preso por agentes da 14ª DP (Leblon), após fazer dois assaltos sábado.
Houve intenso tiroteio na chegada à favela, provocando correria e deixando moradores em pânico. Traficantes chegaram a jogar granada, mas ninguém se feriu.As investigações de três meses indicam que o assaltante atacou mais de 100 vezes neste período. Na delegacia, ele confessou: “Eu descia do morro e abordava as pessoas. Roubava quatro, cinco e voltava pra casa”, admitiu o assaltante, que teve até os pés algemados.
Ao ser preso, João se preparava para atacar novamente. Roupa preta, de bicicleta preta, e revólver 22 prateado na cintura, acabou surpreendido na esquina das ruas Carlos Góis e General San Martin, um de seus pontos preferidos. No momento, estava com três celulares de vítimas que tinha acabado de assaltar no Parque dos Patins, na Lagoa.Com a prisão, a 14ª DP montou plano para tentar capturar os receptadores do material.
Com apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), chegaram à Rocinha por volta das 11h50. Da localidade conhecida como Roupa Suja — onde João morava — traficantes começaram a atirar. O movimento de pessoas era tamanho que os agentes cercaram os acessos pelo Valão e pela Via Ápia para que as barracas do camelódromo na entrada da favela pudessem ser vasculhadas.
Os dois suspeitos de receptar a carga roubada fugiram.A correria dos moradores era inevitável. Numa pastelaria em frente à barraca do Joza, os funcionários ficaram boa parte do tempo espremidos no canto, atrás de refrigerador, se protegendo dos tiros. Foram apreendidos 50 celulares, centenas de peças de telefone, carregadores, R$ 178 e dezenas de cartões pré-pago.João Paulielo roubava na região havia pelo menos um ano.
No último mês, fez a estatística de ‘roubo a transeunte’ da área da 14ª DP pular da média de 30 para 73. “Algumas pessoas que tinham sido atacadas por ele confiaram na gente e nos deram informações. Ele atuava sempre da mesma maneira, com uma bicicleta e um revólver”, conta o delegado-adjunto da 14ªDP, Rafael Menezes

.
ATÉ INSPETORA SERVIU DE ISCA

Nos últimos 45 dias, o ‘Terror da Bicicleta’ havia escapado pelo menos três vezes do cerco da polícia. Numa delas, foram mobilizados dois agentes numa bicicleta, outros numa viatura, além de policiais a pé. Até inspetora foi usada como isca, já que ele costumava atacar mulheres. Numa pesquisa de registros de ocorrência, o Grupo de Investigação Criminal (GIC) encontrou pelo menos 30 procedimentos com o mesmo ‘modus operandi’ de assalto adotado por João Paulielo.Além dele, na semana, passada, a 14ª DP (Leblon) já havia conseguido prender outro assaltante da Favela da Rocinha que atacava na região do Leblon: Jean Felipe Barbosa, o Pernetinha. “Esses dois eram responsáveis por 80% dos roubos a transeuntes aqui”, disse um inspetor.

OBRAS NO METRÔ


Obras do Metrô

Lombada e interdição de faixa na Visconde de Pirajá devem complicar trânsito

Publicada em 24/08/2008 às 15h10mO Globo e O Globo Online

RIO - Os motoristas que pretendem passar pela Avenida Visconde de Pirajá, em Ipanema, devem se preparar para enfrentar trânsito complicado a partir da segunda-feira. Devido as obras do metrô, que serão iniciadas nesta semana, um quebra-molas foi instalado na altura do número 76, em frente a Praça General Osório, e um trecho da via foi interditado.
Na sexta-feira, a Secretaria estadual de Transportes instalou uma lombada na avenida. O objetivo é de diminuir a velocidade dos carros antes deles alcançarem o canteiro da obra, que fica na esquina com a Rua Jangadeiros. A velocidade permitida no local é de 20 Km/h
Além disso, blocos de concreto foram colocados no local para interditar uma faixa de rolamento da viam, no lado esquerdo, que avançou sobre a avenida para ser realizado no local a prospecção do solo e em seguida as escavações para dar continuidade a construção da estação General Osório.
Segundo a CET-Rio, três faixas de rolamento vão continuar funcionando normalmente no local. A previsão é de que as interferências previstas nas ruas de Ipanema terminem até a meia-noite do dia 9 de dezembro. A segunda-feira será o primeiro dia útil em que as duas intervenções no trecho estão funcionando, e a expectativa é que o tráfego fique complicado. Problemas na Linha 1
Na manhã de quarta-feira, por causa de um problema no fornecimento de energia nas estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos e Cantagalo, o tráfego da Linha 1 precisou ficar interrompido, das 10h26m às 11h40m. A concessionária do serviço teve que paralisar o fluxo, desativar a energia e evacuar cinco composições.

domingo, 24 de agosto de 2008

FLANELINHAS

Email mandado por um colaborador

Mais um domingo tendo que aturar a baderna provocada pelos flanelinhas(mais de 8, pelo que eu contei hoje) que nunca deixam de comparecer nofim de semana na avenida Rainha Elizabeth para extorquir dinheiro dosmotoristas que vão à praia. Não são ainda 11:00 horas e já houve umaaltercação com um motorista que não quis se submeter às orientações decomo ele deveria estacionar em cima da faixa de pedestre.
L.F.

NO ESCURO- 2

No escuro

Tiros em cabo de energia deixa moradores de trecho da Rua Saint Roman mais de 24 horas sem luz

Publicada em 23/08/2008 às 20h46mO Globo Online

RIO - Cerca de 150 moradores da Rua Saint Roman, que liga Copacabana a Ipanema, estão há mais de 24 horas sem energia elétrica. Segundo eles, desde o início da noite da sexta-feira, por volta das 19h30m, um trecho da rua está sem luz. Segundo a assessoria de imprensa da Light, o cabo que fornece a energia foi danificado por tiros em vários pontos.
Manobras na rede foram feitas para minimizar o impacto sobre os moradores, mas um trecho da rua permeneceu sem energia. A previsão era que o fornecimento de energia fosse reestabelecido às 16h deste sábado, mas segundo da empresa, o tempo e a extensão dos danos no cabo atrasaram o conserto, que ainda não foi concluído.
Revoltados, os moradores relataram que desde a noite da sexta entraram em contato com a concessionária, mas apenas no sábado tiveram uma resposta.
- Estamos há horas sem luz. Já ligamos diversas vezes para a Light e ouvimos desculpas sem sentido, do tipo "tivemos muitos reparos para fazer e não foi possível resolver o seu problema" - afirmou Antônio Carlos.
De acordo com a assessoria da Light, um gerador seria providenciado para garantir o abastecimento de energia até que os reparos no cabo fossem feitos, mas, ainda segundo a concessionária, não foi possível pôr um gerador porque o cabo danificado fica dentro da comunidade Pavão-Pavãozinho, zona considerada de risco.

sábado, 23 de agosto de 2008

SOLIDARIEDADE

23/08/2008 13:01:00

Neste domingo haverá caminhada solidária no Leblon

Rio - O encontro para a caminhada pela luta contra o câncer infanto-juvenil será neste domingo, às 9h, na esquina da Av. Delfim Moreira com a Av. Visconde de Albuquerque, no Leblon. Os organizadores esperam reunir 5 mil pessoas, que seguirão até o Leme. Lá, quem quiser ajudar paga R$ 12 por tíquete que dá direito a lanche no MacDia Feliz, dia 30, mais camiseta e caneta. A verba irá para a Casa Ronald McDonald, que recebe os jovens em tratamento.

NO ESCURO

No escuro

Moradores de trecho da Rua Saint Roman estão há mais de 15 horas sem energia

Publicada em 23/08/2008 às 12h49m
O Globo Online

RIO - Cerca de 150 moradores da Rua Saint Roman, que liga Copacabana a Ipanema, ficaram mais de 15 horas sem energia elétrica. Segundo eles, desde o início da noite da sexta-feira, por volta das 19h30m, um trecho da rua está sem luz. Segundo a assessoria de imprensa da Light, o cabo que fornece a energia foi danificado por tiros em vários pontos.
Manobras na rede foram feitas para minimizar o impacto sobre os moradores, mas um trecho da rua permeneceu sem energia. A previsão era que o fornecimento de energia fosse reestabelecido às 16h deste sábado.
Revoltados, os moradores relataram que desde a noite da sexta entraram em contato com a concessionária, mas apenas no sábado tiveram uma resposta.
- Estamos há mais de 15 horas sem luz. Já ligamos diversas vezes para a Light e ouvimos desculpas sem sentido, do tipo "tivemos muitos reparos para fazer e não foi possível resolver o seu problema" -afirmou Antônio Carlos.
De acordo com a assessoria da Light, um gerador seria providenciado para garantir o abastecimento de energia até que os reparos no cabo fossem feitos, mas, ainda segundo a concessionária, não foi possível pôr um gerador porque o cabo danificado fica dentro da comunidade Pavão-Pavãozinho.

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

BANDA NAS PRAÇAS





A Guarda Municipal ,retornando com o Projeto Banda nas Praças,se apresentava hoje,às 17.30hs,na Praça Nossa Senhora da Paz,numa homenagem ao dia do Folclore.
Pena não ter sido mais divulgado em Ipanema,só as pessoas que por ali passavam,puderam apreciar e ouvir músicas brasileiras.
Na foto acima os guardas Ana,Cristiane e Magno,dando apoio ao projeto
A G5,Ana ficou de nas próximas apresentações nos avisar para que seja divulgado com antecedência.
Estava muito bonito,a tarde ajudou,a temperatura ótima e a música maravilhosa.
Parabéns Inspetor Cristo.

NOTÍCIA DA PREFEITURA

Mais de 150 crianças foram cadastradas na Operação Sorriso A Operação Sorriso cadastrou mais de 150 crianças para cirurgias de lábio leporino e fenda palatal, no Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador. Desse total, 125 crianças serão selecionadas para serem operadas entre os dias 18 e 22 de agosto, no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, na Ilha do Fundão, enquanto as demais abrirão prontuário naquela unidade da Prefeitura – que é referência no atendimento infantil e em cirurgias desse tipo – para serem atendidas mais à frente. No Município do Rio, esta cirurgia já é realizada há 23 anos.

E MAIL DE UM COLABORADOR

Mais uma vez , venho com a minha sindicância. Tem outro bueiro de esgoto que está transbordando fezes. Fica na Rua Anibal de Mendonça com a Rua Prudente de Moraes. Bem na esquina da Anibal de Mendonça.
Eu já tinha percebido, mas achei que tinham solucionado, que nada.Hoje mesmo passei por lá, e continua o mesmo problema. Dá uma força aí no blog
M.I.S

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

BURACO EM IPANEMA




E pensar que a foto acima é de uma calçada do bairro cantado como o das moças que vão "num doce balanço a caminho do mar". Não há ritmo que resista a um bueiro criminosamente quebrado como esse.
No caso, a vítima foi um rapaz, que teve de baixar hospital com a perna inchada e dolorida. Em países civilizados, dava processo e indenização, mas aqui...

Aydano André Motta

ATA DA 25ª REUNIÃO

Atividade que tem como objetivo proporcionar desenvolvimento social para o bairro a partir de participação voluntária de seus moradores.

ATA DA VIGÉSIMA QUINTA REUNIÃO.

LOCAL DE REALIZAÇÃO: UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES – AUDITÓRIO
DO TRIBUNAL DO JÚRI.
R. Joana Angélica – Ipanema
Dia: 19/08/2008
HORÁRIO: 18H
COORDENAÇÃO: Ignez Barreto
NÚMERO DE PARTICIPANTES: 15

TÓPICOS ABORDADOS:
1- Ressaltamos mais uma vez a presença do Sr. ÁLVARO VIEIRA DE SOUZA NETO ASSESSOR DO SR. RODRIGO BETHLEM E COORDENADOR DAS OPERAÇÕES DO IPABACANA. Tal presença é de suma importância pois representa aproximação da esfera governamental com a população do bairro, facilitando o atendimento de seus anseios e, por aquele lado, apresentar resultados das atividades. Na oportunidade, foi mencionado que as ações têm sido profícuas no que tange à apreensão de mercadorias ilegais, expulsão de camelôs, recolhimento de mendigos e moradores de rua.
Mencionou-se ainda uma vez, a existência de grandes entraves à eficácia das operações como os fatores mencionados a seguir:
1.1 A POPULAÇÃO NÃO COLABORA COM A ORDEM: DÁ ESMOLA, COMBATE AS ATIVIDADES DE APREENSÃO DOS CAMELÕS AGRESSIVAMENTE CONTRA OS FUNCIONÁRIOS DO IPABACANA;
1.2 NÃO EXISTE APOIO DE ÓRGÃOS IMPORTANTES DA PREFEITURA QUAIS SEJAM; A SECRETARIA DE AÇÃO SOCIAL, A COMLURB;
GUARDA MUNICIPAL;
1.3 Os funcionários do IPABACANA NECESSITAM DE CAMINHÃO CAÇAMBA OU KOMBI SEM BANCOS NA PARTE DE TRÁS E RÁDIOS para comunicação. Tais atividades são feitas precariamente com os veículos possíveis e não adequados.

2- CAMPANHA EDUCATIVA À POPULAÇÃO está na fase de solicitação aos órgãos públicos para sua autorização. Suas etapas são:

2.1 Elaboração de faixas com as palavras de ordem;
NÃO DÊ ESMOLAS
NÃO COMPRE EM CAMELÔS
(DOE SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA ÓRGÃOS DE AJUDA AOS
EXCLUÍDOS)

2.2 Veiculação da Campanha em Jornais do Bairro e de grande circulação;


3- A adequação e transferência das cadeiras de praia, isopores, carrocinhas de ambulantes como pipoqueiros, churros e outros, burros sem rabo etc, que atualmente ficam guardados na rua R. Teixeira de Melo, esquina
com R. Barão da Torre foi decidida e assim. A Rio Trilhos vai construir um galpão com boxes onde cada uma dessas pessoas que trabalham nestas atividades poderá guardar seus pertences de trabalho.Este galpão vai ficar no terreno atrás do prédio de estacionamento e estamos em negociações com os donos do prédio para nos ceder a passagem ao lado do imóvel que dá acesso ao terreno detrás . Desta forma fica resolvida a questão dos ambulantes, restando a solução para os entulheiros e ferro velho "reciclagem" que degradam o local.
4- Foi formado grupo de trabalho ( Bruno, Jorge) que fará trabalho de conscientização junto aos proprietários de bares e restaurantes no sentido de manterem seus estabelecimentos limpos, como também, suas calçadas. No caso de reincidência serão advertidos formalmente, lançando-se mão da VIGILÂNCIA SANITÁRIA DA PREFEITURA. OS PIORES SÃO AQUELES LOCALIZADOS NAS RUAS VINICIUS DE MORAES, TEIXEIRA DE MELO E HENRIQUE DUMONT ( BAR VINTE);

5- Volta-se a afirmar a importância do Curso de Porteiros realizado GRATUITAMENTE PELO 23º BATALHÃO DA PMRJ, no sentido de fornecer maior segurança aos condomínios. OS FUNCIONÁRIOS ENTRAM EM CONTATO COM PROCEDIMENTOS FORMAIS DE PROTEÇÃO, ALÉM DE COOPERAÇÃO COM A POLÍCIA E EDUCAÇÃO DE CIDADANIA. LEVAR-SE-Á PROPOSTA AOS SINDICATOS DA CATEGORIA, NORMATIVA QUE INCLUIRÁ A OBRIGATORIEDADE DE TAL CURSO PARA SER ADMITIDO NESTA PROFISSÃO. No final deste documento encontra-se o conteúdo programático e processo de inscrições.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES;
RESSALTA-SE O APOIO DADO PELOS ÓRGÃOS; 23º BATALHÃO DA PMRJ, DEAT E CONTROLE URBANO NAS OPERAÇÕES DO IPABACANA;

Volta-se a afirmar que toda e qualquer denúncia deverá ser encaminhada para sscap@segov.rj.gov.br ou pelos telefones: 2299-5300/5770, dias úteis no horário de 9h às 19h. E o e- mail: projetodeipanema@terra.com.br

O ACESSO AO BLOG É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA POIS LÁ ESTÃO AS ATIVIDADES COM MAIORES DETALHES E ESPAÇO PARA EXPRESSÃO E INFORMAÇÃO. ( coordenação do blog, Sra. Roselene)


PRÓXIMA REUNIÃO DO PSI: DIA 02/9/08, MESMO LOCAL E HORÁRIO.
projetodeipanema@terra.com.br
http://psipanema.blogspot.com

CURSO DE PORTEIROS
Basicamente são palestras destinado a empregados, síndicos e moradores de condomínios, focando o quesito segurança, visando a prevenção de roubos e furtos em edifícios.

Os empregados são alertados quanto a:
- cuidados na portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- atenção nas imediações do edifício;
- a garagem e
- instruções gerais.

Os síndicos são alertados quanto a:
- contratação de empregados;
- a portaria;
- acesso de pessoas ao prédio;
- equipamentos de segurança e
- a garagem.

Os moradores são alertados quanto a:
- entrada e saída do prédio;
- contratação de empregadas domésticas e
- os vizinhos.

Também comparece um técnico da Comlurb que ministra uma palestra sobre lixo, quem o produz e como deve ser adequadamente tratado.

COORDENAÇÃO E INSCRIÇÕES:
Cesar B. Fontelles

cbfontelles@terra.com.br

Elaboração da Ata: Julio Sergio dos Mares Guia
Rio de Janeiro, 20/8/2008

METRÔ DE IPANEMA

Obra modifica trânsito em Ipanema

Publicada em 20/08/2008 às 23h21mO Globo Online

RIO - Parte do tráfego de um trecho da principal rua de Ipanema será desviado, a partir das 8h do próximo sábado, para a realização de sondagem no solo na área, que ganhará uma estação do Metrô. Segundo reportagem do Globo publicada nesta quinta-feira, o desvio será feito na pista de rolamento da direita, junto ao meio-fio, da Rua Visconde de Pirajá, junto à Praça General Osório, e na interseção com a Rua Jangadeiros, no trecho que tem início em frente ao número 66 e término em frente ao número 47. (Leia a reportagem completa no Globo Digital , conteúdo exclusivo para assinantes)
Segundo a CET-Rio, três faixas de rolamento vão continuar funcionando normalmente no local. A previsão é de que as interferências previstas nas ruas de Ipanema terminem até a meia-noite do dia 9 de dezembro.

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

UTILIDADE PÚBLICA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

NÃO VENDA SEU VOTO POR 50,00 REAIS

AQUELE QUE LHE PAGA HOJE, É O MESMO QUE

NÃO FARÁ NADA POR VOCÊ AMANHÃ,

ELE NÃO PRECISA, ELE JÁ TEM O SEU VOTO.


VENDER O VOTO É CRIME

ART. 299 DO CÓDIGO ELEITORAL – DAR, OFERECER, PROMETER, SOLICITAR OU RECEBER, PARA SI OU PARA OUTREM, DINHEIRO, DÁDIVA, OU QUALQUER OUTRA VANTAGEM, PARA OBTER OU DAR VOTO E PARA CONSEGUIR OU PROMETER ABSTENÇÃO, AINDA QUE A OFERTA NÃO SEJA ACEITA.

PENA – RECLUSÃO ATÉ QUATRO ANOS E PAGAMENTO DE 5 A 15 DIAS-MULTA.

O VOTO É SECRETO

NÃO É POSSÍVEL SABER EM QUEM O ELEITOR VOTOU,

MESMO QUE O CANDIDATO SAIBA SEU NOME COMPLETO,

MESMO QUE SAIBA O NÚMERO DO SEU TÍTULO DE ELEITOR,

JAMAIS VAI SABER EM QUEM VOCÊ VOTOU.

NÃO VOTE EM CANDIDATO FICHA SUJA

QUANDO VOCÊ VAI PROCURAR EMPREGO

VOCÊ NÃO TEM QUE PROVAR QUE TEM FICHA LIMPA?

AQUELES QUE VÃO NOS GOVERNAR,

DEVEM PROVAR QUE SÃO DIGNOS DO CARGO.


ALÉM DISSO, A CONSTITUIÇÃO DO BRASIL DIZ QUE: Lei complementar estabelecerá outros casos de inelegibilidade e os prazos de sua cessação, a fim de proteger a probidade administrativa, a moralidade para o exercício do mandato, considerada a vida pregressa do candidato, a normalidade e a legitimidade das eleições contra a influência do poder econômico ou o abuso do exercício de função, cargo ou emprego na administração direta ou indireta.

DISK DENÚNCIA:2742-2741 (GAP/MP/TERESÓPÓLIS)
2742-5083 (195ªZE)

terça-feira, 19 de agosto de 2008

E MAIL DE UM COLABORADOR

Esgoto vazando dos bueiros em toda a Visconde de Pirajá.Em frente ao número 437,se você não tomar cuidado,toma banho .Absurdo o descaso da prefeitura com Ipanema.
Na rua Vieira Souto um buraco com a fiação exposta na esquina de Garcia .Além de perigoso para os desavisados,corre risco de um curto circuito.
Ipanema está completamente abandonada à própria sorte.

M.I.S.

TENTATIVA DE ASSALTO

Email mandado por uma moradora de Ipanema,alerta sobre assaltos na rua Tereza Aragão.


Prezados,
Gostaria de registrar uma tentativa de assalto no dia de hoje, às 20h30, na Rua Teresa Aragão (rua que liga a Av. Rainha Elizabeth com a Prudente de Moraes).
Um adolescente em uma bicicleta tentou roubar sem sucesso o meu cordão, machucando o meu pescoço.
Agradeceria se vocês pudessem alertar os moradores da região.
Atenciosamente,
Ana G.

segunda-feira, 18 de agosto de 2008

PAUTA DA REUNIÃO 19 / O8

PAUTA DA REUNIÃO DO DIA 19/8/2008



1- Evolução da OPERAÇÃO IPABACANA;

2- Levantamento de custos para materiais do IPABACANA

3- Como implementar a conscientização do choque de ordem (educação da população);

4- As obras do PAC;

5- Sub-projeto – coleta de lixo;

6- Terminal de ônibus na Praça General Osório;

7- Outros assuntos;

ESTATÍSTICAS- BLOG

1.624 Visitas

2.401 Exibições de página

1,48 Páginas/visita

77,89% Taxa de rejeição

00:01:10 Tempo médio no site

74,08% % de novas visitas

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

ABANDONO DE IPANEMA

Grave quadro de abandono em Ipanema

Dê um pulinho em Ipanema, entre a Praça General Osório e a Rua Vinícius de Moraes - uma das faixas mais freqüentadas por turistas - e você verá um quadro grave de abandono. A iluminação mal planejada e sem manutenção incentiva o acúmulo de famílias inteiras, fazendo desde suas necessidades até sexo a céu aberto. Catadores de lixo e pivetes fazem da região seus lares. Para piorar, ficam por ali os "burrinhos-sem- rabo" que passam o dia e a noite "enfeitando" as ruas com seus reboques lotados de papelão e coisas velhas, tumultuando ainda mais um trânsito já caótico. A fedentina de excrementos é insuportável, os assaltos são freqüentes, e a indiferença das autoridades é total.

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

OPERAÇÃO NO MORRO



Pavão-Pavãozinho e Cantagalo
Operação em morros de Copacabana assusta moradores, interdita rua e paralisa obras do PAC

RIO - Uma operação da Polícia Civil nos morros do Pavão-Pavãozinho e do Cantagalo, em Copacabana, paralisou as obras do PAC e assustou moradores da região na manhã desta quinta-feira. Uma rua foi parcialmente interditada. A ação, coordenada pela Delegacia de Repressão a Armas e Explosivos (Drae), terminou por volta das 13h, com três pessoas presas e uma detida, segundo o site de notícias G1. Segundo a polícia, foi descoberto um laboratório de refino de cocaína e aprendidas armas e drogas numa quantidade que ainda não foi levantada.
As obras do PAC no Pavão-Pavãzinho precisaram ser paralisadas. Segundo operários de uma empreiteira contratada para as obras, é praxe da empresa suspender os trabalhos para evitar que funcionários sejam atingidos por balas perdidas.
De acordo com a polícia, logo que os agentes chegaram ao local houve um intenso confronto com traficantes, mas não há informações sobre feridos. que Cerca 15 suspeitos teriam fugido para a mata. A Rua Sá Ferreira foi parcialmente interditada, e moradores, com medo de bala perdida, se aglomeraram na subida da Ladeira Saint Roman.
Pai e filha que subiam o Pavão-Pavãozinho ficaram no fogo-cruzado. O vidro traseiro do carro foi destruído por um tiro.
- De repente, escutamos um estilhaço atrás no carro. Nós nos abaixamos. Quando o olhei para trás, vi o vidro todo estilhaçado. Mesmo com tiro, nós tivemos que sair do carro - conta o homem. Segundo o telejornal "RJTV", a menina de 13 anos está traumatizada e mal consegue falar.
A ação foi iniciada no começo da manhã. Além dos agentes da Drae, policiais de várias delegacias especializadas participaram da ação, além de dois helicópteros.

TRIBUNA LIVRE

TRIBUNA LIVRE

Na tentativa de tornar o projeto cada vez mais alinhado com os objetivos dos cidadãos e tornar nossas ações mais assertivas, estamos criando este espaço, que vai ficar permanentemente referido do lado esquerdo do Blog com o nome "Tribuna Livre - Discuta e Critique".
FAÇA SUAS DENÚNCIAS ANÔNIMAMENTE !

A idéia é que seja usado como uma área de livre debate, onde as pessoas possam mandar comentários e falar o que quiserem, inclusive criticando o projeto.Para o espaço funcionar de forma cordial, algumas regras devem ser observadas:

1- Não criar polêmicas pessoais;
2- Não invadir a privacidade de ninguém;
3- Moderação na linguagem utilizada;

MANUAL DA ORDEM URBANA

MANUAL DA ORDEM URBANAO combate à desordem é uma luta de todos.Estamos relacionando algumas atitudes,com as quais nos deparamos frequentemente,que não devemos ter,assim como não devemos deixar que os outros tenham.A sua participação é fundamental,para que nossos bairros retomem a qualidade de vida tão almejada

1. NÃO ANDAR COM CACHORRO SEM COLEIRA,E NÃO DEIXAR DE RECOLHER AS SUAS FEZES.POR QUÊ?O nosso animal de estimação merece todo o carrinho,e o passeio é muito saudável,porém esse passeio não pode ser um incômodo para os outros

.2. NÃO ESTACIONAR O CARRO NA CALÇADA.POR QUÊ?Calçada é feita para o pedestre.Você já imaginou a dificuldade de um cadeirante ou de uma mãe com carrinho de bebê ao andar em uma calçada tomada de carros?

3 . ANDAR DE BICICLETA NA CICLOVIA E NÃO ESQUECER O CAPACETE.POR QUÊ?Por motivos de segurança.Bicicleta na calçada ou na área de lazer pode provocar acidente.

4 . NÃO DAR DINHEIRO PARA MENORES NAS RUAS.POR QUÊ?Lugar de criança é na escola.A criança em sinal,ou mesmo no meio da rua pedindo dinheiro,provavelmente está sendo explorada por terceiros ou mesmo pelos pais

.5 . NÃO JOGAR LIXO NA RUA.POR QUÊ?Quem acaba pagando a limpeza desse lixo é você,com seus impostos.Além disso,piora a imagem da nossa cidade,emporcalhando as ruas e entupindo os bueiros.

6 . NÃO COMPRAR MERCADORIAS SEM SABER A PROCEDÊNCIA.POR QUÊ?Muitas vezes,a mercadoria vendida nas ruas é pirataria ou é de procedência criminosa.Não esqueça da nota fiscal sempre que comprar.

7 . NÃO AVANÇAR O SINAL E NÃO PARAR SOBRE A FAIXA DE PEDESTRE OU CRUZAMENTO.POR QUÊ?O carro mal conduzido vira uma arma.Assim como as calçadas,a faixa de pedestre se destina ao pedestre e,muitas vezes,um único carro em um cruzamento produz um transtorno para centenas de motoristas.

8 . SEJA SOLIDÁRIO.POR QUÊ?Ajudar o próximo é sempre importante.Gentileza gera gentileza.Assim,você,com pequenos atos,consegue grandes mudanças e torna o mundo mais humano e menos violento.

CONSELHO DE SEGURANÇA

CONSELHO DE SEGURANÇA

Conselho de Segurança debate o despreparo do policiamento público

No dia 9 de julho aconteceu ,no 23º Batalhão da Polícia Militar,mais uma reunião do Conselho Comunitário de Segurança.O encontro da comunidade com as autoridades responsáveis pela área de Ipanema,Leblon e Gávea foi presidida pelo Comandante Tem.Cel.Carlos Eduardo Millan Guimarães .
Completaram a mesa o Tenente Portella,o Inspetor Júlio,da Guarda Municipal e o delegado da 14ª Delegacia de Polícia,Dr.José Alberto Pires Lage.A reunião se iniciou com os acontecimentos mais recentes da Polícia Militar.Exemplos como a morte do estudante Daniel Duque na porta da boate Baronetti foram usados.”É melhor deixar um vagabundo fugir do que deixar um inocente baleado”,afirma o comandante Millan.
Sobre o despreparo dos policiais militares antes de atuar junto à população,o Dr.Lage explica que medidas têm sido tomadas como aulas de defesa pessoal,dentre elas ,a de artes marciais como o tae ken do.
Foram lembrados também os perigos de não se parar em uma blitz e feitas comparações entre as reações dos policiais cariocas e do outros lugares do mundo.

Texto de Carol Salgado

LIMPEZA DAS PRAIAS



Comlurb recebe novas máquinas para limpeza de praias

RIO - A Comlurb recebeu, nesta terça-feira, 25 novas máquinas e equipamentos de limpeza de praia para garantir um verão com areias mais livres de detritos e 25 minivarredeiras, para atuar ao longo das sarjetas e dos calçadões.
As máquinas entrarão em funcionamento nesta quarta-feira na praia de Copacabana, local de maior concentração de banhistas, onde estarão seis unidades. Gradativamente outros tratores-esteiras começam a atuar em diferentes locais: quatro vão para Ipanema, Leblon e São Conrado, seis ficarão na Barra da Tijuca e, posteriormente, todas as praias estarão guarnecidas, do Flamengo à Praia de Grumari.
Cada equipamento é composto de esteira para peneirar a areia e remover os detritos e de um trator de tração 4x4, turbinado, assegurando um trabalho mais rápido. Ao penetrar no solo, a uma profundidade média de 20 cm da superfície, a máquina realiza o arejamento, saneamento e oxigenação do solo. A pá do veículo joga a areia sobre a peneira, cujo movimento armazena os resíduos em um compartimento enquanto os grãos limpos voltam à praia. As unidades contam ainda com câmeras acopladas a monitores instalados no interior das cabines, proporcionando maior precisão ao serviço.
(Veja mais fotos dos equipamentos)
A limpeza das praias do Rio é realizada diariamente, em dois turnos, por 226 garis. Os 56 km da orla contam com 1370 contêineres distribuídos ao longo de sua extensão para o recebimento e acondicionamento do lixo a ser depositado pelos banhistas. Durante a alta temporada, a Comlurb recolhe 259 toneladas de lixo por semana nas praias do Rio, dos quais 212 aos sábados e domingos. Nos dias mais frios esse lixo chega a 160 toneladas por semana; 131 só nos fins de semana.

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

BANCA NA MARIA QUITÉRIA




Essa banca de jornais ,caiu de para quedas na rua Maria Quitéria.
Em uma esquina rodeada de bancas de jornais,essa por algum motivo,saiu da Visconde de Pirajá com Jangadeiros e veio enfeiar a rua Maria Quitéria,tapando a entrada da galeria.
É um absurdo o descaso desses políticos.
Que quer que tenha colocado essa banca aí ,acabou por perder os votos de Ipanema.
Queremos melhorias não trambolhos.
Devolvam-na para o lugar de onde saiu.

IPABACANA EM AÇÃO

Dia 12 de agôsto,praia de Ipanema ,por volta das 17hs,dois caros do Ipabacana e várias pessoas,recolhiam mercadorias dos camelôs que se inatalaram no calçadão da Vieira Souto.
Há necessidade de uma kombi para o recolhimento de mercadorias,os carros estavam cheios .
Os camelôs por sua vez,correm para a areia com suas mercadorias,pois sabem que lá não podem ser apanhados.
Ao mesmo tempo ,policiais militares que faziam parte da operação,autuavam motociclistas sem capacetes.
È um grande trabalho de formiguinha,a bagunça instalou-se há muito tempo.Agora é correr atrás do prejuízo,e tentar trazer a ordem de volta.
A população precisa ajudar ,não comprando em camelôs e não dando esmolas a esses malandros que se fazem de pobres coitados mendigando pelas ruas de Ipanema .
Inclusive ,o tal homem da perna enfaixada que mantém seu escritório permanente em frente à Loja Futurista,na esquina de Visconde com Vinícius,vendendo balas é doente.
Quando do nascimento do seu terceiro filho ,(que teve com uma mulher branca que anda com uma criança pequena no colo mendigando),me disse que a criança nasceu com sífilis.É um perigo comprar balas da mão de uma pessoa que tem uma doença contagiosa.Você leva a doença para casa .
NÃO COMPREM EM CAMELÔS NEM DEÊM ESMOLAS.
Ajudem se quiserem alguma instituição legal.
Se os moradores de Ipanema não ajudarem não vai ser possível controlar essa bagunça que se instalou no bairro.

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

ATA DA 24ª REUNIÃO

ATA DA VIGÉSIMA QUARTA REUNIÃO.

LOCAL DE REALIZAÇÃO: UNIVERSIDADE CÂNDIDO MENDES – AUDITÓRIO
DO TRIBUNAL DO JÚRI.
R. Joana Angélica – Ipanema
Dia: 05/08/2008
HORÁRIO: 18H
COORDENAÇÃO: Ignez Barreto
NÚMERO DE PARTICIPANTES: 30

TÓPICOS ABORDADOS:
1- Contou-se com a presença do Sr. ÁLVARO VIEIRA DE SOUZA NETO ASSESSOR DO SR. RODRIGO BETHLEM E COORDENADOR DAS OPERAÇÕES DO IPABACANA. Na oportunidade, foi mencionado que as atividades têm sido profícuas no que tange à apreensão de mercadorias ilegais, expulsão de camelôs, recolhimento de mendigos e moradores de rua.
Por outro lado, existem maiores entraves à eficácia das operações pelo fatores mencionados a seguir:
1.1 A POPULAÇÃO NÃO COLABORA COM A ORDEM: DÁ ESMOLA, COMPRA MERCADORIAS DOS AMBULANTES E COMBATE AS ATIVIDADES DE APREENSÃO DOS CAMELÕS AGRESSIVAMENTE CONTRA OS FUNCIONÁRIOS DO IPABACANA;
1.2 NÃO EXISTE APOIO DE ÓRGÃOS IMPORTANTES DA PREFEITURA QUAIS SEJAM; A SECRETARIA DE AÇÃO SOCIAL, A COMLURB;
GUARDA MUNICIPAL;
1.3 Os funcionários do IPABACANA NECESSITAM DE CAMINHÃO CAÇAMBA OU KOMBI SEM BANCOS NA PARTE DE TRÁS E RÁDIOS para comunicação. Tais atividades são feitas precariamente com os veículos possíveis e não adequados.
Para este caso, será realizado levantamento de custos (Sr.Bruno) para possível compra e doação às Operações;

2- Será deflagrada CAMPANHA EDUCATIVA À POPULAÇÃO no sentido de
proporcionar maior conscientização que abrangerá:
2.1 Elaboração de faixas com os dizeres:
NÃO DÊ ESMOLAS
NÃO COMPRE EM CAMELÔS
(DOE SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA ÓRGÃOS DE AJUDA AOS
EXCLUÍDOS)

Tais faixas serão colocadas em locais estratégicos para completa visualização, e a permissão junto aos órgãos competentes, para a colocação das mesmas, está a cargo do Sr. Bruno;
2.2 Veiculação da Campanha em Jornais do Bairro e de grande circulação;
2.3 A Sra. Tereza elaborou pequena cartilha, também com atividades do PSI, para promover a conscientização e que deverão ser distribuídas junto à população.
2.4 – Gostaríamos de ressaltar, neste momento, a importância da presença do coordenador do Ipabacana - Sr. Álvaro ás nossas reuniões.A interação da sociedade com os responsáveis pelo combate à desordem urbana, que acaba também melhorando os índices de segurança do nosso bairro, é essencial para o bom desempenho do projeto. Nosso objetivo é consolidar cada vez mais os laços entre a sociedade e suas instituições.
3- O processo de concessão de Títulos de Propriedade no Cantagalo já acabou de fazer o mapeamento topográfico da comunidade. O levantamento de todas as moradias com dimensões , proprietários etc já está em fase de finalização. Esperamos que até o final de Agosto este trabalho de campo já esteja totalmente concluído.
4- A adequação e transferência do depósito de lixo na R. Teixeira de Melo, esquina
com R. Barão da Torre, está em ritmo lento pois aguarda-se as tomadas de decisão
dos proprietários dos imóveis que ajudarão no saneamento;

Observações Relevantes:

>RESSALTA-SE O APOIO DADO PELOS ÓRGÃOS; 23º BATALHÃO DA PMRJ, BBTUR E CONTROLE URBANO NAS OPERAÇÕES DO IPABACANA;

>Volta-se a ressaltar que toda e qualquer denúncia deverá ser encaminhada para sscap@segov.rj.gov.br ou pelos telefones: 2299-5300/5770, dias úteis no horário de 9h às 19h.

>O ACESSO AO BLOG É DE EXTREMA IMPORTÂNCIA POIS LÁ ESTÃO AS ATIVIDADES COM MAIORES DETALHES E ESPAÇO PARA EXPRESSÃO E INFORMAÇÃO.


>. PRÓXIMA REUNIÃO DO PSI: DIA 19 / 08 08 , MESMO LOCAL E HORÁRIO.
projetodeipanema@terra.com.br
http://psipanema.blogspot.com

RECOMENDAÇÃO DA POLÍCIA !

Em uma reunião com o Cel.Millan ,titular da 23ªBPM,ele nos alertou para que de forma alguma deixassemos ninguém entrar em nossos Edifícios para nenhuma entrega.
Imediatamente essa ordem foi dada por mim que na época era síndica.Foi proibida a entrada de quem quer que fosse .As compras ou entregas de flores,remédios ,pizzas,ficariam na portaria e o morador teria que descer para apanhar,ou o porteiro colocaria no elevador.
Hoje recebi esse e mail de um amigo,morador de Ipanema.


REPASSANDO
Eles estão ficando abusados... Cuidado com quem vocês deixam subir ao seu prédio.
ALERTANa 2ª feira, fiz compras no Supermercado Zona Sul, pela Internet, emarquei a entrega para o dia seguinte de manhã. Às 11 horas da manhã meu porteiro me interfonou pedindo autorização para deixar ofuncionário do Zona Sul subir com as compras. Autorizei.Minha empregada abriu a porta e vi que tinham dois funcionários uniformizados com dois carrinhos e 10 caixas. Pensei, nossa exagerei nas compras!!! Fui fazer minhas coisas e deixei a empregada recebendotudo.Depois de um tempo, a empregada percebeu que um dos dois funcionáriossumiu no pequeno hall dos elevadores, mas não perguntou nada para ooutro.Poucos instantes depois os porteiro interfonou novamente avisando que amoradora do 1º andar encontrou com o funcionário desaparecido no corredor com uma tesoura na mão. A moradora muito assustada entrou logo no elevador e ele informou que estava procurando o 5º andar.Pouco depois ele apareceu no meu andar de novo e foi embora com ooutro. O porteiro perguntou o que ele estava fazendo e ele disse que estava procurando um banheiro.Fizemos um vistoria pelo prédio e descobrimos que ele furtou as pontas de cobre das mangueiras de incêndio de alguns andares do prédio.Liguei imediatamente para o Zona Sul Atende para avisar o que havia acontecido e o síndico do prédio chamou a polícia. Interceptaram o caminhão, na Lagoa, com muitas outras pontas de mangueiras, furtadas de outros vários prédios. Os entregadores foram presos, em flagrante, na16ª DP.Moral da história: nem funcionário com crachá e uniforme pode subir!!!Tomem cuidado com TODO mundo que entra no prédio de vcs e,principalmente, verifique se quem entrou, efetivamente saiu.

Fiquem atentos,seus porteiros devem fazer o curso de capacitação dado pelo 23 ºBPM.
NÃO DEIXEM NINGUÉM ENTRAR EM SEUS PRÉDIOS . ]

E MAIL MANDADO

E mail mandado por uma voluntária ,

Ela alerta que na Garcia D'Ávila ,existe um florista ,quase em frente ao centro médico,que esconde mercadoria pirata dos camelôs e drogas no carro da marca Gol com a placa 1470 que ali fica estacionado.
Sabemos que por ser dentro de um caro ( particular ),a mercadoria não pode ser apreendida pelo Ipabacana,mas se ficarem de olho,esse marginal pode ser apanhado em flagrante.
Fica a denúncia para que providências sejam tomadas.

OBRAS NO ASFALTO



Obras no asfalto
Trechos da orla serão recapeados


RIO - Às vésperas de concluir a reforma da ciclovia da orla da Zona Sul, em setembro, a prefeitura está iniciando obras de fresagem no asfalto de trechos das avenidas que margeiam as praias. Alguns motoristas reclamavam de desnivelamentos nas pistas de rolamento, principalmente próximo a bueiros. Segundo a Secretaria Municipal de Obras, os principais corredores viários da cidade, como a Avenida Atlântica, foram fresados e recapeados há cerca de dois anos, tendo em vista os Jogos Pan-Americanos. Na ocasião, foram recuperados 80.895 metros quadrados, que receberam aproximadamente 11 toneladas de asfalto-borracha. Mas, as avenidas Vieira Souto e Delfim Moreira ficaram de fora, assim como a Sernambetiba, onde o recapeamento já começou, em trechos como o compreendido entre os números 6.000 e 6.500.
- Quando reformamos algumas vias para o Pan, a Vieira Souto e a Delfim Moreira tinham sido recapeadas pouco tempo antes e estavam em boas condições. Mas já estamos planejando a fresagem de alguns trechos das duas avenidas para até o fim do ano, pois os problemas começam a aparecer, principalmente nas faixas de rolamento à direita, especialmente em áreas de fresagem próximas aos sinais - anuncia o secretário municipal de Obras, Rodrigo Dantas. - Mas fazer o mesmo na Atlântica seria jogar dinheiro fora. A vida útil do asfaltamento é de oito anos.
Já as obras de fresagem e recapeamento da ciclovia da orla da Zona Sul, orçadas em R$ 900 mil, estão quase finalizadas. Atualmente, os trabalhos de fresagem - que começaram no Leblon, onde a pista de retorno já foi retocada de vermelho, como determina o projeto original - estão na altura do Leme. A fresagem e o recapeamento já foram feitos da Avenida Princesa Isabel até a Praça Almirante Júlio de Noronha, perto da Pedra do Leme. Todo o projeto deve ficar pronto até a segunda semana de setembro, quando serão feitos os acabamentos e a sinalização horizontal. Sobre o serviço de recuperação e recomposição do passeio de pedra portuguesa, a Secretaria de Obras informa que o trabalho é constante e faz parte da rotina das gerências de conservação

sábado, 9 de agosto de 2008

ASSALTO

Turista australiano é roubado no Arpoador


RIO - O turista australiano Domanski Michel Marian sofreu um assalto há pouco mais de uma hora no Arpoador. Marian teve uma bolsa com equipamento fotográfico roubado por três homens, que não estavam armados. Um guarda municipal que fazia o patrulhamento na região conseguiu deter um dos ladrões, Adriano Lopes da Conceição, de 18 anos. Neste momento todos estão na Delegacia Especial de Apoio ao Turista (DEAT), onde o caso está sendo registrado

PROJETO DE LEI - FICHA SUJA

PROJETO DE LEI DE INICIATIVA POPULAR PARA MUDANÇA DA
LEI ELEITORAL


Amigos e amigas,


É lamentável a decisão do STF de permitir a candidatura de políticos com
ficha suja.

Segue abaixo o preceito constitucional que prevê que deve ser levada em
consideração a vida pregressa do candidato:


art. 14, § 9º, CF - Lei complementar estabelecerá outros casos de
inelegibilidade e os prazos de sua cessação, a fim de proteger a probidade
administrativa, a moralidade para exercício de mandato considerada vida
pregressa do candidato, e a normalidade e legitimidade das eleições contra
a influência do poder econômico ou o abuso do exercício de função, cargo
ou emprego na administração direta ou indireta. (Redação dada pela Emenda
Constitucional de Revisão nº 4, de 1994)


O STF privilegiou o direito individual (privado) em detrimento do
interesse coletivo (público).


O MCCE está promovendo uma campanha para mudança da lei
infraconstitucional no sentido de ser levada em conta a vida pregressa do
candidato.


Para PARTICIPAR, é preciso IMPRIMIR o formulário anexo, COLETAR AS
ASSINATURAS e enviar para o MCCE em Brasília.


Segue o link do formulário para coleta de assinaturas:

http://www.lei9840.org.br/formulario.pdf


Seguem os links com o endereço de Brasília e com os fundamentos do PROJETO
DE INICIATIVA POPULAR SOBRE A VIDA PREGRESSA DOS CANDIDATOS:


http://www.lei9840.org.br/iniciativapopular.htm

http://www.lei9840.org.br/fundamentos.pdf

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

BOA SORTE BRASIL !!!!







História das mascotes dos Jogos Olímpicos de Verão - Pequim 2008

Em 11 de Novembro de 2005 as mascotes dos Jogos Olímpicos de Pequim foram apresentadas ao público. A data da revelação das mascotes olímpicas não foi escolhida por acaso. Faltavam exatos mil dias para o início dos Jogos Olímpicos de Pequim.

Os "Fuwa" são as mascotes dos Jogos Olímpicos de Verão de Pequim 2008. Fuwa significa "Crianças de boa sorte" em mandarim. O nome das cinco mascotes (Beibei, Jingjing, Huanhuan, Yingying e Nini) são repetições das sílabas da frase "Be(iji-ng hua-nyíng ni" (Pequim lhes dá as boas-vindas).

Cada uma das mascotes representa um dos elementos tradicionais chineses (metal, madeira, água, fogo e terra), além das cinco cores dos anéis olímpicos (amarelo, azul, verde, vermelho e preto) e figuras e animais característicos da China.


Ficha de Beibei - Mascote dos Jogos Olímpicos de Verão - Pequim 2008Sexo da mascote: femininoCor da mascote: azulSímbolo: peixePersonalidade: generosidade e purezaIdeal: prosperidade Esportes: esportes aquáticos Inspiração: imagens decorativas do Ano novo chinêsNotas: na cultura tradicional chinesa o peixe representa a prosperidade. O ideograma chinês para peixe é parecido com o da abundância.


Ficha de Jingjing - Mascote dos Jogos Olímpicos de Verão - Pequim 2008Sexo da mascote: masculinoCor da mascote: pretoSímbolo: pandaPersonalidade: honestidade e otimismoIdeal: felicidade Esportes: halterofilismo, judô, etc.Inspiração: panda gigante, Dinastia Song e porcelanas antigasNotas: o panda é uma espécie ameaçada de extinção e um símbolo da China. Representa a coexistência entre a humanidade e a natureza



Ficha de Huanhuan - Mascote dos Jogos Olímpicos de Verão - Pequim 2008Sexo da mascote: masculinoCor da mascote: vermelhoSímbolo: chama olímpicaPersonalidade: entusiasmoIdeal: paixãoEsportes: esportes com bola (futebol, basquetebol, handebol, etc.)Inspiração: desenhos de chamas nas Grutas de Mogao, também conhecidas como "Cavernas dos Mil Budas" foram declaradas patrimônio da humanidade pela UNESCO em 1987)Notas: Huanhuan representa o Lema Olímpico "Citius, Altius, Fortius" (Mais rápido, mais alto, mais forte)


Ficha de Yingying - Mascote dos Jogos Olímpicos de Verão - Pequim 2008Sexo da mascote: masculinoCor da mascote: amareloSímbolo: antílope-tibetano Personalidade: vivacidade e astúciaIdeal: saúde Esportes: atletismoInspiração: costumes do Tibete e Xinjiang (regiões autônomas do oeste da China)Notas: o antílope-tibetano é uma espécie ameaçada de extinção e símbolo do planalto tibetano


Ficha de Nini - Mascote dos Jogos Olímpicos de Verão - Pequim 2008Sexo da mascote: femininoCor da mascote: verdeSímbolo: andorinhaPersonalidade: inocênciaIdeal: boa sorteEsportes: ginástica Inspiração: andorinhas e as pipas (papagaios) chinesasNotas: na cultura chinesa a andorinha é considerada a mensageira da primavera, simbolizando boa sorte. O ideograma chinês para andorinha é usado também no ideograma Yanjing, antigo nome de Pequim. Nini usa uma pipa chinesa em formato de andorinha em seu chapéu.
Curiosidades das mascotes dos Jogos Olímpicos de Verão - Pequim 2008* Em inglês são chamados de The Friendlies (Os Amistosos) * As mascotes das Olimpíadas de Pequim foram apresentadas a 1.000 dias do início dos Jogos Olímpicos de Pequim.* Três mascotes são masculinos (Jingjing, Huanhuan e Yingying) e dois são femininos (Beibei e Nini)* Duas mascotes representam espécies ameaçadas de extinção (panda gigante e antílope-tibetano).* Em agosto de 2007 foram lançados na China 100 episódios de desenho animados com as mascotes das Olimpíadas de Pequim 2008.

BELO EXEMPLO !



Enquanto lutamos por calçadas organizadas,sem camelôs e moradores de rua TODAS as Lojas Americanas ,conseguem de alguma forma bagunçar nosso projeto.
Essa é a entrada da que fica perto da Aníbal de Mendonça,suas mercadorias ficam expostas em carrinhos ,competindo com os camelôs,parece até rua da Alfândega.
A loja que fica perto da padaria a bagunça é feita com o recolhimento de papelões pelo burro sem rabo,a qualquer hora do dia.
Outra loja que age da mesma forma com suas mercadorias no meio da rua ,é uma que fica quase em frente ao Zona Sul da Teixeira de Melo,"Tutti para casa"(sei lá o nome ).
Qualquer hora vamos ter que andar pelas ruas competindo com os carros,por falta de espaço.

VERDADE PURA - MAURO VENTURA

O exército de pedintes, de várias "patentes", nas ruas do Rio: crianças, adolescentes, mulheres, homens, velhos, mães.

"Estava no Centro da cidade e havia parado numa lanchonete. Enquanto esperava o suco, guardava o troco na carteira. Foi quando um homem (forte, com uns 20 anos) se aproximou e pediu dinheiro. Balancei a cabeça negativamente. Começou, então, o diálogo surreal:
- Mas por que não? Eu vi o dinheiro que você guardou.
- E daí que você viu o dinheiro? Eu não vou te dar.
- Mas eu vi que você tem dinheiro.
- Amiguinho, isso não quer dizer que eu tenha que te dar alguma coisa.
- Mas eu tô morrendo de fome (fazendo cara de choro).
- Você não tem casa, não?
- Não.
- Por quê?
- Porque não. Me dá o dinheiro aí, moço.
- Moleque, eu já disse que não vou te dar dinheiro nenhum! (meu suco chegou).
- Então me dá o suco?
- Tá de sacanagem? Já disse que não.
- Por favor, moço. Paga um suco pra mim. Tô morrendo de fome.
- (Já irritado) Moleque, cai fora que não vou te dar porra nenhuma.
Ele foi embora. Depois fiquei com culpa na consciência por ter sido um pouco agressivo com ele e também porque poderia ser verdade que ele estivesse com fome. No dia seguinte, passando no mesmo local, esse mesmo pedinte acabara de ser preso por uma viatura da polícia. Não sei o que aconteceu, pois eu já o vi dentro da Patamo. A culpa que havia sentido no dia anterior desapareceu na hora.
Dois pontos que eu gostaria de colocar acerca desse episódio:
1. Esses pedintes acham que todos têm a obrigação de dar dinheiro a eles. Como a maioria das pessoas dá (por medo, pena ou por achar que estão fazendo algo de bom para a sociedade), eles vão ficando pelas ruas e não se dão ao trabalho de querer algo diferente do que ficar perambulando.
2. O Estado é, infelizmente, omisso em ajudar esse pessoal. Isso já é sabido há tempos. Mas esses pedintes também não querem nada com a "hora do Brasil". Precisa-se de bom material humano, que seja polido com educação e princípios. Pau que nasce torto não necessariamente tem que morrer torto. Eles não querem seguir regras, horários ou ter empregos. Ou seja, não querem sair dessa vida. Querem viver pelas ruas sem regra, sem horários, sem obrigações, pedindo sem o menor pudor e na maior cara-de-pau. Acho que, dando dinheiro, estou fazendo um desfavor à sociedade, contribuindo para que eles continuem nas ruas.
Há alguns anos, saiu no GLOBO que um suposto mendigo que ficava pedindo dinheiro na Praça Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, era proprietário de 5 imóveis!!!!!!! Isso mesmo! 5 (CINCO) imóveis no subúrbio. Descobriram que esses imóveis foram todos comprados com o dinheiro que as pessoas davam de esmola nas ruas!!!!!! Aquilo me revoltou, pois tem tanta gente pobre que morreu sem nunca ter comprado 1 quartinho sequer trabalhando honestamente e dando um duro enorme!!! E esse mendigo, abusando da boa fé das pessoas, comprou 5!
Aproveitando esse gancho, há alguns meses estava em Ipanema (na mesma praça) tomando um açaí. Ao lado da lanchonete e perto de mim, havia um mendigo sentado na rua, pedindo dinheiro. Um senhor se aproximou dele:
- Pra que você quer dinheiro? - perguntou o senhor.
- Pra comer. Não como há vários dias.
- Não vou te dar dinheiro, mas posso te oferecer um trabalho. Quer?
- Trabalho? Eu vou fazer o quê?
- Você começa de faxineiro. Vou ter dar roupa nova também.
- Quanto que eu vou ganhar?
- No começo te pago 400 reais.
- 400 reais? Só? Eu tiro três vezes mais aqui na rua.
O senhor ficou olhando espantado o mendigo e, sem dizer uma palavra, foi embora.
É um absurdo isso. Sinceramente, a culpa não é só do Estado, que é omisso, e dessas pessoas que abusam da boa-fé dos outros. É também das pessoas que dão esse dinheiro!
Toda hora tem gente pedindo dinheiro e as pessoas dão."